Posts

No intuito de flexibilizar as normas de importação e aumentar os investimentos de capital estrangeiro no país, o Ministério da Economia através da Secretaria de Comércio Exterior abriu no dia 19/08 uma consulta pública sobre alteração dos procedimentos de licenciamento de importação para produtos com benefícios fiscais e bens usados.

Essa consulta pública, que ficará disponível pelo prazo de 60 dias, acompanha o movimento do atual governo no sentido das boas práticas regulatórias e desburocratização das normas de importação. O objetivo é buscar harmonia na legislação vigente, maior previsibilidade e segurança jurídica nas importações brasileiras. Nessa etapa será tratado dois itens, o primeiro diz respeito à convergência dos critérios de comprovação de produção nacional equivalente, utilizado para fins de concessão de Ex-tarifário, como aqueles adotados para exame de similaridade ou da apuração de produção nacional para importação de bens usados.  Outra frente que será trabalhada diz respeito à licenciamento de importação para linhas de produção usadas. O governo reconhece que esses bens podem impulsionar a produção e proporcionar ganhos de produtividade para economia brasileira, visando a retomada de aquecimento da economia após a pandemia Covid-19.

As propostas e sugestões devem ser encaminhadas para o e-mail sufac@mdic.gov.br. A expectativa é que até o final desse ano, seja emitida uma nova norma contendo ajustes nos procedimentos relacionados ao licenciamento de importação de produtos sujeitos a exame de similaridade e de material usado.

Por Ítalo Correa Nunes.

Na última semana, uma notícia muito atraente aos importadores de equipamentos de energia solar movimentou o comércio exterior. A energia solar é importante para a preservação do meio ambiente pois não é poluente. Entre as outras vantagens estão: é renovável, é silenciosa, necessita de manutenção mínima, além da conta baixa de energia elétrica.

No Brasil, houve um aumento do uso deste tipo de energia, porém ainda totaliza apenas 1% do total de consumidores. Com o intuito de aprimorar a tecnologia e impulsionar as importações, o governo federal zerou as taxas do imposto de importação.

O imposto de importação de módulos solares era anteriormente 12%, enquanto de inversores era 14%. Com esse benefício os módulos solares, incluindo os monocristalinos e bifaciais, possuem mais de 100 ex-tarifários disponíveis, deixando a importação mais viável. Vale lembrar, que o imposto de importação também é usado como base de cálculo do ICMS, deixando a importação mais atrativa.

Alguns inversores trifásicos para sistemas fotovoltaicos e componentes utilizados nos “trackers” também entraram neste benefício, assim como bombas para líquidos, usadas em sistema de irrigação movidos com energia solar.

É de extrema importância, muita cautela e análise deste e outros benefícios. Aqui na Efficienza podemos verificar essa e todas informações necessárias, para que sua importação saia com excelência e rapidez. Estamos à sua disposição, contate-nos!

Por Maiara da Luz.

Retificação da Resolução nº 42/2020, que altera e exclui itens da Lista de Autopeças não Produzidas, constantes dos Anexos I e II da Resolução nº 23/2019.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA
CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR
COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO
RESOLUÇÃO Nº 42, DE 4 DE MAIO DE 2020
DOU de 02/06/2020 (nº 104, Seção 1, pág. 18)
Retificação

Na Resolução nº 42, de 4 de maio de 2020, do Comitê-Executivo da Câmara de Comércio Exterior, publicada no Diário Oficial da União de 6 de maio de 2020, Edição 85, Seção 1, pág. 38,
No art. 5º,
Onde se lê:

NCM Descrição
8481.20.90 Ex 076 – Válvulas moduladoras, pneumática de alta pressão, com regulador de pressão para sistema de freios pneumáticos com funções de controle eletrônico e pneumático da alimentação e pilotagem dos sistemas de freios de serviço, de estacionamento e de controle de sistemas ABS (Anti-lock Brake System), sistemas EBS (Eletronic Brake System) e sistema
ESP (Eletronic Stability Program) para reboques e semi-reboques acoplados ao veículo-trator, sendo atuadas e controladas por ação eletro-magnética por solenoide de 3/2 vias, utilizadas para controlar, restringir ou permitir a vazão de ar proporcional à corrente aplicada, dotadas de componentes usinados, cravados, injetados, estampados, de material plástico,
alumínio, aço e vedações de borracha, para aplicação em produtos automotivos comerciais caminhões e ônibus.

Leia-se:

NCM Descrição
8481.20.90 Ex 087 – Válvulas moduladoras, pneumática de alta pressão, com regulador de pressão para sistema de freios pneumáticos com funções de controle eletrônico e pneumático da alimentação e pilotagem dos sistemas de freios de serviço, de estacionamento e de controle de sistemas ABS (Anti-lock Brake System), sistemas EBS (Eletronic Brake System) e sistema
ESP (Eletronic Stability Program) para reboques e semi-reboques acoplados ao veículo-trator, sendo atuadas e controladas por ação eletro-magnética por solenoide de 3/2 vias, utilizadas para controlar, restringir ou permitir a vazão de ar proporcional à corrente aplicada, dotadas de componentes usinados, cravados, injetados, estampados, de material plástico,

alumínio, aço e vedações de borracha, para aplicação em produtos

automotivos comerciais caminhões e ônibus.

No Anexo I,
Onde se lê:

NCM Descrição
8412.31.10 Ex 011 – Amortecedor hidráulico regulável do assento automotivo, duplo olhal, com dimensões: entre olhais estendido = 298mm, entre olhais contraído = 200mm; curso 100mm; corpo externo oval, velocidade de deslocamento = 105mm/s; diâmetro interno do olhal = 16mm.
NCM Descrição
9032.89.21 Ex 018 – Unidade de controle eletrônico (ECU) de gerenciamento do sistema antiblocante de freios ABS (Anti-Block Braking System) e sub-funções integradas para veículos comerciais pesados de transporte de carga ou passageiros, com até 6 canais 6M/6S, com tensão de alimentação 24 V, 4 ou mais conectores com 12 a 20 pinos para cada conector, interface CAN
compatível com protocolo SAE J1939 e taxa de transmissão de 250 a 500 kBit/s.

Leia-se:

NCM Descrição
8412.31.10 Ex 012 – Amortecedor hidráulico regulável do assento automotivo, duplo olhal, com dimensões: entre olhais estendido = 298mm, entre olhais contraído = 200mm; curso 100mm; corpo externo oval, velocidade de deslocamento = 105mm/s; diâmetro interno do olhal = 16mm.
NCM Descrição
9032.89.21 Ex 020 – Unidade de controle eletrônico (ECU) de gerenciamento do sistema antiblocante de freios ABS (Anti-Block Braking System) e sub-funções integradas para veículos comerciais pesados de transporte de carga ou passageiros, com até 6 canais 6M/6S, com tensão de alimentação 24 V, 4 ou mais conectores com 12 a 20 pinos para cada conector, interface CAN
compatível com protocolo SAE J1939 e taxa de transmissão de 250 a 500 kBit/s.

Retificação da Resolução nº 40/2020, que inclui no Anexo I da Resolução nº 14/2020 os ex-tarifários incidentes sobre os Bens de Capital que relaciona; e altera os ex-tarifários que menciona.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA
CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR
COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO
RESOLUÇÃO Nº 40, DE 4 DE MAIO DE 2020
DOU de 02/06/2020 (nº 104, Seção 1, pág. 18)
Retificação

Na Resolução nº 40, de 4 de maio de 2020, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, publicada no Diário Oficial da União em 6 de maio de 2020, Edição 85, Seção 1, páginas 21 a 37,
No Art. 5º;
Onde se lê:
Art. 5º – Ficam alterados os Ex-tarifários nº 050 do código 8424.30.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 033 do código 8479.30.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 23, de 27 de março de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações, que passam a vigorar com as seguintes redações:

NCM Descrição
8424.30.10 Ex 050 – Máquinas horizontais para lavar e secar chapas de vidro, totalmente em aço inoxidável, com largura útil de trabalho de 1.610mm, velocidade de trabalho mínima de 2m/min e máxima igual ou inferior a 12m/min, dotadas de: pré-lavagem superior e inferior, seção de lavagem com 2 ou 3 pares de escovas cilíndricas, com 2 ou mais tanques (quente e
frio), seção de secagem com 2 ou 3 pares de facas de ar, com 1 ventilador de alta pressão; bandeja removíveis de recolhimento dos fragmentos de vidro; com transportadores de entrada e saída com roletes motorizados revestidos de borracha.
NCM Descrição
88479.30.00 Ex 033 – Combinação de máquinas para fabricação de placas de fibra ou partículas de madeira, com densidade das placas igual ou superior 580kg/m³, espessura compreendida de 5 a 47,5mm e capacidade de produção igual ou superior a 550m³/dia, composta de: unidade de formação e prensagem de colchões encolados de madeira, com controle
automático de distribuição de massa, espessura e detecção de bolhas, com velocidade igual ou superior a 152mm/s; estação de corte; estação de resfriamento de placas; estação de transporte e empilhamento e climatização de placas.

Leia-se:
Art. 5º – Ficam alterados os Ex-tarifários nº 050 do código 8424.30.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 033 do código 8479.30.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 23, de 27 de março de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações, que passam a vigorar com as seguintes redações:

NCM Descrição
8424.30.10 Ex 050 – Máquinas horizontais para lavar e secar chapas de vidro, totalmente em aço inoxidável, com largura útil de trabalho de 1.610mm, velocidade de trabalho mínima de 2m/min e máxima igual ou inferior a 12m/min, dotadas de: pré-lavagem superior e inferior, seção de lavagem com 2 ou 3 pares de escovas cilíndricas, com 2 ou mais tanques (quente e
frio), seção de secagem com 2 ou 3 pares de facas de ar, com 1 ventilador de alta pressão; bandeja removíveis de recolhimento dos fragmentos de vidro; com transportadores de entrada e saída com roletes motorizados revestidos de borracha.
NCM Descrição
8479.30.00 Ex 033 – Combinação de máquinas para fabricação de placas de fibra ou partículas de madeira, com densidade das placas igual ou superior 580kg/m³, espessura compreendida de 5 a 47,5mm e capacidade de produção igual ou superior a 550m³/dia, composta de: unidade de formação e prensagem de colchões encolados de madeira, com controle
automático de distribuição de massa, espessura e detecção de bolhas, com velocidade igual ou superior a 152mm/s; estação de corte; estação de resfriamento de placas; estação de transporte e empilhamento e climatização de placas.

No Anexo I,
Onde se lê:

NCM Descrição
8421.99.99 Ex 072 – Cápsulas plásticas com fechamento superior e seções de tratamento infernas para filtragem e tratamento de água comum, com conectores de acoplamento rotativos (macho e fêmea) para entrada e saída de água, com tubo de PVC interno para captação de água externa entre 30 e 65psi, com duas fases de processamento, (1) ativado, (2) resina de troca
catiônica com feltro limitador de passagem de impurezas e bandeja plásticas inferior plana com microfendas para barragem de resinas.

Leia-se:

NCM Descrição
8421.99.99 Ex 072 – Cápsulas plásticas com fechamento superior e seções de tratamento internas para filtragem e tratamento de água comum, com conectores de acoplamento rotativos (macho e fêmea) para entrada e saída de água, com tubo de PVC interno para captação de água externa entre 30 e 65psi, com duas fases de processamento, (1) ativado, (2) resina de troca
catiônica com feltro limitador de passagem de impurezas e bandeja plásticas inferior plana com microfendas para barragem de resinas.

Onde se lê:

NCM Descrição
8477.80.90 Ex 559 – Combinações de máquinas para produção de fitas planas em Polipropileno (PP) ou Polietileno de alta densidade (HDPE), velocidade máxima de produção na saída 500 m/min, composto de: extrusora com rosca de comprimento 31D e plastificação máx. em PP de 450 Kg/h, matriz plana para PP com lábio flexível de 0,2 até 1mm, unidade de resfriamento
do filme com dois arrastes acionados, par de sopradores, duas facas de ar, sistema de trocador de calor e bomba com controle de fluxo, unidade de corte do filme em fitas com oscilação. Sistema de realimentação de aparas, sistemas de retenção das fitas com dois grupos de cilindros de borracha e aço, estufa de ar quente de 6.000mm com regulagem do fluxo de ar,
unidade de estiramento com godês normais de diam. 440mm e Nip Rol, unidade de fixação com godês aquecidos de diam. 440mm e aquecedor de óleo, unidade de resfriamento com godês resfriados e diam. 440mm com NIP rol e conjuntos antiestético, conjunto de sucção de aparas com
contêiner a vácuo e dois bocais de sucção, conjunto de painéis elétricos de alimentação, controle e comando equipado com CLP e tela sensível ao toque.

Leia-se:

NCM Descrição
8477.80.90 Ex 559 – Combinações de máquinas para produção de fitas planas em Polipropileno (PP) ou Polietileno de alta densidade (HDPE), velocidade máxima de produção na saída 500 m/min, composto de: extrusora com rosca de comprimento 31D e plastificação máx. em PP de 450 Kg/h, matriz plana para PP com lábio flexível de 0,2 até 1mm, unidade de resfriamento
do filme com dois arrastes acionados, par de sopradores, duas facas de ar, sistema de trocador de calor e bomba com controle de fluxo, unidade de corte do filme em fitas com oscilação. Sistema de realimentação de aparas, sistemas de retenção das fitas com dois grupos de cilindros de borracha e aço estufa de ar quente de 6.000mm com regulagem do fluxo de ar,
unidade de estiramento com godês normais de diam. 440mm e Nip Rol, unidade de fixação com godês aquecidos de diam. 440mm e aquecedor de óleo, unidade de resfriamento com godês resfriados e diam. 440mm com NIP rol e conjuntos antiestático, conjunto de sucção de aparas com contêiner a vácuo e dois bocais de sucção, conjunto de painéis elétricos de
alimentação, controle e comando equipado com CLP e tela sensível ao toque.

Inclui no Anexo I da Resolução nº 14/2020 os ex-tarifários incidentes sobre os Bens de Capital que relaciona; e altera os ex-tarifários que especifica. Esta Resolução entrará em vigor dois dias a partir da data de sua publicação.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA
CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR
RESOLUÇÃO Nº 49, DE 19 DE MAIO DE 2020
DOU de 21/05/2020 (nº 96, Seção 1, pág. 59)

Altera para zero por cento as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre os Bens de Capital que menciona, na condição de Ex-tarifários.
O COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no uso da atribuição que lhe confere o art. 7º, inciso IV, do Decreto nº 10.044, de 4 de outubro de 2019, tendo em vista o disposto nas Decisões n]s 34/03, 40/05, 58/08, 59/08, 56/10, 57/10, 35/14 e 25/15 do Conselho do Mercado Comum do Mercosul e nos Decretos nºs 5.078, de 11 de maio de 2004, e 5.901, de 20 de setembro de 2006, e na Portaria nº 309, de 24 de junho de 2019, do Ministério da Economia, e considerando a deliberação de sua 170ª Reunião, ocorrida em 13 de maio de 2020, resolve:
Art. 1º – Ficam incluídos no Anexo I da Resolução nº 14, de 19 de fevereiro de 2020, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, os Ex-tarifários incidentes sobre os Bens de Capital listados no Anexo I desta Resolução.
Art. 2º – Fica alterado o Ex-tarifário nº 007 do código 8408.90.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 81, de 17 de outubro de 2017, da Câmara de Comércio Exterior, que passa a vigorar com a seguinte redação:

8408.90.90 Ex 007 – Motores diesel estacionários, 4 tempos, refrigerados à água, injeção direta, com potência nominal igual ou superior a 11,0kW mas igual ou inferior a 35kW, com rotação igual ou superior a 1.500rpm mas igual ou inferior a 3.000rpm e cilindrada igual ou superior a 1,131L mas igual ou inferior a cilindrada de 2,19L.

Art. 3º – Fica alterado o Ex-tarifário nº 217 do código 8483.40.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 85, de 09 de novembro de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, que passa a vigorar com a seguinte redação:

8483.40.10 Ex 217 – Redutores planetários com eixos de entrada e saída colineares ou perpendiculares, com 1 ou mais estágios, com ou sem pinhão no eixo de saída, torque nominal de saída de até 18.000Nm, rotação de entrada de até 14.000rpm, redução de até 10.000, grau de proteção até IP65 e nível de ruído de até 78dB(A) utilizados em centros de usinagem, máquinas
especiais e sistemas de automação.

Art. 4º – Ficam alterados os Ex-tarifários nº 229 do código 8428.39.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 023 do código 8432.80.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 02, de 22 de outubro de 2019, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações:

8428.39.90 Ex 229 – Combinações de máquinas para empilhamento e recuperação controlada de cavacos de madeira em 360 graus no sistema “primeiro a entrar, primeiro a sair” (PEPS), com capacidade nominal de empilhamento igual ou superior a 400 metros cúbicos soltos por hora, volume de estocagem igual ou superior a 40.000 metros cúbicos soltos, diâmetro
total da pilha igual ou superior a 80m, altura total da pilha igual ou superior a 12m, capacidade nominal de recuperação controlada compreendida entre 750 e 4.300 metros cúbicos soltos por hora, dotadas de: transportador de correia giratório para formação de pilha de cavacos com espalhador de cavacos; conjunto para desvio da alimentação de
cavacos para a moega equalizadora; coluna central; recuperador giratório com grades oscilantes para raspagem de pilha e rosca segmentada para recuperação de cavacos; moega equalizadora com roscas para descarga de cavacos; 1 ou mais gabinetes de alimentação, comando e controle; e estruturas metálicas.
8432.80.00 Ex 028 – Rotocanteiradores dobráveis hidraulicamente de rotor duplo, para 3 canteiros entre 1.450 e 2.000mm de base/canteiro, rotação de 540 ou 1.000rpm, lâminas de corte do rotor dianteiro com lâminas de 300, 305 ou 330mm de comprimento e rotor traseiro com lâminas retas.

Art. 5º – Fica alterado o Ex-tarifário nº 085 do código 8477.10.11 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 30, de 01 de abril de 2020, da Câmara de Comércio Exterior, que passa a vigorar com a seguinte redação:

8477.10.11 Ex 085 – Máquina injetora monocolor horizontal para moldar peças plásticas de alta precisão, com sistema de bomba através de inversor de frequência “activeDrive” com 110kW com força de fechamento de 15.000kN e força de travamento de 16.500kN através do sistema de joelheira dupla de 5 pontos com tempo de ciclo em vazio de 6,5s, distância
entre colunas de 1.500 x 1.250mm (H x V), tamanho das placas de 2.150 x 2.200mm (H x V), altura de molde entre 700 até 1.600mm (min/máx) e curso de abertura de 1.500mm com distância máxima de abertura entre placas de 3.100mm equipada com placa magnética nas placas móvel e fixa para troca e fixação rápida dos moldes, com força de extração de 233kN
para o movimento de avanço e 122kN para o movimento de recuo. Unidade de injeção horizontal equipada com servo-válvula para maior dinâmica e controle de injeção, recalque, descompressão e contra-pressão. Razão de injeção de 786cm3/s até 1.179 cm3/s, motor de dosagem de alta velocidade para acionamento da rosca plastificadora com diâmetro de
110mm, relação L/D 24:1 com tratamento bimetálico, pressão de injeção específica de 1.971 bar com volume de injeção de 5.797cm3 com 5.217g em Poliestireno (OS) e capacidade de plastificação de 95g/s a 114g/s, movimentos do molde, extração e acionamento de machos através de válvulas proporcionais. Painel de comando touch screen LCD colorido de
15polegadas, controle operacional intuitivo com recursos gráficos e programação contra falhas de processo equipado com sistema de injeção sequencial em cascata de 16 zonas e com 32 zonas para controle de câmara quente.

Art. 6º – Esta Resolução entrara em vigor dois dias a partir da data de sua publicação.
MARCELO PACHECO DOS GUARANYS – Presidente do Comitê-Executivo de Gestão – Substituto

ANEXO ÚNICO

NCM DESCRIÇÃO
8402.11.00 Ex 009 – Caldeiras aquatubulares recuperadoras de calor (HRSG) de unidades funcionais para geração de energia elétrica de eixo-único (single-shaft), destinadas a geração de vapor para turbo geradores a vapor através da recuperação do calor dos gases quentes provenientes da exaustão dos turbo geradores à gás, constituídas de 3 zonas de pressões
(HP, IP, LP) e 1 zona de reaquecimento (RH) e regime de operação por circulação natural, com as seguintes capacidades: fluxo máximo de vapor de 381.740kg/h (381,74t/h) a 178,3barg e 595 Graus Celsius no sistema de alta pressão (HP – High Pressure); 56.660kg/h (56,66t/h) a 40,4barg e 336 Graus Celsius no sistema de pressão intermediaria (IP – Intermediate
Pressure); 56.810kg/h (56,81t/h) a 6,9 barg e 333 Graus Celsius no sistema de baixa pressão (LP – Low Pressure); e 410.330kg/h (410,33t/h) a 39barg e 594 Graus Celsius no sistema de reaquecimento (RH – ReHeat pressure), dotadas de: estrutura de entrada de gases; módulos operacionais de superaquecedores, evaporadores, economizadores e pré-aquecedores;
tambores de vapor (HP, IP e LP); desaerador térmico; estruturas metálicas de suporte, acesso e plataformas; bombas; tubulação para distribuição dos fluxos de água e vapor; isolamento térmico e acústico; tanques de descarga contínua e intermitente; instrumentações; painéis elétricos; sistema de dosagem química; válvulas; queimador suplementar; chaminé e
silenciadores.
8405.10.00 Ex 009 – Geradores de gás de água para formação de nano bolhas, dotados de dispositivo regulador de oxigênio, com função de injetar gás em meio líquido, através da formação de um campo elétrico e da pressurização para geração das nano bolhas, com oxigênio de gás usado para formação das nano bolhas na água, com as especificações técnicas de velocidade de
fluxo de líquido de 227m3/h ou 1.000gpm; faixa de pressão mínima de alimentação do gás de 7bar ou 100psig; faixa de fluxo de gás de indicação recomendada de 2.2m3/h ou 78SCFH; flange de entrada de 6 polegadas; flange de descarga de 6 polegadas; voltagem de 220/380V/60Hz; trifásico.
8413.70.10 Ex 038 – Bombas submersíveis, trifásicas, frequência 60Hz, potência nominal 0,55kW, dimensões máximas 498 x180 x 180mm, rotação nominal de 3.450rpm, vazão nominal de 58,3L/min, pressão máxima de funcionamento de 25bar, profundidade de imersão máxima 196mm, temperatura ambiente máxima de 40 Graus Celsius, diâmetro de saída de
1 polegadas, tensão nominal 208-230YY/460Y V, fator de serviço 1.25, corrente nominal 2,40/1,2A, eficiência do motor com carga total de 79 a 80%, 2 polos.
8413.70.90 Ex 138 – Bombas de refrigerante hermética centrifuga com carcaça em aço fundido, com capacidade compreendida de 5 até 70m3/h, diâmetros entre 32 até 100dn, com pressão compreendida de 20 a 70bar, com contra flange; utilizadas em instalação de refrigeração e/ou equipamento de refrigeração.
8419.50.10 Ex 045 – Trocadores de calor de placas de alumínio, tipo ar-ar, contra fluxo, para resfriamento de gabinetes eletrônicos tipo “outdoor”, com carcaça em aço galvalume com 4 aberturas para entrada e saída dos 2 fluxos do ar, 2 aberturas com altura de 50 a 250mm e 2 com altura de 70 a 235mm; diferenciação de pressão máxima entre os fluxos de ar de 700Pa; placas de
alumínio mecanicamente dobradas, onduladas e seladas nas esquinas medindo de 200 a 1.000mm de comprimento, 95 a 235mm de altura e 100 a 700mm de largura; distância entre as placas de 3 a 7,5mm; vazamento nominal menor que 0,1%; com capacidade de até 350W/K.
8419.50.21 Ex 089 – Trocadores de calor tubulares, metálicos, tipo casco e tubo, com casco em aço inoxidável ou aço carbono, espelhos em chapas revestidas por explosão de titânio/aço carbono ou de titânio/aço inoxidável, com até 1.500 tubos em titânio, cabeçotes em titânio, operados com misturas gasosas contendo dióxido de cloro ou com solução ácida geradora de
dióxido de cloro contendo sais de sesquissulfato de sódio, diâmetro interno do casco entre 0,20 a 1,20m e altura incluindo cabeçotes entre 2 a 7,4m, área de transferência entre 3 a 375m2, volume lado tubo entre 0,05 a 2,50m3 e volume lado casco entre 0,04 a 1,90m3.
8419.81.90 Ex 100 – Tostadeiras verticais, utilizadas na caramelização de pães, construídas em aço inox, com dupla chapa antiaderente, painel digital para ajustes de temperatura da esteira e regulagem manual para compressão das partes do pão, temperatura máxima para tostagem de 293 Graus Celsius e potência compreendida de 4.500 a 6.490W.
8419.81.90 Ex 101 – Máquinas de café eletrônica com tela “touchscreen” individual por grupo de extração (menu de fácil utilização), sensores de temperatura em óxido de platina, dosadores volumétricos até 20 vezes mais precisos, sistema super seco (projetado para remover a parte úmida do vapor), “software” para diagnóstico e verificação do funcionamento de válvulas ou
outras peças mecânicas, bem como pressão e temperatura em tempo real do sistema hidráulico, 220V monofásica, potência 2 grupos 4.790W e 3 grupos 6.100W; capacidade da caldeira de vapor 2 grupos 8L e 3 grupos 13L; capacidade do reservatório de água para o café 2 grupos 2,4L e 3 grupos 3,6L.
8419.81.90 Ex 102 – Máquinas de café eletrônica com dosagem volumétrica e programação a partir do teclado de 6 doses de café independentes para cada grupo, disponível nas versões de 2 e 3 grupos, botão de pressão retro iluminado para 6 doses, interruptor manual para produção semiautomática, entrada de água automática, água quente automática,
aquecimento de xícaras eletrônico, visualização do nível da caldeira, luzes brancas dos painéis laterais, porta-filtros ergonómicos com perfil cromado da marca, graduação da mistura de água quente, grupos com realce e grade com aba facilmente removíveis, motobomba incorporada, sistema contador de cafés, interface serial para conexão a ente superior,
iluminação LED do plano de trabalho, luzes RGB multicoloridas dos painéis laterais, vaporizador automático com 2 seleções, 220V monofásica, potência 2 grupos 4.000W e 3 grupos 5.800W, capacidade da caldeira 2 grupos 12L e 3 grupos 17L.
8419.89.99 Ex 278 – Reatores em aço inoxidável de 15t de aquecimento, evaporação, resfriamento e mistura de baixa velocidade para fabricação da resina fenólica, selados mecanicamente, com tubulação interna e externa em aço inox de 3/8 de polegadas, espessura das paredes do reator de 12mm, dotados de uma plataforma, com carregador de material e sistema de
coleta de pó, com sistema anti explosão, com talha de elevação do material, com bomba de resina, com bomba de formaldeído, bombas à vácuo, bomba d´água para resfriamento do reator, com bomba d´água até 1,5kg/cm2, com cabine de controle e de partida, com sistema completo de controle de produção de resina, com sistema termostático automático, sistema de filtragem de resina, condensadora de 45m2.
8419.89.99 Ex 279 – Reatores em aço inoxidável de 22t de aquecimento, evaporação, resfriamento e mistura de baixa velocidade para fabricação da resina fenólica, selados mecanicamente, com tubulação interna e externa em aço inox de 3/8 de polegadas, espessura das paredes do reator de 12mm, dotados de uma plataforma, com carregador de material e sistema de
coleta de pó, com sistema anti explosão, com talha de elevação do material, com bomba de resina, com bomba de formaldeído, bombas à vácuo, bomba d´água para resfriamento do reator, com bomba d´água até 1,5kg/cm2, com cabine de controle e de partida, com sistema completo de controle de produção de resina, com sistema termostático automático
, sistema de filtragem de resina, condensadora de 70m2.
8419.89.99 Ex 280 – Unidades funcionais de resfriamento de cal com capacidade nominal de produção de 1.200t/dia, temperatura de entrada da cal máxima de 1.450 Graus Celsius, temperatura de saída da cal entre 120 a 180 Graus Celsius, compostas de: 1 unidade hidráulica; 1 sistema de transporte interno da cal incluindo 4 barras transversais; 1 britador HRB
com capacidade de 1.200mtpd e 3 rolos moedores, temperatura máxima de operação de 260 Graus Celsius, com sistemas auxiliares de injeção (desobstrução) de ar com consumo de ar comprimido de 0,30m3/min, pressão para ar comprimido de 600kPa, pressão máxima de 1.000kPa; sistema de despoeiramento; injeção de ar com alta pressão; estruturas e
plataformas metálicas de apoio; sensores e instrumentos de temperatura e pressão.
8419.89.99 Ex 281 – Mantas térmicas de silicone, com tensão entre 100 e 500V, potência entre 50 e 3.000W de diversas espessuras e tamanhos e com termostato regulável, utilizados na superfície de pás eólicas no processo de conversão de energia elétrica em energia térmica com o propósito de aquecer a sua superfície e acelerar o processo de cura de resina.
8419.90.90 Ex 012 – Bocais insufladores de ar quente com carcaça de aço inox resistente a alta temperatura (até 300 Graus Celsius), flanges retangulares para montagem em capota secadora de papel, dotados de: carcaça, rotor, cubo, eixo com ou sem motor elétrico para um fluxo de ar de até 1.050m3/min e pressão de trabalho de até 300mmAq.
8421.21.00 Ex 171 – Aparelhos com filtros dissecantes para captação e desumidificação do ar, placa controladora de circuito integrado juntamente com solenoide, injetor venturi e sensor de fluxo que desliga a geração de ozônio se não houver vácuo, suprimento de água entre 30 e 65psi para geração ozônio aquoso, utilizados para limpeza de ambientes e
superfícies com pH entre 3 e 6, potencial de oxidação (ORP) entre 650 e 1.200mV e gerado na faixa de 6 a 12L/min, dependendo da pressão de entrada de água.
8421.21.00 Ex 172 – Sistemas compactos de purificação e distribuição de água, capazes de produzir entre 7 e 15L/h e distribuir até 1,8L/min a partir de uma fonte de água potável, com controle do fluxo e reservatório externo com capacidade entre 25 e 75L de armazenamento, com capacidade de recircular a água purificada do “loop” e reservatório pelas tecnologias de
troca iônica, lâmpada UV e filtro 0,05 micrometro, para produção de água purificada com as seguintes características: resistividade a 25 Graus Celsius >10 megaohm-cm, níveis de TOC <30ppb, níveis bacteriológicos <1UFC/ml, partículas <0,05 micrometro e níveis de sílica <0,05mg/l.
8421.21.00 Ex 173 – Módulos para ultrafiltração de água, por meio de membrana de fibra oca, confeccionada em fluoreto de polivinilideno (PVDF) com material da carcaça em policloreto de vinila não plastificado (uPVC), resistente até 200.000ppm/h de exposição a cloro, diâmetro interno nominal da fibra de 0,7mm, diâmetro externo nominal da fibra de 1,3mm,
tamanho nominal de poro de 0,07 micrometro; área efetiva de filtração compreendida entre 30 e 70m2, capacidade de filtração (vazão) compreendida entre 1 e 8,4m3/h, com fluxo de filtração de fora para dentro, trabalhando com faixa de pressão transmembrana (PTM) entre 0 e 3bar.
8421.29.20 Ex 008 – Sistemas de filtração por membranas de osmose inversa (Osmose Reversa – RO) para concentração de permeado de soro de leite proveniente tanto da fabricação de WPC80 como WPI em quaisquer proporções/combinação, com padrão sanitário e para alto fluxo, com absorção de uma variação de teor de sólidos totais na entrada
(alimentação) entre 3,4 a 13%, com vazões de entrada de aproximadamente 78.000kg/h a aproximadamente 8% T.S (teor de sólidos) e concentração do permeado de soro de leite a uma taxa de aproximadamente 30.631kg/h a aproximadamente 20% de teor de sólidos (T.S) alcançado sem adição de ácidos e/ou CO2 para ajuste de pH,
proporcionando uma operação contínua de 20h (dependendo da composição do produto), permeando a uma taxa aproximada de 47.369kg/h, compostos principalmente de tubos sanitários de alojamento de membranas, 6.983m2 de superfície de membranas de osmose inversa (reversa) em “skid” de 7 estágios, bombas sanitárias, válvulas sanitárias,
tanques, trocadores de calor e instrumentações como refratômetros, medidores/sensores de vazão, pressão, temperatura, condutividade, nível e fluxo.
8421.29.30 Ex 010 – Sistemas de filtração de rejeitos provenientes do beneficiamento do minério de ferro, compostos de: 2 filtros-prensa, operando pelo sistema de vigas superiores laterais com placas especiais suspensas e fechamento hidráulico do tipo tração integral por meio de 4 pistões, incluindo unidade hidráulica de alta performance e bomba de lavagem de
tecidos em alta pressão, cada filtro com volume total de 12.444,3L, superfície filtrante total de 620,4m2, operando por meio de 67 placas com dimensões de 2.640 x 3.050mm, sendo 1 placa tipo câmara-cabeceira fixa, 32 placas tipo câmara instaladas, 33 placas tipo membrana e 1 placa tipo câmara-cabeceira móvel, com 132 meias-lonas de filtragem
emborrachadas e reforçadas e membranas pressurizadas a 15bar, para filtração nominal de 150t/h de matéria seca, considerando uma concentração de sólidos na alimentação de 35%, com humidade residual na torta filtrada entre 15 e 17%.
8422.30.21 Ex 095 – Combinações de máquinas para envase de produtos alimentícios,
lácteos e nutracêuticos em pó, em sacos/bags multicamadas com atmosfera modificada – MAP (modified atmosfere packing), trabalhando com sacos/bags de 25kg e precisão de envase de 10g e acabamento de alto nível de sanitariedade, compostas de: 1 equipamento de envase semiautomático de sacos/bags com duplo sistema de dosagem, 1 lança de deareação, 1 tomada de amostra sanitária e automática, 1 equipamento
automático de compactação e pesagem, 1 esteira de saída de sacos, 1 sistema de limpeza da borda do saco, 1 sistema preparação da boca do saco, 1 seladora do saco e vedação a quente com 1 transportador de sacos/bags tipo esteira, 1 girador de sacos/bags, uma bomba de vácuo
para de-aeração (geração de vácuo), totalmente controlado por CLP acondicionado em uma central de controle de motores – CCM.
8422.30.21 Ex 096 – Combinações de máquinas para envase de produtos alimentícios, lácteos e nutracêuticos em pó, em sacos/bags multicamadas com atmosfera modificada – MAP (modified atmosfere packing), trabalhando com sacos/bags de 25kg e precisão de envase de 10g e acabamento de alto nível de sanitariedade, compostas de: 1 equipamento de envase
automático de sacos/bags com sistema de dosagem, 1 lança de deareação, 1 tomada de amostra sanitária e automática, 1 equipamento automático de compactação e pesagem. 1 esteira de saída de sacos, 1 sistema de limpeza da borda do saco, 1 sistema preparação da boca do saco, 1 seladora do saco e vedação a quente com 1 transportador de sacos/bags
tipo esteira, 1 girador de sacos/bags, uma bomba de vácuo para de-aeração (geração de vácuo), totalmente controlado por CLP acondicionado em uma central de controle de motores – CCM.
8422.30.29 Ex 506 – Máquinas automáticas horizontais, para envasar produtos líquidos ou pastosos em embalagens produzidas a partir de bobina de filme flexível pré-impresso de multicamadas laminadas e termosselável por calor, para formar, dosar e selar (tipo “form fill and seal”) bolsas de filme flexível autossustentável (tipo “stand-up pouches” – que param em pé), com até 3
estações de dosagem, com controle CLP e com interface lógica homem-máquina.
8422.40.90 Ex 889 – Combinações de máquinas, automáticas e contínuas, para emblistar, encartuchar, pesar, encaixotar produtos farmacêuticos (caixas de embarque contendo cartuchos com blisters que contém comprimidos farmacêuticos), com seus respectivos controladores lógicos programáveis (CLPs), sistemas de controle automatizados, compostas de: máquina
emblistadeira de movimento contínuo horizontal, capaz de trabalhar com alumínio, aclar, PVC e PVDC, com capacidade de produção máxima de 500blisters/min, encartuchadora horizontal, com capacidade de produção máxima de 420cartuchos/min, para cartuchos com dimensões máximas de 160 x 70 x 75mm (comprimento x altura x largura), com estação de
abertura e posicionamento de cartuchos pré-colados, estação de alimentação dos blisters nos cartuchos, dobramento e inserção de bulas automática, estação de fechamento dos cartuchos, sistema de aplicação de cola a quente para selagem de abas, estação de descarte de cartuchos fora de especificação (falta de bula, falta de blister), balança de checagem
de peso dos cartuchos, com rejeito para cartuchos fora da especificação do peso, com capacidade de medição máxima de 600cartuchos/min, máquina encaixotadora tipo “Case Packer”, com capacidade de produção
máxima de 8caixas/min, para caixas com dimensões máximas de 500 x 350 x 350mm, estação de abertura de caixas, estação de empilhamento e alimentação dos cartuchos nas caixas, estação de fechamento das caixas, com capacidade de empilhamento máximo de 60ciclos/min, munida de impressora de relatórios de produção; transportadores em geral e guardas
de segurança.
8422.40.90 Ex 890 – Combinações de máquinas automáticas com controlador lógico programável (CLP), para embalar 2.097 barras de chocolate com biscoito “chocobiscuit” (dimensões 56,5 x 41,5 x 9mm) por minuto, em bandejas pré-fabricadas, com 9 unidades de produto cada, com capacidade de 233bandejas/min, compostas de: câmeras para verificação dos produtos,
separação e alimentação por 7 robôs tipo delta com ventosas para cada sistema, alimentação de bandejas vazias e empacotadoras finais horizontais.
8422.40.90 Ex 891 – Máquinas de embalagem vertical de movimento intermitente, para a produção de sacos de quatro soldas, com velocidade de 60sacos/min de 500g até 3kg, com fechamento com solda tipo estático com barra quentes, controladas por um controlador logico programável (CLP), equipadas com uma unidade de desenrolamento e de acionamento
do filme, com uma unidade de vedação horizontal e vertical, com vibrador para deslocamento dos produtos, com dispositivo de expulsão de ar, com dispositivo automático de centralização do filme, com detector de metais, equipado com balança computadorizada multicabeçote, com células de carregamento, com esteira de alimentação, com dispositivo automático de
centralização de filmes.
8424.30.90 Ex 090 – Máquinas industriais de limpeza com hidrocarboneto, providas de 2 tanques de limpeza e 1 destilador para reciclagem do solvente; sistema de transporte de líquidos e sistema interno; com pressão negativa (400mbar); sistema de desengraxe por vapor; sistema de filtragem de precisão; bombas de turbilhonamento para limpeza; segregador de
solvente e água; sistema de secagem à vácuo; sistema de ultrassom; utilizadas para limpeza de peças automotivas.
8427.10.90 Ex 185 – Veículos elétricos automáticos guiados a laser, especialmente desenhados para transporte de bobinas de chapa de alumínio com até 25t métricas cada e cilindros de trabalho de laminadores a frio, com baterias tracionarias, carregadores de baterias, alvos, computador industrial (servidor), estações de chamada e painéis eletrônicos I/O, sensor de
parada a laser no para-choques dianteiro/traseiro.
8427.20.90 Ex 128 – Empilhadeiras com capacidade de carga de 3.800 a 6.500kg, com motor a diesel com mastro de 3 estágios com alcance entre 4,7 e 7m preparadas com comando hidráulico de 4 vias, deslocador lateral dos garfos, sistema de reversão da direção eletrônico, sistema OPS de segurança conectado no assento.
8428.39.90 Ex 240 – Equipamentos para armazenamento com sistema de endereçamento automático, movimentação, abastecimento e desabastecimento de chapas metálicas de até 3.000 x 1.500mm e peças cortadas em máquinas-ferramenta durante o funcionamento, dotados de:
“software” de gestão e controle; estrutura metálica dotada por 2 blocos de armazenamento com 59 posições de 90mm de abertura, 4 posições com 170mm de abertura, cada posição com capacidade para suportar até 3.000kg; 1 elevador central; interface de conexão com o sistema de carga e descarga da máquina, 1 carro com deslocamento em trilhos para abastecimento e desabastecimento de chapas metálicas; interface de
comunicação com a máquina e um painel de controle.
8428.39.90 Ex 241 – Acumuladores horizontais com função de pulmão utilizados em linha de envase de embalagens primárias (frascos, garrafas ou bandejas), tipo fluxo direto ou descarga por fileiras, operando por meio de processo “first in, first out” (fluxo sequencial), movimentação sem pressão de acumulo entre os recipientes, evitando avarias de embalagens/rótulos e
gerando baixos níveis de ruído, sem micro-paradas ocasionadas por variações de velocidade das máquinas acopladas à linha de transporte, aptos ao processamento de embalagens de vidro, alumínio ou plásticas, para recipientes ou frascos redondos, ovais, retangulares, quadrados ou até mesmo cônicos, largura do transportador de entrada maior ou igual a
457mm, largura do transportador de saída maior ou igual a 381mm.
8428.39.90 Ex 242 – Acumuladores helicoidais com função de pulmão vertical utilizados em linha de envase de embalagens primárias (frascos ou bandejas), operando por meio de processo “first in, first out” (fluxo sequencial), movimentação sem pressão de acumulo entre os recipientes, evitando avarias de embalagens e rótulos, sem micro-paradas, aptos ao
processamento de embalagens plásticas flexíveis, recipientes ou frascos ovais, retangulares e quadrados, altura máxima dos recipientes igual a 171 ou 298mm.
8428.39.90 Ex 243 – Plataformas elevatórias com base em inox 304, utilizadas em linha de produção alimentícia, para elevação de sacos com matéria prima em pó contendo 25kg cada saco, e capacidade máxima de elevação de até 1.000kg.
8428.90.90 Ex 600 – Robôs de descarga e carregamento automático de bandejas de nascedouros para separadores de casca e pintinho, com possibilidade de uso para múltiplas bandejas e bandejas de alta carga, com capacidade de movimentar até 700bandejas/h.
8428.90.90 Ex 601 – Equipamentos para transferência de ovos das bandejas de incubação para as bandejas de nascedouros, com capacidade de movimentação de até 600bandejas/h ou até 100mil ovos/h.
8428.90.90 Ex 602 – Máquinas automáticas para estocagem, transporte e dosagem de ingredientes, para uso em panificação, controladas por controlador lógico programável (CLP), com sistema de esvaziamento de “big-bags” com rosca sem fim para extração dos ingredientes e dosador alveolar motorizado, silos construídos em tecido antiestático (trevira) com capacidade total de
armazenamento igual ou superior a 95.000L, com conexões para montagem e desmontagem rápida, cada silo com sistema de pesagem, sondas eletrônicas de controle de nível, válvulas de alívio de pressão e teto filtrante (pressão máxima +/-350mmH2O), cones vibratórios em aço inoxidável com diâmetro variando entre 900 e 1.200mm e um contra cone
com diâmetro de 700mm, roscas sem fim para extração dos ingredientes de cada silo, tremonhas pulmão em aço inoxidável com diâmetro variando
entre 460 e 900mm posicionadas sobre células de carga para realizar pesagem da mistura dos ingredientes provenientes dos silos, estação para dosagem de micro ingredientes com dispositivo para descarregamento de sacos de ingredientes, tremonhas em aço inoxidável com capacidade de 325L cada, roscas sem fim para extração dos ingredientes de cada
tremonha, recipiente especial posicionado sobre células de carga para recebimento e controle de peso dos micro ingredientes, tremonha em aço inoxidável com 1.200mm de diâmetro para recebimento do produto final posicionada sobre células de carga, sistema de transporte pneumático para todos os equipamentos com suas respectivas tubulações, válvulas,
filtros e compressores de lóbulos, peneira vibratória e desferrizador.
8429.51.99 Ex 038 – Minicarregadeiras autopropulsadas, com sistema de acoplamento rápido para troca de implementos, altura máxima de elevação até o pino da caçamba de até 3.350mm, peso operacional máximo de até 3.750kg, potência máxima de até 75CV, e vazão hidráulica máxima de até 140L/min.
8430.10.00 Ex 042 – Martelos vibratórios hidráulicos, constituídos em um implemento para cravar ou extrair estacas prancha, tubos, estacas de aço ou madeira e trilhos em construção civil, por vibração, para ser acoplado em escavadeira hidráulica ou retroescavadeira, com momento excêntrico de 5.1kgm, força centrífuga de 350kN e frequência máxima de 2.500 1/min; dotados de
braços hidráulicos laterais móveis com garras para fixar as vigas; mordente hidráulico inferior para estaca-prancha, vigas de aço ou madeira e trilhos; dispositivo de controle automático com sensores de posicionamento; tela de comando em LCD e “joystick”.
8431.31.10 Ex 103 – Máquinas de tração sem engrenagens para elevadores, com motor elétrico de corrente alternada, trifásico, síncrono de imãs permanentes, com altura de ponta de eixo de 160 e 200mm e potências de 5,5 a 59,2kW, tensão nominal 180/340/460V, máximo de 240partidas/h, isolação classe F, ciclo de trabalho máximo 50%, nível de
ruído máximo de 70dba e frequência nominal de 15 a 60Hz, força radial admissível de até 48kN, torque nominal de 170 a 1.400Nm, grau de proteção IP21, aplicação com inversores de frequência, com velocidade de tracionamento entre 1 a 3m/s, sistema de freio a disco integrado com duplo circuito de acionamento com torque de frenagem de 170 a 1.400Nm
eletromagneticamente liberado, polia de tração com diâmetro de 125 a 150mm incorporada ao eixo e adequada para correias de tração, contador de pulsos eletrônicos (encoder), ventilador de arrefecimento do motor, dispositivos manuais para operações de emergência, volante e alavanca de liberação do freio separado.
8437.80.10 Ex 015 – Moinhos de martelos para moagem de grãos, acionados por motor elétrico de 400kW, dotados de: alimentador, acionado motoredutor de 1,5kW; controlador de frequência; filtro de ar; válvula de ar; ventilador, acionado por motor elétrico de 22kW com 3.600rpm; silenciador; painel de controle e painel starter; podendo conter: extensão para troca
automática de tela de 3 tipos diferentes.
8437.80.90 Ex 022 – Máquinas para expansão de massa alimentícia de abertura anular para uso na fabricação de ração animal “Expander”, destinadas a elevar o nível de pressão e de temperatura da massa para aumento da conversão alimentar em aves e/ou suínos, com capacidade de até 60t/h, com diâmetro de tubo de até 450mm e comprimento de trabalho de até 3.000mm, com controlador lógico programável (CLP).
8438.10.00 Ex 239 – Combinações de máquinas para produção de massas para pães, com capacidade de 5.300kg/h, tempo total de amassados de 10min, cadência de descarga de 8,9batch/h, compostas de: 2 amassadeiras com sistema automático tandem em aço inoxidável, com velocidade de rotação máxima de 140rpm e volume das cubas (tachos) de 1.250L cada, dotadas
de: cabeçotes basculantes com pás, descargas automáticas (hidráulicas) das massas pelos fundos das cubas, tacho oval com paredes duplas para circulação de água glicosada com temperatura de até menos 15ºC, sondas de temperatura, sensores (fotocélulas); esteira transportadora para extração da massa (horizontal) com raspadores nas extremidades; esteira
transportadora dupla, tipo sanduiche, para extração e elevação da massa (inclinada) com raspadores nas extremidades; painel elétrico com controladores lógicos programáveis (CLP) e painel de comando IHM (Interface Homem-Máquina) sensível ao toque (touchscreen).
8438.10.00 Ex 240 – Combinações de máquinas automáticas e integradas, para fermentação, cocção e desenforme para fabricação de pães de hambúrguer, com capacidade de até 24.000pães/h, integradas por controlador lógico programável (CLP) e painel de controle sensível ao toque, compostas de: câmara de fermentação continua, com circuito
elíptico das assadeiras em 15,5 níveis de elevação e velocidade variável, com unidade autônoma de controle de temperatura e umidade sem uso de vapor externo, comprimento ativo de esteira máximo de 784,5m para período de fermentação de até 75min, com magnetos especiais de retenção em cada suporte de assadeira (grid), transportadores de acúmulo
e sincronizador, sistema de lubrificação e limpeza de corrente automático, painel externo de fechamento em aço inox; aplicador de precisão para sementes variadas, construído em aço inoxidável com sistema de “spray” de água, sistema de corte superficial do pão por jato de água e recipiente de sementes com alimentação e recolhimento de excesso automático;
forno de radiação direta, circuito elíptico das assadeiras em até 4 níveis de elevação, dotado de 3 zonas independentes de combustão e cocção dos alimentos, comprimento ativo da esteira transportadora com 125m para tempo de cocção máximo de 12min, com magnetos especiais de retenção em cada suporte de assadeira (grid), transportadores de acúmulo e
sincronizador painel externo de fechamento em aço inox, sistema automático de ignição, extração e recirculação forçada do ar quente; extrator de pão contínuo com bicos de sucção com uso de unidade autônoma de vácuo, com posicionamento vertical ajustável, escova de limpeza de assadeiras com cortina de ar para retenção dos detritos,
transportadores com esteira magnética, de circulação de assadeiras no sistema e helicoidal de 267,6m de transporte dos pães.
8438.10.00 Ex 241 – Combinações de máquinas para a fabricação contínua de massa alimentícia para pão de forma com capacidade de produção máxima de 3.150kg/h com controlador lógico programável (CLP), compostas de: 2 masseiras horizontal, com caçamba refrigerada, basculamento de 120°, com uma válvula tipo borboleta para entrada de farinha e capacidade de
1.000libras; porcionador de massa com movimento lateral acoplado a esteira inclinada de 80 Graus; e esteira horizontal bi direcionada e transversal para o transporte da massa.
8438.20.19 Ex 092 – Máquinas processadoras para a indústria de confeitaria, com capacidade do recipiente de 15L, carga máxima de 12kg/batelada, operando em temperatura máxima de 125 Graus Celsius, modelo com base própria, controlados por PLC, com funcionalidades de cozimento sob pressão e sob vácuo, resfriamento, concentração, mistura, corte,
homogeneização ou pulverização, dispondo de funil de carregamento, raspador motorizado para limpeza do tacho e da tampa, acessórios para mistura, aeração, cristalização e inclusão de líquidos, movimentos automáticos para tacho e tampa, extrusão pneumática e automática para entrega do produto, extração automatizada de produtos fluidos ou
semifluidos, iluminação interna no tacho, sistema completo de vácuo, gerador de vapor integrado, compressor, bomba de vácuo integrada, tombamento automático de tacho, autolimpeza automática com ciclos frio, quente e esterilização, lâmina com velocidade variável de 30 a 3.000rpm, conexão USB e “ethernet wireless”.
8439.30.20 Ex 016 – Máquinas revestidoras de papel com velocidade de 1.200m/min, diâmetro de bobina de 2.500mm e largura de 4.200mm, sob tensão do papel até 1kN/m, dotadas de: desenrolador com carro alimentador, troca automática e rolo de colagem revestido de borracha; rolos de vácuo para controle de tensão; rolos guia papel de diâmetro 350 a 500mm com
revestimento de borracha, cromo e liso; rolos abridores da folha de papel com diâmetro de 180 a 250mm com abaulamento; estangas revestidas de borracha para enrolamento da bobina; aplicador de tinta tipo cortina com cabeçote com duas fendas, alimentação e desaeração de tinta, cilindro secador com diâmetro até 1.830mm; passador de ponta de fita; sistema
para preparo de tinta; calandra de papel dotados de rolo com revestimento sintético e rolo de aço com pressão de até 200kN/m; secadores de papel tipo capota com insuflamento de ar quente aquecidos a gás; viga aplicadora de água para planificar o papel com controle automático de dosagem; enroladeira horizontal com cilindro suporte
móvel, acionamento da estanga no braço primário, no braço secundário e dispositivo de troca automática; gabinete com componentes hidráulicos e unidade de bombeamento; componentes elétricos e pneumáticos; painéis de automação e controle digital; estruturas, passadiços transversais e longitudinais; sensores de quebra de folhas, dispositivo pneumático de
corte de folha de papel; dispositivos de lubrificação automática e componentes; acionamento mecânico e/ou elétrico, sistema de automação completo para monitoramento do processo e controle de qualidade do papel.
8441.10.90 Ex 107 – Cortadeiras automáticas horizontais rotativas, para corte de etiquetas autoadesivas fabricadas em papéis ou filmes de polipropileno, de polietileno e outros materiais, pré-impressas ou sem impressão, com velocidade máxima de até 250m/min, para trabalhar bobinas com largura entre 150 e 510mm, dotadas de: unidade de desbobinamento motorizada,
para bobinas com diâmetro de até 1.000mm, com elevador elétrico de bobinas, sistema de controle de tensão, mesa ajustável para emendas dos materiais, com sistema alinhador, eixo inflável para bobinas com tubetes de 152mm e rolos de passagem do material em processamento; 2 unidades de tração motorizadas compostas de rolo de vácuo e rolo com
superfície emborrachada, com sistema de controle de tensão do material em processamento; unidade de corte rotativa horizontal motorizada para ser utilizada com ferramentas de corte com circunferências entre 12 e 30 polegadas, com tolerância de corte de +/-0,1mm a velocidade contínua e +/-0,2mm durante aceleração e desaceleração da máquina, com sistema
eletrônico de controle de registro de corte, com sistema motorizado de rebobinamento de aparas capaz de trabalhar com cortadeiras automáticas horizontais rotativas, para corte de etiquetas autoadesivas fabricadas em papéis ou filmes de polipropileno, de polietileno e outros materiais, pré-impressas ou sem impressão, com velocidade máxima de até 250m/min,
para trabalhar bobinas com largura entre 150 e 510mm, dotadas de: unidade de desbobinamento motorizada, para bobinas com diâmetro de até 1.000mm, com elevador elétrico de bobinas, sistema de controle de tensão, mesa ajustável para emendas dos materiais, com sistema alinhador, eixo inflável para bobinas com tubetes de 152mm e rolos de
passagem do material em processamento; 2 unidades de tração motorizadas compostas de rolo de vácuo e rolo com superfície emborrachada, com sistema de controle de tensão do material em processamento; unidade de corte rotativa horizontal motorizada para ser utilizada com ferramentas de corte com circunferências entre 12 e
30 polegadas, com tolerância de corte de +/-0,1mm a velocidade contínua e +/-0,2mm durante aceleração e desaceleração da máquina, com sistema eletrônico de controle de registro de corte, com sistema motorizado de rebobinamento de aparas capaz de trabalhar com diâmetro de até 800mm; unidade de rebobinamento motorizada, bidirecional, para
bobinas com diâmetro de até 1.000mm, com elevador elétrico de bobinas, com sistema de controle de tensão do material rebobinado, eixo inflável para bobinas com tubetes de 76mm e rolos de passagem do material em processamento; passarela; painéis elétricos, controlador lógico programável (CLP), computador industrial para gerenciamento do sistema
com tela sensível ao toque, sistema de monitoramento com câmera, monitor e unidade de controle.
8441.40.00 Ex 038 – Máquinas para formação de copos de polipapel, a partir de “blanks” de cartão revestido de polietileno em ambos os lados, com “blanks” de diferentes tamanhos e com capacidade máxima igual ou superior a 140copos/min, compostas de: esteira alimentadora de “blanks” previamente cortado, e alimentação de fundo por meio de bobina e
máquina para formação de copos de polipapel por termoselagem.
8441.80.00 Ex 110 – Emendadoras automáticas para uso na indústria de papel e celulose, que permitem o desenrolamento e emenda contínua de bobinas de papel, com velocidade de trabalho de até 280m/min, com possibilidade de troca das bobinas sem parada da máquina, com redução da velocidade para 60m/min para realização da emenda, com porta bobinas do tipo
basculante, para bobinas de diâmetro máximo de 2.100mm e largura máxima de 2.200mm, peso de máximo de 450g/m2 em peso mínimo de 170g/m2, com velocidade máxima de até 350m/min.
8443.16.00 Ex 050 – Máquinas de impressão flexográfica, para processamento de chapas de papelão, com altura máxima de impressão de 1.600mm e largura máxima de impressão de 2.800mm, velocidade máxima de 200chapas/min, dotadas de: unidade de alimentação a vácuo pleno, tipo “lead edge feeder”, 4 unidades de impressão com acionamento por
engrenagens helicoidais, unidade de corte e vinco com acionamento independente por servo motor, unidade de remoção de refiles e unidade de empilhamento, com mecanismo de: transferência a vácuo entre unidades; sistema “doctor blade” de dosagem de tinta nas unidades de impressão com cilindros “anilox” cerâmicos; sistema de montagem e
desmontagem rápida de clichês nos cilindros porta clichês com acionamento motorizado para ajuste de tensão e fixação; sistema de montagem e desmontagem rápida das formas de corte e vinco nos cilindros porta-formas, tipo “serrapid”; sistema DCS para controle e monitoramento eletrônico à distância, controle automático de
manutenção e lubrificação, memórias de produção, conexão com sistema ERP; sistema SMC de remoção estática de pó das chapas de papelão antes da impressão; ajuste de registro de impressão através de servo motor; acionamento dos rolos de transporte do sistema de transferência a vácuo através de correias sincronizadas; sistema de troca rápida de cilindros
“anilox” nas unidades de impressão (aproximadamente 10 min).
8443.39.10 Ex 347 – Máquinas de impressão a jato de tinta direto para tecidos, com 2 a 8 cabeças de impressão, com utilização de pigmentos a base de água, largura máxima de impressão 40,64 x 53,34cm e resolução de impressão máxima de 1.200 x 1.200dpi.
8447.12.00 Ex 008 – Teares circulares eletrônicos para a fabricação de malha “Jersey” a partir das mechas de fibras, realizando o processo de fiação, limpeza e tricô, com 90 alimentadores, cilindros com diâmetro de 30 polegadas, dotados de agulhas, com velocidade máxima de até 30rpm, 380V.
8451.40.29 Ex 014 – Máquinas rotativas automáticas para lavagem, tingimento e centrifugação de peças confeccionadas, meias, e peças sem costura, com temperatura de até 135 Graus Celsius, construídas em aço inoxidável, dotadas de: cesto dividido em 3 compartimentos, com capacidades de carregamento nominal de 60 a 240kg e velocidade de até 550rpm,
polimento eletrolítico em cada compartimento, centrífuga de alta velocidade, com balanceamento hidráulico, velocidade de rotação do cesto regulada por inversor, com função de reintegração automática a nível mínimo e função de reutilização da água de resfriamento para o início da lavagem, compostas por “kit” de monitoramento do consumo e
nível da qualidade do banho, painel de comando em aço inoxidável, computador para assistência remota “online”, visualização do nível do banho, tanque bivalente para a solução de sulfato e predisposição para conexões térmicas e hidráulicas.
8454.30.10 Ex 086 – Máquinas de vazar sob pressão, com força de fechamento de até 23t, com câmara quente de capacidade de armazenamento de 18kg de metal fundido, com 4 movimentos hidráulicos em cruz, com painel de controle por computador, para moldes de 101,6 x 101,6mm.
8454.90.90 Ex 010 – Conjuntos de 2 cilindros de aço com furos internos para resfriamento, revestidos com camisas de aço forjado especial com dimensões entre 910 e 970mm de diâmetro externo e largura útil de trabalho de 1.780 a 1.820mm, com 4 mancais com um rolamento em cada mancal para sustentação e rotação dos cilindros, 2 juntas rotativas para resfriamento interno; utilizados especificamente no equipamento horizontal “dual drive aluminium roll caster” para solidificação de alumínio líquido em formato de chapas brutas com espessura de 4,5 a 10mm.
8458.11.99 Ex 223 – Centros de torneamento horizontal CNC, para a usinagem oval de pistões, com diâmetro máximo usinado de 320mm, comprimento máximo usinado de 250mm, com curso do eixo X de 170mm, eixo Z de 410mm, eixo A de 125mm, e eixo Y de 25mm, avanços rápido em X, Z e A de 20m/min, avanço rápido em Y de 6m/min, com controle sincronizado do
eixo C com os eixos Z, A e Y , programação não circular de alta velocidade de comunicação, eixo Y para usinagem oval com aceleração de 8g de guia cerâmica , com rotação do eixo arvore de 4.000rpm, indexação do eixo C de 0,001 grau, potência do motor principal de 11kW.
8458.91.00 Ex 086 – Centros de torneamento verticais, para peças metálicas, tipo multitarefa, com comando numérico computadorizado (CNC), para tornear, furar, fresar e rosquear, inclusive fora de centro, com capacidade de interpolação simultânea dos 5 eixos (X, Y, Z, B e C), com capacidade para suportar peças com o diâmetro máximo de 2.050mm e altura máxima
de 1.600mm, cursos dos eixos X = 2.315mm, Y = 1.600mm e Z = 1.345mm ou maior, eixo B com inclinação de 150 graus (-30 graus + 120 graus) ou superior, com precisão de 0,0001 grau, cabeçote fresador com rotação máxima de 10.000rpm, com potência máxima de 37kW, magazine com capacidade para acomodar até 120 ferramentas, com paletes de 1.400mm
de diâmetro, com rotação máxima de 300rpm e capacidade de carga sobre cada palete de 5.000kg (incluindo o palete), dotada de sistema de troca automática e de alimentação de paletes igual ou superior de 6 paletes e sistema de troca de suportes especiais (ancoragem de 4 pontos) para até 4 suportes.
8462.21.00 Ex 280 – Máquinas automáticas para endireitar e cortar arames, operando a partir de bobinas com diâmetro de 3 a 8mm, aplicação de processo de endireitamento rotativo, sistema de corte volante sem parada do processo no momento do corte, precisão de 0,5mm/m, velocidade máxima de endireitamento 160m/min, sistema de emparelhamento das pontas na
mesa recolhedora para que o feixe fique alinhado, com controlador lógico programável (CLP).
8462.21.00 Ex 281 – Máquinas dobradeiras elétricas, com comando numérico computadorizado, sistema de fixação e alinhamento da ferramenta automática para punção e matriz, sistema de segurança com ajuste automático da posição de dobra, painel de operação “touch”, disposto com sistema de programação gráfica no comando da máquina em
desenhos com definição em 3D e “software” específico instalado no comando da máquina “TecZone Bend”, que permite abrir arquivos em 3D e gerar o programa automaticamente, posição da matriz variável, dotadas de: mesa de suporte frontal com regulagem de altura e posição para trabalho, armário ferramental integrado a estrutura da máquina com
capacidade de armazenar até 15,1m (ou até 230kg) conjuntos de matrizes e punção para trocas de rápidas e precisas, com iluminação frontal e traseira para auxílio no trabalho, feixe de laser para posicionamento
preciso da dobra e posicionamento instrutivo em LED para posicionamento da estação de dobra, sistema de medição de ângulo automático ACB “Wireless”, acionamento através de cartão RFID para controle de acesso do painel da máquina, comprimento máximo de dobra de até 1.500mm, força de operação até 50t, disposta com até 9 eixos de
ação.
8462.21.00 Ex 282 – Máquinas para endireitar, dobrar e cortar peças de arames de aço com diâmetro de entrada variando de 10 a 25mm, a partir de bobinas, providas de puxador para avanço independente de 1 ou 2fios (sistema par/ímpar), velocidade máxima do puxador de 160m/min, operando a partir de servo motores elétricos, contando com sistema de
endireitamento automático por meio de roldanas com função antitorção, dobra de perfilados nas 2 extremidades na mesma operação, troca de bitolas dos arames feito por sistema automatizado pelo controlador lógico programável (CLP) e com exercício da operação em tempo igual ou menor a 50s/bitola, capacidade para dobrar 2 fios de arame de diâmetro de até
20mm simultaneamente ou 1 fio de arame de diâmetro de até 25mm.
8462.41.00 Ex 082 – Máquinas para puncionar chapas metálicas, de comando numérico computadorizado (CNC), com capacidade de puncionamento de 785kN e velocidade de 500golpes/min (referido a um curso de 16mm), para chapas de aço com limite de resistência de até 800Mpa, largura compreendida entre 80 e 600mm e espessura compreendida entre 1 e
4mm, dotadas de: alimentador de tiras com rolos revestidos de tungstênio com velocidade máxima de 120m/min, aceleração máxima de 30m/s2, aceleração de trabalho compreendida entre 10 e 15m/s2 e precisão de posicionamento +/-0,3mm; sistema de troca rápida de ferramental com tempo máximo de troca de 5min; esteira de retirada de retalhos; unidade
hidráulica principal com pressão de trabalho de 210bar; unidade hidráulica auxiliar com pressão de trabalho de 100bar; unidade hidráulica para o sistema de travamento do ferramental com pressão de trabalho de 100bar e; painel elétrico e de controle.
8462.49.00 Ex 056 – Máquinas utilizadas para expansão de chapas metálicas a partir de bobinas ou chapas cortadas com largura de no máximo 2.000mm e espessura de no máximo 8mm com capacidade de 80golpes/min, força máxima de trabalho de 2.000kN e sistema de fixação pneumático controlado por servo motor e controlador lógico programável (CLP).
8463.30.00 Ex 140 – Combinações de máquinas para fabricação automática de telas hexagonais de arame de aço galvanizado, com largura da malha de 2 polegadas, com diâmetro do arame compreendido entre 0,63 e 1,23mm, largura máxima da tela de 2m, com alimentação contínua de arame, velocidade de trabalho igual ou superior a 40m/min, com respectivos
acumulador de alta capacidade e bobinador.
8463.90.90 Ex 005 – Máquinas hidráulicas para inserção de fixadores (porcas, pinos e espaçadores) em placas de metal, com força compreendida entre 4 (36kN) à 20t (180kN) controladas por comando numérico computadorizado (CNC) ou controlador lógico programável (CLP), profundidade de garganta compreendida entre 12 a 24 polegadas, dotadas de “kit” para inserção
manual e/ou alimentação automática de até 4 módulos (magazine/alojamento).
8466.10.00 Ex 013 – Dispositivos turbilhonadores de roscas (utilizado para processo de corte de roscas) com capacidade de montagem de anel de corte com 3 a 12 insertos intercambiáveis, com ajuste de angulação máxima de até +/-25º, rotação máxima de até 6.000rpm, diâmetro máximo de passagem interna de até 12mm e quando ajustado a 25 graus de angulação de até
10,8mm, permite remoção máxima de profundidade de corte do material de até 4mm.
8474.80.90 Ex 163 – Prensas hidráulicas de massa refratária para fabricação de tijolos refratários, com força de prensagem de até 25.000kN, força de extração de até 2.750kN, estrutura compacta formada de travessa superior e base inferior interligadas por 4 colunas guias com 2 mesas móveis.
8474.80.90 Ex 164 – Combinações de máquinas para conformação e secagem de louças de mesa, em cerâmica e/ou faiança, com capacidade de processamento de até 500pçs/h, compostas de: torno “roller” do tipo revólver, com movimentação assegurada por um sistema de servomotores axiais controlados por controle numérico (NC-controlled axial
servomotores) diâmetro de moldes de 460mm, mesa porta moldes com 5 cavidades, túnel de secagem aéreo horizontal de corpo em forma pescoço de cavalo, dotado de 2 geradores de ar quente por combustão direta a gás natural, com 18,5m de comprimento, altura de 6,1m, 114 tabuleiros com 3m de largura, 2 ventiladores para extração de humidade, 2 setores
autônomos de secagem e máquina automática de acabamento de bordos de peças simétricas com cabeços de acabamento equipados com esponjas circulares e ovais, sistema de avanço e recuo automático de funcionamento pneumático , equipadas com acionamento através de grupo moto redutor com variadores de frequência para ajuste de
velocidade, sistema de fixação por vácuo com pressão regulável, sistema de lavagem das esponjas e painéis elétricos e de comando.
8474.90.00 Ex 053 – Rolos cilíndricos de alta pressão para moinho vertical, composto de cubo com bucha, segmentos de desgaste em aço fundido, eixo, rolamentos (de rolos cônico e cilíndrico), anéis e selos de vedação de óleo, para moagem e trituração de cimento, de escória de alto forno e de insumos minerais diversos com diâmetro compreendido entre 1.584 e
2.680mm, capacidade de moagem/produção/trituração de 45 a 450t/h (range de capacidade variável de acordo com o tipo de moinho e aditivos).
8477.10.11 Ex 089 – Máquinas horizontais injetoras de silicone para fabricação de produtos a partir da mistura de 2 componentes de borracha de silicone líquido (LSR – Liquid Silicone Rubber), 2 cores, com força de fechamento de 130t, pressão de injeção de 700kg/cm2, painel de controle computadorizado, dotadas de bomba alimentadora de silicone líquido e
bomba para cor.
8477.10.11 Ex 090 – Combinações de máquinas para moldar peças plásticas de parede fina por injeção-compressão, compostas de: injetora horizontal com tempo de ciclo seco máximo de 1,9s; unidade de fechamento elétrico e encapsulado, por meio de alavanca dupla de 5 pontos e assistência hidromecânica para geração de alta pressão de travamento de 4.500 a
7.500kN; unidade de injeção híbrida com tecnologia “dual-valve” e dosagem elétrica; unidade de acionamento com controle adaptativo e conversores de potência interconectados para recuperação da energia cinética; unidade de operação com 3 interfaces, sendo painel de botões membrana, tela plana de 17 polegadas e teclado numérico dobrável; pressão de operação do sistema de 250bar; automação lateral para retirada e empilhamento das peças plásticas e inserção de etiquetas.
8477.10.99 Ex 087 – Máquinas injetoras para produção de peças por método de injeção de materiais plásticos, dotadas de: 96 unidades de fechamento sendo 48 estações posicionadas no carrossel em nível superior e 48 estações posicionadas no carrossel em nível inferior, com 2 unidades de injeção sistemas de controle e comando com precisão de injeção de
material de 0,05g com variação no lote de +/-0,1g, com 2 grupos de injeção podendo cada grupo produzir produtos distintos de materiais e formas distintas.
8477.20.10 Ex 264 – Combinações de máquinas para produção de telhas tipo colonial de camada dupla de PVC, com largura de 880mm e espessura compreendida de 1,8 a 2mm, com capacidade máxima de produção de 500 a 600kg/h, compostas de: extrusora de dupla rosca contendo canhão e roscas com revestimento bimetálico, roscas cônicas com diâmetro
nominal de 92/188mm, velocidade de rotação máxima de 40rpm, sistema de alimentação com transportador de dupla rosca, alimentação forçada com funil vertical de aço inox, sistema de dupla degasagem à vácuo e adaptador, transportador de rosca para co-extrusora com capacidade de até 100kg/h, coextrusora para PVC em pó, de rosca simples com diâmetro
nominal de 50mm, razão L/D 30:1 e adaptador, distribuidor (feed block), cabeçote plano (flat die) com tratamento interno de cromo duro com espessura de 0,03 a 0,05mm, calandra para texturização das telhas, aquecida a óleo, com velocidade máxima de 5m/min, rolos com diâmetro de 300mm e largura de 1.250mm, incluindo controlador de temperatura
de óleo, conformador de telhas colonial incluindo 30 pares de matrizes, com velocidade de operação variável de 0,5 a 5m/min, impressora a laser para marcação das telhas com potência de 30W, cortador hidráulico tipo guilhotina vertical com sensor infravermelho, mesa de inox para recepção e embalagem do produto acabado com comprimento nominal de 6m e
sistema de controle com monitor sensível ao toque e controlador lógico programável.
8477.20.10 Ex 265 – Combinações de máquinas para produção de telhas “tipo plan” de camada dupla de PVC, com largura de 880mm e espessura compreendida de 1,5 a 1,6mm, com capacidade máxima de produção de 380 a 450kg/h, compostas de: extrusora de dupla rosca contendo canhão e roscas com revestimento bimetálico, roscas cônicas com diâmetro nominal de
80/156mm, velocidade de rotação máxima de 40rpm, sistema de alimentação com transportador de dupla rosca, alimentação forçada com funil vertical, sistema de dupla degasagem à vácuo e adaptador, transportador de rosca para co-extrusora com capacidade de até 100kg/h, coextrusora para PVC em pó, de rosca simples com diâmetro nominal de
50mm, razão L/D 30:1 e adaptador, distribuidor (feed block), cabeçote plano (flat die) com tratamento interno de cromo duro com espessura de 0,03 a 0,05mm, calandra para texturização das telhas, aquecida a óleo, com velocidade máxima de 5m/min, rolos com diâmetro de 300mm e largura de 1.250mm, incluindo controlador de temperatura de óleo,
conformador de telhas “plan” incluindo 30 pares de matrizes, com velocidade de operação variável de 0,5 a 5m/min, cortador hidráulico tipo guilhotina vertical com sensor infravermelho, impressora a laser para marcação das telhas com potência de 30W, mesa de inox para recepção e embalagem do produto acabado com comprimento nominal de 6m e
sistema de controle com monitor sensível ao toque e controlador lógico programável.
8477.59.11 Ex 029 – Prensas hidráulicas vulcanizadoras de bexigas de borracha de alto desempenho, dotadas de: centro mecanismo para alimentação de água e vapor, painéis pneumáticos, sistema de controle e monitoramento da vulcanização, unidade hidráulica, controle e comando, automação com controlador lógico programável (CLP) e painéis de potência.
8477.80.90 Ex 562 – Equipamentos para revestimento (coating) por deposição química a vapor assistida por plasma (PEVCD – Plasma-enhanced chemical vapor deposition) da superfície de embalagens plásticas para proteção contra permeação de produtos químicos (ex. barreira química para agroquímicos, solventes, etc), dotados de: 1 ou mais reatores (câmaras de tratamento),
gerador de micro-ondas, bombas de vácuo, painel de controle (CLP), sistemas de esteiras, estação de alimentação e exaustão de gases.
8479.30.00 Ex 043 – Peletizadoras verticais para produção de pellets de biomassa com tamanho variável com mínimo de diâmetro de 6mm e máximo de 10mm conforme diâmetros dos furos das matrizes, trabalhando com matérias primas diversas (cascas de arroz, aveia, serragem, maravalha, bagaço de cana, entre outros) com capacidade de produção acima de 3t/h, dotadas
de: matriz de anel fixo na posição plana com diâmetro interno de 728mm e 3 rolos giratórios acionados por motor elétrico com potência de 160kW, alimentador automático com movimento de transporte helicoidal acionado por motor elétrico controlado por inversor para controle de velocidade, sistema de lubrificação integrado com torre de resfriamento,
com painel de comando e controle equipados com controlador lógico programável (CLP).
8479.82.10 Ex 237 – Agitadores eletromagnéticos, próprios para mistura homogênea de alumínio em forno de fundição com capacidade entre 10 e 20t, utilizados na fabricação de lingotes de alumínio.
8479.82.10 Ex 238 – Agitadores industriais de montagem vertical em tanque, com tecnologia de moagem seletiva, destinados para a etapa de cozimento da produção de etanol de milho, com 2 impelidores de alto fluxo, de diâmetro de 1.245mm, com 3 lâminas cada, montados em eixo de 64mm com espaçamento de 1.549mm, força vertical 6.230N e torque dinâmico
2.940Nm; capacidade de fluxo de circulação de 87.800L/min, motor de acionamento de 15HP e 1.800rpm, 440V, com redutor RG-23 para velocidade angular do eixo de 74rpm.
8479.82.10 Ex 239 – Agitadores industriais, de montagem vertical em tanque, com impelidor de alto fluxo de 3 lâminas, com peso de 1.360kg, aplicam força descendente vertical de até 13.300N, com torque dinâmico de até 7.000Nm, momento dinâmico variável de até 2.940Nm, montados em eixo de 89mm, impelidores com diâmetro de 2.540mm, capacidade de fluxo de
circulação de 692.000L/min, motor de acionamento de 20HP e 1.800rpm, 440V, com redutor RJ – 43 auto lubrificante e com visor de vidro para checagem do nível de óleo.
8479.82.10 Ex 240 – Agitadores industriais de montagem vertical em tanques de procedimentos a quente, para fabricação de etanol a partir de milho, dotados de: 1 impelidor axial de 3 lâminas; 1 impelidor radial de 2 lâminas; 1 haste com eixo de 140mm e velocidade de 25rpm; motor de 40HP e 1.800rpm, 440V e 68A; força de torque de 2,53kgf cada.
8479.82.10 Ex 241 – Combinações de máquinas para mistura e homogeneização de soluções salinas, solução alcalina e farinha de soja, para preparação de ingredientes que serão utilizados em alimentos industrializados, com capacidade máxima de produção igual ou superior a 6.000kg/h, compostas de: 2 misturadores com volume útil de até 2.500L, com entrada e controle
de dosagem das soluções salinas, com camisa dupla para circulação de água quente, com injeção direta de vapor para aquecimento do produto, isolado termicamente, com sistema de pás helicoidais duplas com rotação reversa e controle de velocidade, com sistema de pesagem por célula de carga; 1 silo isolado termicamente com capacidade de até 2.500L, com
sistema de movimentação do produto por pás, com bomba e tubulação; 1 emulsificador tipo multidiscos com ajuste automático de posicionamento das lâminas, com capacidade compreendida de 7.000 a 15.000kg/h, com válvula de controle de fluxo; 1 quadro de comando e força, com automação integrada para todos os equipamentos e sistema de controle
de temperatura, de nível dos produtos, de quantidade dos produtos, de velocidade e de corrente dos motores elétricos; com plataformas para acesso aos misturadores e comandos; com tubulações para conexão dos equipamentos.
8479.82.90 Ex 181 – Combinações de máquinas para reciclagem de metais ferrosos fundidos, galvanizados, ligados e inoxidáveis (ferro e aço), compostas de: triturador de sucata, coletor de pó, pré-pressor, transportador (alimentador) de metal, transportador (alimentador) de saída, tambor magnético, transportador de correia de resíduos, alimentador de vibração.
8479.82.90 Ex 182 – Combinações de máquinas para preparação de sucata de latas de alumínio para reciclagem, totalmente automatizadas e sincronizadas, com capacidade de processar 30t métricas/h, compostas de: separador de metais pesados pneumáticos de 60t com suportes; transportador vibratório com suportes de alimentação de 2,5m (96 polegadas); 5 correias
flexíveis com laterais de 1,2m (48 polegadas) de largura; 2 chutes diversores; 2 correias metálicas de talisca de 2,1m (84 polegadas) largura; triturador de sucatas; 3 correias de borracha plana de 1,8m (72 polegadas) largura; correia de borracha plana de 1,2m (48 polegadas) largura; peneira rotativa diâmetro aproximado de 1,5m (60 polegadas) diâmetro; 2
transportadores vibratórios de 1,8m (72 polegadas) com suportes; rolo magnético com suportes; silo de estocagem; esteira de borracha plana dimensões aproximadas de 1,2m (48 polegadas) largura com balança; transportador oscilante de 1,8m (72 polegadas) largura para trabalho pesado; 2 transportadores oscilantes de 1,5m (60 polegadas) largura para
trabalho pesado em área quente; correia metálica de talisca dimensões aproximadas de 1,8m (72 polegadas) largura; separador de metais pesados pneumáticos de 30t com suportes; correia metálica de 1,2m (48 polegadas); e conjunto de acionamento.
8479.89.11 Ex 154 – Combinações de máquinas para a fabricação de comprimidos de 2 camadas por compactação de produtos farmacêuticos em pó, com capacidade produtiva máxima de 190.800comprimidos/h, compostas de: máquina compressora automática com força de até 60kN na zona de pré-compressão e 100kN na zona de compressão, configuradas com um
módulo de compressão rotativo intercambiável de 53 estações e cames de enchimento intercambiáveis de 10, 14 e 18mm para moldagem de comprimidos; unidade de pesagem de amostras de comprimidos de uma só camada; unidade de medição de peso, espessura e dureza de comprimidos de 2 camadas; sistema de controle de parâmetros de
processo em malha fechada; unidade de detecção de metais e despoeiramento; unidade coletora de pó em suspensão no interior da máquina e vias de transporte para despoeiramento; painel de controle e interface homem-máquina com tela táctil.
8479.89.12 Ex 151 – Equipamentos dosadores gravimétricos, para partículas sólidas próprios para preparação de mistura de matéria-prima para linha de extrusão termoplástica, dotados portas laterais deslizantes com capacidade de dosagem de 1 até 100% e precisão de ±0,1%, com capacidade de até 1.900kg/h.
8479.89.99 Ex 344 – Sistemas totalmente automatizados destinados a picotagem de amostras de sangue seco para determinação quantitativa “in vitro” de analitos para triagem neonatal que efetua dosagens laboratoriais pelo método de fluorimetria por tempo resolvido e fluorescência imediata, o local da picotagem indicado na tela é o mesmo utilizado na picotagem,
com leitura de códigos de barra da amostra, possibilidade de ter padrão fixo de picotagem, 4 cabeças de picotagem de 1,5; 3,2; 4,7 e 6mm, capacidade de picotagem até 2 placas, reconhecimento do ensaio pelo código de barras das placas, flexibilidade no carregamento, tampa leve, carregamento pela parte frontal, carregamento de placas em ordem,
“software” em português, 2 opções de acionamento da picotagem, manual e pedal, sensor de disco para verificar se a punção foi bem executada.
8479.89.99 Ex 345 – Máquinas de acabamento e finalização de rótulos e etiquetas, modular, de bobina a bobina, para aplicação de processos sucessivos de corte e vinco, envernizamento, corte rotativo via cilindro magnético, “hot stamping”, com função de registro para trabalho com holograma, comprimento de impressão de 50 a 457mm, comprimento de corte de 50
a 330mm para semi-rotativo e 190,5 a 476,5mm para rotativo, velocidade máxima de 110m/min.
8479.89.99 Ex 346 – Máquinas automatizadas para desblocagem de lentes oftálmicas, de materiais plásticos orgânicos, através do derretimento do “alloy” (liga metálica) por imersão aquecida, em um processo de múltiplas etapas, podendo trabalhar lentes com diâmetro de até 80mm, dotadas de: sistema de manuseio (garra de manipulação) e câmara de operação.
8479.89.99 Ex 347 – Máquinas automatizadas para remoção de fita (plástica) de proteção de lentes oftálmicas, de materiais plásticos orgânicos, com diâmetro de até 80mm, dotadas de: sistema de manuseio (garra de manipulação) para centralização e transferência de lentes; câmara de operação com bico borrifador de água quente pressurizada.
8479.90.90 Ex 305 – Localizadores tipo “no-go” utilizados em operações de completações de poços de petróleo, em conjunto com mandris de selo para proporcionar vedação entre a coluna de produção e o obturador, conexão tipo caixa pino com rosca de 31/2 a 51/2 polegadas, diâmetro externo máximo de 8,3 polegadas.
8480.41.00 Ex 005 – Moldes de grafite com função cristalizadora para fundição continua, molde para tubo de cobre com processo de puxamento sem oxigênio, especificação técnica com parâmetros de 2 a 3 tempos de impregnação e de 3 a 4 tempos para cozimento do metal, densidades 1,82 a 1,95, resistência elétrica de 8-10, força de compressão de 90 a 107Mpa,
flexão de força de 40 a 45Mpa, dureza “shore” de 55 a 64A, expansão térmico 4.8, cinzas residuais 0,005, teor de carbono 99,995.
8481.80.99 Ex 093 – Válvulas sanitárias de dupla sede para corte ou desvio de líquidos anti mistura, dotadas de: corpo em aço inox 316L usinado, tipo monobloco, com rugosidade interna menor ou igual 0,8 micrometro conectado por solda ou “clamp” com 2 a 6 vias, contendo 2 obturadores independentes que evita a mistura de líquidos distintos em caso de dano
nas vedações dos obturadores, acionamento pneumático via atuador ar/mola blindado conectado ao corpo por lanterna aberta e conexão especial para selagem entre as câmeras, composta de stop metálico que promove uma deformação definida do elastômero garantindo segurança contra vazamentos 2 até a pressão de 10bar, com pressão de 4 a 8bar no
atuador, e limpeza automática das sedes e da câmara interna por “spray”.
8481.80.99 Ex 094 – Sistemas de desvio de fluxo de vapor de alta pressão de turbina a vapor em unidades termelétricas, parâmetros máximos em alta pressão (HP): vazão 176.400kg/h, pressão 166,11kgf/m2, temperatura 582,1 Graus Celsius, em pressão intermediaria (IP): vazão 243.360kg/h, pressão 36,8kgf/m2, temperatura 576,2 Graus Celsius, em baixa pressão (lp): vazão
255.60kg/h, pressão 5,7kgf/m2, temperatura 300,2 Graus Celsius, compostos por: 44 válvulas tipos angular e globo, fabricadas em aço liga grau f91 e aço carbono forjado com internos em aço liga grau f91 e aço inoxidável ferrítico AISI 410, com diâmetro nominal de 2 a 32 polegadas, com tubulações de interconexão, instrumentos, suportes, materiais
eletromecânicos, e acessórios de montagem.
8483.40.10 Ex 300 – Redutores planetários de 3 estágios, conforme AGMA 2001, com 4 planetas retificados em cada estágio, engrenagens com ângulo de pressão de 25 graus, material conforme JIS SCM420H e SCM440H, incluindo um 4º estagio na entrada de engrenagem helicoidal com dentados retificados e offset de 250mm, com redução de 294,13, potência de transmissão
400/450Hp velocidade nominal de entrada de 878rpm e saída de 2,99rpm.
8483.40.10 Ex 301 – Caixas de transmissão redutora de velocidade com inversor de direção de força, acionamento por motor hidráulico orbital op200 de diâmetro externo de 91mm com torque de 37daN.m, vazão de 64L/min, rotação de 300rpm e pressão de 140bar, aplicado em robôs, equipamentos marítimos, garras, escavadeiras, empilhadeiras, reboques,
guindastes, plataformas aéreas, etc.
8483.40.10 Ex 302 – Caixas de engrenagem para multiplicação de rotação e transmissão de torque, para aplicação em aerogeradores, com relação de multiplicação de velocidade de 1:89.25, temperatura de operação de -30 a 40°C, torque nominal no eixo de entrada de 1.021kNm, rotação nominal no eixo de entrada de 16.14rpm, potência mecânica nominal no eixo de
entrada de 1.730kW, rotação nominal no eixo de saída de 1.440rpm.
8483.60.90 Ex 044 – Acoplamentos mecânicos de lâmina com flange de seis furos, com dimensões máximas: 480 x 480 x 785mm, torque nominal de 9.900Nm, torque máximo de 19.800Nm, ganho angular máximo de 1 grau para cada lâmina, rotação máxima de 4.300rpm, diâmetro de entrada de 120mm, diâmetro de saída de 148mm, coeficiente de atrito mínimo entre seu cone
e o eixo (de 0,04 a 0,15), contendo isolamento elétrico para tensão até 20kV.
8483.90.00 Ex 035 – Conjuntos dotados de engrenagem cilíndrica de dentes helicoidais e eixo com pinhão de dentes helicoidais; engrenagem composta por material 18CrNiMo7-6, com espessura de 170mm, diâmetro de 638mm, número de dentes: 101, módulo: 6, ângulo de hélice de 14,5 graus hélice para direita, ângulo de pressão: 20 graus, tratamento térmico por
cementação de profundidade de 1,2 a 1,6mm, têmpera no dente da engrenagem, dureza no flanco do dente de HRC 58 a 64 e dureza no corpo da engrenagem de HRC 28 a 45, furo interno de 205mm, com 4 furos para parafuso M20 com seu centro em um raio de 192,5mm do centro da engrenagem; pinhão composto por material 18CrNiMo7-6, número de
dentes: 25, módulo: 9,5, ângulo de hélice de 11,8 graus, hélice para a direita, ângulo de pressão: 22,5 graus, comprimento de 290mm, tratamento térmico por cementação com espessura de 1,8 a 2,4mm e têmpera no dente da engrenagem, dureza no flanco do dente HRC58 a 64 e dureza no corpo da engrenagem de HRC 28 a 45; comprimento total do
eixo de 758mm, assentamento para rolamento na ponta do eixo de diâmetro de 180mm e comprimento de 124mm, assentamento para engrenagem de diâmetro interno de 205mm e comprimento de 168mm, assentamento para rolamento na outra ponta do eixo de 200mm de diâmetro e 176mm de comprimento.
8504.40.90 Ex 048 – Conversores estáticos, inversores de tensão continua em tensão alternada trifásica, para sistemas solar fotovoltaico “on-grid”, com potência de 50.000 a 80.000W, topologia sem transformador, com método de resfriamento forçado (com ventoinhas) e temperatura de operação de -25 a 60 Graus Celsius, com LEDs de sinalização para indicar o estado de
funcionamento do inversor, fornecendo grau de proteção IP65 (proteção contra poeira e jatos de agua) e com ruído de operação menor ou igual a 55dB, portas de comunicação RS-232, RS-485, adaptador “Wi-Fi” para monitoramento, modelos com 6 rastreadores de máximo ponto de potência (MPPT) e com 2 entradas por rastreador, entrada máxima de até
1.100Vcc em corrente contínua, com tensão mínima de entrada em corrente continua de 200Vcc, tensão de inicialização de 250Vcc, eficiência entre 98,8 a 99%, com função “anti-PID”, com tensão nominal trifásica de 220/380Vac, 60Hz, fator de potência em 1 e com opção de ajuste, consumo noturno menor do que 1W, atendendo as normas internacionais.
8504.40.90 Ex 049 – Conversores estáticos, inversores de tensão continua em tensão alternada trifásica, para sistemas solar fotovoltaico “on-grid”, com potência de 33.000 a 40.000W, topologia sem transformador, com método de resfriamento forçado (com ventoinhas) e temperatura de operação de -25 a 60 Graus Celsius, LCD para operação, fornecendo grau de proteção
IP65 (proteção contra poeira e jatos de agua) e com ruído de operação menor ou igual a 40dB, portas de comunicação RS-232, RS-485, adaptador “Wi-Fi” para monitoramento, modelos com 2 rastreadores de máximo ponto de potência (MPPT) e com 4 entradas por rastreador, entrada máxima de até 1.000Vcc em corrente contínua, com tensão mínima de
entrada em corrente continua de 200Vcc, tensão de inicialização de 250Vcc, eficiência entre 98,9 a 99%, com função “anti-PID”, com tensão nominal trifásica de 220/380Vac, 60Hz, fator de potência em 1 e com opção de ajuste, consumo noturno menor do que 1W, atendendo as normas internacionais.
8504.40.90 Ex 050 – Inversores para sistemas de energia fotovoltaica (solar), monofásico, conectado à rede “on grid”, realizando conversão de corrente contínua em corrente alternada na faixa de potência de 1.200 a 1.500W, com método de resfriamento natural, e temperatura de operação de -40 a 65 Graus Celsius, grau de proteção IP67, 50/60Hz; distorção harmônica
total máxima menor que 5%, 2 MPPTs com eficiência superior a 99,7%; tensão contínua máxima proveniente do arranjo fotovoltaico de 60VDC, alcance de tensão MPPT no total de 44V, conectividade sem fio “Wireless”.
8504.40.90 Ex 051 – Inversores de frequência trifásicos “on-grid”, com potência entre 40.000 a 60.000W, topologia sem transformador, método de resfriamento passivo (sem ventiladores) ou misto com controle inteligente (dissipadores + ventiladores), temperatura de operação de -25 a 60ºC, LCD e LED para operação, fornecendo grau de proteção IP65 – proteção contra poeira e
jatos de água – e com ruído de operação menor que 60db, portas de comunicação RS 485 e Wi-Fi “stick”, modelos com 4 rastreadores de máximo ponto de potência (MPPT), entrada máxima de 1.000V ou superior em corrente contínua, eficiência mínima de 97%, range de saída em corrente alternada de 384 a 576Vac, tensão nominal de 480/500Vac,
50/60Hz, fator de potência em 1 e fornecendo opção para alteração, atendendo as normas IEC62109-1/-2, AS3100, EN61000-6-1, EN61000-6-3, EN50438, G59/3, AS4777, VDE0126-1-1, IEC61727 e oferecendo recursos de “smartgrid” – “Voltage-Ride Thru”, “Frequency-Ride Thru”, “Soft-Start”, “Volt-Var”, “Frequency-Watt”, “Volt-Watt”.
8504.40.90 Ex 052 – Inversores de frequência trifásicos “on-grid”, com potência de 125.000W, topologia sem transformador, método de resfriamento misto com controle inteligente (dissipadores + ventiladores), temperatura de operação de -25 a 60 Graus Celsius, LCD e LED para operação, fornecendo grau de proteção IP65 – proteção contra poeira e jatos de agua – e com
ruído de operação menor que 55db, portas de comunicação RS 485, 1 rastreador de máximo ponto de potência (MPPT) e 20 entradas de corrente contínua, entrada máxima de 1.500V em corrente contínua, eficiência entre 98 a 99%, range de saída em corrente alternada de 528 a 660Vac, tensão nominal de 600Vac, 50/60Hz, fator de potência em 1 e
fornecendo opção para alteração, atendendo as normas IEC/EN 62109-1/-2, IEC/EN 61000-6-2/-4 IEC/EN 62109-1/-2, IEC/EN 61000-6-2/-4 e oferecendo recursos de “smartgrid” – “Voltage-Ride Thru”, “Frequency-Ride Thru”, “Soft-Start”, “Volt-Var”, “Frequency-Watt”, “Volt-Watt”.
8504.40.90 Ex 053 – Inversores “string” trifásicos para aplicação fotovoltaica com potência nominal de 125kW, para a conversão de tensão DC produzida pelos arranjos fotovoltaicos em tensão AC para alimentação das cargas e sincronismo com a rede da concessionária em tensão nominal AC de 600V/60Hz, MPPT com eficiência superior a 99,5%; tensão contínua
mínima proveniente do arranjo fotovoltaico de no mínimo 900Vdc; distorção harmônica total máxima menor que 3% e eficiência máxima do inversor de no mínimo 99,1%.
8504.40.90 Ex 054 – Inversores solares fotovoltaicos do tipo conectado à rede, com potência de 110kVA a 45 Graus Celsius de temperatura ambiente, com 9 rastreadores do ponto de máxima potência (MPPT) e 2 entradas por MPPT, corrente fotovoltaica máxima de entrada por MPPT de 26A, corrente máxima de entrada por conector de 30A, máxima tensão de
entrada fotovoltaica de 1.100Vcc, tensão trifásica de conexão com à rede entre 320 a 460Vca, eficiência máxima de 98,7%, com comunicação via “Bluetooth”, grau de resistência à corrosão C5, grau de proteção IP66, resfriamento por ar forçado inteligente, com dispositivos de proteção contra surtos (DPS) tipo II para CC e para CA integrados, fator de potência
ajustável entre 0,8 indutivo a 0,8 capacitivo, monitoramento de corrente por “string”, proteção contra corrente de fuga a terra, possibilidade de geração de energia reativa durante à noite, possibilidade de atualização de “firmware” e parâmetros de proteção remotamente.
8504.40.90 Ex 055 – Inversores fotovoltaicos conectados à rede com tensão de entrada (CC) de até 1.500V e tensão de saída trifásica nominal de 800V(CA), potência de 160 a 185kW, 9 MPPTs, 18 entradas monitoradas, sendo 2 entradas por MPPT, corrente máxima CA de 134,9A, corrente por MPPT de 26A, eficiência máxima maior do que 99%, fator de potência de 0,8
indutivo a 0,8 capacitivo, monitoramento de corrente residual, comunicação USB, PLC (MBUS), operação na faixa de temperatura de -25 a +60º C, umidade relativa de 0 a 100%, e grau de proteção IP66.
8504.40.90 Ex 056 – Inversores fotovoltaicos conectados à rede com tensão de entrada (CC) de até 1.500V e tensão de saída trifásica nominal de 800V (CA), potência de 100 a 116kW, 6MPPTs, 12 entradas monitoradas, sendo 2 entradas por MPPT, corrente máxima CA de 134,9A, corrente por MPPT de 22 a 25A, eficiência máxima de 99%, fator de potência de 0,8 indutivo a
0,8 capacitivo, monitoramento de corrente residual, comunicação USB, PLC (MBUS), faixa de temperatura de operação de -25 a +60 Graus Celsius, umidade relativa 0 a 100%, grau de proteção IP65 e troca de calor por convecção natural (sem ventoinhas).
8514.10.10 Ex 096 – Fornos horizontais industriais de aquecimento indireto, por resistência elétrica, para curvatura e têmpera de vidros com espessuras de 3 a 6mm, com capacidade para produção de até 500pçs/h com tamanho mínimo de 120mm e máximo de 450mm, com plataforma de entrada, com zona de aquecimento, zona de moldagem e têmpera, sistema de
circulação de ar para arrefecimento e plataforma de saída, com controle por CLP (controlador lógico programável).
8515.21.00 Ex 190 – Máquinas para a fabricação automática de telas eletro soldadas, por resistência, a partir de barras pré-cortadas, com diâmetro entre 3,4 e 10mm, alimentador automático da barra transversal, dispondo de acumulador de barras, operando com 6 transformadores de 125kVA e 16 dispositivos de solda, velocidade máxima de 120soldas/min, largura de
tela entre 1.250 a 2.500mm, capacidade de produzir 4 telas para colunas ao mesmo tempo, com controlador lógico programável (CLP).
8609.00.00 Ex 023 – Gaiolas em aço inox 304, com 4 rodas, 2 portas para carregamento e descarregamento de carga, com dispositivo na parte superior para conexão de gancho e içamento, com capacidade máxima de elevação até 350kg.
9015.80.90 Ex 051 – Sensores de vento com medição de intervalo 0 a 50m/s, com resolução de 0,1m/s, acurácia ±0,5m/s (0 a 15m/s), ±4% (maior que 15m/s); resolução do vento no intervalo de 360 graus, resolução de 1 graus, acurácia de ±2 graus(dentro de ±10 graus datum) e ±4 graus (além de ±10 graus datum); intervalo de operação de 0 a 4.000m de altitude,
com princípio de medição por ressonância acústica, contendo proteção IP67.
9018.12.90 Ex 026 – Sistemas de aquisição de imagens e eletromiografia de 4 a 20 canais sem fio, com funcionamento até 25m, peso das sondas: 13g, dimensões das sondas: eletrodo mãe 41,5 x 24,8 x 14mm, eletrodo satélite: 16 (diâmetro) x 12mm (altura), geometria variável de 16 a 66mm, conectores de encaixe para eletrodos descartáveis pré-gelificados,
resolução de 16bits, taxa de amostragem de 1kHz, sensibilidade de 1mv, precisão de ±2%, bateria recarregável, unidade receptora com 80g e dimensões de 82 x 44 x 22,5mm, conexão usb 2.0, memória interna para cada sonda de até 80min de coleta: instalação direta das sondas nos músculos através do uso de eletrodos sem o uso de qualquer fita
adicional: possibilidade de sincronização nativa sem fio com um sensor inercial, câmeras infravermelho e plataformas de força: protocolos de coleta: marcha, corrida, ciclismo, saltos, avaliação funcional de ombro, cervical, tronco e “biofeedback” com acessórios: 1 usb receptor, 1 mala de transporte, 1 carregador “bivolt” de sonda com alimentador.
9018.19.90 Ex 065 – Sensores de oximetria reutilizáveis, tipo adulto e pediátrico, para uso individual, aplicáveis nos dedos das mãos ou dos pés, indicados para a monitorização contínua não invasiva da saturação de oxigênio arterial (SpO2), frequência de pulso e índice de perfuração em condições com movimento ou sem movimento e boa ou baixa perfusão, com exatidão
para um intervalo de 70 a 100% de SpO2, de +/-2 a +/-3% e exatidão da frequência do pulso, para um intervalo de 20 a 250bpm de +/-3 a +/-5%.
9018.50.90 Ex 124 – Equipamentos oftalmológicos de diagnóstico destinados a realização de exames de refração, ceratometria, topografia, tonometria e análise de olho seco, medição de esférico de -30.0 a +25.0D, cilíndrico de 0.00 a +/- 12.50D, medição do raio da curvatura de córnea de 5.00 a 13.00mm, medição da paquimetria de 300 a 800 micrometros, com
impressora térmica embutida.
9018.90.10 Ex 056 – Bombas de infusão elastomérica portáteis, de utilização única com variantes de fluxo contínuo, contínuo com bólus e multidébito, com volume nominal entre 100 e 275ml, débito basal de 0 a 14ml/h com calibração através de soro fisiológico normal (solução NaCl a 0,9%), elevada funcionalidade com exatidão e consistência do débito (aproximadamente 10% do débito nominal) para uso adulto e infantil.
9027.10.00 Ex 171 – Equipamentos configuráveis com a possibilidade de medir O2, NH3, CO e/ou CH4; tecnologia espectroscopia a laser de diodo sintonizável de linha única; taxa de atualização de medição de 5leituras/s; tempo de resposta T90 de no mínimo 1s; pressão máxima com a possibilidade de ser 1,2 ou 2bar absoluto; temperatura máxima com a possibilidade de ser até
500, 600 ou 1.500 Graus Celsius; instalação em área segura ou área classificada; classe de proteção IP66 e NEMA 4X; no mínimo uma saída analógica de 4 a 20mA; no mínimo um relê de “status”; comunicação digital Modbus TCP/IP “Ethernet”; alimentação 24V.
9027.30.20 Ex 071 – Espectrofotômetros com tecnologia de infravermelho médio com transformada de “Fourier” (FTIR), dotados de controle automático de umidade e diagnóstico inteligente, com sistema de feixe único de infravermelho cobrindo o range de aproximadamente 2 a 11 microns e sistema de bombeamento adaptativo com sensor de pressão incluso, para
análise composicional de produtos lácteos líquidos e semisólidos, com capacidade de análise de até 30s para o leite, incluindo a capacidade de realizar triagem e detectar adulterantes no leite.
9027.50.90 Ex 165 – Aparelhos portáteis para medição de contaminação (ou sujidades) em superfícies ou em amostras de água (luminômetros), para uso em indústrias alimentícias, ambientes de saúde e dispositivos médicos, por meio do método de detecção por Bioluminescência de Adenosina Trifosfato (ATP) em amostra com reagentes, com capacidade para
medições máximas de até 1.000.000RLU e dotados de tela sensível ao toque “touchscreen” colorida; transferência de dados sem fio “wireless”; interface com programa “software” específico para captura, armazenamento e gerenciamento dos dados e emissão de relatórios das medições; bateria de lítio, cabo USB, conectores e base de apoio.
9027.50.90 Ex 166 – Equipamentos automatizados para análise de imagem facial, constituídos de um sistema de escaneamento óptico com câmera digital (resolução 20.2MP) e fonte luminosa fluorescente, lente tipo EF, cabos e conexões USB e RS-232, tensão de 100 a 240Vca/50/60Hz , 2A, controlados por “software” exclusivo, dotados de computador, monitor,
impressora e um conjunto contendo: 1 mesa e 1 banqueta ajustáveis para instalação adequada do equipamento, próprios para verificarem a efetividade da ação do tratamento da redução de rugas, porfirinas e manchas de pele pela radiação ultravioleta (UV), linhas de expressão e poros visíveis.
9027.50.90 Ex 167 – Analisadores semiautomáticos portáteis e semiautomáticos de imunoensaio por fluorescência óptica em volumes de 5 até 75 microlitros de amostras de soro, e/ou plasma e/ou sangue total, para quantificar a concentração de analitos NT pro BNP, e/ou Troponina I, e/ou Procalcitonina, e/ou PCR / hs – PCR, e/ou Beta-HCG, e/ou D-dimero, e/ou
HbA1c, e/ou Cistatina C, e/ou Ck-MB, e/ou Mioglobina, e/ou T3, e/ou T4 e/ou TSH, apresentando resultados de 3 até 15min em impressora incorporada, utilizando apenas testes que podem ser armazenados em temperatura ambiente até 30 Graus Celsius, para uso na saúde humana ou veterinária.
9027.50.90 Ex 168 – Analisadores semiautomáticos de bioquímica seca por absorbância óptica, da área de cor de tiras reagentes individuais ou painéis, utilizando volumes de 10 microlitros de amostras de soro de sangue, para quantificar a concentração de analitos ALT (TGP), e/ou AST (TGO), e/ou CHE (colesterol), e/ou ALB (albumina), e/ou CRE (creatinina),
e/ou UREA (ureia), e/ou UA (ácido úrico), e/ou GLU (glicose), e/ou CK-MB, e/ou CK, LDH (desidrogenase lática), e/ou HBDH (3-hidroxibutirato desidrogenase), e/ou AMY (amilase), e/ou LPS (lipase), para uso na saúde humana ou veterinária.
9027.80.99 Ex 492 – Etilômetros portáteis para avaliação do ar pulmonar profundo com range de medição de 0 a 3mg/l com capacidade para diferenciar quando for álcool residual na boca, por meio de ciclo duplo de medição das amostras de ar exalado e, indicando no resultado final do teste dotados ou não de uma impressora portátil para registro em papel do
resultado desta medição.
9027.80.99 Ex 493 – Tituladores automáticos potenciométricos, com bureta (Dosino) de 10.000 passos de precisão, para análises de “nº kappa”, seguindo a norma ISO 302 e para análises de pureza da celulose (alfa celulose), seguindo norma “Tappi 235”, dotados de: titulador potenciométrico automático com 2 entradas de medição; “software” para controle e
geração de dados do sistema que reconhece todos os periféricos automaticamente, permite visualização da curva em tempo real, dispõe de até 25 fórmulas para cálculo de cada método para expressar os resultados, realiza análise estatística para cálculos de média e desvio-padrão, possui relatório personalizado com logotipo desejado e informações completas
da análise podendo ser impresso, salvo e exportado para sistema LIMS; amostrador automático com uma bomba de membrana embutida; bomba peristáltica externa para aspiração e descarte das soluções após titulações; “rack” com 12 posições para béqueres de 250ml; unidade de dosagem de 20ml e uma de 50ml; 2 motores de dosagem; eletrodo combinado de vidro
para titulações em meio não-aquoso e eletrodo combinado de platina para titulação “redox”, ambos inteligentes e com “chip” de memória; 2 agitadores magnéticos.
9031.20.90 Ex 197 – Bancadas de teste de separação de água de acordo com as normas ISO16332 – 2018, SAEJ1488-2010 e SAEJ1839-2010, com variação para testes de filtro completo e testes de meio filtrante em folha plana, com vazão de trabalho entre 50 a 900L/h (controlado eletronicamente), para tipo de fluido diesel conforme EN590 ou biodiesel B0 a B100, geração
de concentração de água entre 1.500 a 20.000ppm com tensão superficial controlada e partículas de água do tamanho entre 10 a 150micrometros com controle eletrônico dimensional e de distribuição dos tamanhos de partículas, nível de ruído menor que 80dB, com “software” dedicado, painel elétrico e controle lógico programável (CLP).
9031.49.90 Ex 469 – Instrumentos ópticos para medição tridimensional de objetos, monitoramento de integridade, distância e nível, com elemento sensor do tipo ToF (time-of-flight), com tecnologia PMD (photonic mixer device), ângulos de abertura (horizontal x vertical) de 40 x 30 graus, 60 x 45 graus ou 70 x 51 graus, resolução de 173 x 132 pixels, taxa máxima de repetição
da imagem de 25Hz, protocolo de comunicação industrial “Ethernet” TCP/IP, Profinet IO e “Ethernet” IP e grau de proteção mínimo IP65 para aplicação em máquinas e equipamentos industriais.
9031.49.90 Ex 470 – Instrumentos ópticos para medida de distância com elemento sensor do tipo “ToF” (time-of-flight), com tecnologia “PMD” (photonic mixer device), grau de proteção IP67, interface de comunicação IO-Link com taxa de transferência COM2 de 38,4kBaud e vida útil estimada de 50.000h para aplicação em máquinas e equipamentos industriais.
9031.80.99 Ex 313 – Equipamentos de controle e parametrização/configuração das unidades de controle eletrônicas de veículo automóveis de passageiros, com “software” dedicado, microprocessador, memória de 4Gbyte, “display” de 320 x 240mm, bateria de 2.300mAh, tensão de trabalho de 12V, e cabo de comunicação entre o equipamento e a unidade central do
veículo.
9031.80.99 Ex 314 – Instrumentos para medida de aceleração e vibração com faixa de medição da vibração da área de medição de -25 a 25g (vinte e cinco vezes a aceleração da gravidade), sistema de medição eletromecânico (MEMS), grau de proteção mínimo IP67, resistência a choques de acordo com EN 60068-2-27, resistência a vibrações de acordo com EN 60068-2-20,
frequência de resposta de 0 a 6.000Hz e saída em modo corrente na faixa de 0 a 10mA aplicados em máquinas e equipamentos industriais.
9031.80.99 Ex 315 – Instrumentos para medida de aceleração e vibração de acordo com ISO 10816 com faixa de medição da vibração da área de medição até 25mm/s, sistema de medição eletromecânico (MEMS), grau de proteção mínimo IP67, frequência de resposta de 10 a 1.000Hz e saída em modo corrente na faixa de 4 a 20mA aplicados em máquinas e equipamentos
industriais.
9031.80.99 Ex 316 – Máquinas de controle de compactação com sistema de medição automática da densidade aparente das amostras de cerâmicas cruas e queimadas, com ou sem cortadora de amostras, precisão de medição até aproximadamente 5g/cm3, tempo de medição aproximado de 30s/prova.

Inclui no Anexo I da Resolução nº 15/2020 os ex-tarifários incidentes sobre os Bens de Informática e Telecomunicação que relaciona; altera e revoga os ex-tarifários que especifica. Esta Resolução entrará em vigor dois dias a partir da data de sua publicação.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA
CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR
COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO
RESOLUÇÃO Nº 48, DE 19 DE MAIO DE 2020
DOU de 21/05/2020 (nº 96, Seção 1, pág. 58)

Altera para zero por cento as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre os Bens de Informática e Telecomunicação que menciona, na condição de Ex-Tarifários.
O COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no uso da atribuição que lhe confere o art. 7º, inciso IV, do Decreto nº 10.044, de 4 de outubro de 2019, tendo em vista o disposto nas Decisões nºs 34/03, 40/05, 58/08, 59/08, 56/10, 57/10, 35/14 e 25/15 do Conselho do Mercado Comum do Mercosul e nos Decretos nºs 5.078, de 11 de maio de 2004, e 5.901, de 20 de setembro de 2006, e na Portaria nº 309, de 24 de junho de 2019, do Ministério da Economia, e considerando a deliberação de sua 170ª Reunião, ocorrida em 13 de maio de 2020, resolve:
Art. 1º – Ficam incluídos no Anexo I da Resolução nº 15, de 19 de fevereiro de 2020, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, os Ex-Tarifários incidentes sobre os Bens de Informática e Telecomunicação listados no Anexo I desta Resolução.
Art. 2º – Ficam revogados, os Ex-tarifários nº 008 do código 8443.32.31 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 022 do código 8443.32.99 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 50, de 05 de julho de 2017, da Câmara de Comércio Exterior:

8443.32.31 Ex 008 – Impressoras fotográficas portáteis, projetadas para ambientes internos ou ao ar livre sem necessidade de conexão a um PC, com velocidade de impressão máxima de até 36 segundos em fotografias 10 x 15 (4″ x 6″) em modo normal sem bordas, tecnologia de injeção, trabalhando com 4 cores (ciano, magenta, amarelo e preto), resolução
máxima de impressão de 5.760 x 1.440dpi, operando com tamanho máximo de papel de 13,6 x 42cm, capacidade de entrada e de saída do papel de 50 folhas, papel normal A5, 20 folhas de papel fotográfico, função de impressão direta de “tablets” e “smartphones” via conexão “Wireless” (sem fio), LCD colorido 2,7″, operando com ou sem bateria e reduzindo
consumo de energia de 12W.
8443.32.99 Ex 022 – Impressoras fotográficas com tecnologia térmica, portáteis, para fotografias com medidas de 5,0 x 7,6cm (2 x 3 polegadas), velocidade de até 40 segundos por fotografia, resolução de 313 x 400ppp, memória máxima de 512MB, com bateria interna recarregável, conectividade “Bluetooth”.

Art. 3º – Fica revogado, o Ex-tarifário nº 003 do código 8471.50.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 70, de 21 de agosto de 2017, da Câmara de Comércio Exterior:

8471.50.90 Ex 003 – Minis computadores com unidade de processamento CPU, memória RAM 256MB por chip, memória flash NAND 512MB, câmera digital por sensor CMOS de 2 megapixel com lente, interface “wifi” 802.11B/G/N e “bluetooth” 4.0, transmissor HDMI, conector USB OTG, conector USB 2.0, conector HDMI e antena para redes “wifi”.

Art. 4º – Fica revogado, o Ex-tarifário nº 003 do código 8471.60.53 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 60, de 31 de agosto de 2018, da Câmara de Comércio Exterior:

8471.60.53 Ex 003 – Dispositivos de entrada de coordenadas X-Y, do tipo mouse, com 3 botões para posicionamento e comando de rolagem, sensor óptico de precisão, cabo de conexão de 1,2m, conector USB, resolução 1.200dpi.

Art. 5º – Ficam revogados, os Ex-tarifários nº 004 do código 8471.60.52 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 004 do código 8471.60.53 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 72, de 05 de outubro de 2018, da Câmara de Comércio Exterior:

8471.60.52 Ex 004 – Unidades de entrada de dados em sistemas automáticos de processamento de dados, do tipo teclado, com até 114 teclas alfanuméricas padrão, com teclas ou botões impressos a laser, podendo ou não conter até 25 teclas exclusivas para jogos ou acessos dedicados a funções de chamadas ou compartilhamento de tela ou vídeo e outros, com
cabo USB de até 1,8 m, ou sem fio com tecnologia wi-fi/”bluetooth”, para comunicação com microrreceptor USB de 2.4GHz.
8471.60.53 Ex 004 – Indicadores “mouse” com sensor ótico, com conexão via cabo USB ou sem fio, com tecnologia “wifi/bluetooth”, para comunicação com microrreceptor USB.

Art. 6º – Fica revogado, o Ex-tarifário nº 005 do código 8471.60.52 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 86, de 09 de outubro de 2018, da Câmara de Comércio Exterior:

8471.60.52 Ex 005 – Teclados alfanuméricos até 114 teclas padrão, podendo ou não conter adicionalmente até 25 teclas exclusivas para jogos ou acessos dedicados a funções de chamadas ou compartilhamento de tela ou vídeo e outros, podendo conter teclas iluminadas, com cabo USB de até 2m ou com tecnologia sem fio, para comunicação com microrreceptor USB de 2 a
6GHz.

Art. 7º – Fica revogado, o Ex-tarifário nº 025 do código 8471.80.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Portaria nº 511, de 26 de julho de 2019, da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia:

8471.80.00 Ex 025 – Adaptadores replicadores de porta de acesso para uso com unidades de máquinas automáticas para processamento de dados, con verte porta HDMI para conexões VGA e/ou DVI.

Art. 8º – Esta Resolução entrará em vigor dois dias a partir da data de sua publicação.
MARCELO PACHECO DOS GUARANYS Presidente do Comitê-Executivo de Gestão Substituto

ANEXO ÚNICO

NCM DESCRIÇÃO
8443.32.99 Ex 050 – Máquinas impressoras digitais “singlepass”, de passagem e impressão única, capazes de serem conectadas a uma máquina automática de processamento de dados, para impressão com tinta à base de água, para chapas de papelão com alimentação automática, capacidade de alimentação com espessura do material compreendida entre 2 e 20mm,
controle via CLP (Controlador Lógico Programável) e “software” profissional de gerenciamento da impressora (RIP), impressão multicolorida de 4 cores: ciano, magenta, amarela e preta, munida de mecanismo de impressão baseado entre 48 e 124 cabeças de impressão com tecnologia “piezoelétric” (Inkjet), velocidade de impressão
compreendida entre 0,8 e 2,2m/s e resolução entre 600 x 200dpi e 600 x 600dpi conforme velocidade utilizada, largura máxima da chapa de papelão de 1.800mm (eixo X) e comprimento máximo da chapa de papelão de 2.400mm (eixo Y).
8443.99.39 Ex 014 – Correias de borracha resistentes a alta-temperatura, para uso exclusivo em mecanismos de impressão de fusão ou transferência, em impressoras e/ou copiadoras de impressão a laser e/ou a LED (Diodos Emissores de Luz) e/ou a LCS (Sistema de Cristal Líquido), com largura entre 332 até 474mm, diâmetro entre 30 até 339mm e vida útil medida
em impressões tamanho A4 entre 240.000 até 600.000impressões
8443.99.90 Ex 006 – Eixos para sustentação de rolos de papel, constituídos por tubos ou barras metálicas ou em fibra de carbono para rolos de papel com dimensão de 36 até 126 polegadas, dotados de roletes de borracha ou recobertos de resina com ou sem abrasivos, para uso em impressoras de grandes formatos alimentadas a rolo.
8471.70.12 Ex 006 – Unidades de discos rígidos, com um só conjunto cabeça-disco (hda-“head disk assembly”) com interface SATA de no mínimo 6gb/s, capacidade de operação 24 x 7 (24 horas diárias, operando 7 dias por semana) por 2.400h, com capacidade de armazenamento de dados de áudio e vídeo, desenvolvidas para suportar a operação em temperatura
dentro da faixa de 0 a 60 Graus Celsius, com memória cache de no mínimo 64 megabytes.
8471.90.12 Ex 008 – Módulos de leitura ótica via tecnologia linear “imager” através de sensor tipo CCD linear com, no mínimo, 2.000pixels, interface UBS e/ou Serial, com conector ZIF e alimentação de entrada de 3 a 5VDC +/- capazes de ler e decodificar códigos unidimensionais.
8517.62.94 Ex 014 – Interfaces de comunicação para antenas RFID para uso industrial de frequências LF, HF e UHF, para conexão com até 4 antenas, para integração em redes industriais, com ou sem “display” de indicação.
8523.52.10 Ex 004 – Etiquetas de acionamento por aproximação, sendo cartão inteligente, composto por plástico PVC e dispositivo magnetizador com 3chips ressonadores em seu interior, frequência de 58kHz, velocidade de leitura de 1/0,02s, distância de leitura de 1,4 a 2m, tempo de vida de 2 anos, dimensão 52,5 x 10mm, sem adesivo de colagem, cuja função é ativar sensores de alarme.
8541.30.19 Ex 002 – Semicondutores tipo “Tiristor”, de 740A em 2.200V, de montagem exclusiva no subconjunto de proteção a sobrecargas de energia em conversores de frequência de geração eólica de energia.
8541.40.32 Ex 004 – Módulos solares fotovoltáicos dotados de 216 ou 264 células de filme fino de teloreto de cádmio com área de 2.47 ou 0.72m2, potência máxima de 445W, tensão máxima de 1.500V, com caixa de junção.
8543.70.99 Ex 215 – Posicionadores eletrônicos do tipo satélite, exclusivos para uso industrial em ambientes de solda ponto e MIG com incidência de campo eletromagnético com até 100mT, com sistema de indução, alimentação de 10 a 30V, 2 saídas PNP, grau de proteção IP65, livre de halogênios e silicone.
8543.70.99 Ex 216 – Misturadores digitais de áudio, com processamento interno e/ou processamento externo através de “rack”, com canais de entrada “USB” igual ou superior a 1, com canais de entradas analógicas igual ou superior a 1, com canais de saídas analógicas igual ou superior a 2, sem ou com canais de entradas digitais “AES” igual ou superior a 1, sem ou com canais
de saídas digitais “AES” igual ou superior a 1, com processamento de áudio DSP (digital signal processors) e/ou processamento de áudio FPGA (“field programmable gate array”), capazes de converter áudio analógico em digital com amostragem igual ou superior a 48kHz, mas inferior ou igual a 192kHz (configurável), com resolução igual ou superior a 24bit, mas
inferior ou igual a 32bit (configurável), com interface para comunicação com computador para programação do “mixer e/ou rack” via “software”, com interface para comunicação com unidade de armazenamento de dados para gravação e reprodução de múltiplas pistas de áudio, com ou sem “rack” para expansão de entradas analógicas e/ou digitais.
9032.89.89 Ex 061 – Unidades de monitoramento de pistolas elétricas de verniz utilizadas em máquinas modulares aplicadoras do verniz interno de latas de alumínio para bebidas de capacidade igual ou superior a 300latas/min/módulo, constituídas por: gabinetes elétricos contendo módulos eletrônicos de monitoramento da pressão hidráulica e/ou
módulos de controle de tempo de abertura/fechamento; “softwares”, transdutores montados em caixas especificas, pistolas elétricas, reguladores de pressão; acompanhadas de computador industrial montado em pedestal com monitor “touchscreen”, mouse e teclado.

Altera e exclui itens da Lista de Autopeças não Produzidas, constantes dos Anexos I e II da Resolução nº 23/2019. Esta Resolução entrará em vigor dois dias úteis a partir da data de sua publicação.

INISTÉRIO DA ECONOMIA
CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR
COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO
RESOLUÇÃO Nº 42, DE 4 DE MAIO DE 2020
DOU de 06/05/2020 (nº 85, Seção 1, pág. 38)

Altera a Lista de Autopeças não Produzidas, constantes dos Anexos I e II da Resolução nº 23, de 30 de dezembro de 2019, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior.
O COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no uso da atribuição que lhe confere o art. 7º, incisos IV e V, do Decreto nº 10.044, de 4 de outubro de 2019, e o disposto no Decreto nº 6.500, de 2 de julho de 2008, no Decreto nº 8.278, de 27 de junho de 2014, no Decreto nº 8.797, de 30 de junho de 2016, no Decreto nº 10.262, de 5 de março de 2020, e na Resolução nº 61, de 23 de junho de 2015, da Câmara de Comércio Exterior, e tendo em vista a deliberação de sua 169areunião, ocorrida em 29 de abril de 2020, resolve:
Art. 1º – Ficam incluídos no Anexo I da Resolução nº 23, de 30 de dezembro de 2019, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, os Ex-tarifários de autopeças listados no Anexo I desta Resolução.
Art. 2º – Ficam incluídos no Anexo II da Resolução nº 23, de 2019, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, os Ex-Tarifários de autopeças grafadas como Bens de Capital – BK ou Bens de Informáticas e Telecomunicações – BIT, listados no Anexo II desta Resolução.
Art. 3º – Fica alterada a vigência do Ex-tarifário nº 006, do código 8414.30.91 da Nomenclatura Comum do Mercosul, do Anexo I da Resolução nº 23, de 2019, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, incluído pela Resolução nº 8, de 30 de janeiro de 2020, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, conforme o seguinte:

NCM Descrição Prazo de Vigência
8414.30.91 Ex 006 – Compressor de ar condicionado de sete (7) pistões com prato com deslocamento variável, de cento e vinte e cinco cilindradas cúbicas (125 cc) até cento e setenta e uma cilindradas cúbicas (171cc). 31/07/2021

Art. 4º – Ficam alterados os Ex-tarifarios nº 002 do código 8507.60.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, e nº 015 do código 9031.80.99 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes do Anexo I da Resolução nº 23, de 2019, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com a seguinte redação:

NCM Descrição
8507.60.00 Ex 014 – Bateria de alta tensão de Íons de Lítio de 24 kWh, tensão nominal 400 Volts, para veículos elétricos com autonomia mínima de 80 km.
9031.80.99 Ex 015 – Sensor de aviso do uso do cinto de segurança, composto por uma membrana, que por sua vez é composta de duas películas constituídas de plástico PET ou PEN, com sensores de carga impressos a elas em carbono e prata, e um adesivo para fixação a estrutura do banco constituído de
acrílico e papel de proteção, com dimensões milesimais, tendo uma carga de acionamento variando de 7N a 25N, resistência máxima de 100 ohms e corrente máxima de 15 mA.

Art. 5º – Ficam alterados os Ex-tarifários números 066, 067 e 068 do código 8481.20.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, e números 036 e 037 do código 8536.50.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, do Anexo I da Resolução nº 23, de 2019, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, incluídos pela Resolução nº 8, de 30 de janeiro de 2020, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, conforme o seguinte:

NCM Descrição
8481.20.90 Ex 076 – Válvulas moduladoras, pneumática de alta pressão, com regulador de pressão para sistema de freios pneumáticos com funções de controle eletrônico e pneumático da alimentação e pilotagem dos sistemas de freios de serviço, de estacionamento e de controle de sistemas ABS (Anti-lock Brake System), sistemas EBS (Eletronic Brake System) e sistema ESP
(Eletronic Stability Program) para reboques e semi-reboques acoplados ao veículo-trator, sendo atuadas e controladas por ação eletro-magnética por solenoide de 3/2 vias, utilizadas para controlar, restringir ou permitir a vazão de ar proporcional à corrente aplicada, dotadas de componentes usinados, cravados, injetados, estampados, de material plástico, alumínio,
aço e vedações de borracha, para aplicação em produtos automotivos comerciais caminhões e ônibus.
8481.20.90 Ex 077 – Válvula de freio do estacionamento com acionamento manual e elétrico do tipo redutora de pressão de liberação graduada com 3 vias e 2 posições, modulação reversa para operação do sistema de freios da máquina, alimentação 12 VDC através de conector do tipo Deutsch DTM 06-3, pressão de entrada (P) de 210 bar, pressão de saída (X) para o sistema de freio de 115 a 150 bar.
8481.20.90 Ex 078 – Bloco de válvulas para transmissão de óleo hidráulico, tipo cartucho com tensão de trabalho de 12V dos solenoides, com três acumuladores de pressão, pressão máxima de 330 bar, próprio para direcionar o fluxo de óleo do sistema autonivelante da suspensão dianteira dos tratores agrícolas.
8536.50.90 Ex 045 – Interruptor eletrônico do freio de estacionamento por acionamento elétrico (EPB) e retenção automática do freio (Brake Hold) com função de manter o veículo imóvel ao estacionar, composto por uma placa de circuito eletrônico montada dentro de um invólucro plástico com um conector elétrico de 12 pinos, 3 LED’s indicadores, um interruptor de
pressão para a função de “retenção automática do freio” (Brake Hold), um interruptor de alavanca de duas posições para a função de “freio de estacionamento por acionamento elétrico” EPB, peso de 50g, com tempo de acionamento de 30ms.
8536.50.90 Ex 046 – Sensor de esterço da direção (SAS) responsável por transmitir ao modulo eletrônico do controle de estabilidade a informação do ângulo de esterço da coluna de direção contendo 2 chaves de seta sendo uma de seleção de intensidade do farol, seleção de velocidade do limpador de para-brisa e botão de seleção para acesso ao computador de bordo.

Art. 6º – Ficam alterados os Ex-tarifários nº 001 do código 8409.99.12 da Nomenclatura Comum do Mercosul, nº 004 do código 8421.29.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, nº 004 do código 8481.20.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, números 006 e 007 do código 9032.89.21 da Nomenclatura Comum do Mercosul, e nº 050 do código 9032.89.29 da Nomenclatura Comum do Mercosul, do Anexo I da Resolução nº 23, de 2019, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, incluídos pela Resolução nº 27, de 1ºde abril de 2020, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, conforme o seguinte:

NCM Descrição
8409.99.12 Ex 007 – Bloco de ferro fundido contendo no máximo 0,15% de Fósforo, 0,08 a 0,15% de Enxofre e 3,1 a 4,05% de Carbono, para motor a Diesel de ignição por compressão e combustão interna de 6 cilindros em linha, para fabricação de motores de tratores e máquinas agrícolas com potência de 100 a 250 kW, peso entre 180 a 250 kg, com diâmetro interno da câmara.
8421.29.90 Ex 006 – Tubo de calibração e filtragem de partículas maiores que 30 ?m, para injetor de combustível veicular, em aço inoxidável UNS S30500 austenítico com ou sem tratamento em cromo duro com característica de estampagem profunda, contendo ou não acessórios.
8481.20.90 Ex 020 – Conjunto de válvulas para controle óleo-hidráulico da máquina escavadeira com vazão máxima igual ou superior a 236l/min, mas igual ou inferior a 917l/min, êmbolo principal dotado de 6 a 10 carreteis, temperatura do óleo entre -25 Graus Celsius e 100 Graus Celsius, pressão de alívio principal igual ou superior a 32,4 MPa, mas igual ou inferior a 38,0 MPa e pressão de alívio
em sobrecarga igual ou superior a 34,8 Mpa, mas igual ou inferior a 39,2 Mpa.
9032.89.21 Ex 017 – Válvula utilizada no sistema de freios com dispositivo anti-bloqueio EBS (Eletronic Brake System), conectada a uma unidade controladora (ECU) atua no controle de travamento de uma ou mais rodas durante a frenagem do veículo, consiste em uma válvula de 2 pórticos pneumático de entrada, 4 de saída e 2 para exaustão, acionada por seis solenoides, peso igual ou
inferior a 3,5 kg, tensão nominal de trabalho de 12 ou 24 Volts, carcaça de alumínio e unidade de comando integrada.
9032.89.21 Ex 018 – Válvula utilizada no sistema de freios com dispositivo antibloqueio EBS (Eletronic Brake System), conectada a uma unidade controladora (ECU) atua no controle de travamento de uma ou mais rodas durante a frenagem do veículo, consiste em uma válvula de 2 pórticos pneumático de entrada, 2 de saída e 1 para exaustão, acionada por três solenoides, peso igual ou
inferior a 1,6 kg, tensão nominal de trabalho de 12 V ou 24 V, carcaça de alumínio e unidade de comando integrada.
9032.89.29 Ex 051 – Unidade de controle eletrônico para sistema de monitoramento de ponto cego por meio de sensores ultrassônicos, com comunicação CAN, conexão com chicote de veículo específico com dois conectores, sendo um de 24 vias e o outro de 32 vias e memórias EEPROM, DDR3 e FLASH.

Art. 7º – Fica excluído do Anexo I da Resolução nº 23, de 2019, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, a seguinte autopeça:

NCM Descrição
9401.20.00 Ex 006 – Banco dianteiro composto por estrutura metálica, estofamento, com ou sem componentes eletrônicos, encosto de cabeça separado e acabamento em couro ou tecido, com ou sem ajuste semi-elétrico de altura e coluna, com sistema conforto.

Art. 8º – Esta Resolução entrará em vigor dois dias úteis a partir da data de sua publicação.

MARCELO PACHECO DOS GUARANYS Presidente do Comitê-Executivo de Gestão Substituto

ANEXO I

Lista de Autopeças destinadas à produção

NCM Descrição
3917.39.00 Ex 006 – Tubo flexível para dreno e escoamento de ácido da bateria composto de diversas camadas de diferentes materiais: termoplásticos de P/E, PET e PA66, elastômero EPDM com 12% de caulim e selantes, colas e adesivo, localizado na zona do compartimento motor, evitando contado do ácido com outras partes do compartimento motor.
3926.30.00 Ex 006 – Acabamento do revestimento da soleira esquerda e/ou direita, em plástico PP+EPDM+20 com proteção UV, nas dimensões aproximadas de 2100 x 200 mm, caracterizada como guarnição de plástico para carroceria de veículos automotivos.
3926.90.90 Ex 032 – Emblema translúcido frontal para montagem no para-choque dianteiro, dotado de permissão para a passagem de frequência (db) para o radar de controle de cruzeiro adaptativo.
3926.90.90 Ex 033 – Emblemas contendo filme de ABS (Acrilonitrila Butadieno Estireno) laminado aplicado por termoformagem sobre uma matriz de textura prismática milimétrica, com pintura de 0,5 mm de espessura.
3926.90.90 Ex 034 – Módulo de telecomunicações com conexão na banda de sinal (GSM) na frequência de 850 a 1900 Mhrz, banda 2G, 3G e 4G/ROW, antena AM/FM com polaridade dupla para melhorar o sinal, 12 V, para equipamento de telefonia celular, utiliza protocolo CAN e LIN, aplicada a veículos automotores.
4016.93.00 Ex 016 – Guarnição cilíndrica fabricada de material PTFE com 15% de fibra de vidro, com diâmetro externo entre 7,80 mm e 11,90 mm, diâmetro interno entre 6,0 mm e 7,8 mm e espessura entre 1,4 mm e 3,2 mm, utilizada em injetores de combustível para sistema de injeção direta GDI de motores de combustão interna automotivos de ciclo Otto.
7306.50.00 Ex 003 – Tubo de aço parede simples com costura e comprimentos de 2096,0mm, 2047,0mm e 2086,0mm; diâmetro externo de 9,52mm e diâmetro interno de 8,81mm, material SW NyGal NI conforme GMW17334-GY, com revestimento de Zinco/Alumínio, primer a base de epóxi e revestimento externo de Nylon 11 ou 12 com espessura mínima de 150 ?m para sistema de tubulação de vapor de combustível automotivo.
7306.50.00 Ex 004 – Tubo de aço parede simples com costura e comprimentos de 2085,0mm, 2036,0mm e 2067,0mm; diâmetro externo de 7,94mm e diâmetro interno de 7,23mm, material SW NyGal NI conforme GMW17334-GY, com revestimento de Zinco/Alumínio, primer a base de epóxi e revestimento externo de Nylon 11 ou 12 com espessura mínima de
150 ?m para sistema de tubulação de alimentação de combustível automotivo.
7306.50.00 Ex 005 -Tubo de aço parede dupla com costura com comprimentos de 1010,0mm; 1104,0mm; 1056,0mm; 1132,0mm; 416,0mm e 386,0mm; diâmetro externo de 6,35mm e diâmetro interno de 5,64mm, material DW Ny6Gal conforme GMW14658-GY, com revestimento de Zinco/Alumínio, primer a base de epóxi e revestimento externo de Nylon com espessura
mínima de 150 microns para sistema de tubulação de freio automotivo de alta pressão.
7311.00.00 Ex 002 – Tanque completo para gás natural liquefeito, contendo reservatório de armazenamento de gás natural liquefeito, válvulas de abastecimento, trocador de calor para ebulição do gás, conexões com circuito de arrefecimento veicular, válvulas de alívio de pressão, indicador de pressão interna e comunicação com tanque extra opcional.
7318.29.00 Ex 012 – Pino de aço inox cilíndrico usinado, com diâmetro externo máximo de 4,5mm, furos de diâmetro até 2,02mm não passantes em ambas as extremidades e concêntricos ao diâmetro externo, rugosidade máxima 8, utilizado como componente do dispositivo de aquecimento de combustível aplicado em motores Otto, como base de resistência elétrica de perfil espiral.
7320.20.10 Ex 003 – Mola de alta resistência fabricada com arames de aço em ligas especiais de cromo silício do sistema de acionamento de válvulas nos motores Diesel.
7326.90.90 Ex 005 – Braço de conexão de tubo de inox, com terminais rotulares fixado nas extremidades, por processo de crimpagem.
8301.60.00 Ex 010 – Batente de fechadura da porta e porta malas para veículos automóveis de passageiros, com base feita em aço JSH270C, JSH440J conforme JFS A1001 e fio de aço SCM435 conforme JIS G4053.
8302.30.00 Ex 005 – Conjunto trava de abertura e fechamento da tampa do capô da carroceria de veículos automóveis de passageiros, com ou sem aplicação de interruptor acionador de sistema de alarme com conector elétrico de duas vias, conjunto composto por molas, corpo e travas em ligas de aço, alavanca de acionamento e manopla plástica de proteção da alavanca.
8409.91.11 Ex 005 – Conjunto biela em aço S30VCTS2 forjado, responsável pela transformação do movimento linear do pistão em movimento de rotação do virabrequim, aplicado em veículos automóveis com motor à combustão interna, com distância entre eixos de 142,5mm a 157,5mm e dureza entre 23-30 HRC; composto por 2 parafusos com material MB12 de alta resistência.
8409.91.90 Ex 001 – Polo móvel bruto, com diâmetro externo de 11,6 mm a 11,8 mm, diâmetro interno de 3,75 mm a 4,90 mm, comprimento total de 22,0 mm a 23,0 mm, com perfil específico na região de batente, fabricado com o material X8CrNiS18-9 ou X6CrMoS17 ou AISI 415, utilizado em injetores de combustível de alta pressão aplicados em motores de combustão interna ciclo Otto.
8409.91.90 Ex 036 – Distribuidor de combustível para linha de alta pressão de ate 250 bar ou 350 bar, sendo 100 bar em 750 rpm e 250 bar em 6.000 rpm ou por pulso PWM atingindo 350 bar, composto por tubo de aço inox sem costura, processo de solda em cobre, injetor de combustível de alta pressão de até 250 bar ou 350 bar, sendo 100 bar em 750 rpm e 250 bar em 6.000 rpm ou por pulso PWM atingindo 350 bar, para sistema de injeção direta de
motores bicombustíveis, composto por eletroválvula para uma tensão entre 12 V e 90 V e corrente de até 12 A, montado no cabeçote de motor a gasolina e/ou bicombustíveis, até 1,5 Litros, com até 1.496cm³ de cilindradas, com teste de estanqueidade garantido por teste de gás hélio em 100% das peças.
8409.91.90 Ex 058 – Polo fixo, com diâmetro externo entre 8,00mm e 10,0mm, diâmetro interno de 4,00mm a 4,32mm, comprimento total entre 14,0mm e 14,7 mm, com perfil específico na região de batente, fabricado em material AISI 430F ou Vacoflux9Cr, utilizado em injetores de combustível de motores de combustão interna do tipo Otto com injeção direta de combustível.
8409.91.90 Ex 059 – Sensor eletrônico de emissão de frequência proporcional de velocidade de rotação e da posição do virabrequim, temperatura de operação de -40 Graus Celsius até +150 Graus Celsius e velocidade máxima de rotação do eixo virabrequim de até 8.000 rpm.
8409.99.12 Ex 003 – Bloco para motores de ignição por compressão (ciclo Diesel) de 4 cilindros em linha, 2.477 cm3, em liga de alumínio com teor de Cu 1,5% a 3,5%, Si 9,6% a 12%, Mg <0,3%, Zn <1%, Fe <1,3%, Mn <0,5%, Ni <0,5%, Sn <0,2%, com cilindro flutuante (full water cooling), sub-cárter com amarração dos mancais de virabrequim utilizados em veículos comerciais leves.
8409.99.59 Ex 004 – Cabeçote para motores de ignição por compressão (ciclo Diesel) de quatro cilindros em linha, 2.477 cm3, quatro válvulas por cilindro, fabricado em liga de alumínio AC2B-C, com a massa de todo o cabeçote otimizado para o valor de 17,98 kg.
8409.99.99 Ex 009 – Carcaça do volante do motor em alumínio, com peso até 20 kg, com a função de fixação entre motor e transmissão, para aplicação em motores de ignição por compressão (Diesel) em caminhões e ônibus.
8409.99.99 Ex 033 – Tubo de ar de liga de alumínio da classe AlSi10Mg (Cu) fundido em molde de areia e usinado com peso de 5,1 a 7,8 kg com diâmetro de entrada de 125 a 155mm e diâmetro de saída de 105 a 115mm com ou sem bocal de aço e ruela de alumínio.
8409.99.99 Ex 034 – Suporte de apoio de braço LE metálico, conexão da parte superior do assento com o braço de apoio, nas dimensões: comprimento entre 160,0mm e 238,3mm; altura entre 65,0mm e 171,0mm; largura entre 33,2mm e 62,0mm; espessura 6,0 mm e 9,53mm, com rasgo de fixação, pino de acoplamento, encaixes de posicionamento, acoplados ao dispositivo de inclinação e levantamento do braço, de assento automotivo.
8409.99.99 Ex 035 – Alavanca dos balanceiros utilizados em motores de combustão interna ciclo diesel, com 4 cilindros em linha, de cilindrada igual ou superior 2,8 litros com material composto em ferro fundido dúctil, para aplicações automotivas.
8409.99.99 Ex 036 – Carcaça de volante de liga de Alumínio-Silício, contendo no máximo 10,5% de Silício, 1,2% de Ferro, 0,6% de Manganês, 3% de Zinco, 5% de Cobre e 0,5% de Magnésio e dimensões conforme normas S.A.E

#1, #2 e #3,

para aplicação em motores de combustão interna ciclo Diesel.

8412.21.10 Ex 001 – Atuadores mecânicos de dupla ação, de percurso linear, constituídos por um cilindro e um pistão móvel conectado a uma haste, utilizados em máquinas autopropulsadas, de pressão de teste compreendida entre 200bar e 545bar, diâmetro externo da camisa compreendida entre 51mm e 271mm, diâmetro interno da camisa
compreendido entre 50mm e 220mm, diâmetro da haste compreendido entre 20mm e 140mm, e curso da haste compreendido entre 50mm e 2290 mm.
8412.31.10 Ex 011 – Amortecedor hidráulico regulável do assento automotivo, duplo olhal, com dimensões: entre olhais estendido = 298mm, entre olhais contraído = 200mm; curso 100mm; corpo externo oval, velocidade de deslocamento = 105mm/s; diâmetro interno do olhal = 16mm.
8413.30.10 Ex 005 – Bomba de pressurização mecânica de combustível de até 5,5bar, a 2750rpm, com carcaça fabricada em ferro fundido, para acoplamento direto em motores diesel, utilizada em caminhões e ônibus, responsável por bombear combustível do tanque para a linha de pressurização.
8413.30.30 Ex 003 – Bomba de óleo de engrenagens acionada por engrenagem, de ferro fundido, com pressão máxima de trabalho de 4 bar e vazão máxima de 245 litros/minuto, este componente é responsável por manter vazão e pressão de óleo lubrificante circulando internamente no motor e garantir a lubrificação de todos os componentes móveis em caminhões e ônibus.
8413.30.30 Ex 009 – Bomba de óleo tipo trocoide, de deslocamento fixo, com válvula de alívio de pressão de 2 estágios, movida pelo eixo de manivelas e com os seguintes dados de desempenho: vazão teórica de 8,82 cm3/revolução, primeira pressão de alívio da válvula de 140 kPa, segunda pressão de alívio da válvula de 440 kPa, testados com óleo de viscosidade SAE 0W20.
8413.30.30 Ex 010 – Conjunto bomba de óleo tipo trocoide, de deslocamento fixo, com válvula de alívio de pressão de 2 estágios, integrada à tampa da corrente de sincronização, com anel de vedação, movida pelo eixo de manivelas e com os seguintes dados de desempenho: vazão teórica de 10,24 cm3/revolução, primeira pressão de alívio da válvula de 167 kPa, segunda pressão de alívio da válvula de 608 kPa, testados com óleo de viscosidade SAE 0W20.
8413.30.30 Ex 011 – Bomba de óleo tipo trocoide, de deslocamento fixo, com válvula de alívio de pressão de 2 estágios, movida pelo eixo de manivelas e com os seguintes dados de desempenho: vazão teórica de 9,05 cm3/revolução, primeira pressão de alívio da válvula de 200 kPa, segunda pressão de alívio da válvula de 550 kPa, testados com óleo de viscosidade SAE 0W20.
8414.30.91 Ex 007 – Compressor de ar condicionado scroll, com proteção contra poeira e umidade (mínimo IP6K9K e IP67), tensão máxima de operação de 800 V, capacidade de arrefecimento menor ou igual a 15 kW, com motor de imã permanente, com capacidade de deslocamento de 57 cm3 por revolução, com rotação máxima de 8500, controlado via CAN J1939.
8414.90.20 Ex 004 – Ventilador com variação de passo para a função de reversão do fluxo de ar através da alteração do ângulo das pás, com acionamento hidráulico do variador de passo de -35 Graus a 35 Graus, rotor de até 8 pás e diâmetro máximo de até 1500 mm, com fixação ao produto através de 4 prisioneiros, específico para o processo de ventilação forçada do sistema de limpeza na segregação de grãos e palha de colheitadeiras agrícolas.
8415.90.90 Ex 008 – Placa de reforço do trocador de calor, produzido por estampagem a partir de ligas de alumínio, sem coloração com cobertura superficial de Clad de Brasagem em uma ou em ambas as faces, cuja função é reforçar a região das conexões na colmeia do trocador de calor utilizado na fabricação do sistema de ar condicionado dos veículos automotivos.
8415.90.90 Ex 021 – Placa de conexão dos tubos do trocador de calor, produzido por estampagem a partir de ligas de alumínio, sem coloração com cobertura superficial de Clad de Brasagem em uma ou em ambas as faces, cuja função é fazer a montagem das conexões na colmeia do evaporador utilizado na fabricação de trocadores de calor do sistema de ar condicionado dos veículos automotivos.
8415.90.90 Ex 022 – Coletor lateral do trocador de calor produzido por estampagem a partir de ligas de alumínio, sem coloração com cobertura superficial de Clad de brasagem em uma ou em ambas as faces, cuja função é montar a caixa de água do trocador de calor utilizado na fabricação do sistema de ar condicionado dos veículos automotivos.
8415.90.90 Ex 023 – Coletor final do trocador de calor produzido por estampagem a partir de ligas de alumínio, sem coloração com cobertura superficial de Clad de brasagem em uma ou em ambas as faces, cuja função é montar a caixa de água do trocador de calor utilizado na fabricação do sistema de ar condicionado dos veículos automotivos.
8415.90.90 Ex 024 – Calha lateral do trocador de calor produzido por estampagem a partir de ligas de alumínio, sem coloração com cobertura superficial de Clad de brasagem em uma ou em ambas as faces, cuja função é fazer a montagem da colmeia do trocador de calor utilizado no sistema de ar condicionado dos veículos automotivos.
8415.90.90 Ex 025 – Caixa lateral do trocador de calor produzido por estampagem a partir de ligas de alumínio, sem coloração com cobertura superficial de Clad de brasagem em uma ou em ambas as faces, cuja função é montar a caixa de água do trocador de calor utilizado na fabricação do sistema de ar condicionado dos veículos automotivos.
8415.90.90 Ex 026 – Caixa Final do trocador de calor produzido por estampagem a partir de ligas de alumínio, sem coloração com cobertura superficial de Clad de Brasagem em uma ou em ambas as faces, cuja função é montar a caixa de água do trocador de calor utilizado na fabricação do sistema de ar condicionado dos veículos automotivos.
8421.29.90 Ex 005 – Filtro utilizado em injetores de combustível com presões entre 200 bar a 350 bar, com diâmetro total de 11,7 +/- 0,05 mm, temperatura de trabalho de -40 Graus Celsius a +130 Graus Celsius, composto de três elementos, sendo uma rede filtrante fabricada de aço inoxidável, um corpo injetado em poliamida 66 com 15% de fibra de vidro em um anel de reforço fabricado de liga cobre-zinco.
8421.39.20 Ex 002 – Depurador por conversão catalítica dos gases de escape, em chapa de aço de 4 mm, vazão de < 1l/min, pressão de 0,5 bar, torção +/- 40 Nm, aplicado a veículos automotivos.
8481.10.00 Ex 004 – Válvula de controle de pressão e fluxo de óleo para o variador de fase de admissão e escape de motores de combustão interna de ciclo Otto e Diesel, aplicados em veículos automóveis e comerciais leves, capaz de serem aplicados em sistemas cuja pressão de óleo de controle varia de 20 a 980 kPa, com corpo metálico em SUS305 composto por bobina solenoide, podendo ser equipada ou não com filtro metálico retentor de partículas,
dotada de sistema elétrico apto a operar com tensão de 10 V a 16 V com durabilidade operacional de, no mínimo, 232,5 milhões de ciclos e temperatura de trabalho de -40 Graus Celsius a 130 Graus Celsius.
8481.30.00 Ex 010 – Válvula anti-retorno de fluido de freio, composta por carcaça metálica conformada, em seu interior possui mola e esfera, que em funcionamento permite vazão de fluido em um único sentido, integrada ao acumulador de baixa pressão; diâmetro máximo de 12 mm e altura de 10 mm, vazamento máximo permitido 2 mm3/seg, qual tem a finalidade de
manter o circuito preenchido durante funcionamento e assim evitar travamento de rodas durante o decréscimo de pressão no sistema de freio anti travamento e também anti travamento com controle de estabilidade.
8481.80.92 Ex 005 – Válvula solenoide utilizada na regulação e controle automático da função ASR do freio, por meio de uma solenoide, a válvula recebe a informação do estado das rodas através da unidade de comando eletrônico do veículo, possuindo peso igual ou inferior a 1 kg, contendo uma cabeça magnética, conexão M16 ou Voss 230/232 e uma carcaça.
8481.80.99 Ex 004 – Vela metálica incandescente de aplicação no motor diesel, na câmara de combustão tendo interação com o pulverizador do injetor de combustível em temperaturas alcançadas na superfície da ponta do tubo incandescente entre 950 Graus Celsius e 1050 Graus Celsius com função primária de permitir a partida a frio do motor, suportando a estabilidade de combustão do motor e o desempenho de emissões (EGR).
8481.80.99 Ex 005 – Válvula de vedação do conjunto servo freio, com corpo em borracha sobre moldada em arruela de metal, com peso de até 10 g, utilizada em sistema de freio de veículos automóveis.
8481.80.99 Ex 006 – Atuador pneumático utilizado em motores a diesel com sistema EGR, corpo cilíndrico em aço, movimento linear através de haste para controle do fluxo de gases que serão direcionados para a admissão; área de aplicação termicamente segura para válvula de borboleta de temperatura máxima de 750 Graus Celsius; tensão de entrada polarizada de até 920 mV; cilindro de ar comprimido de 30 x 32 mm; buchas de rolamento, anel de
cobertura e arruela de pressão em liga de cobalto; carcaça niquelada NIP9-12, espessura do revestimento de 40 micrômetros (variação +/- 5 micrômetros) e recozida a 190 Graus Celsius.
8482.20.90 Ex 001 – Rolamento cônico de carga axial, com capacidade de suportar cargas axiais de eixos veiculares de GAWR de 7 toneladas, com diâmetro externo de 3,276 pol, diâmetro interno de 1,822+0,010 pol e altura de 0,9375+0,010 pol.
8482.80.00 Ex 001 – Rolete esférico da junta homocinética, composta por material SUJ 2, tratamento térmico por carburação e têmpera, diâmetro de 39,6 a 46,1 mm, tolerância máxima de 0,060 mm e peso de 71 a 122 g.
8483.10.19 Ex 001 – Conjunto virabrequim em aço S30CDY7A forjado montado com esferas de aço, utilizado em veículos automóveis de passageiro com motor de combustão interna, responsável pela transformação do movimento linear do Pistão em movimento de rotação resultando na propulsão do veículo, peso de 10,93 kg, comprimento total de 429,5 mm e curso de 89,0 mm.
8483.10.19 Ex 002 – Conjunto virabrequim em aço S40CKSS1, forjado, montado com esferas de aço, utilizado em veículos automóveis de passageiro com motor de combustão interna, responsável pela transformação do movimento linear do pistão em movimento de rotação resultando na propulsão do veículo com peso de 13,0 kg, comprimento total de 472,5 mm e curso de 87,0 mm.
8483.10.19 Ex 003 – Conjunto virabrequim em aço S30CKS1 forjado, montado com esferas de aço, utilizado em veículos automóveis de passageiro com motor de combustão interna, responsável pela transformação do movimento linear do pistão em movimento de rotação resultando na propulsão do veículo, peso de 9,3 kg, comprimento total de 429,5 mm e curso de 89,0 mm.
8483.10.19 Ex 004 – Conjunto virabrequim em aço S40CKSS1, forjado, montado com esferas de aço, utilizado em veículos automóveis de passageiro com motor de combustão interna, responsável pela transformação do movimento linear do pistão em movimento de rotação resultando na propulsão do veículo com peso de 12,6 kg, comprimento total de 429,5 mm e curso de 89,0 mm.
8483.10.20 Ex 003 – Eixo comando de válvulas completo montado com cames e engrenagem, com tubo de aço liga grau E355+C para aplicações de precisão, vazado, com ou sem costura, trefilado a frio, sem tratamento térmico após o último passe de trefila de acordo com a norma DIN EN 10305; resistência a tração 640 MPa, alongamento máximo admissível de
4%, com 991,60 mm de comprimento, utilizado para montagem de eixo de comando de válvulas em motores de ciclo diesel.
8483.10.90 Ex 004 – Eixo de acionamento acabado de secção circular com diâmetro de 10 mm e comprimento de 60,8 mm, com rosca M8 x 8 mm em uma das extremidades e recartilha paralela na outra, construído em aço liga C45GPb ou aço liga 40Cr, com dureza superficial maior ou igual a 5% da dureza do núcleo para suporte de tração durante funcionamento, de uso exclusivo em limpadores de para-brisa de veículos automóveis.
8483.30.90 Ex 006 – Rótula radial esférica de precisão, com esférico interno em aço temperado e acabamento superficial de rugosidade Rz1 na superfície esférica e tratamento superficial de cromo duro para reduzir o desgaste, anel externo em liga de latão/cobre, moldado sobre o anel interno por processo de conformação e posterior usinagem, capacidade de compensação angular até 17 graus e capacidade de carga radial até 95 K N.
8483.30.90 Ex 007 – Mancal sinterizado sem rolamento com estrutura contendo cobre livre, impregnado a vácuo com auto lubrificante especial de baixa viscosidade 16,5 mm2/s, alta precisão dimensional, diâmetro externo de 14,4 a 15,5 mm -0,043 mm de tolerância e diâmetro interno de 8 a 9 mm +/- 0,003 mm de tolerância, altura 10 mm +/- 0,01 de tolerância,
controlado por cpk mínimo de 1,33, cilindricidade de 0,004 mm e batimento de 0,03 mm, com ajuste entre eixo e mancal de 0,002 mm a 0,005 mm de folga para operação em rotações do eixo de 6000 rpm, gerando baixo ruído (50 decibeis-dBA).
8483.30.90 Ex 008 – Mancal sinterizado sem rolamento com estrutura contendo cobre livre, impregnado a vácuo com auto lubrificante especial de baixa viscosidade 16,5 mm2/s, alta precisão dimensional, diâmetro externo de 13 mm +0,009 mm de tolerância e diâmetro interno de 8 mm a 10 mm +0,012/ +0,001 mm de tolerância, controle por cpk mínimo de 1,33,
circularidade de 0,003 mm e batimento de 0,025 mm com ajuste entre eixo e mancal de 0,005 mm de folga para operar em rotações do eixo de 6000 rpm, gerando baixo ruído (50 decibeis-dBA).
8483.30.90 Ex 009 – Mancal de deslizamento sinterizado, do tipo bucha esférica, de diâmetro de 16 mm, de aço sinterizado, auto-lubrificante, com superfícies facetadas nas extremidades do comprimento do furo, distantes em 11 mm, ajuste cilíndrico paralelo ao furo na periferia da peça, com diâmetro de 15,2 mm, e furo de 8 mm; com zonas alternadas de diferentes níveis de
compactação e densidade na região da superfície interna do furo, saturadas com lubrificante poli-alfa-olefina de baixa viscosidade, 22 m2/s a 40 Graus Celsius.
8483.50.90 Ex 007 – Conjunto de anel dentado de inércia de acoplamento da transmissão automática e motor de partida com massa de inércia central fabricado em aço JIS SK85 (SK5) e região externa dentada em aço JIS S50C, com balanceamento estático máximo do conjunto de até 13 g.cm em
relação ao eixo central, massa de referência do conjunto montado de 6.413 g, região externa dos dentes com dureza de 49-58 HRC, região da raiz do dente com dureza mínima 39 HRC, diâmetro externo do conjunto de 325,78 mm com tolerância inferior -0,25 mm, possui 149 dentes na cremalheira com tolerância geométrica de batimento máximo de 0,3 mm em relação ao centro e aplicado em motores Diesel de veículos comerciais leves.
8483.90.00 Ex 017 – Variador de fase do eixo de comando de válvulas de exaustão de motores de combustão interna controlado por válvula integrada em conjunto com solenoide, ambos exclusivos para aplicação neste variador de fase, com velocidade de avanço de no mínimo 100 graus CA/s e velocidade de retardo de no mínimo 120 graus CA/s com o motor sob regime de 2.000
rpm, temperatura do óleo do motor a 100 Graus Celsius, pressão do óleo a 215 kPa, com peso igual ou inferior a 580 g.
8483.90.00 Ex 029 – Variador de fase do eixo de comando de válvulas de admissão de motores de combustão interna para uso integrado a motor elétrico, exclusivo para este tipo de aplicação, com velocidade de alteração de ângulo de 200 graus CA/s a 300 graus CA/s sob regime de 1.000 rpm do motor do veículo a 90 Graus Celsius e atuador operando a 12 V, com atraso
de resposta igual ou inferior a 100 ms tanto para avanço quanto para retardo, com nível de ruído igual ou inferior a 3 dB(A) sob regime de 560 rpm do motor do veículo a 90 Graus Celsius e atuador operando a 12 V, com peso igual ou inferior a 1,06 kg.
8483.90.00 Ex 034 – Tucho mecânico do sistema de acionamento de válvulas nos motores Diesel, com movimento alternado e o corpo em aço endurecido e temperado por indução, acoplamento esférico na extremidade superior e pastilha soldada por brasagem na extremidade inferior.
8501.10.19 Ex 006 – Motor elétrico corrente contínua flangeado 12Vcc com engrenagem pinhão no eixo, temperatura de trabalho entre -40 Graus Celsius e 160 Graus Celsius e potência máxima de até 33 W para aplicação em corpos de borboleta automotivos.
8504.40.90 Ex 003 – Conversor estático corrente continua, aplicado para aquecimento elétrico em fluído de arrefecimento (composto por mistura de água e etileno-glicol), com operação na faixa de tensão contínua entre 350 V a 900 V (alta tensão automotiva) e grau de proteção mínimo IP67 e IP6K9K, aplicável em veículos com tração elétrica; capacidade de aquecimento do
fluído dentro da faixa de temperaturas entre -20 Graus Celsius até 95 Graus Celsius com limitação da potência dissipada em até 10 kW, cuja resistência de aquecimento seja controlada continuamente através de módulo eletrônico integrado ao dispositivo, com capacidade de comando, controle e gerenciamento por meio de interface de comunicação CAN aplicada em veículos automóveis.
8504.40.90 Ex 004 – Conversor estático de corrente contínua (DC-DC) para aplicação em veículos elétricos e híbridos com potência nominal entre 6,6 kW e 11 kW, comunicação via CAN, refrigerado à água, com tensão máxima de entrada de 800 V e saída de 12 V ou 24 V, com isolação galvânica em alta frequência, proteções de sobrecorrente, sobretensão, inversão de polaridade, sobretemperatura e sobrecarga na saída; eficiência maior que
95% e consumo de corrente em standby inferior a 10 mA; grau de proteção mínimo IP67 e IP6k9k e temperatura de trabalho entre -40 Graus Celsius e +100 Graus Celsius.
8505.11.00 Ex 004 – Imã de ferrite de estrôncio série 6-nylon, extrudado em formato quadrado, com quatro furos de alívio quadrados, com densidade de fluxo magnético maior que 500 Gauss e dimensões externas de 33,5 x 33,5 x 6,5 mm.
8505.90.80 Ex 005 – Magneto elétrico dotado de bobina e lâminas metálicas, com força magnética mínima de 130 Newtons sob corrente de 9.8 amperes montado a uma distância de 0.200 mm; encapsulado em carcaça epóxi com resistência à compressão mínima de 235 MPa e resistência a tração mínima de 104 MPa, para uso exclusivo em bombas de injeção de veículos automóveis movidos a Diesel.
8507.60.00 Ex 017 – Bateria com tensão nominal de 57.6 +/- 10 V, capacidade de energia útil de 8.64 KWh, de forma retangular com dimensões 303 mm x 720 mm x 193 mm (tolerância nas medidas de +/- 10%) e peso de 75 kg com sistema de refrigeração a ar, com unidade eletrônica de gerenciamento da bateria, de vida útil de 5.000 ciclos, temperatura de operação de -20 Graus Celsius a +60 Graus Celsius.
8511.10.00 Ex 002 – Velas de ignição com eletrodo lateral com extremidade em platina e eletrodo central com extremidade em irídio (flex) ou eletrodo lateral e central de níquel (benzina), gap (distância entre os eletrodos) de 0.9 (+/- 0,1) mm, castelo metálico com rosca M10 x 26,5 mm, isolador cerâmico com resistência dielétrica maior que 36 kV (CNTP) e porca terminal para utilização em automóveis.
8511.50.10 Ex 001 – Gerador de corrente elétrica alternada (“alternador”), em Alumínio, torque de 80 +/-5 Nm, rotação em 6000 rpm = 180 A, protocolo de comunicação CAN, com sincronização e abertura de válvulas e regulador de tensão por micro-chip do regulador com polia e engrenagem inteligente para motores de pistão de ignição por centelha com sistema de sincronização aplicado a veículos automotores.
8511.90.00 Ex 039 – Pacote do induzido, obtido através da prensagem de 72 lamelas estampadas, cujas principais dimensões são: diâmetro externo de 59,3 +0/-0,12 mm, diâmetro interno de 14,5 +0,043/-0 mm e comprimento de 36 +/- 0,6 mm, sendo a espessura da lamela de 0,5 mm.
8512.20.11 Ex 001 – Farol “full led” principal dianteiro direito/esquerdo para iluminação e sinalização aplicado em veículo de passeio composto de: facho de luz baixa e facho de luz alta emitida através de projetor de diodo emissor de luz (leds) que possui uma tampa comutada eletromecanicamente para alternar entre os fachos; luz de posição dianteira e luz diurna emitida por diodo emissor de luz (leds) através de uma guia de luz e filtro; motor
interno para regulagem do facho de luz pelo condutor, lente com tratamento especial hidrofóbico para mascarar a condensação presente na lente.
8512.20.11 Ex 005 – Farol dianteiro direito/esquerdo com iluminação dos fachos baixo e alto por meio de fonte luminosa com fluxo superior a 1850 lm (alimentada a 13,2 V), associada a um projetor composto de um refletor elíptico e uma lente de vidro plano-convexa, a comutação entre os fachos baixo e alto é feita por meio de um anteparo metálico, acionado por um
atuador eletromecânico via sinal elétrico analógico, iluminação da função posição por meio de diodo emissor de luz associado a um guia em polimetilmetacrilato e um sistema eletrônico de regulagem de corrente, para proteção do circuito e manutenção do brilho e cor, lente principal revestida em sua face interna por verniz composto de mistura de materiais
hidrofóbicos-hidrofílicos para minimizar a formação de gotículas de água condensada.
8512.20.22 Ex 005 – Lanterna traseira com conector PA 6.6 +SEBS, iluminação a lâmpada, contendo luz da posição traseira, marcha ré, retrorrefletor, pisca, farol de neblina, iluminação de placa, posição lateral, freio, guarnição EPDM e tensão nominal de 12 V ou 24 V.
8512.30.00 Ex 005 – Módulo eletrônico automotivo BCM (Body Control Module) de execução de controle em malha aberta e fechada de aquecedores e limpadores dos vidros dianteiro e traseiro, espelhos retrovisores externos (em conjunto com outros módulos eletrônicos próprios para o controle de funções eletroeletrônicas das portas dos veículos), iluminação interna e
externa (com recurso para a detecção de lâmpada queimada), além de controle de faróis baseados em tecnologias do tipo Full-LED e ECO-LED.
8512.40.10 Ex 001 – Conjunto de acionamento das palhetas do limpador de para-brisa dianteiras compostos de motor elétrico em 24 V e torque mínimo de partida de 50 Nm, hastes para acionamento das palhetas lado motorista e passageiro, juntas e pivôs, com peso total entre 3,5 e 6,0 kg, para aplicação em caminhões.
8512.90.00 Ex 001 – Sensor eletrônico de estacionamento de tecnologia ultrassônico, utilizado na aplicação frontal e/ou traseiro da unidade de controle eletrônico de gerenciamento do sensor do sistema de estacionamento de veículos automotores, com carcaça em plástico, tensão nominal de trabalho de 8 a 18 Volts, frequência de operação de 47 KHz a 60 KHz e temperatura de operação de -40 Graus Celsius + 85 Graus Celsius, à prova d’água.
8536.50.90 Ex 030 – Dispositivo elétrico do tipo joystick, com interruptor rotativo de três posições para acionamento de motores elétricos; inclinação de até 13,5° (variação de +/- 1,5°); circuito eletrônico analógico; luz indicadora Led 230 nm; tensão nominal 12/24 V; carcaça em PA6 com 30% de fibra de
vidro de 36,25 mm x 43,8 mm x 31,7 mm (variação de +/- 0,15 mm), para câmara de alojamento; botão em polímero PA6, com 15% de fibra de vidro; base (verde), de polímero PBT, com 20% de fibra de vidro; terminais em liga de cobre (CuSn6); atendendo as normas para uso em veículos pesados.
8536.50.90 Ex 031 – Painel de controle de porta para acionamento/gerenciamento de funções elétricas de vidro, espelho retrovisor e trava das portas; tensão máxima de 32 V; comunicação em protocolo LIN; carcaça, espaçador e placa de base inferior de termoplástico poliamida 66 ou Nylon 66, botões em termoplástico policarbonato; força de uso indevido de 150 N para força
de compressão, 80 N para força de tração e 80 N de tensão de cisalhamento; força de montagem de no máximo 40 N e força de desmontagem de máximo 75 N; atendendo as normas para uso em veículos pesados, dimensionamento, para câmara de alojamento.
8536.50.90 Ex 032 – Comutador elétrico com corrente nominal de 2 mA, a 23 graus e 13,5 V, para ser instalado em superfície plástica ou metálica, composto por conector, atuador e capa plástica, utilizado para destravar a fechadura do porta-malas.
8536.50.90 Ex 033 – Chave eletromagnética selada, à prova de explosão, para corte da energia das baterias de tração do veículo, com aplicação específica em caminhões que transportam cargas perigosas, dotada de carcaça metálica, módulo eletrônico e conectores, para operação em sistemas corrente contínua de 24 V.
8536.50.90 Ex 034 – Painel de controle de climatização do interior do veículo multiplexado com 1 botão e 6 teclas para: acionamento e controle de temperatura do ar condicionado, desembaçamento dos vidros dianteiros e traseiros, travamento de portas e luz de advertência e ajuste do volume e opção mudo do rádio; possui interface com dois tipos de rádio, central de
controle eletrônico do veículo e módulo eletrônico de controle do ar condicionado via rede CAN.
8536.50.90 Ex 047 – Subconjunto interruptor eletrônico com acionamento através de esfera de aço e mola, suportando força máxima de 49 N para comutação do sinal de liga e desliga, com queda máxima de voltagem de 0,1 V, resistência de isolamento de no mínimo 10 Megaohm e torque de aperto na rosca de 39,2 N.m vedando para pressões internas de até 98 kPa.
8537.10.90 Ex 025 – Régua de chaves (painel de controle) com iluminação interna, conector para interface do usuário com o sistema de telemática e concierge.
8537.10.90 Ex 026 – Contator elétrico com 2, 4 ou 5 vias, com peso de 0,07 kg até 0,1 kg, composto por mola de bronze e aço, material plástico (POM, PBT, PA66 + 30%) e circuito elétrico, medindo 112 +/- 0,5 mm de comprimento, 48 +/- 0,5 mm de largura, com curso entre 16,7 mm e 29,4 mm.
8547.10.00 Ex 002 – Bucha de Isolação de cerâmica C795 com teor de Al2O3 compreendido entre > 95 % a 99 %, conforme norma DIN EN 60672, usada para isolação contra a entrada dos gases de exaustão na área de conexão elétrica no interior da sonda lambda, utilizada em veículos automóveis.
8547.10.00 Ex 003 – Bucha de Isolação em silicato de cerâmica esteatita (C221), conforme norma DIN VDE 0335, usada para isolação contra a entrada dos gases de exaustão na área de conexão elétrica no interior da sonda lambda, utilizada em veículos automóveis.
8708.10.00 Ex 014 – Travessas de perfil extrudado, feito de liga de alumínio 6061 e espessura de 3,0/ 2,3 mm, localizadas próximas aos para-choques dianteiro/ traseiro do veículo, apresentando uma tipologia curva ao longo de seu comprimento em y e com a função primária de absorver energia de impactos.
8708.29.99 Ex 019 – Barra de aço carbono da porta de veículo de automóvel de passageiros, responsável pelo reforço estrutural e proteção ao impacto, tratada termicamente na face externa através de aquecimento por indução, soldada no painel da porta através de suportes de aço em ambas as extremidades do tubo principal; resistência à tração maior ou igual a 1.470 Mpa, tensão de ruptura maior ou igual a 980 Mpa e energia de
ruptura maior ou igual a 60 N/mm perante à força normal de flexão; é necessário controle dimensional do cordão de solda maior ou igual a 15 mm entre suporte e tubo, atendendo ao requisito mínimo de 1.320 kgf para ruptura do cordão.
8708.29.99 Ex 020 – Conjunto de isoladores acústicos para veículos caminhões, composto de cobertura de lã PAN-Ox (poliacrilonitrila), lâmina PE-LD (polietileno de baixa densidade), material de suportação em SMC, material isolante em lã de rocha e defletor de calor em Alumínio com espessura entre 17 a 30 mm, com coeficiente de absorção acústica maior ou igual a 58% para 400 Hz e maior ou igual a 60% para 1000 Hz de frequência.
8708.30.19 Ex 003 – Pinça de freio com acionamento eletrônico com carcaça em Alumínio (liga GK Al Si7 Mg Ti, cfe BDS-06.08), torque de frenagem a 1 g: 4.024 Nm, pressão a 1 g: 122 bar, pressão de teste: 210 bar, classe de fricção GALFER 5027, coeficiente de fricção nominal = 0,43 aplicado a veículos automotores.
8708.30.90 Ex 011 – Trava do êmbolo do subconjunto válvula de controle de força do servo freio de veículos automóveis, fabricada em aço EN 10132-4 C60S OU C67S OU C75S, tratamento térmico de austempera com dureza de 470 A 530 HV10, resistência a tração entre 1150 E 1900 N/MM2, isento de oxidação, óleo mineral e trincas, e sem revestimento de borracha.
8708.30.90 Ex 012 – Componente de freio a tambor, que integra o sistema de acionamento e regulagem por ajuste automático, constituído por liga de aço carbono, fabricado usinado com tratamento térmico; o eixo central possui diâmetro de 12 mm com engrenagens helicoidais de 10 dentes em suas extremidades, ângulo de hélice de 50°, diâmetro primitivo de 19,758 mm e diâmetro externo de 22,30 mm.
8708.30.90 Ex 023 – Pistão da pinça de freio hidráulico de veículos comerciais, fabricado em resina fenólica com carga estrutural e embutida em capa de contato externa em aço inoxidável SAE 51409, com posterior tratamento térmico de cura, com corpo usinado e retificado, com rugosidade máxima permitida de 1,2 Ra na usinagem do diâmetro externo de 69,975 mm com tolerância
de +/- 0,025 mm e perpendicularismo da face de contato máximo 0,2 mm em relação ao diâmetro externo.
8708.30.90 Ex 050 – Cilindro do conjunto ajustador automático de freio a tambor, fabricado em aço carbono e temperado em óleo, com dureza restrita entre 37-44 HRC, usinado na parte interna com 15 dentes retos de cabeça arredondada com diâmetro primitivo de 11,908 mm e diâmetro interno de 11,151 mm; usinado externamente com diâmetro de 23,355 mm, comprimento 55,372 mm e 42 dentes helicoidais de 30 Graus de inclinação.
8708.50.80 Ex 019 – Conjunto de eixo de ligação entre a caixa de transmissão e o semieixo de veículo automóvel de passageiro, composto por eixo em material S40BCM, mancal em HD2, rolamentos e vedações, anel em SUS304, parafusos e anel trava em SWP-B.
8708.50.80 Ex 027 – Eixo longitudinal de duas seções, construído em aço carbono, com pintura anticorrosão para transmissão, lado esquerdo ou direito, FU-TPl2700 VAG17, composto por rolamento central e com juntas homocineticas colapsáveis, proteção em TPE e PA 6.6, diâmetro mínimo de 26 mm, presilhas, torção nominal 133.7 Nm/min +/- 10%, ângulo de articulação de 50 Graus, aplicado a veículos automotores.
8708.50.99 Ex 038 – Perfil de aço tubular processado através de tecnologia exclusiva de conformação (rolagem) de chapa plana em prensa de estampagem contendo seções de dimensões variáveis, soldado por processo CMT (arame duplo) MIG/MAG, jateado (shot peening) e revenido.
8708.50.99 Ex 039 – Eixo cardan com articulação para veículo leve com tração 4×4, fabricado em aço forjado, articulado por uma cruzeta, montado sobre rolamento de esfera, com sistema de lubrificação integrado, vedações para trabalho submerso em meio abrasivo e com terminais dotados de flanges para conexão das contrapeças.
8708.80.00 Ex 017 – Conjunto barra estabilizadora da suspensão de veículos automóveis de passageiros, responsável por auxiliar a performance dinâmica do veículo aumentando o contato do pneu no solo, composta por um tubo circular de aço 34MnB5, com controle de camada de pintura catódica nas extremidades entre 10 e 50 micrômetros, dureza entre HV460
e 540, buchas coladas na barra através de processo de vulcanização, barras de articulação e porcas.
8708.80.00 Ex 018 – Articulação e suporte do eixo dianteiro, em chapas de aço carbono S355MC/S420MC DIN em 1049-2, soldadas a laser, com buchas em borracha, soldadas, caracterizada como parte estrutural da carroceria do veículo automotivo.
8708.92.00 Ex 001 – Conjunto do tubo de exaustão para gases de escape provenientes da combustão de veículo automóvel de passageiros, composto principalmente de partes rígidas em aço inox HFS429M-TK, flexível corrugado em aço inoxidável SUS304 e HFS436L, flanges em JSC270C e HFS429M.
8708.92.00 Ex 002 – Conjunto de revestimento do teto, composto do forro, em plástico pc/abs, em substrato semi-rígido de poliuretano e fibra de vidro, quebra-sol de plástico, espaço para o sistema de iluminação frontal, central e traseira com chicotes, estrutura de ancoragem metálica de reforço en10152, em um lado, no outro acabamento em feltro e demais conexões elétricas, absorvedores de ruído, em diferentes cores, espaço para teto solar
desprovido do sistema mecânico, aplicado a veículos automotores.
8708.92.00 Ex 010 – Tubo de aço inoxidável contendo peças de conexão, utilizado para conexão de diferentes partes de sistema de escapamento, com comprimento entre 700 e 1100 mm e diâmetro entre 110 e 125 mm.
8708.95.29 Ex 002 – Folha plástica em policarbonato (PC) t0,5 mm com adesivo dupla face em polietileno tereftalato (PET), t0,12 mm e escrita impressa em preto 21bk02, difusor impresso de dimensão ref. 82,3 x 13,6 x 0,62 mm de uso no conjunto de luz indicadora do airbag automotivo para passageiro, com a função de demonstrar a condição ligado/desligado (on ou off).
8708.99.90 Ex 012 – Coxim de borracha possui flange externa de 30 mm e diâmetro externo de 24,8 mm +0,2 mm e diâmetro interno de 16 +0,015-0,01 mm; provido de bucha metálica com revestimento de politetrafluoretileno na montagem do garfo do conjunto alavanca de veículos comerciais.
8708.99.90 Ex 024 – Bucha com diâmetro externo de 47,5 mm, com afastamento superior de +0,4 mm e afastamento interior de -0,1 mm e altura de 47 mm, provida de anel de borracha e bucha metálica com diâmetro interno de 16 H11 mm, com carga de trabalho máxima radial 25 kN e axial 3 kN para barra estabilizadora de veículos comerciais.
8708.99.90 Ex 055 – Articulação com lubrificação permanente, diâmetro externo de 55,25 mm J7, rosca externa de M16 x 1,5 com sextado interno de 8 mm, provida de borracha, alma de plástico e pino esférico metálico no seu interior, contendo grau de liberdade em todos os sentidos, com resistência ao torque de movimento de 40 Nm máx, elasticidade axial de 2.100 N min e
elasticidade radial de 3.500 N min, utilizado na montagem de trambulações de veículos comerciais.
8708.99.90 Ex 056 – Articulação com lubrificação permanente, diâmetro externo de 55,25 mm J7, pega-chave com 19,00 mm – 0,52 mm, rosca externa de M16x1,5, provida de borracha, alma de plástico e pino esférico metálico no seu interior, contendo grau de liberdade em todos os sentidos, com resistência ao torque de movimento de 40 Nm máx, elasticidade axial de
2.100 N min e elasticidade radial de 3.500 N min, utilizado na montagem de trambulações de veículos comerciais.
8708.99.90 Ex 057 – Pista externa (carcaça metálica) forjada a frio para junta homocinética, com capacidade para montagem de 6 a 8 esferas, permitindo angulação máxima de até 50°, composta por material S53C de acordo com norma D-SC0530, dimensão de 146 a 300 mm e peso de 1,2 a 3,0 kg, para transmissão de potência do motor às rodas do veículo automóvel.
8708.99.90 Ex 058 – Kit cassete da junta homocinética, composta por gaiola e pista interna de material aço SCM415B e SCr420Hn, norma EC-QC2-0, com tratamento térmico por carburação e têmpera, diâmetro de 54,4 a 72,8 mm, tolerância de 70 micrômetros e peso de 80 a 319 g para transmissão de potência do motor às rodas do veículo automóvel.
8708.99.90 Ex 059 – Conjunto retrovisor externo eletrônico, constituído de duas câmeras externas para captação de imagens lateral e traseira de caminhões e ônibus, integradas por fio a um monitor com tela de cristal líquido, medindo 180 mm x 410 mm x 45 mm, compostos de corpo de termoplástico, sensores eletrônicos, e lentes de vidro, para operação em sistemas elétricos de corrente continua de 24 V.
8708.99.90 Ex 060 – Suporte para fixação de caixa de bateria com orifício para fixação de dreno de ácido da bateria feita em material plástico PA66 com 30% em fibra de vidro, localizado na zona do compartimento motor e com interfaces de fixação por parafusos através de insertos em aço 11 SMnPb 37 sobre-injetados.
9025.19.90 Ex 006 – Sensor de temperatura de gás ou do líquido de arrefecimento para motores a diesel com faixa de temperatura operacional de -40 Graus Celsius a 900 Graus Celsius.
9026.10.19 Ex 003 – Sensor eletrônico com alimentação de 4,5 a 16 Volts, leitura do fluxo de até 100 gpm (galões por minuto) com pico máximo intermitente de 200 gpm, corpo do sensor com diâmetro interno de até 62 mm e externo de até 84 mm, comprimento de até 115 mm, com conector do tipo Deutsh
de 3 pinos, temperatura de operação de -35 Graus Celsius a 72 Graus Celsius, peso máximo de 0,3 kg para uso específico na medição da vazão dos sistemas de aspersão dos pulverizadores agrícolas auto propelidos.
9026.20.90 Ex 022 – Sensor de pressão de combustível utilizado na flauta do sistema de injeção direta de combustível de motores de combustão interna ciclo atikinson, com pressão de operação de 0 a 27 MPa e pressão máxima de 40 Mpa, com tensão de operação de 5,0 mais ou menos 0,25 Volts, com temperatura de operação de -35 Graus Celsius a + 120 Graus Celsius.
9026.20.90 Ex 023 – Sensor de pressão de óleo (válvula de alívio), para monitoramento da pressão de óleo do motor durante o funcionamento e com faixa de operação de 0 a 10 bar.
9026.20.90 Ex 024 – Transdutor piezo elétrico para sistemas pneumáticos com alimentação de 24 V e sinal de tensão de saída de 0,5 V a 4,5 V, proporcional à pressão da linha pneumática entre 0 e 16 bar, montado em carcaça metálica com conector plástico em PBT reforçado com fibra de vidro, que atenda aplicação automotiva.
9026.20.90 Ex 025 – Sensor de detecção da quantidade de etanol presente no combustível, dotado de sensor de temperatura integrado internamente e conexões hidráulicas e elétricas robustas para suportar corrosão excessiva de etanol e proteção contra penetração de água em conexões elétricas.
9029.20.10 Ex 001 – Painel de instrumentos composto por placa de circuito impresso, tensão de 24 V, moldura frontal e lente transparente, temperatura de operação entre -40 Graus Celsius a 80 Graus Celsius, mostradores analógicos, lâmpadas de advertência, alto falante, display, botões interligados ao sistemas do veículo, 3 conectores de interface de 18 vias e software embarcado com comunicação em protocolos CAN/LIN.
9029.90.10 Ex 017 – Módulos de visualização de informações de painéis de instrumentos de veículos automotores, composto de Display LCD (Liquid Crystal Display) de matriz ativa “TFT – Thin Film Transistor”, circuito eletrônico de acionamento, moldura frontal e tampa traseira, iluminação (Backlight) integrada a partir de diodos emissores de luz (LED) e elemento
de conexão, com diagonal igual ou superior a 3,5 polegadas até 6,5 polegadas.
9031.80.99 Ex 051 – Sensor de posição com alimentação de 5 +/- 10% V, faixa de temperatura de operação de -40 Graus Celsius a +125 Graus Celsius, sinal de saída PWM de 1 kHz +/- 10%, consumo de corrente máximo de 30 mA, faixa de trabalho de +/- 15 mm, comprimento de 51,0 +/- 0,3 mm, altura de 25,5 +/- 0,2 mm, distância entre os centros dos pontos de fixação de 30,0 mm, diâmetro dos furos de fixação de 5,5 +/- 0,1 mm, espessura
dos pontos de fixação de 7,0 +/- 0,1 mm, pino guia com diâmetro de 3,90 +/- 0,05 mm, conector elétrico com três terminais em latão e corpo externo em material PBT com 30% de fibra de vidro, aplicado a sistemas de transmissão automotiva.
9031.80.99 Ex 052 – Sensor de detonação para transformação de vibrações mecânicas do motor em oscilações elétricas capazes de serem interpretadas pela unidade de comando, com frequência de 2.5 kHz a 17 kHz, aplicado no bloco de motor dos veículos automóveis.
9031.80.99 Ex 053 – Sensor de detonação para transformação de vibrações mecânicas do motor em oscilações elétricas capazes de serem interpretadas pela unidade de comando, com frequência de 3 kHz a 25 kHz, aplicado no bloco de motor dos veículos automóveis.
9032.20.00 Ex 004 – Interruptor elétrico, do tipo pressostato, com alimentação de 8 a 30 Volts, próprio para controlar a pressão de óleo dos sistemas hidráulicos de máquinas agrícolas, com pressão de trabalho de 0 a 1250 bar e temperatura de trabalho de -40 Graus Celsius a +125 Graus Celsius, possuem grau de proteção IP 64 até IP 69K e conectores tipo Deutsh com 2 ou 4 pinos.
9032.89.21 Ex 018 – Unidade de controle eletrônico (ECU) de gerenciamento do sistema antiblocante de freios ABS (Anti-Block Braking System) e sub-funções integradas para veículos comerciais pesados de transporte de carga ou passageiros, com até 6 canais 6M/6S, com tensão de alimentação 24 V, 4 ou mais conectores com 12 a 20 pinos para cada conector, interface
CAN compatível com protocolo SAE J1939 e taxa de transmissão de 250 a 500 kBit/s.
9032.89.21 Ex 019 – Unidade de controle eletrônico do sistema de freio (EBS) com ou sem tampa protetora plástica para tensão de alimentação de 24 V, dotada de 3 ou mais portas de conexões com 12 a 20 pinos para comunicação via CAN (Controller Area Network) com os sensores e atuadores do sistema de freio para veículos comerciais pesados de transporte de passageiros ou carga.
9032.89.25 Ex 001 – Módulo de controle eletrônico composto em liga de Zinco-Alumínio utilizado para controlar o sistema de dosagem de Arla 32 do sistema de pós tratamento de gases de exaustão de motores diesel SCR, para aplicação automotiva.
9032.89.25 Ex 007 – Unidade de comando eletrônico para gerenciamento de motores de combustão interna de ciclo Diesel, utilizando óleo Diesel ou etanol, aplicada em veículos comerciais pesados de transporte de passageiro ou carga, efetua a leitura dos sinais dos sensores de pressão do ar de admissão, sensores de rotação e de posição do motor, sensores de posição, sensores de pressão de escape, pressão da régua de combustível; utiliza
controle de formato de onda de corrente complexa para controlar os injetores de combustível; controla a rotação e o torque do motor, comunicação via CAN, recebe as demandas de freio do motor ou de ajustes de torque necessários para facilitar a troca de marcha; grau de proteção contra intrusão IP69; contém PCB (Printed Circuit Board), dois bancos de conectores com 7 unidades de 10 polos ou mais, possui total de 140
entradas e saídas contidas em invólucro de alumínio fundido injetado, tensão de alimentação de 24 V, dimensões principais aproximadas de 270 x 242 x 77 mm, peso entre 3,0 a 5,0 kg.
9032.89.29 Ex 046 – Computador de gerenciamento do sistema híbrido que comanda a sincronização de funcionamento entre o motor a combustão de 4 cilindros, capacidade volumétrica de 1,797 cc, potência de 70kw a 5.200 rpm e torque de 142 Nm a 3.600 rpm, os motores-geradores elétricos 1 e 2, o sistema de baterias, o controle do módulo de frenagem regenerativa e o controle da transmissão, com tensão de, funcionamento entre 11 e 15
Volts, temperatura de funcionamento de – 20 Graus Celsius a +85 Graus Celsius, com um conector de 54 pinos e dois conectores de 48 pinos cada.
9032.89.29 Ex 084 – Unidade eletrônica de controle automático das funções de operação do ar-condicionado de veículos automotores de passageiros, com comunicação via sistema CAN V-BUS e LIN, com sistema C-BEST de diagnóstico, com tensão de funcionamento entre 10 e 16 Volts, com temperatura de operação de -30 Graus Celsius a +80 Graus Celsius.
9032.89.29 Ex 085 – Sensores crepuscular de chuva e umidade para funcionamento automático dos faróis, limpadores de para-brisa e fornecedor de informação quanto à umidade para o sistema de ar-condicionado.
9032.89.29 Ex 086 – Unidade de controle eletrônica DAS (Driver Assistant System), de 24 V, com 3 ou mais conectores de 36 ou mais pinos para comunicação com os sistemas de controle do veículo e de assistência a condução dos veículos comerciais pesados de transporte de carga ou passageiros.
9032.89.29 Ex 087 – Unidade de Controle de Comunicação de Tráfego e Conectividade com microprocessador com frequência de 800 MHz, map memory de 4GB tipo Flash, External RAM de 512 MByte, External Flash de 256 Mbyte para veículos comerciais pesados de transporte de carga ou passageiros.
9032.89.29 Ex 088 – Módulo eletrônico central de gerenciamento, controle e administração das funções, referentes aos dispositivos elétricos e eletrônicos na cabine; com comunicação em CAN e LIN; contendo 136 terminais elétricos de cobre/zinco e estanho; tensão nominal de trabalho 24 VDC e range de 16 VDC a 32 VDC; dimensões dadas por 207 mm x 41,5
mm x 145,8 mm; com invólucro plástico de polipropileno e placa de circuito impresso.
9032.89.29 Ex 089 – Módulos eletrônicos de sistema multimídia com integração de dispositivos Android/Apple, interface para display de 7 a 8 polegadas, sem tela incluída, com reprodutor de USB, Bluetooth e sistema de telefonia Hands Free Telephone (HFT), comunicação via protocolo CAN.
9032.89.82 Ex 003 – Sensor de temperatura ambiente, do tipo NTC 2,3k Ohm; potência máxima de 50 mW, a 250 Graus Celsius; temperatura de operação -55 Graus Celsius a 88 Graus Celsius; carcaça (preta) em polímero PA12; acoplado em suporte metálico por interferência; com 2 fios de cobre, espessura reduzida, com extensão de 220 mm e área da seção transversal de 0,5mm2; conector elétrico de duas vias feito de PBT com 20% de fibra de vidro, 47 x 19,95 x 26 mm; constante
de tempo (T63) menor que 20s a uma velocidade de fluxo de 6 m/s; suportar 100 N na conexão do cabo; classe de proteção IP 67, IP6k9k; atenda as normas de veículos pesados.
9032.89.90 Ex 008 – Módulos de controle dos bicos de pulverização agrícola com gerenciamento automático do acionamento de seções modulares para sobreposição de aplicação de fertilizantes e defensivos, com proteção IP66, comunicação RS-232C serial e alimentação 12 Volts, 4 furações em formato oblongo para fixação na máquina, comprimento máximo de 188,7 mm, largura entre os conectores de 169,21 mm e altura de 79,12 mm, com
conectores padrão DT04-4P e DRC23-40PA, específico para pulverizadores agrícolas auto propelidos.
9401.90.90 Ex 012 – Batente de aço de fixação dos bancos para veículos automóveis de passageiros, com base feita em aço JSH270C, JSH440J conforme JFS A1001 e fio de aço SCM435 conforme JIS G4053.
9401.90.90 Ex 014 – Suporte metálico para movimento do ajuste de altura da estrutura metálica do assento automotivo, fixado entre o trilho lateral e estrutura do assento, proporcionando o movimento para regulagem de altura do ocupante.
9401.90.90 Ex 016 – Sub Conjunto do Braço com Suporte LE, injetado Nylon, Polyvin, inserto metálico, suporte metálico, película superficial (self skin), cor preta, nas dimensões: comprimento = 283,0 mm; altura = 140 mm; largura = 110 mm, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 017 – Subconjunto do braço com suporte LD, injetado de Nylon, Polyvin, insert metálico, suporte metálico, película superficial (self skin), cor preta, nas dimensões: comprimento de 283 mm; altura de 207 mm; largura de 106 mm, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 018 – Suporte dos braços LE/LD metálico, com dois pivôs para acoplamento dos braços de apoio, permitindo o levantamento de 90° e ajuste da inclinação, furação para fixação no encosto, nas dimensões: comprimento de 534,42 mm; altura de 100,0 mm; largura de 76,2 mm; espessura de 4,5 mm, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 019 – Suporte de apoio de braço LE metálico, conexão da parte superior do assento com o braço de apoio, nas dimensões: comprimento entre 160,0 mm e 238,3 mm; altura entre 65,0 mm e 171,0 mm; largura entre 33,2 mm e 62,0 mm; espessura 6,0 mm e 9,53 mm, com rasgo de fixação, pino de acoplamento, encaixes de posicionamento, acoplados ao dispositivo de inclinação e levantamento do braço, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 020 – Suporte do apoio de braço LD, metálico, conexão da parte superior do assento com o braço de apoio, nas dimensões: comprimento entre 219,9 mm e 238,3 mm; altura entre 65,0 mm e 69,2 mm; largura entre 33,2 mm e 45,24 mm; espessura 6,0 mm e 9,53 mm, com rasgo de fixação e pino de acoplamento ao dispositivo de inclinação e levantamento 90° do braço, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 021 – Encosto de cabeça, conectado na parte superior do encosto do assento, através de pinos conformados e solidários entre si, de fixação e regulagem de altura, conectados ao dispositivo de ajuste de inclinação, injetados internamente ao apoio da cabeça; com comprimento entre 219,9 mm e 238,3 mm; altura entre 65,0 mm e 69,2 mm; largura entre 33,2 mm e 45,24 mm; espessura 6,0 mm e 9,53 mm, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 034 – Apoio do braço inferior LD injetado em Nylon, projetado ergonometricamente, alojamentos para regulador de inclinação do braço, furações, encaixes, rebaixos, de acoplamento e fixação do apoio de braço e acessórios, textura especificada da parte externa e em cores diferentes, nas dimensões: altura = entre 81 mm e 108,6 mm, largura = entre 72 mm e 91,1 mm; comprimento = entre 282 mm e 369,3 mm, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 035 – Apoio de braço superior LE , injetado Polyvin, com película superficial, cor preta e marrom , nas dimensões: comprimento entre 109 mm e 386,3 mm; altura entre 31,0 e 81,0 mm; largura entre 72,0 mm e 113,5 mm, com inserto metálico de fixação injetado internamente no apoio, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 043 – Braço de conexão de tubo de inox, com terminais rotulares fixado nas extremidades, por processo de crimpagem.
9401.90.90 Ex 044 – Mola pneumática de compressão/extensão típica de -30 mm/+30 mm, com pressão/carga de trabalho para faixa de 1 bar/0,55 KN a 7 bar/4,94 KN típicas; com entrada para mangueira do tipo “espiga”.
9401.90.90 Ex 061 – Mola pneumática de compressão/extensão típica de -30 mm/+30 mm, com pressão/carga de trabalho para faixa de 1 bar/0,55 KN a 7 bar/4,94 KN típicas, com entrada para mangueira do tipo “engate rápido”.
9401.90.90 Ex 062 – Mola a gás com bloqueio rígido pra cargas de trabalho em extensão até 1,5 KN e compressão de até 2,2 KN.
9401.90.90 Ex 063 – Apoio do braço inferior LE injetado em Nylon, projetado ergonometricamente, alojamentos para regulador de inclinação do braço, furações, encaixes, rebaixos, de acoplamento e fixação do apoio de braço e acessórios, textura especificada da parte externa e em cores diferentes, nas dimensões: altura entre 58 mm e 106,5 mm, largura entre 72 mm e
109 mm; comprimento entre 282,0 mm e 339,0 mm, de assento automotivo.
9401.90.90 Ex 064 – Dispositivo de travamento do encosto traseiro lado direito e esquerdo, lado 1/3 e 2/3, na carroçaria com carcaça plástica injetada (PA6-GF15) e mecanismo com peças metálicas (EN10149-2-S420MC), molas em 10270-1-SH.

ANEXO II

Lista de autopeças grafadas na Nomenclatura Comum do Mercosul como bens de capital ou bens de informática e telecomunicação

NCM Descrição
8408.90.90 Ex 002 – Unidade propulsora a diesel utilizada em escavadeira hidráulica de 40 ton, para atuar em construção e mineração, constituída de 1 motor de combustão com potência máxima de 300 kW a rpm de 2100 (min-1), com torque máximo de 1225 Nm a rpm de 1300 (min-1), 1 redutor de distribuição integrado com rotação máxima de 2000 (min-1), com relação de redução do motor para as bombas de trabalho de 1: 0,889 e para bomba
de giro de 1: 0,662, 1 bomba hidráulica dupla de pistão axial de vazão variável e placas deslizantes com deslocamento máximo de 151,4 (cm3), vazão máxima de 303 (l/min), com pressão máxima de 380 (bar) e sistema hidráulico de regulagem das bombas e 1 bomba hidráulica de pistão axial de vazão variável e placa deslizante com deslocamento máximo de 28
(cm3), vazão máxima de 84 (l/min), com pressão máxima de 250 (bar) e sistema eletro-hidráulico para regulagem da bomba.
8412.21.90 Ex 002 – Motores hidráulicos de pistões axiais de deslocamento volumétrico de 125 cm3/revolução, pressão máxima de 420 Kgf/cm2, vazão máxima de 229L/Min, rotação máxima de 1776 rpm, conjugado a um redutor planetário com relação de transmissão de 18,568, torque do conjunto de 10,5 kN.m, aplicado em sistema de giro de máquinas autopropulsadas.
8412.21.90 Ex 003 – Motores hidráulicos de pistões axiais de placa inclinável com angulação entre 13 graus 46 segundos e 17 graus 36 segundos, de deslocamento volumétrico variável compreendido entre 82 e 106,2 cm3/revolução, pressão máxima de 480 Kgf/cm2, vazão máxima compreendida entre 150 e 227 L/Min, rotação máxima compreendida entre 1412 e 2770 rpm, conjugado a redutor
planetário, com relação de transmissão de 57,177, torque no conjunto de 31,67 kN.m, podendo ou não conter roda dentada, aplicado em sistema de locomoção de máquinas autopropulsadas.
8412.21.90 Ex 004 – Conjuntos de giro do chassi superior da máquina escavadeira dotados de um motor hidráulico de pistão axial com engrenagem de redução planetária, freio de parada acionado por disco de molas com liberação hidráulica, velocidade de rotação igual ou superior a 12,8rpm, mas igual ou inferior a 13,5rpm, torque de giro igual ou superior a 34 kNm,
mas igual ou inferior a 75 kNm, módulo igual ou superior a 10, mas igual ou inferior a 14, número de dentes igual a 13 ou igual a 14, comprimento total igual ou superior a 678,5mm, mas igual ou inferior a 803 mm, e diâmetro externo igual ou superior a 365mm, mas igual ou inferior a 550mm.
8412.29.00 Ex 007 – Motor hidráulico de pistões orbital com movimento retilíneo, deslocamento volumétrico de até 1700 cm3 cc/rot, torque máximo de até 9500 Nm, pressão máxima de até 470 bar, rotação de até 200 rpm, peso de até 30 kg, próprio para transmissão de óleo hidráulico em circuito fechado, utilizado na tração dos pulverizadores auto propelidos.
8413.50.10 Ex 001 – Bombas hidráulicas volumétricas alternativas de pistões axiais, de deslocamento volumétrico variável para aplicações óleo hidráulicas em circuito aberto ou fechado, com pressão máxima de 435 kgf/cm2, deslocamento volumétrico compreendido entre 15 e 125 cm2/revolução e potência compreendida entre 21,96 e 183 KW.
8413.60.11 Ex 005 – Bomba dupla hidráulica volumétrica rotativa de engrenagens, vazão máxima de até 100 l/min por bomba, deslocamento volumétrico de até 30 cm3/rotação por bomba, e pressão máxima de até 210 bar, utilizada no sistema hidráulico dos tratores agrícolas.
8413.60.11 Ex 006 – Conjunto de bombas volumétricas rotativa de engrenagens contendo 2 bombas acopladas em série, ambas com carcaças de ferro fundido, com pressão máxima de 20,6 Mpa, rotação máxima de 3000 rpm e vazão máxima de 181,8 l/min, para aplicação em sistemas de transmissão de máquinas autopropulsadas.
8424.90.90 Ex 003 – Misturador destinado à indução de produtos químicos em estado sólido e líquido, com diâmetro do tanque de até 500 mm e diâmetro da tubulação de passagem de até 2 polegadas, equipado com dois registros na tubulação para controle de fluxo, capacidade máxima do tanque de mistura de até 26 litros, com uso específico em pulverizadores agrícolas auto propelidos.
8431.49.21 Ex 001 – Coluna escamoteável com 8 alavancas para controle dos comandos da válvula de acionamento hidráulico montada na coluna de direção da cabine do operador de motoniveladoras de solo.
8433.90.90 Ex 004 – Esteira de borracha vulcanizada não endurecida com largura de 26 a 36 polegadas e comprimento máximo de até 7650 mm, próprio para equipar o conjunto de roletes que compõe o sistema de tração por lagartas de colheitadeiras agrícolas.
8433.90.90 Ex 005 – Conjuntos rodantes de polias do sistema de lagartas de colheitadeira agrícolas, com dispositivo de ajuste de tensão da esteira por acumulador hidráulico integrado ao trem de rodagem, com 4 polias externas com diâmetro de até 1200 mm e 4 polias intermediárias de até 385 mm de diâmetro, pesando até 1450 kg.
8471.60.59 Ex 003 – Conjunto alavanca tipo joystick para controle dos movimentos de descida, subida, carregamento e descarregamento e opção de movimentação suave do braço da pá carregadora de tratores agrícolas, que consiste em manopla com 3 botões, serigrafia das funções na extremidade superior, com opção de trava mecânica da alavanca, coifa em borracha,
cabos de acionamento e chicote com conector, peso do conjunto com até 0,6 kg e cabo de até 2,5 metros.
8479.89.99 Ex 216 – Acumulador hidráulico de aço médio carbono, comprimento máximo de até 650 mm e diâmetro máximo de até 125 mm, com pré-carga entre 700 e 750 psi e capacidade de até 3,8 litros, utilizado para absorver óleo, manter a pressão constante e armazenar energia, compensando as perdas no sistema hidráulico de colheitadeiras agrícolas.
8481.20.90 Ex 041 – Válvula de controle hidráulico, com corpo de ferro fundido, pressão máxima de trabalho de 65 kg/cm2, mantém constante o retardo de tempo da operação de freio e elimina a pressão de pico, aplicada em sistema de freio de máquinas autopropulsadas.
8481.20.90 Ex 080 – Válvulas hidráulicas de corte, para sistema de transmissão óleo – hidráulico, para controle do equipamento de trabalho de pá carregadeiras, com pressão máxima de 20,6 MPa e vazão máxima de 64 l/min.
8481.20.90 Ex 081 – Válvulas hidráulicas direcionais prioritárias, com corpo de ferro fundido, pressão máxima igual ou superior a 20,6MPa, vazão máxima de até 160 l/min, utilizada no sistema de direção e controle do equipamento de trabalho de máquinas autopropulsadas.
8481.20.90 Ex 082 – Válvulas hidráulicas de queda rápida, para sistema de transmissão óleo – hidráulica, com pressão máxima igual ou superior a 27 MPa, vazão máxima entre 85 e 180 l/min, aplicada entre válvula de controle e cilindros de elevação de lâmina de máquinas autopropulsadas.
8481.20.90 Ex 083 – Válvulas hidráulicas de controle, com corpo de ferro fundido, pressão máxima igual ou superior a 23 MPa, vazão máxima igual ou superior a 24 l/min, para controle de pressão da linha do freio e do motor hidráulico da hélice do ventilador do sistema de arrefecimento, mantendo a carga prioritária no acumulador da linha do freio, para aplicação em maquinas autopropulsadas.
8481.20.90 Ex 084 – Blocos de válvulas hidráulicas, com bloco de ferro fundido, para pressão máxima de 21,75 MPa, vazão máxima de 46 l/min, com controle de fluxo de entrada, para controlar a pressão na linha do cilindro de angulação da roda dianteira, para aplicação em máquinas autopropulsadas de nivelamento de solo.
8481.20.90 Ex 085 – Válvulas hidráulicas de controle, com corpo de ferro fundido, pressão máxima de 19,1 MPa, vazão máxima de 46 l/min, para controlar o cilindro de elevação da lâmina de trabalho ou escarificador traseiro, com controle de fluxo por pressão na entrada, para aplicação em máquinas autopropulsadas de nivelamento de solo.
8481.20.90 Ex 086 – Válvulas hidráulicas de controle, com corpo de ferro fundido, pressão máxima de 19,5 MPa, vazão máxima de 30 l/min, para controlar o cilindro de inclinação ou direção da lâmina de trabalho, com controle de fluxo por pressão no retorno ou na entrada, para aplicação em máquinas autopropulsadas de nivelamento de solo.
8483.40.10 Ex 001 – Seção central do eixo traseiro para transmissão de potência, aplicado nas máquinas motoniveladoras de solo, com relação de redução de 1.5:1, rotação de saída de 1039 rpm e torque de 14010 Nm, com engrenagens cônicas, embreagens internas de acoplamento, bloqueio do diferencial com acionamento hidráulico e comando eletrônico, freio de estacionamento integrado.
8483.40.10 Ex 002 – Semi eixo transmissor de potência da seção central do eixo traseiro das máquinas motoniveladoras de solo, com dupla engrenagem para transmissão de potência independente, relação de redução 4:1, rotação de saída 162 rpm e torque de 89664 Nm.
8483.60.90 Ex 001 – Acoplamentos de disco de aço, provido de cubo central com dentes internos de aço liga temperado e 6 molas de aço acopladas na face do disco, utilizado para acoplar motor e bomba principal, transmite potência do motor para bomba e absorve a vibração torsional para proteger o sistema de transmissão, aplicado em máquinas autopropulsadas.
8483.60.90 Ex 003 – Acoplamentos fabricados de PA12-CF15 (náilon e fibra de carbono), providos de ressalto dentado de aço no centro, utilizado para acoplar motor e bomba HST, transmite potência do motor para bomba e absorve a vibração torsional para proteger o sistema de transmissão, aplicado em máquinas autopropulsoras.
8536.50.90 Ex 048 – Teclas com até 4 estágios com eletrônica interna para controle de tensão de saída, com ou sem trava de segurança, carcaça plástica e pinos em cobre, validada para trabalhar em temperaturas de funcionamento entre -40 Graus Celsius a 85 Graus Celsius e capacidade de 300.000 ciclos sem apresentar falhas, com alimentação entre 12 e 24 Volts e corrente de entrada de 20 mA a 5 A, nível de proteção IP64, aplicados na comunicação
com os pinos unitários de módulos eletrônicos de máquinas agrícolas.
8536.50.90 Ex 049 – Chaves combinadas com funções de tráfego integradas numa única alavanca, para acionamento do farol alto, lampejo, buzina, seta esquerda e direita, duas velocidades do limpador de para-brisa, esguicho, lanterna e farol baixo, com grafismo das funções indicadas na própria alavanca, corpo principal em alumínio, coifa de borracha e carcaça plástica da alavanca para
acionamento manual, montada ao lado direito do volante de máquinas agrícolas.
8708.40.19 Ex 001 – Conjunto de transmissão automática acoplada ao eixo traseiro de tratores agrícolas, controladas eletro-hidraulicamente, contendo conjunto de embreagens internas imersas em óleo, redução por engrenagens planetárias, eixo traseiro do tipo barra deslizante para ajuste de bitolas (bar axle), com espera para cubo das rodas traseiras, tubulações com suporte equipadas com ou sem cilindro hidráulico do eixo dos braços superiores do
levante, produzindo diferentes velocidades totalmente moduladas, tanto na direção de avanço quanto na de reversão, para utilização em tratores agrícolas destinados a tracionar implementos usados na agricultura, para aplicação em tratores de potência entre 150 e 250cv, rotação máxima de até 2.400rpm e torque de entrada compreendido entre 450 e 950 Nm.
8708.40.19 Ex 002 – Caixa de marchas multiplicadora de velocidades e reversora de torque para tratores agrícolas, gerenciada eletro-hidraulicamente, sendo o pacote hidráulico acionado pelo gerenciamento eletrônico ECU/TCU do trator, tornando o sincronismo automático de acoplamento das engrenagens, contendo conjunto de planetárias e sistema hidráulico de lubrificação, velocidades moduladas eletronicamente, tanto na direção de
avanço quanto na de reversão, sendo 12 velocidades à frente e 12 velocidades a ré e com velocidade máxima de até 40 km/h, para utilização em tratores agrícolas destinados a operar implementos equipados com motores de potência entre 75 a 135cv, com rotação máxima de até 2.200 rpm, e torque entre 312 a 540 Nm a 1.400rpm, equipada ou não com multiplicador de torque (para aplicações específicas de baixa velocidade).
9032.89.29 Ex 090 – Unidade de Comando Eletrônico com carcaça em Alumínio desenvolvido para aplicação em tratores agrícolas, para controle e gerenciamento de dados coletados em sensores e módulos dispostos no sistema hidráulico da máquina, com software dedicado a interação / comunicação destes através de interface CAN Bus, com 94 pinos para conexão distribuídos em um compartimento, sendo 6 contatos de energia,
88 contatos padrão (standard), 4 furações para fixação e com tamanho reduzido de 188 mm x 123 mm x 38,2 mm (C x L x H) para acomodação no trator.
9032.89.29 Ex 091 – Unidades de Comando Eletrônicas com carcaça plástica, para gerenciar dados dos sistemas de transmissão, levante hidráulico e tomada de potência, para automação das funções dos tratores agrícolas, com entradas e saídas digitais e analógicas de potência e PWM (Pulse Width Modulation ou Modulação de Largura de Pulso) com sensoriamento de
corrente e diagnóstico de portas, redes de comunicação Canbus 2.0 com unidade de processamento, memória volátil e não volátil, com alimentação 12 Volts e índice de proteção IP67, dimensões de 171 mm de comprimento, 136 mm de largura e 42 mm de altura, que será fixado ao trator agrícola através de duas furações oblongas na sua carcaça.
9032.89.89 Ex 002 – Sensor angular em carcaça plástica com conector de 3 pinos, tensão de entrada entre 5 até 30 Volts, tensão de saída entre 0,5 até 7,4 Volts, ângulo de atuação entre 50 graus até 90 graus, com nível de proteção IP67, proteção contra de inversão de polaridade, resistência a temperaturas de trabalho entre -40 Graus Celsius a 85 Graus Celsius, composto por dois furos oblongos para fixação e ajuste de montagem,
com aplicação no sistema de aceleração e atuadores hidráulicos de máquinas agrícolas.

Altera e exclui itens das Listas de Autopeças não Produzidas, constantes dos Anexos I e II da Resolução Camex nº 102/2018. Esta Resolução entrará em vigor dois dias úteis a partir da data de sua publicação.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA
CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR
COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO
RESOLUÇÃO Nº 41, DE 4 DE MAIO DE 2020
DOU de 06/05/2020 (nº 85, Seção 1, pág. 37)

Altera as Listas de Autopeças não Produzidas, constantes dos Anexos I e II da Resolução nº 102, de 17 de dezembro de 2018, da Câmara de Comércio Exterior.
O COMITÊ EXECUTIVO DE GESTÃO DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no uso da atribuição que lhe conferem o art. 21, § 2º , da Lei nº 13.755, de 10 de dezembro de 2018, o art. 34 do Decreto nº 9.557, de 8 de novembro de 2018, o art. 7º, caput, do Decreto nº 10.044, de 4 de outubro de 2019, o art. 16 da Resolução nº 102, de 17 de dezembro de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, e tendo em vista a deliberação de sua 169a reunião, ocorrida em 29 de abril de 2020, resolve:
Art. 1º – Ficam alterados os Ex-tarifários no 001 do código 8505.11.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, nºs 001 e 003 do código 8507.60.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, nº 018 do código 8708.50.99 da Nomenclatura Comum do Mercosul, e nºs 001 e 002 do código 9026.20.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes do Anexo I da Resolução nº 102, de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, conforme o seguinte:

NCM Descrição
8505.11.00 Ex 003 – Imã permanente de neodímio ou outra composição de terras raras, com baixa massa e volume, para a geração de campo magnético de alta performance, do tipo usado em produto automotivo.
8507.60.00 Ex 015 – Bateria com tensão nominal de 600 V +/-100 V, capacidade de energia útil de 1,2 KWh, consumo interno 50W, de forma retangular com dimensões 615mm x 504,5mm x 750mm (tolerância nas medidas de +/-10%) e peso de 180 a 230kg, com sistema de refrigeração a água, com unidade eletrônica de gerenciamento da bateria, de vida útil de 20.000
horas, temperatura de operação de -28 Graus Celsius à +50 Graus Celsius e sistema de proteção contra curtos-circuitos de 900A, do tipo usado em produto automotivo.
8507.60.00 Ex 016 – Célula de Bateria de Fosfato de Ferro-Lítio (LiFePO4), com capacidade individual de 864Wh, com 200 a 280Ah e 3,2V com dimensões 58*146*406mm (tolerância nas medidas de +/-10%); e peso de 5,0 a 7,0 kg, do tipo usado na nos conjuntos de baterias para propulsão de veículos automotores elétricos.
8708.50.99 Ex 026 – Lamela interna do diferencial com brochado de acordo com DIN 5480 e impregnado com molibdênio para aumentar o coeficiente de atrito e permitir o bloqueio do diferencial e o controle do torque de saída de eixos agrícolas.
9026.20.90 Ex 020 – Indicador visual de restrição de passagem de ar para o motor, ativado internamente por atuador composto por mola e membrana que permite a leitura continua em incrementos (a) ou binário (b), mesmo com motor ligado, por conta de um sistema de trava que permite memorizar o último e máximo valor de restrição medido. Composto por botão “Press to
Reset” de ativação manual para zerar a medição. Composto de duas modalidades visuais para indicação da restrição: (a) indicação visual por incrementos fixos, e (b) binário em duas cores, amarelo (na faixa de restrição permissível) e vermelho (para restrição final que sugere a troca imediata do elemento filtrante).
9026.20.90 Ex 021 – Sensor manométrico, com ou sem leitura de temperatura, faixa de trabalho de 0 a 8000 kPa ou de 50 a 600 kPa ou de 0 a 12000 kPa e temperatura de trabalho de -40 Graus Celsius a 125 Graus Celsius ou mais, para aplicação em sistema hidráulico, do tipo usado em produto automotivo.

Art. 2º Ficam alterados os Ex-tarifários nº026 do código 8413.70.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, e nº123 do código 8421.90.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes na Resolução no26, de 1ode abril de 2020, do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior e do Anexo I da Resolução no102, de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, conforme o seguinte:

NCM Descrição
8413.81.00 Ex 026 – Supply Module – unidade de fornecimento de ARLA 32 (ureia) integrante do sistema de pós tratamento de gases de escape de motores ciclo diesel do tipo SCR (selective catalyst reduction), que consiste de uma bomba geradora de fluxo que pressuriza em uma linha de distribuição a mistura diluída de ureia com água que será injetada em um tubo de decomposição para posteriormente reagir com os gases de escape em uma
condição de temperatura da ordem de 200 Graus Celsius ou superior no interior de um catalisador seletivo; além de pressurizar o líquido no interior do tubo de distribuição, também filtra este fluido, pois contém filtro específico para este tipo de fluido; tem a função de, ao se ligar o veículo, pressurizar a linha e mantê-la a um nível constante de pressão, da mesma forma, quando se desliga o veículo, este módulo tem a capacidade de
esvaziar a linha de distribuição, devolvendo o líquido restante para o reservatório de ureia; apresenta-se em um módulo enclausurado em uma caixa plástica ou metálica, e com conectores para as linhas de fluido bem como para os chicotes elétricos.
8421.29.90 Ex 123 – Tubo de calibração e filtragem de partículas maiores que 35ìm, para injetor de combustível veicular, em aço inoxidável UNS30500 austenítico, com tratamento em cromo duro com características de estampagem profunda, contendo ou não acessórios.

Art. 3º – Ficam excluídos do Anexo I da Resolução nº 102, de 17 de dezembro de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, as seguintes autopeças:

NCM Descrição
8409.91.90 Ex 036 – Distribuidor de combustível para linha de alta pressão de até 250bar, sendo 100bar em 750rpm e 250bar em 6.000rpm, composto por tubo de aço inox sem costura, processo de solda em cobre, injetor de combustível de alta pressão de até 250bar, sendo 100bar em 750rpm e 250bar em 6.000rpm, para sistema de injeção direta de motores bicombustíveis, composto por eletroválvula para uma tensão entre 12 V e
90V e corrente de até 10A, montado no cabeçote de motor a gasolina e/ou bicombustíveis, 1,5 Litros, com até 1.496 cm3 de cilindradas, com teste de estanqueidade garantido por teste de gás hélio em 100% das peças.
8501.10.19 Ex 006 – Motor elétrico corrente contínua flangeado 12vcc com pinhão e temperatura de trabalho de -40 Graus Celsius a 130 Graus Celsius.
9032.89.11 Ex 004 – Unidade de controle eletrônico estabilizador de voltagem do sistema “Start Stop” (responsável por desligar o motor em paradas curtas para economia de combustível e redução de emissão de poluentes) composto por sistema de capacitores para atender os requisitos de
estabilização de tensão, com funções de controle de energia, controle de corrente de impulso, controle de áudio, controle de diagnóstico e controle de comunicação com peso de até 200g.

Art. 4º – Esta Resolução entrará em vigor dois dias úteis a partir da data de sua publicação.

MARCELO PACHECO DOS GUARANYS Presidente do Comitê-Executivo de Gestão Substituto

Inclui no Anexo I da Resolução nº 14/2020 os ex-tarifários incidentes sobre os Bens de Capital que relaciona; e altera os ex-tarifários que menciona. Esta Resolução entra em vigor dois dias após a data de sua publicação.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA
CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR
COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO
RESOLUÇÃO Nº 40, DE 4 DE MAIO DE 2020
DOU de 06/05/2020 (nº 85, Seção 1, pág. 21)

Altera para zero por cento as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre os Bens de Capital que menciona, na condição de Ex-tarifários.
O COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no uso da atribuição que lhe confere o art. 7º, inciso IV, do Decreto nº 10.044, de 4 de outubro de 2019, tendo em vista o disposto nas Decisões nos 34/03, 40/05, 58/08, 59/08, 56/10, 57/10, 35/14 e 25/15 do Conselho do Mercado Comum do Mercosul e nos Decretos nºs 5.078, de 11 de maio de 2004, e 5.901, de 20 de setembro de 2006, e na Portaria nº 309, de 24 de junho de 2019, do Ministério da Economia, e considerando a deliberação de sua 169ª Reunião, ocorrida em 29 de abril de 2020, resolve:
Art. 1º – Ficam incluídos no Anexo I da Resolução nº 14, de 19 de fevereiro de 2020, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, os Ex-tarifários incidentes sobre os Bens de Capital listados no Anexo Único desta Resolução.
Art. 2º – Ficam alterados os Ex-tarifários nº 158 do código 8460.31.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 046 do código 8465.99.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 51, de 05 de julho de 2017, da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações:

8460.31.00 Ex 158 – Máquinas-ferramentas para produzir e/ou reafiar ferramentas de corte rotativas em metal duro (HM), aço rápido (HSS) ou diamante policristalino (PCD), com diâmetro máximo de 400mm, por meio de rebolos abrasivos e/ou eletrodo rotativo, com precisão linear de 0,0001mm, com 5 ou mais eixos com comando numérico computadorizado (CNC), com cursos X, Y e Z iguais ou inferiores a 650 x 350 x 720mm, com eixo (C) de rotação da mesa com giro angular de +/-200 graus e eixo (A) do cabeçote principal com grau infinito, com ou sem sistema de carga e descarga automático de ferramentas e/ou peças.
8465.99.00 Ex 046 – Máquinas-ferramenta para trabalhar madeira, com comando numérico computadorizado (CNC) para furar, fresar e serrar ou cortar, por meio de 2 ou mais cabeçotes, sendo 1 ou mais inferior e 1 ou mais superior e/ou dotados de múltiplas ferramentas verticais e horizontais independentes, com capacidade de trabalhar 2 peças simultaneamente de largura igual ou superior a 70 a 1.000mm, e comprimento igual ou superior a 90 a 3.000mm, com ou sem mesa de carregamento.

Art. 3º Fica alterado o Ex-tarifário nº 045 do código 8477.20.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução n° 69, de 21 de agosto de 2017, da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações:

8477.20.10 Ex 045 – Extrusoras para material termoplástico, com sistema multifuso de extrusão, tambor central rotativo e degasagem intensiva a vácuo, sistema de bomba de vácuo e separação de líquidos, diâmetro do fuso de entrada compreendido entre 35 e 300mm e capacidade de produção compreendida entre 20 e 4.200kg/hora.

Art. 4º Ficam alterados os Ex-tarifários nº 046 do código 8417.80.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, nº 115 do código 8421.29.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, nº 071 e nº 072 do código 8441.80.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 004 do código 8705.10.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução n° 90, de 13 de dezembro de 2017, da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações:

8417.80.90 Ex 046 – Combinações de máquinas para recuperar óleos combustíveis e os coprodutos carvão e arame de aço (sucata), a partir de rejeitos de plásticos e de pneus inservíveis, sujeitos à logística reversa, por processo de pirólise lenta em baixa temperatura até 450 Graus Celsius, na ausência de oxigênio, com capacidade para processar igual ou inferior a 15 toneladas/dia por batelada de materiais inteiros ou triturados e secos; compostas de: com ou sem extrator de arame, reator rotativo de pirólise para degradação térmica de materiais inservíveis com sistema de alimentação manual, destiladores de gases resultantes da pirólise com tanques de armazenagem integrados, circuito de injeção de gás e óleo, queimadores de gás e óleo, sistema de despoeiramento com lavagem e exaustão de gases; com ou sem equipamentos de filtragem do óleo para extração de umidade e material particulado por centrifugação a vácuo, sistema de arrefecimento por circulação de água com torre de resfriamento, sistema de extração de carvão, motores, bombas, compressores, tubulações, válvulas, estrutura de suporte, gabinete de controle e o painel elétrico
8421.29.90 Ex 115 – Sistemas de controle e filtragem de areia para poços de petróleo e gás tipo “Wrap Screen” ou “Mesh Screen”, compostos de tubo base perfurado de liga aço carbono e demais ligas, com roscas nas extremidades, dotados de hastes de suporte axiais envoltas por fios metálicos enrolados diretamente no tubo base ou encamisadas por telas metálicas não soldadas por difusão com protetores, diâmetro externo máximo do tubo base de 7,625 polegadas, fios e telas com metalurgia AISI 316L, 13 Cr ou superiores.
8441.80.00 Ex 071 – Máquinas para cortar e vincar cartão liso ou papelão ondulado, controladas por comando numérico computadorizado, com autoajuste, com capacidade de produção igual ou superior a 600folhas/hora, com formato da folha de tamanho máximo de 2.500mm e mínimo de 400mm, dotadas de 1 a 12 unidades de cortes de vinco, com posicionamento automático simultâneo dos grupos independentes, tanto longitudinais como transversais, autorreferenciada na mudança de formato, rapidamente e com precisão de posicionamento de ±1mm, através do sensor óptico, dotado de alimentação automática, com ou sem dispositivo de alimentação de ajuste da impressão, com ou sem empilhador e carregador automático, com ou sem dispositivo de impressão auxiliar de ajuste automático ou manual, podendo estar dotado de alimentação automática ou manual do papelão, de, no máximo, 12 tamanhos em 2 filas de 6 papelões cada uma, o corte com navalha é feito em cima de um rolo de aço, evitando assim danos ao rolo.
8441.80.00 Ex 072 – Máquinas para cortar, vincar, cartão liso, papelão ondulado e onda dupla, controlado por comando numérico computadorizado, com autoajuste, com capacidade máxima de produção máxima de 1.000folhas/hora, com formato da folha de tamanho máximo de 2.500mm e mínimo de 400mm de largura, e comprimento de acordo com a necessidade podendo ser sem limite, podendo conter de 1 a 12 unidades de cortes de vinco longitudinal com posicionamento automático através do sensor óptico montado no grupo de corte e vinco transversal que faz, o posicionamento de cada um dos grupos longitudinais, ou corte com navalha é feito em cima de um rolo de aço, evitando assim danos ao rolo, podendo estar dotado de alimentação automática ou manual do papelão de, no máximo, 8 tamanhos em duas filas de 4 papelões cada uma, com ou sem dispositivo de impressão auxiliar de ajuste automático ou manual, com ou sem empilhador e carregador automático, dotado de carro transversal com dispositivo com leitor óptico para saber a posição dos grupos longitudinais e ou tamanho do papelão.
8705.10.10 Ex 004 – Caminhões guindastes com capacidade máxima de içamento de 100t, dotados por: lança com comprimento total de 12,4m totalmente retraída e comprimento total de 58m totalmente estendida, comprimento da lança auxiliar de 18,3m+7m, distância entre patolas de 7,95m x 7,9m, raio mínimo de giro de 10m, velocidade máxima de 90km/h, inclinação máxima de rampa de 45%, distância mínima do solo de 367mm, dispositivo de mudança de marcha assistida, contendo 4 eixos e todos direcionáveis e 3 modos de direção: rodovia, giro menor e caranguejo, sistema de controle automático da distância do guincho e a lança/solo.

Art. 5º Ficam alterados os Ex-tarifários nº 050 do código 8424.30.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 033 do código 8479.30.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 23, de 27 de março de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações, que passam a vigorar com as seguintes redações:

8424.30.10 Ex 050 – Máquinas horizontais para lavar e secar chapas de vidro, totalmente em aço inoxidável, com largura útil de trabalho de 1.610mm, velocidade de trabalho mínima de 2m/min e máxima igual ou inferior a 12m/min, dotadas de: pré-lavagem superior e inferior, seção de lavagem com 2 ou 3 pares de escovas cilíndricas, com 2 ou mais tanques (quente e frio), seção de secagem com 2 ou 3 pares de facas de ar, com 1 ventilador de alta pressão; bandeja removíveis de recolhimento dos fragmentos de vidro; com transportadores de entrada e saída com roletes motorizados revestidos de borracha.
88479.30.00 Ex 033 – Combinação de máquinas para fabricação de placas de fibra ou partículas de madeira, com densidade das placas igual ou superior 580kg/m³, espessura compreendida de 5 a 47,5mm e capacidade de produção igual ou superior a 550m³/dia, composta de: unidade de formação e prensagem de colchões encolados de madeira, com controle automático de distribuição de massa, espessura e detecção de bolhas, com velocidade igual ou superior a 152mm/s; estação de corte; estação de resfriamento de placas; estação de transporte e empilhamento e climatização de placas.

Art. 6º Fica alterado o Ex-tarifário nº 072 do código 8421.39.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 38, de 05 de junho de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, que passa a vigorar com a seguinte redação:

8421.39.90 Ex 072 – Aparelhos para filtrar gases, denominados “precipitadores eletrostáticos”, apresentados desmontados, dotados de: funil de saída, dutos de entrada e saída (opcionais), ventilador com potência de 2,2 a 5,0kW para ar de insuflamento do sistema de isoladores do precipitador, 2 a 24 sistemas de controle integrados, com operação em 70 a 100kV/400mA até 70 a 100kV/2.100mA, denominados “SIR”, batedores de eletrodos de descarga e coleta, tipo martelos, para batimento e limpeza do sistema de descarga e coleta, e tremonha, dispostos em estrutura.

Art. 7º Fica alterado o Ex-tarifário nº 099 do código 8441.80.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 85, de 09 de novembro de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, que passa a vigorar com a seguinte redação:

8441.80.00 Ex 099 – Máquinas automáticas para fabricação de hastes de papel, no diâmetro externo de 2 a 3,5mm para comprimento de 68 a 80mm, diâmetro externo de 3,6 a 6mm para comprimentos de 81 e 305mm, com capacidade máxima de produção de 3.000unid/min, dotadas de sistema de abertura da folha, barra de quebra de papel (fibra), dispositivo de alinhamento automático de papel, estação de alimentação com corte transversal, estação de enrolamento com corte longitudinal, com sistema de umedecimento de papel de vedação das hastes, com barra de ejeção ou dispersão, com sistema de secagem das hastes, com estação dupla para disposição e orientação das hastes, suporte de caixa vibratório para embalagem.

Art. 8º Fica alterado o Ex-tarifário nº 071 do código 8481.80.99 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 96, de 07 de dezembro de 2018, da Câmara de Comércio Exterior, que passa a vigorar com a seguinte redação:

8481.80.99 Ex 071 – Válvulas mecânicas de camisa deslizante de abertura plena para controle de fluxo de circulação e produção na completação de poços de petróleo, com camisa deslizante interna para comunicação entre o interior e o exterior da válvula (espaço anular/coluna), com estágio intermediário de equalização, operadas por meio de ferramenta mecânica atuadora, com pressão mínima de ruptura e de colapso de 5.000Ib/pol² (344,74bar), fabricadas em liga aço carbono e demais ligas, para uso em tubos de revestimento de 2 3/8 a 7 polegadas de diâmetro.

Art. 9º Ficam alterados os Ex-tarifários nº 065 do código 8417.90.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 705 do código 8479.89.99 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Portaria nº 510, de 26 de julho de 2019, da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, que passam a vigorar com as seguintes redações:

8417.90.00 Ex 065 – Cabeçotes (extremidades) para carros de grelha móvel, feitos em aço fundido GS-22 Mo 4, para aplicação em forno industrial.
8479.89.99 Ex 705 – Combinações de máquinas para o processamento de perfis pultrusados de fibra de carbono utilizados como elementos estruturais de pás de geradores eólicos, controladas com controlador lógico programável (CLP), montadas de forma containerizada (container de 40 pés), destinadas ao processamento de perfis com largura mínima maior ou igual a 100mm, compostas de: 1 desbobinador de perfis pultrusados, com dispositivos de içamento, manipulação e acoplamento das bobinas, unidade de acionamento e grades de proteção; 1 alimentador/direcionador do perfil, com sistema de remoção de tecido “peel ply”; 1 estação de corte transversal; 1 estação de rebarbação e formação de chanfro nas extremidades dos perfis; 1 estação de corte longitudinal angular; 1 dispositivo para extração de poeira, com estação de coleta em sacos “bigbags”; 1 mesa de aferições automáticas das geometrias dos perfis (espessura em diversos pontos, comprimento total e cálculo de planicidade transversal); 1 transportador de saída com comprimento maior ou igual a 60m, com sistema de acumulo/empilhamento e transporte dos perfis acabados; 2 puxadores/tracionandores de perfis.

Art. 10. Fica alterado o Ex-tarifário nº 321 do código 8443.39.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Portaria nº 3533, de 25 de setembro de 2019, da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, que passa a vigorar com a seguinte redação:

8443.39.10 EX 321 – Máquinas para impressão digital por jato de tinta à base de água, a 4, 6 e 8 cores, em papel ou diretamente sobre tecido, usando tinta de sublimação, com 2 a 6 cabeças de impressão, largura máxima de impressão de 1.800 ou 1.850mm, resolução máxima igual ou superior a 1.200dpi, com gotas variáveis de tamanho mínimo compreendido entre 2,8 e 5 picolitros.

Art. 11. Ficam alterados os Ex-tarifários nº 095 do código 8422.30.10 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 001 do código 8501.64.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 02, de 22 de outubro de 2019, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações:

8422.30.29 Ex 505 – Máquinas rotuladoras, rotativas, adesivas, automáticas, diâmetro 540mm, para aplicação de rótulo pré- cortados envolventes de 160 a 420mm de comprimento com adesão por cola quente em latas de TFS com diâmetro de 80mm, capacidade de produção de até 12.000latas/h, dotadas de dispositivo de bloqueio de entrada, parafuso sem- fim afastador, transportador de alimentação/entrada e saída da máquina, estrelas de acúmulo, entrada e saída, carrossel central com 8 pratos porta latas e cabeçotes; 1 estação de rotulagem com bobinas independentes, ajustável horizontalmente, sistema contínuo alinhador de rótulos, regulador de velocidade de avanço do rótulo, rolo de ingestão em alumínio para transferência de rótulo livre de garras, controlador lógico programável (PLC) com tela “touchscreen” colorida.
8501.64.00 Ex 001 – Geradores elétricos trifásicos, de corrente alternada, de indução duplamente alimentado (DFIG), para aplicação em geradores eólicos, com potência de saída de 2.687 a 3.585kW, “range” de velocidade a 60Hz de 800 a 1.520rpm, 6 pólos, velocidade de sincronismo de 1.200rpm, tensão nominal no estator de 690V, tensão máxima no rotor de 1.990V, corrente máxima no estator a 60Hz de 1.967Arms a 3.250Arms, corrente máxima no rotor de 831 a 1.300Arms, tensão de pico fase-terra de 2,0kV e fase-fase de 2,5kV (com rampa máxima de crescimento dU/dt de 1kV/us), com taxa máxima de distorção harmônica em corrente de 2% e eficiência de 96,7%.

Art. 12. Ficam alterados os Ex-tarifários nº 018 do código 8415.82.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 025 do código 9022.14.19 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 14, de 19 de fevereiro de 2020, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações:

8415.82.90 Ex 018 – Unidades estacionárias de pré-condicionamento de ar (PCA) utilizados como suporte em sistemas de ar condicionados de aeronaves, categoria C, no solo, vazão de água gelada requerida de no mínimo 14m³/h, fluxo nominal de ar de 1kg/s, temperatura mínima de saída de -2 Graus Celsius, com dois estágios de filtração, painel de controle com tela “touchscreen”, com ou sem sistema móvel e articulado para distribuição de ar.
9022.14.19 Ex 025 – Aparelhos móveis para aquisição de imagens por raios-X em procedimentos cirúrgicos denominados de arcos cirúrgicos, específicos para exames de fluoroscopia, dotados de braço em “C”, com freios eletromagnéticos, com movimentos orbitais manuais do arco de no mínimo +/-100 graus, angulação manual de no mínimo +/-225 graus e profundidade de imersão de no mínimo 73 cm, sistema de colimadores com diafragma retangular e de encaixe, taxa de fluoroscopia pulsada mínima de 0,5f/s e máxima de 30f/s, com corrente máxima de 119 mA para potência de saída padrão de 12 kW ou corrente máxima de 250 mA para potência de saída de 25 kW, gerador de tubos de raios-X na faixa de no mínimo 40 a 125kV, detector digital plano CMOS (semicondutor de óxido metálico complementar)
baseado em tecnologia de conversão indireta, com tubo de ânodo giratório de foco duplo, interruptor de acionamento manual com cabo espiral de 3 m, pedal padrão para liberação de radiação com cabo de 5 m ou pedal multifuncional com ou sem fio, painéis de controle sensíveis ao toque disponíveis no chassis do braço em “C” e no carro do monitor, e no controle remoto opcional da unidade, computador integrado com unidades de entrada e saída de dados, carrinho com monitores de 19 polegadas, e capacidade de armazenamento de até 300.000 imagens no disco rígido, podendo conter painel de controle remoto da unidade.

Art. 13. Ficam alterados os Ex-tarifários nº 442 do código 9031.49.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul e nº 015 e 016 do código 9031.80.99 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constantes da Resolução nº 30, de 30 de dezembro de 2019, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, que passam a vigorar com as seguintes redações:

9031.49.90 Ex 442 – Projetores de perfil de imagem projetada invertida com diâmetro de tela de 300 a 315mm e capacidade máxima de mesa entre 50 x 50mm a 200 x 100mm com contador digital embutido e “display” com dígitos grandes, resolução para contador X/Y: 0,001mm ou .0001polegadas/0,001mm, fonte de luz com lâmpada halógena (24V, 150W), sistema ótico telecêntrico com funções de interruptor de brilho de 2 fases (alto/baixo), filtro de absorção de calor, ventoinha de refrigeração e iluminação de superfície, com espelho externo de meia reflexão para iluminação de superfície.
9031.80.99 Ex 055 – Monitores de vibração estrutural de turbina eólica digital com voltagem de 19 a 26,4VDC, corrente nominal amp máximo, corrente de irrupção 3amps máximo, conexão de comunicação fêmea M12 código D, conexão de energia macho M12 código A, interface de detecção de vibração extrema (EVD) de 4 pólos “binder” série 693, conector RD24 ou equivalente, canal de configuração USB.
9031.80.99 Ex 056 – Aparelhos para medir forma e curvatura de armações de óculos, por meio de processo de leitura óptica e mecânica, com capacidade de armazenamento de até 1.000 formatos e possibilidade de funcionamento em rede.

Art.14. Fica alterado o Ex-tarifário nº 030 do código 9031.80.99 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Resolução nº 11, de 30 de janeiro de 2020, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, que passa a vigorar com a seguinte redação:

9031.80.99 Ex 030 – Equipamentos de medição de perfil com unidade de avanço motoriza, com cursos máximo X=100 mm (comprimento), Z=50mm (altura), velocidade de 20mm/s, resolução de 0,1 mícrometro, fixados em suporte com coluna e base de granito, inclinação da unidade de avanço 45 graus e movimentação manual da coluna, com mesa de coordenadas para posicionamento de peças trabalhando através de software incorporado no equipamento para análise/medição do contorno medido.

Art. 15. Esta Resolução entra em vigor dois dias após a data de sua publicação.

MARCELO PACHECO DOS GUARANYS Presidente do Comitê-Executivo de Gestão Substituto

ANEXO ÚNICO

NCM DESCRIÇÃO
8406.81.00 Ex 002 – Turbinas a vapor de contrapressão com escape de fluxo radial, potência de 145,5MW, pressão de entrada do vapor a 100bar (absoluto) a 498 Graus Celsius, pressão de saída do vapor no escape de 5,3bar (absoluto), com uma extração controlada de vapor de baixa pressão de 10bar (absoluto) e 3 sangrias de vapor não controlada de pressões suficiente para alimentar a vapor de sopragem da caldeira, com 1 flange de escape de diâmetro 1.000mm, com unidade de alta pressão de óleo, unidade hidráulica de lubrificação, elementos de acoplamento, instrumentação com cabeamento, servo-motores, caixas de junção, tubulações e acessórios e dispositivos de montagem, alinhada e montada em “SKID” metálico.
8408.90.90 Ex 068 – Motores de combustão interna a pistão, de ignição por compressão (motor diesel), de 8, 12, ou 16 cilindros, de cilindrada igual ou superior a 19.000cm3 e de potência igual ou superior a 567kW (760HP), para propulsão de máquinas para aterrar, escavar, limpar, nivelar, regularizar, perfurar ou compactar o solo, pegar, transportar, movimentar ou descarregar materiais.
8412.21.10 Ex 070 – Cilindros hidráulicos de dupla ação, diâmetro 60mm, diâmetro da haste 55mm, dureza da haste 55HRC, haste cromada camada maior ou igual a 20 micrometros, curso operacional 850mm, pressão de trabalho 315bar, pressão de teste 475bar, velocidade avanço/recuo até 3,5m/s, temperatura de operação -10 Graus Celsius até +70 Graus Celsius, temperatura das vedações -30 Graus Celsius até + 80 Graus Celsius, operação com fluido hidráulico mineral ou HLC.
8412.90.80 Ex 011 – Placas de deslizamento bimetálicas fabricadas em aço e bronze, com nove orifícios de dimensões e formatos especiais para passagem do fluido óleo hidráulico, aplicadas em conjunto com o bloco de cilindros em motores hidráulicos de pistões axiais e deslocamento volumétrico variável, com deslocamento volumétrico nominal compreendido entre 60 e 250cm3/revolução.
8412.90.80 Ex 012 – Carcaças fabricadas em ferro fundido usinado e com tratamento térmico, com orifícios e pórticos para fixação de módulos de controle, sensores, válvulas de alívio, válvulas reguladoras de pressão, válvulas de serviço, pinos, parafusos, tampões e/ou periféricos, para motores hidráulicos de pistões axiais e deslocamento volumétrico variável, com deslocamento volumétrico nominal compreendido entre 60 e 250cm³/revolução.
8412.90.80 Ex 013 – Pistões fabricados em aço usinado e com tratamento térmico, aplicados no controle do platô de motores hidráulicos de pistões axiais e deslocamento volumétrico variável, com deslocamento volumétrico nominal compreendido entre 60 e 250cm³/revolução.
8413.50.10 Ex 056 – Bombas volumétricas alternativas de pistões axiais, fluxo variável para acionamento hidráulico em circuito fechado, com pressão nominal de 28MPa, vazão de 132L/min e potência de 33,5kW.
8413.81.00 Ex 059 -Bombas de duplo diafragma ou simples, com acionamento pneumática ou elétrica de até 220V e potência de até 1.000W, em alumínio, acetal ou polipropileno, com esferas ou não, para óleo lubrificante, diesel, fluídos de arrefecimento, produtos químicos, combustíveis e água, vazão de 100 até 600L/min, com diâmetro da entrada de ar até 3 polegadas e ou entrada e saída do fluido de até 3 polegadas, pressão de trabalho/ar de até 200psi, conexão de entrada e saída de até 3 polegadas com rateio de 1:1.
8413.91.90 Ex 043 – Kit’s de estágio, compostos de mancal de estabilização, impelidor e difusor de reposição para bomba centrífuga submersa, produzida em liga de níquel, com diâmetro interno entre 89 e 236mm e vazão compreendida entre 30 e 10.200m³/dia, com bucha de estabilização de material de alta resistência à abrasão, para uso nas atividades de produção de gás e óleo.
8413.91.90 Ex 044 – Eixos de bombas centrífugas submersas, para atividades de produção de gás e óleo, em liga de aço 4130, liga de alta resistência de Monel K500, Inconel 625 ou Inconel 728, com diâmetro externo entre 15,7 até 50,8mm.
8413.91.90 Ex 045 – Carcaças das bombas centrífugas submersas e seus dispositivos auxiliares, para atividades de produção de gás e óleo, em “Redalloy” – liga de aço inoxidável especial de 9Cr1Mo, com diâmetro externo entre 100 até 220mm, comprimento entre 0,2 e 7m e fusos de rosca do tipo “buttress” ou em V.
8413.91.90 Ex 046 – Cabeças de bombas centrífugas submersas, para atividades de produção de gás e óleo, em aço inoxidável 416, com ou sem buchas de estabilização em material de alta resistência a abrasão, com diâmetro externo entre 100 e 220mm e fusos de rosca do tipo “buttress” ou em V.
8413.91.90 Ex 047 – Bases de bombas centrífugas submersas, para atividades de produção de gás e óleo, em aço inoxidável 416, com ou sem buchas de estabilização em material de alta resistência a abrasão, com diâmetro externo entre 100 e 220mm e fusos de rosca do tipo “buttress” ou em V.
8414.59.90 Ex 036 – Ventiladores radiais com potência de 1kW e 34.00rpm, com controle integrado, dotados de rotor e hélices de pás curvas em alumínio, montados em estrutura metálica específica e customizada para montagem exclusiva do equipamento no sistema de ventilação de conversores de frequência de geração fotovoltaica de energia.
8414.59.90 Ex 037 – Ventiladores radiais, até 170W, com controle integrado, com rotor e hélices com pás curvas, montado em estrutura específica e customizada, para montagem exclusiva do equipamento no sistema intercambiador de calor, montado nos conversores de frequência de geração fotovoltaica de energia.
8414.80.19 Ex 137 – Compressores para uso médico, sem óleo, com capacidade de operação contínua por 24h, com válvula de segurança e protetor térmico, com dimensões nominais de, no máximo, 236,5 x 131,6 x 190mm (C x L x A), curso operacional igual ou inferior a 14,2mm (0,56 pol.), velocidade de operação igual ou inferior a 1.400rpm, fluxo de ar igual ou inferior a 144,3L/min, operando a uma tensão de 110 ou 220V, com corrente igual ou inferior a 5,5A e potência nominal igual ou inferior a 635W.
8414.80.90 Ex 021 – Recompressores mecânicos de vapor MRV (Mechanical Vapour Recompression), para unidades de evaporação, de múltiplos ou simples estágios, acionados por mancais amortecidos por óleo pressurizado, com vazões até 350.000Nkg/h, capacidade do motor de até 5MW, aumento de temperatura até 10 Kelvin em um único estagio, velocidade até 320m/s, pressões de trabalho de 0,05 a 5bar, contendo sistema de injeção de água, unidade de selagem com retentores flutuantes tipo labirinto de anel de carbono, equipados com instrumentos de controle de segurança montados sobre base única para controle de temperaturas, vibrações, nível, fluxo e pressão de óleo e nível de condensados na carcaça, sem controlador lógico programável.
8414.80.90 Ex 022 – Recompressores mecânicos de vapor MRV (Mechanical Vapour Rcompression), para unidades de evaporação de múltiplos ou simples estágios com vazões de até 350.000Nkg/h e aumento de temperatura de até 10 Kelvin em um único estagio, dotados de: sistema de amortecimento com mancais hidrodinâmicos, motores com capacidade de até 5MW, operando com velocidades até 320m/s e pressões de trabalho de 0,05 a 5bar, contendo sistema de injeção de água, unidade de selagem com retentores flutuantes tipo labirinto de anel de carbono, equipados com instrumentação de segurança para controle de temperaturas, vibrações, nível, fluxo e pressão de óleo e nível de condensados na carcaça, sem motor e sem controlador lógico programável (CLP).
8417.10.90 Ex 002 – Incineradores de vapores de óleo, para forno de recozimento de bobinas de alumínio, composto por: pós-queimador a gás natural para reduzir da quantidade de compostos orgânicos voláteis (VOC) nos vapores até 50mg/Nm3, valor máximo de redução entre 20 a 30mg/Nm3, temperatura de pós-combustão de 750 Graus Celsius, tempo de permanência dos vapores no pós-queimador de 1 a 1,5s, com pós-combustão do óleo à temperatura de 650 Graus Celsius, com sistema de controle integrado ao forno (CLP), desenvolvidos para preservação ambiental.
8417.90.00 Ex 075 – Dispositivos para refrigeração da carcaça do alto forno, “staves”, confeccionados em cobre fundido, cobre laminado ou ferro fundido, para transmissão de calor e preservação da carcaça do alto forno, de 2 a 11 canais internos para circulação de água, largura de 500 a 2.320mm, comprimento de 1.200 a 3.000mm, espessura de 100 a 250mm, condutividade de 30 a 60W/mk para ferro fundido e de 220 a 400W/mk para cobre fundido ou laminado.
8418.69.99 Ex 064 – Combinações de máquinas, automáticas, para purificação de gás Hélio, capacidade de purificação de 10Nm³/h, por meio da dissociação/separação dos demais gases (oxigênio e nitrogênio), por circuito fechado de refrigeração criogênica, através de unidade de refrigeração “Cryocooler” de 2 estágios (tipo cabeça fria), até atingir a temperatura de 40°K (equivalente a -233,1 Graus Celsius), dotado de 1 unidade compressora tipo parafuso e conjunto de instrumentação e controle (válvulas, sensores) e painel elétrico de controle/comando com CLP e tela de toque.
8418.99.00 Ex 024 – Dispositivos elétricos de controle de temperatura acionados mecanicamente pela expansão/contração de fluído expansivo contido em um tubo capilar, de comprimento superior a 150mm, contendo diafragma, carcaça metálica e eixo de ajuste de temperatura de trabalho de 3 Graus Celsius a 15 Graus Celsius em pressão atmosférica de 760mHg, tensão de operação de 110 a 250V, aplicado exclusivamente em unidade de refrigeração de água.
8419.20.00 Ex 016 – Esterilizadores a baixa temperatura por Peróxido de Hidrogênio vaporizado e plasma (H2O2), para esterilização de instrumentais e materiais médico-hospitalares reutilizáveis termossensíveis, dimensões da câmara 302 x 236 x 640mm (L x A x P), 335 x 363 x 929mm (L x A x P) ou 335 x 363 x 972mm (L x A x P), capacidade 52, 143 ou 148L, potência de 2,2 ou 6,5kW, tensão de 220/380v frequência de 50/60Hz, 1 ou 2 portas, tela de LCD “touchscreen” colorida, duplo CLP, impressora embutida, painel retro iluminado com ícones indicativos de estado de processo independentes da tela LCD, bomba de vácuo, compressor de ar embutido, saída USB, compartimento para armazenamento do recipiente de H2O2 com sistema de refrigeração autônomo e sistema de dosagem automática, vaporizador de agente esterilizante com bloco de túnel labiríntico para retenção de condensados, com conexão “Ethernet”, rodas de transporte, 3 programas de esterilização (rápido, avançado e padrão) com temperatura de 50°C e concentração de H202 de 59%, possui 1 ciclo para eliminação de resíduos H202 antes de descarte do recipiente.
8419.20.00 Ex 017 – Autoclaves de alta temperatura, a vapor, com 1 ou 2 portas, para esterilização de instrumentais e materiais médico-hospitalares reutilizáveis, dimensões da câmara 500 x 500/670 x 670mm (altura x largura) x 675 a 1.300/625 a 1.998mm de profundidade, capacidade de 167 a 892L, tensão trifásico III 220/380/400V, 50/60Hz, gerador de vapor integrado (opcional) de 21 a 63kW, duplo reservatório de água sendo um para alimentação do sistema de vácuo e outro para armazenamento e alimentação da água do gerador de vapor, sistema de reaproveitamento de energia térmica dos condensados da esterilização para economia de energia, pré-aquecimento da água de osmose reversa e eliminação de gases
não condensáveis, conexão “Ethernet”, tela de “touchscreen” de 6 polegadas, impressora térmica integrada com capacidade de reimpressão dos últimos 1.000ciclos via CLP, duplo CLP para controle e registro, painel retro iluminado com ícones indicativos do estado do ciclo independente do CLP, alarmes de avisos, sistema (opcional) de “Bowie & Dick” eletrônico integrado, sistema de vácuo por venturi com ejetor e sistema de recirculação com depósito economizador de água, recamara contínua em aço inoxidável AISI 316, sistema de trocador de calor (opcional) que permite conectar o equipamento a um sistema externo de resfriamento para redução do consumo de água, 7 ciclos de série pré-programados para testes e esterilização com temperaturas entre 121 e 134 Graus Celsius.
8419.39.00 Ex 147 – Máquinas secadoras e peletizadoras de filmes plásticos reciclados, acionadas por inversor de frequência; motor principal de 50 a 165kW, rosca sem fim de 250 a 350mm de diâmetro com cilindro perfurado para desidratar o material, com capacidade de produção de 300 a 900kg/h.
8419.40.10 Ex 006 – Equipamentos para evaporação, destilação e recuperação de solventes orgânicos voláteis; taxa de agitação de 5 a 315rpm com “display” digital; banho de 5L com possibilidade de uso com água ou óleo; display de temperatura digital do banho; faixa de temperatura até 90 Graus Celsius ou até 180 Graus Celsius dependendo do modelo; área da superfície do condensador de 1.430cm²; compatível com frascos de evaporação de até 2.000ml; compatível com diferentes tipos de condensadores; elevador manual; altura máxima de deslocamento do elevador de até 200mm; função de inversão do condensador com o banho; ângulo de imersão ajustável; parada de segurança no deslocamento final no elevador.
8419.40.90 Ex 015 – Equipamentos para destilação à vácuo de águas residuais industriais provenientes de processo de galvanoplastia, com capacidade máxima de destilação de 3.000m³/ano, com recuperador dotados de: evaporador com trocador de calor com sistema de auto-limpeza, condensador e bomba de vácuo; sistema de mistura de solução anti-espumante; recuperador de calor para pré-aquecimento da alimentação de aguas residuais; tanque de estocagem e controle de PH para águas residuais; painel de controle com tela sensível ao toque.
8419.81.90 Ex 094 – Fritadeiras abertas à gás para fins comerciais, com corpo e cubas em aço inox; configuração de 1, 2, 3 ou 4 cubas, podendo ser inteiras(full) ou divididas(split); com capacidade de até 15L/cuba inteira(full); controlador para até 40 receitas pré-programadas e tela alfanumérica; 4 queimadores com ignitores de estado sólido e potência de 19,8kW/cuba inteira(full); filtragem totalmente automática e independente em cada cuba, com retorno do óleo filtrado em até 4 minutos; proteção de temperatura limite do óleo; sem zona fria, reduzindo o consumo de óleo; sistema de monitoramento do nível de óleo e enchimento automático; controle proporcional da temperatura desejada; compensação de aquecimento por volume congelado adicionado.
8419.81.90 Ex 095 – Fritadeiras abertas à gás para fins comerciais, com corpo e cubas em aço inox; configuração de 1, 2, ou 3 cubas, podendo ser inteiras(full) ou divididas(split); com capacidade de 30 a 61L/cuba inteira (full); dotadas de: controlador com 6 a 12 receitas pré-programadas e tela alfanumérica; 4 queimadores com ignitores de estado sólido e potência de 24,9 a 26,4kW/cuba inteira(full); sistema de filtragem incluído, com retorno automático do óleo à cuba; proteção de temperatura limite do óleo; zona fria abaixo da resistência que reduz resíduos queimados; sistema de detecção de água no óleo; controle proporcional da temperatura desejada; compensação de aquecimento por volume congelado adicionado.
8419.81.90 Ex 096 – Fritadeiras abertas elétricas para fins comerciais, com corpo e cubas em aço inox; configuração de 1, 2 ou 3 cubas, podendo ser inteiras (full) ou divididas (split); com capacidade de 27 a 45L/cuba inteira (full); dotadas de: controlador com 6 a 12 receitas pré-programadas e tela alfanumérica; resistência de aquecimento de 14 a 17kW/cuba inteira (full); sistema de filtragem incluído, com retorno automático do óleo à cuba; proteção de temperatura limite do óleo; zona fria abaixo da resistência que reduz resíduos queimados; controle proporcional da temperatura desejada; compensação de aquecimento por volume congelado adicionado.
8419.81.90 Ex 097 – Fritadeiras abertas elétricas para fins comerciais, com corpo e cubas em aço inox; configuração de 1, 2, 3 ou 4 cubas, podendo ser inteiras(full) ou divididas(split); com capacidade de até 15L/cuba inteira(full); controlador para até 40 receitas pré-programadas e tela alfanumérica; resistências de aquecimento com potência de 14 a 17kW/cuba; filtragem totalmente automática e independente em cada cuba; proteção de temperatura limite do óleo; sem zona fria, reduzindo o consumo de óleo; sistema de monitoramento do nível de óleo e enchimento automático; controle proporcional da temperatura desejada; compensação de aquecimento por volume congelado adicionado.
8419.81.90 Ex 098 – Fritadeiras abertas elétricas para fins comerciais, com corpo e cubas em aço inox; configuração de 2, 3 ou 4 cubas, podendo ser inteiras(full) ou divididas(split); com capacidade de até 19L/cuba inteira(full); controlador com receitas pré-programadas e tela alfanumérica; resistências de aquecimento com potência de 14 a 28kW/cuba inteira(full); sistema de dobradiça para levantamento facilitada dos cestos; sistema de filtragem incluído, com retorno automático do óleo à cuba; proteção de temperatura limite do óleo; sem zona fria, reduzindo o consumo de óleo.
8419.81.90 Ex 099 – Fornos com grelhas (flash cooker) e estrutura em aço inoxidável para cozimento de pescado a vapor, capacidade de 17.204latas/h, potência: 0,75kW, voltagem: 380VAC, dotados de: 3 câmaras de cozimento a vapor direto através de serpentinas abertas; temperatura máxima de 105 Graus Celsius; esteira de corrente com dentes em aço inoxidável em intervalos de 90mm, hastes de fixação das grelhas a cada 180mm, painel elétrico e controlador digital.
8419.89.19 Ex 123 – Máquinas automáticas para esterilização de latas com sistema abre-fácil(easy peel) de diferentes tamanhos e formas, por meio de vapor vivo, com potência de 16kW voltagem de 380/440VAC, dotadas de corpo cilíndrico medindo 1.285mm de diâmetro interior e 1.300mm de diâmetro exterior e aproximadamente 4.850mm de comprimento, com porta frontal para entrada e saída de cestos de movimentação, com capacidade para 5 cestos medindo 930 x 830 x 930mm cheios de latas, operando a uma temperatura de até 140 Graus Celsius, pressão máxima de 2,5bar, sistema de esterilização por spray de água, coletores internos, laterais e superiores alimentados por bomba de recirculação, sistema de esfriamento por meio de intercâmbio de calor de placas e controlador lógico programável(programador AT-205).
8419.89.99 Ex 272 – Equipamentos isoladores modulares para laboratórios para testes de esterilidade e físico-químico de amostras farmacêuticas, formados de aço inoxidável, acrílico e luvas em peça única, com ambiente de processamento asséptico para o trabalho, com nível de exposição inferior a 1micrograma/m³, iluminação maior que 500 LUX na câmara principal, com portas de acrílico e equipadas com uma vedação inflável, dotados de processo de lavagem no lugar, com uma pistola acionada por gatilho e duas esferas de pulverização, porta de transferência intermediária e dreno para resíduos líquidos, filtros tipo HEPA cilíndricos de alta eficiência, operação sob pressão negativa de até -75Pa e sistema de controle automatizado com IHM (tela sensível ao toque).
8419.89.99 Ex 273 – Plataformas de termociclagem para acoplamento de aparelhos de reação óptica, para uso em processo de detecção de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) em tempo real, capacidade para 96 tubos de 0,2ml ou placas de 96 reações, com função que permite atualização para real-time.
8419.89.99 Ex 274 – Aquecedores elétricos de 330kW de potência com tensão de trabalho de 440VAC e motor 3 pólos.
8419.89.99 Ex 275 – Equipamentos exclusivos para uso em laboratório, comercialmente denominado câmara climática, próprios para simular uma atmosfera com temperatura e humidade controladas, faixa de controle da temperatura -70 Graus Celsius até +150 Graus Celsius, faixa de controle da humidade do ar 10 até 95%, volume interno de trabalho 3.117L, capacidade para testar até 12 painéis fotovoltaicos de dimensões 1,2 x 2m, utilizados para avaliar ou testar a funcionalidade de equipamentos eletroeletrônicos em condições ambientais severas.
8419.89.99 Ex 276 – Liofilizadores industriais farmacêuticos com câmara de geometria retangular, ângulos internos arredondados, com área de prateleira de 13,5m², configuração de 9+1 prateleiras, com dimensões brutas de 1.248 x 1.270 x 18mm, com distância de 120mm entre prateleiras e sistema automático para limpeza e esterilização (CIP/SIP), condensador vertical com capacidade de 270kg de gelo, interligado à câmara e equipado com válvula tipo cogumelo, equipamento composto de sistema de refrigeração, sistema hidráulico automático, sistema de vácuo, sistema de circulação, sistema de limpeza e esterilização, com controle lógico programável (CLP) e sistema “NETSCADA” para monitoramento e controle do processo.
8419.89.99 Ex 277 – Máquinas automáticas para escaldar aves de qualquer categoria, de peso entre 1.000 e 4.500g, em processo contínuo e a baixa temperatura, entre 52 Graus Celsius e 60 Graus Celsius por 90 a 150s, com capacidade de produção entre 6.000 e 15.000aves/h, contendo: transportador aéreo tipo trilho “T” e/ou tubular em aço inox 306; tanque de imersão em aço inox 306 com chapas de 4mm de espessura em seções de 2, 3 ou 4 passagens; dispositivo de controle de temperatura com sensores; trocador de calor em placas de aço inox 306 e/ou bicos injetores de vapor; tubos radiadores de 3/4 polegada; unidades de bombas tipo hélice de 4kW de potência a 1.700rpm; sistema automático para pré-enchimento com controle automático de nível; descarga completa; pasteurização e limpeza; acesso remoto para identificação de alarmes; controle e monitoramento.
8421.21.00 Ex 170 – Máquinas para produção de água purificada, com redução da dureza da água, osmose reversa e eletrodeionização, dotadas de: 1 ou mais unidades SF (“softener”); 1 ou mais unidades RO (osmose reversa); 1 unidade EDI (eletrodeionização); filtros “bag”; bombas verticais centrífugas; bombas de dosagem; 1 ou mais filtros cartuchos; aquecedor elétrico; transmissores de pressão; medidores de condutividade; 1 ou mais controladores lógicos programáveis e painel elétrico.
8421.22.00 Ex 024 – Unidades de filtração tangencial com membranas, para filtrar ou depurar bebidas, exceto água, composto por:- membranas cerâmicas construídas em óxido de alumínio (Al2O3) no formato cilíndrico, com comprimento de 1.200mm, diâmetro externo do cilindro de 52mm, diâmetro interno dos canais de 8mm, montadas em módulos “DualFlow” com fluxos de líquido ascendentes e descendentes. trocador de calor casco e tubo, construído em aço inoxidável AISI316L com isolamento térmico em poliuretano expandido, motobomba centrífuga sanitária, construída com as partes em contato com o produto em aço inoxidável AISI316L, para recirculação do fermento, motobomba centrífuga sanitária, construída com as partes em contato com o produto em aço inoxidável AISI316L, para bombeamento de água desaerada para diafiltração,
módulo de limpeza química (CIP), composto por tanque de preparo da solução de limpeza, trocador de calor tubular para aquecimento da solução de limpeza, motobomba centrífuga sanitária para bombeamento da solução de limpeza, todas as partes em contato com o produto em aço inoxidável AISI 316L- conjunto de sensores e transmissores para operação automática da planta (dois transmissores de vazão magnéticos, dois transmissores de temperatura, um transmissor de condutividade, dois transmissores de pressão, um transmissor de nível, um sensor de proximidade- conjunto de válvulas sanitárias automáticas, tubulações, curvas, conexões, em aço inoxidável, painéis elétricos e de controle, montados em armários construídos em aço inoxidável AISI 304, para operação automática da unidade.
8421.29.90 Ex 154 – Equipamentos para separação de correntes gasosas e líquidas no processo de purificação e remoção de impurezas (enxofre), provenientes de petróleo processado, com capacidade de acomodar produtos sólidos e contaminantes, capacidade de limpeza para remoção das impurezas, porta de visão para inspeção visual, pressão de operação 3,5Kgf/Cm²g, temperatura de operação 220 Graus Celsius.
8421.29.90 Ex 155 – Máquinas para filtrar e separar partículas solidas da massa de fibrocimento em seu estado líquido de vazão maior que 250m3/h, com corpo principal em aço carbono, impulsor rotativo de massa de 4 lâminas verticais, unidade pneumática de manutenção, tela estática em aço inox com furos de 6mm de diâmetro e válvula de drenagem de rejeitos, controlada por PLC.
8421.29.90 Ex 156 – Equipamentos para filtragem por meio de fluxo tangencial, de proteínas, monoclonais e vacinas, com bombas diafragmas e com bombas peristálticas com capacidade de operar em modo automático e manual, com gerador de receitas de operação, lavagem, concentração e diafiltração, dotado da capacidade de leitura e alarme das seguintes grandezas físicas: pH, condutividade, temperatura e pressão, com ou sem tanque de armazenagem de solução à ser filtrada e com ou sem tanque misturador.
8421.39.10 Ex 007 – Aparelhos portáteis, com dimensões 85 x 63 x 230mm e 300g, com bateria de lítio de 7,4V que utiliza carregador de eletricidade de 9V CC, 100-240VAC e reservatório de 150ml utilizado para armazenar água comum de torneira para gerar ozônio aquoso, com pH entre 3 e 6 e potencial de oxidação (ORP) entre 650 e 1.200mV, utilizados para a limpeza geral, sanitização e desodorização de superfícies e ambientes, botão tipo gatilho para gerar e borrifar a solução de limpeza com uma luz de LED indicadora no topo.
8421.39.90 Ex 102 – Equipamentos isoladores modulares para envase de produtos estéreis farmacêuticas, construídas em aço inoxidável e vidro, com ambiente de processamento asséptico para o trabalho de acordo com os requisitos GMP Grau A (EU) e ISO Classe 5, com portas dotadas de fechamento hermético com juntas pneumáticas; sistema integrado de descontaminação por ação química através de vaporização de peróxido de hidrogênio (H2O2) com fluxo de ar unidirecional turbulento para descontaminação e laminar para modo produção na câmara de trabalho; sistema de descontaminação totalmente automatizado e integrado dotado de controle lógico programável (PLC); teste de estanqueidade automático; capacidade de pressurização de até 250Pa e sistema de controle automatizado com IHM (tela de toque); porta de transferência intermediária e saída de resíduos; operação sob pressão positiva ou negativa de 60Pa; contador de partículas integrado; amostrador de ar integrado; projetado para operação ergonômica de trabalho.
8421.39.90 Ex 103 – Equipamentos isoladores modulares automatizados e integrados para envase de produtos estéreis farmacêuticos, com sistema de descontaminação através de vaporização de peróxido de hidrogênio (H2O2) e sistema composto por filtros que garantem fluxo de ar unidirecional para modo de produção em ambiente asséptico para operação de acordo com os requisitos de boa prática de fabricação (BPF) grau A (EU) e ISO classe 5, equipamento dotado de portas com fechamento hermético e juntas pneumáticas e luvas para acesso operacional dentro da câmara durante as operações; presença de porta de transferência de materiais estéreis e saída de resíduos; teste de estanqueidade automático com capacidade de pressurização de até 250Pa; operação sobe pressão positiva e negativa de 60Pa; contador de partículas e amostrador de ar integrados; controle lógico programável (PLC) e sistema de controle automatizado com IHM (tela de toque), projetado para operação ergonômica de trabalho
8421.39.90 Ex 104 – Filtros para limpeza de névoa e fumo de óleo provenientes de retificação, com volume de ar máximo admissível de 1.000m3/h, com três estágios de filtragem e coleta de 99,97% em partículas de até 0,3 micrometro de diâmetro.
8421.91.99 Ex 002 – Conjuntos balanceados para centrifugas de pêndulo suspenso, contendo cesto patenteado de furos elípticos, com diâmetro do cesto compreendido entre 1.300 e 1.800mm e altura do cesto compreendido entre 1.000 e 1.300mm; cabeçote de acionamento; dispositivos de fechamento e descarregamento; dispositivos e sensores para medição de carga, controle e monitoramento de vibração.
8421.99.99 Ex 070 – Vasos em aço inox ou aço carbono com diâmetro máximo 700mm x altura 2.000mm, sem partes móveis internamente, dotados de no máximo 12 ciclones internos, para a separação de partículas sólidas dos banhos de pré-tratamento para limpeza das peças da pintura automotiva e/ou industrial.
8421.99.99 Ex 072 – Cápsulas plásticas com fechamento superior e seções de tratamento infernas para filtragem e tratamento de água comum, com conectores de acoplamento rotativos (macho e fêmea) para entrada e saída de água, com tubo de PVC interno para captação de agua externa entre 30 e 65psi, com duas fases de processamento, (1) ativado, (2) resina de troca catiônica com feltro limitador de passagem de impurezas e bandeja plásticas inferior plana com microfendas para barragem de resinas.
8422.19.00 Ex 002 – Máquinas de lavar-louça industrial, em aço inox; 220V monofásica; 5 ciclos de lavagem programáveis; lava até 12pratos/ciclo; lavagem entre 30 e 300s; lavagem feita com água em 55 Graus Celsius e o enxágue a 85 Graus Celsius; sistema de segurança com o enxágue em 85 Graus Celsius (a máquina só efetua o enxágue quando atinge a temperatura de 85 Graus Celsius); dosadores de detergente e secante incorporados na máquina; utiliza 3L de água por ciclo de lavagem; potência de 3,25kW/h; rack de 40 x 40cm; bomba de lavagem de 0,5HP; cuba com 6,5L; sistema de partida suave; resistência na cuba 2.000W; resistência boiler de 3.000W; dimensões (Largura x Profundidade x Altura) 495 x 520 x 640mm.
8422.19.00 Ex 003 – Máquinas de lavar-louça industrial, em aço inox; 220V monofásicas; 5 ciclos de lavagem programáveis; lava até 22 pratos/ciclo; lavagem entre 30 e 300s; lavagem feita com água em 55 Graus Celsius e o enxágue a 85 Graus Celsius; sistema de segurança com o enxágue em 85 Graus Celsius (a máquina só efetua o enxágue quando atinge a temperatura de 85 Graus Celsius); dosadores de detergente e secante incorporados na máquina; utiliza 3L de água/ciclo de lavagem; potência de 7kW/h; rack de 50 x 50cm; bomba de lavagem de 1,2HP; cuba com 27L; sistema de partida suave; resistência na cuba 3.000W; resistência boiler de 6.000W; filtro de superfície em aço inox; dimensões (Largura x Profundidade x Altura) 650 x 775 x 1.450mm.
8422.19.00 Ex 004 – Máquinas de lavar-louça industrial em aço inox; 220V monofásica; 5 ciclos de lavagem programáveis; lava até 22 pratos por ciclo; lavagem entre 30 e 300s; lavagem feita com água em 55 Graus Celsius e o enxágue a 85 Graus Celsius; sistema de segurança com o enxágue em 85 Graus Celsius (a máquina só efetua o enxágue quando atinge a temperatura de 85 Graus Celsius); dosadores de detergente e secante incorporados na máquina; utiliza 3L de água/ciclo de lavagem; potência de 6,9kW/h; rack de 50 x 50cm; bomba de lavagem de 1HP; cuba com 21L; sistema de partida suave; resistência na cuba de 2.000W; resistência boiler de 6.000W; filtro de superfície em aço inox; dimensões (Largura x Profundidade x Altura) 600 x 600 x 825mm.
8422.30.10 Ex 101 – Envasadoras de adesivos cianoacrilatos em frascos plásticos, automáticas completas com sistema automático de alimentação das embalagens, tampas e sobre tampas, acopladas ao sistema de rotulagem, com dois conjuntos para envase de frascos modelo para 20g e outro para 100g, capacidade de envase 60unid/min, com tanque de pressão.
8422.30.10 Ex 102 – Máquinas automáticas, rotativas, para aplicação de rótulos com cola fria e/ou quente e/ou autoadesivo, por meio de agregados de rotulagem, em garrafas ou frascos de vidro e/ou plástico, controladas por sistema lógico programável (CLP), com interface de operação por meio de painel “touchscreen” colorido, com sistema de segurança de acesso, com sistema de orientação de garrafas por servomotor, com ou sem alimentação automática de rótulos, com ou sem sistema de inspeção de aplicação dos rótulos, com diâmetro de carrossel de 600 ou 720 ou 960 ou 1.200 ou 1.680mm e capacidade máxima de 25.000frascos/h.
8422.30.10 Ex 103 – Combinações de máquinas automáticas, integradas entre si, para envase de líquidos ou cremes em frascos plásticos ou de vidro com diversos tamanhos com capacidade para envasar frascos com 174mm de altura e volume útil de 400ml, com controladores lógicos programáveis (CLP’s) e painéis de operação com tela tipo “touchscreen”, com produção nominal de 4.800frascos ou potes/h, compostas de: máquina enchedora rotativa automática com 12 estações de enchimento utilizando medidores mássicos de fluxo para dosagem ponderal de produtos não condutivos ou explosivos por meio da geração controlada de força de “coriolis”, com construção sanitária em aço inoxidável AISI 316L das partes com contato com o produto e em aço inoxidável AISI 304 dos revestimentos e coberturas, com coletor distribuidor de produto para as estações de envase sem reservatório de produto
facilitando a operação de lavagem (CIP/SIP), com válvulas de enchimento dotadas de bicos com dispositivo antiespumante, anti-gotejamento e corta-fio, com dispositivo que assegura que a válvula de enchimento se abra somente se o frasco estiver sob ela, com motor de comando controlado por inversor de frequência com regulagem de velocidade e rampas de aceleração e desaceleração, com descarte automático de frascos envasados fora das tolerâncias programadas, com sistema tampador rotativo com 6 estações para aplicação de tampas “pump” tipo dispensador ou de rosca com alimentador de tampas, com sistema de limpeza a ar de frascos com 12 estações, máquina para alimentação de frascos podendo introduzi-los dentro de suportes, com sistema de câmera para orientação dos frascos, com transportadores de frascos e partes para mudança no formato dos frascos.
8422.30.29 Ex 501 – Combinações de máquinas automáticas para soprar, envasar, fechar, rotular, agrupar e embalar recipientes de PET (politereftalato de etileno) com bebidas sensíveis, compostas de: máquina sopradora, máquina envasadora asséptica, com capacidade nominal de até 12.000recipientes/h (recipientes de 0,25L), sistema de descontaminação de recipientes e tampas através da injeção de vapor de H2O2 e ativação/secagem com ar quente, gabinete de envase com ambiente estéril, sistema de controle de envase contínuo, sistema de encapsulamento (aplicação de tampa) dos recipientes assepticamente envasados, sistema de rejeição de recipientes não conformes (e/ou coleta de amostras para inspeção de qualidade em laboratório) com
impressão de código de defeito e mesa de coleta, sistema CIP para autolimpeza com esterilização; com ou sem estação de aplicação de nitrogênio; estação de aplicação de rótulos com sistema de adaptação automática de velocidade em função do fluxo de entrada de recipientes, para recipientes com diâmetros compreendidos de 55 a 120mm; estação de agrupamento de recipientes e embalo unificado, apta a agrupar e embalar os recipientes apenas com filme plástico termoencolhível, ou com bandejas de papelão e filme plástico termoencolhível, ou apenas com invólucros (caixas) de papelão, ou com filme plástico termoencolhível e invólucros (caixas) de papelão, com múltiplas linhas de alimentação, magazine de alimentação de caixas e bandejas, estação de paletização com aplicação de filme para estabilização de palete formado; transportadores em geral com estações pulmão e controlador lógico programável (CLP).
8422.30.29 Ex 502 – Máquinas encapsuladoras rotativas automáticas de movimento contínuo, para enchimento e fechamento de cápsulas de gelatina dura com produtos farmacêuticos em forma de pó, pellets, mini comprimidos, baixa dosagem de pó sem compactação para inalação, microdosagem de pó sem compactação para inalação com 100% de controle de peso, capsula na capsula e líquidos, possibilitando a dosagem de mais de um produto em uma mesma cápsula, com capacidade produtiva máxima igual ou inferior a 3.000cápsulas/h, dotada de unidade para transferência das cápsulas, ferramental de manuseio das cápsulas tamanho 00/00L até 3, unidade dosadora de pó, ferramental para dosagem de pó nos tamanhos 00/00L até 3, unidade dosadora de pellets em tamanhos diversos, comandadas por PLC para gerenciamento das funções.
8422.30.29 Ex 503 – Bolsas plásticas multicamadas para armazenamento de sêmen animal suíno, com dimensão 256 X 60mm (unitário), com tratamento bacteriostática, com ponta protegida (envelopada), apresentadas em forma de rolo, para uso específico em equipamento de envase automático para laboratório de reprodução animal.
8422.30.29 Ex 504 – Combinações de máquinas para abertura, envase e fechamento de seringas estéreis com capacidade de até 3.000seringas/h, compostas de: equipamento semiautomático para abertura de sacos externos de bandejas estéreis de seringas, com capacidade de até 19bandejas(contendo 160 seringas)/h, com dimensionais 260,4 x 227,8 x 97,5mm através de dispositivo protegido de corte automático para os sacos com unidade de fluxo laminar, máquina automática de abertura final de bandejas estéreis através de aquecimento, máquina para movimentação, transporte, envase e fechamento contínuo e automático de seringas agrupadas e previamente esterilizadas, com capacidade de produção máxima de até 3.000seringas/h.
8422.40.90 Ex 883 – Máquinas automáticas horizontais para formar, encher e selar embalagens do tipo “stand-up pouch”, que formam a partir de bobinas de materiais de embalagens flexíveis termosseláveis simultaneamente até 4 embalagens individuais, dosam produtos líquidos ou pastosos e selam as embalagens, com capacidade de produção máxima de até 260embalagens/min, para embalagens com largura máxima de 110mm e altura máxima de 300mm, com sistema desbobinador de filme contínuo, estação de formação de embalagem, estação de envase do produto, estação de rejeição de embalagens, sistema de lubrificação automática, preparadas para limpeza automática tipo CIP “clean in place”, comandadas por CLP (Controlador Lógico Programável), controladas por IHM (Interface Homem Máquina) do tipo “touchscreen” e quadro de comando elétrico destacado do corpo da máquina.
8422.40.90 Ex 884 – Máquinas semi-automáticas para envolvimento de pallets com filme extensível “stretch”, com mesa giratória de no máximo 1.800mm diâmetro para manter o pallet centralizado girando em seu próprio eixo, com envolvimento total do pé do pallet com partidas e paradas suaves no início e fim de cada ciclo, com capacidade de carga máxima de 2.500kg, com mesa de giro com dispositivo para posicionamento da ponta do filme, com sistema personalizado de programação ECO de até 20 comandos para diferentes posições e paradas da mesa de giro ou do carro de pré-estiramento,
com pré-estiramento motorizado com relações fixas de no máximo 300%, detecção automática da altura do produto máxima de 3.100mm, com controle do tensionamento contínuo do filme realizado por célula de carga que mede a tensão em tempo real (não amassa caixas) para embalar cargas frágeis e/ou produtos instáveis, com regulagem de tensão em 4 níveis independentes (pé do pallet, subida, topo e descida), dotado de cabeçote com sistema de passagem do filme em S – QLS – “Quick Load Sistem” sem aberturas e travas com rolos fixos e côncavos na parte superior, dotado de cabeçote com posicionador ergonômico e botão dispensador de filme, cabeçote com dispositivo antiesmagamento, com dispositivo de alarme, com buzina sonora que indica o início do ciclo.
8422.40.90 Ex 885 – Combinações de máquinas automáticas e integradas para embalagem de pão de hambúrguer e cachorro quente para posterior congelamento, compostas de: embaladora para embalagens institucionais do tipo almofada (pillow) com até 30 unidades cada, capacidade de produção até 1.200pães/min, transportador sincronizador e acumulador automáticos com 6 filas, cortadora de simples e duplo cortes incorporada, dispositivo para selagem central, dispositivo de remoção do ar do pacote, transportador de saída para empilhador automático para colocação em caixas.
8422.40.90 Ex 886 – Combinações de máquinas para distribuir e embalar bombons de chocolate do tipo redondo com diâmetro da base de 32mm (tolerância +/-2mm) , totalmente automatizadas, disposição horizontal, com capacidade produtiva máxima igual a 2.240bombons redondos/min em embalagem do tipo “flowpack”, com painéis elétricos integrados e controladores lógicos programáveis (CLP) em cada máquina (estação), e painel de controle de operação “IHM” com tela “touchscreen”, compostas de: estação de distribuição, transporte e alinhamento dos produtos até as 2 linhas de embalagens, com transportadores, guias laterais, alinhadores de fileiras com capacidade de operar 80fileiras/min, sendo 28bombons/fileira, agrupados em fileiras duplas, verificador de alinhamento; sistema automático de acúmulo temporário “buffer” de 1 única esteira com comprimento de 20m, com tempo de armazenagem de até 7,5min, no caso de parada das 2 linhas de embalagem; com sistemas pivotantes para desmontagem, limpeza ou substituição das esteiras e roletes sem necessidade de ferramentas;
2 estações de posicionamento, distribuição e alimentação transversal dos produtos a serem embalados; conjunto com 4 alinhadores (chicanes) e conjunto com 5 alinhadores (chicanes) , sendo 1 conjunto para cada linha de embalagem, criando uma fila única de bombons, com sistema de esteiras divididas em 3 seções (recebimento, espaçamento e aceleração dos bombons), com sistema de detecção de defeitos (bombons colados, quebrados, fora do dimensional) com descarte automático; sistema de detecção de metais em cada linha pré embaladora; 2 máquinas embaladoras horizontais de bombons de chocolate tipo “flowpack”, com sistema de selagem da embalagem soldados à frio, cada máquina opera com capacidade de produção máxima de 1.280pacotes/min, com velocidade máxima do filme de 150m/min, com sistema automático de posicionamento, centralização, emenda do filme da nova bobina com o final do filme em curso, em velocidade máxima e sem manuseio do operador, com sistema de eliminação automático dos produtos embalados com a faixa da emenda do filme, com dispositivo de detecção e rejeição automático por vácuo, dos pacotes com defeitos/vazios.
8422.40.90 Ex 887 – Combinações de máquinas para virar, esquadrejar e cintar fardos de caixas de papelão ondulado desmontadas, procedentes da coladeira, em processo automático e contínuo, de alta velocidade com 3 módulos funcionando sequencialmente, velocidade de 10 a 30fardos/min, compostas de: controle lógico programável (CLP), mesa de controle de operações com PC, botão interruptor, relé, componentes pneumáticos, sensor interruptor e sensor de proximidade, com seleção de quantificar para conter 10, 15, 20 ou 30 caixas cada fardo com aplicação de 1 ou 2 cintas plásticas de amarração com 5 ou 9mm de largura e espessura de 0,47 a 0,7mm, amarradeira com arco de 1.450mm de largura x 500mm de altura, com dispositivo transportador constituído de rolos de aço inox com 32 mm de diâmetro e distância entre rolos de 47mm.
8422.90.90 Ex 004 – Máquinas envasadoras/seladoras/etiquetadoras automáticas de sémen suíno (tecnologia inseminação pós-cervical) com capacidade de 1.000envases(90mL)/h com avanço automática da embalagem de capacidade entre 25 a 90ml, leitor automático de código de barras, balança digital eletrônica, saída USB para conexão em rede/servidor, impressora termo sensível, tela de comandos “touchscreen” integrados a máquina, carcaça feita em compósito de fibra de vidro com design inclinado para o balde de sêmen.
8424.89.90 Ex 371 – Combinações de máquinas para aplicação de espuma expansiva, compostas de: 2 robôs manipuladores de 6° de liberdade, alcance de 2.602mm, precisão de 0,06mm, base de fixação dimensionadas em 535mm de largura por 550mm de comprimento, capacidade de sustentação de ferramenta de até 45kg na ponta do robô, equipado com 2 mesas deslizantes de movimentação lateral com alcance de até 4.000mm, 4 câmeras de visão 2D monocromáticas e 2 câmeras de visão 3D de alta resolução e rápida comunicação (100 a 300ms) para reconhecimento e correção de posição entre robôs e pontos de aplicação na carroceria, com 2 controladores elétrico/eletrônicos dedicados sendo alimentado por tensão alternada trifásica de 380 a 575V, com consumo médio de potência de 2,5kW cada, 1 painel de controle central com interface de comunicação homem máquina; 2 equipamentos de acionamento combinados entre pneumático e servomotor de potência aproximada de 1kVA com função de manter as portas da carroceria abertas;
3 máquinas de controle de dosagem de material bicomponentes “Polyol” e isocianato de proporção 1:1 com capacidade de aplicação de até 6cm³/revolução podendo operar em até 100rpm a uma pressão de 11bar controladas eletronicamente por CLP, equipadas com 3 cabeças de aplicação de espuma expansiva de capacidade de aplicação de 8 a 90cm³/s com acionamento hidráulico; alimentadas por 2 reservatórios de material sendo 1 de Isocianato e 1 de “Polyol” com condicionamento de temperatura, 2 bombas de pistão axial com deslocamento positivo e acoplamento magnético e 2 bombas diafragmas, medidor volumétrico de fluxo, válvula de recirculação para início do ciclo frio, ambos com 1 sistema de controle de temperatura de 20 a 60°C composto por 1 reservatório em aço inoxidável de 283L de água com vazão de 4,8m³/h; com painéis elétricos e de controle com interface homem-máquina, controladores lógico programáveis com conexões de interface “Ethernet” industrial e ciclo máximo de aplicação/operação do processo em no máximo 88s.
8424.89.90 Ex 372 – Sistemas de siliconização da cânula para máquina de montagem de “escalp”, composto por 1 gabinete elétrico e pneumático e 1 estação de pulverização, controlado por CLP e IHM, com capacidade para siliconizar até 180peças/min.
8424.89.90 Ex 373 – Câmaras metálicas longas e pressurizadas definidas com forma geométrica angular, com fabricação controlada por gabarito para garantir sua performance, comprimento de até 6.000mm com quantidade e distribuição de furos e fendas calculada para insuflamento de ar quente de até 200 Graus Celsius, utilizadas para o processo de secagem na fabricação de papéis pintados.
8426.41.90 Ex 122 – Manipuladores para movimentação de materiais, autopropulsados, sobre pneus maciços ou inflados, com 2 eixos e tração em todas as rodas, dotados de estabilizadores, acionados por motor diesel com potência igual ou superior a 215kW; equipados com cabine com elevação hidráulica, implemento frontal de trabalho articulado (lança e braço) com alcance igual ou superior a 14m (ao nível do solo), podendo conter ferramentas hidráulicas de trabalho como garras, eletroímã, tesoura hidráulica entre outros; 2 baterias; sistema hidráulico com sensor de carga (load sense) e controle de torque, peso operacional igual ou superior a 39.000kg.
8426.49.90 Ex 078 – Manipuladores hidráulicos montados sobre pórtico e esteiras autopropulsadas, adequado para passagem de veículos, altura igual ou superior a 5m, largura igual ou superior a 3,6m, peso igual ou superior a 88t, mas igual ou inferior 120t; equipados com motor a diesel com potência superior a 240kW; implemento frontal de trabalho articulado podendo conter ferramentas de trabalho, como garras hidráulicas; cabine com elevação hidráulica ou fixa, com porta de abertura deslizante, sistema elétrico 24V.
8426.49.90 Ex 079 – Manipuladores hidráulicos para movimentação de materiais, autopropulsados, montados em pórtico sobre esteiras, permitindo a circulação de veículos de grande porte sob pórtico, área de passagem com largura útil igual a 3.650mm, e altura útil igual a 5.000mm, com implemento frontal articulado (braço e lança), alcance horizontal máximo igual a 20,5m, acionados por motor diesel com potência entre 245 e 285kW, peso total entre 88.500 e 119.700kg.
8427.20.90 Ex 237 – Veículos-plataformas de elevação para trabalhos aéreos, tipo tesoura, com plataforma elevatória de dimensões igual ou superior a 1.800 x 3.200mm, autopropulsados sobre rodas, articulados, acionados por motor diesel, de potência igual ou superior a 96kW e velocidade de giro igual ou superior a 2.200rpm, capacidade máxima de carga igual ou superior a 3.000kg, altura máxima de elevação da plataforma igual ou superior a 3.500mm, equipados com escada para fácil acesso à plataforma.
8428.39.90 Ex 237 – Sistemas de carga e descarga automáticos, de chapas metálicas, incorporados a máquina de corte a laser, no formato máximo de chapas de 3.000 x 1.500mm, com capacidade máxima de carregamento e descarregamento na mesa de corte de até 900kg, com manipulador de carga e descarga automático, máximo peso de carga dos paletes de peças acabadas de até 3.000kg e interface de conexão com a máquina.
8428.39.90 Ex 238 – Sistemas de rastreamento solar para painel fotovoltaico, ampla faixa rotacional de 120 graus (+/-60 graus) em relação ao seu eixo, estrutura metálica de aço galvanizado, taxa de cobertura do solo (GCR) maior que 50%, 2 módulos verticais ou 4 módulos horizontais, comprimento por rastreador 120m/400ft, largura por rastreador 4m/13ft, área de módulo por rastreador de até 480m² (4 x 120m) possibilitando um menor número de estacas para fundação, estrutura condizente para a utilização de módulo bifaciais, design e conceito estrutural capazes de permitirem travamento automático em qualquer estaca e em qualquer posição por rastreador, acionamento independente dos rastreadores sem estrutura metálica de interligação permitindo livre passagem entre os mesmos,
componentes pré-montados, instalação compatível para terreno com inclinação máxima de 10 graus de norte para sul e de 10 graus de leste para oeste, capazes de suportar velocidades de vento acima de 160mph (3s de rajada), comunicação sem fio, nenhum cabeamento para o controlador, motor de acionamento em 24Vdc (corrente contínua) com sistema autoalimentado através de um painel fotovoltaico dedicado, faixa de temperatura em operação de -25 a +60 Graus Celsius, sistema de “backtracking” (controle e acionamento automático para ajustar os ângulos de inclinação, de modo que um rastreador não faça sombra em outro rastreador, melhorando a performance da usina), sensores e sistema de controle astronômico com GPS, comunicação “ZigBee”, sistema de backup individual para cada rastreador garantindo segurança e confiabilidade de todo o sistema, posição de repouso 9° e retrocesso automático.
8428.39.90 Ex 239 – Combinações de máquinas automáticas para triagem, transporte e preparação de paletes de garrafas de vidro e etiquetagem de paletes, controlados por “softwares” especialmente desenvolvidos e integrados em controlador lógico programável (CLP), compostas de: 4 sistemas de transportadores com capacidade de 1.000garrafas/min, com diâmetro das garrafas até 120mm, e altura até 350mm e 1 sistema de paletização com formação de camadas, com velocidade de até 4camadas/min, dotado de braços giratórios com cabeçote universal de pega, transporte e acomodação das camadas para transferência dos paletes, separadores, molduras de reforço e arranjos de camadas de garrafas.
8428.90.90 Ex 594 – Máquinas hidráulicas, injetoras de plástico, Hibridas, com força máxima de fixação do molde 29.419kn, força de abertura do molde 2.353kn, velocidade de fechamento do molde mínima de 2m/min e máxima de 45m/min, velocidade de abertura do molde mínima de 2m/min e máxima de 45m/min, tamanho da placa 2.550 x 2.500(HxV), espaço livre entre barras 2.050 x 1.900(HxV), deslocamento máximo do fixador 3.200mm, altura de molde mínimo de 1.000 e máximo 1.900mm, força do ejetor hidráulico do molde 490kn, deslocamento 400mm, velocidade de avanço 4,7m/mim, velocidade de retração 7,7m/mim, tamanho do molde máximo 2.500 x 1.890 (H1x V1), tonelagem de fixação 1.290 x 1.290 (h2xV2), peso do molde 45t, volume de injeção de 13.200cm³, pressão máxima de injeção 177MPA, velocidade de injeção 76mm/s, taxa de injeção 1.350cm³/s, potência de injeção 239KW, diâmetro do parafuso 150mm, deslocamento do parafuso de 750mm, velocidade do parafuso mínima de 55rpm e máxima de 110rpm, distância do bico 30mm, força de toque do bico 59kN, fonte de energia 440V, 60Hz, com PLC e tela LCD “touchscreen”, com USB.
8428.90.90 Ex 595 – Máquinas elétricas, automáticas, trocadoras de moldes para colocações, movimentações, remoções e trocas de moldes para máquinas injetoras de plásticos, quantidade de moldes 2, tamanho dos moldes carregáveis min 1.250 x 500 x 1.000mm e máx. 1.250 x 1.100 x 1.000mm (C x L x A), altura máxima das mesas de moldes 1.020mm, peso máximo do molde 10,5t, velocidade máxima de movimento do molde 10m/mim, um motor trifásico para trocador de molde (1,5kW, 440V – AC), 4 motores trifásicos para movimentação rolante propulsor de (0,75kW, 440V – AC), tamanho do trocador 3.050 x 1.450 x 795mm (C x L x A), peso máximo do molde 10,5t, com 12 sensores de proximidades, tamanho da ponte 3.000 x 800 x 1.020mm (C X L x A), movimentação engrenadas com freios, diâmetros dos rolos de transportes do moldes diâmetro de 100mm, com funções de travas por cilindros de ar, cilindros de ar anti-queda, giroflex com sirene de anormalidade, com painel de controle PLC para mesa trocadora de molde, monitores de tela de toque de controles, rolos motrizes por inversores sincronizados com as máquinas injetoras mantendo interface entre eles.
8428.90.90 Ex 596 – Equipamentos de gerenciamento de amostras, utilizados em laboratórios de bioquímica e imunologia, dotados de um braço robótico de 360 graus com garra para transporte de tubos de amostra, velocidade de até 200tubos de amostra/h, acompanhados de leitor de código de barras, unidade de processamento, monitor de 22 polegadas com tela sensível ao toque, “trackball” e teclado, capacidade de até 208 tubos de amostra, 4 gavetas padrão para até 50 tubos e 1 gaveta para priorização de até 8 tubos, permitindo a integração e gerenciamento de até 3 analisadores de bioquímica e imunologia, podendo ou não conter roda de interface com 12 posições.
8428.90.90 Ex 597 – Máquinas para empilhamento automático de chapas de papelão ondulado, com velocidade máxima igual ou inferior a 400m/min, largura máxima de trabalho igual ou inferior a 3.350mm, para formação de 3 ou menos pilhas, capazes de serem integradas em linha de produção de chapas de papelão ondulado.
8428.90.90 Ex 599 – Máquinas de transporte orientado de pilhas de embalagem cartonada aberta para uso em indústria alimentícia denominada “blanks” com capacidade mínima de entrada de 1 fila de pilhas a cada 12s, dotadas de: 4 transportadores de correia com estrutura e teto, 1 transportador de correia consistindo de uma estação de transferência angular equipada com dispositivo de giro estável de 90 graus, 2 transportadores de correia para deslocamento de pilha de “blanks” em fila singular, 1 estação de transferência contendo um sistema de prendedor mecânico montada em trilhos para transferir a pilha para a próxima estação alimentadora, com ou sem carrinho para transporte automático dotado de um transportador de correia reversível controlado por frequência.
8429.51.99 Ex 037 – Pás-carregadeiras, autopropulsadas sobre rodas, transmissão automática, equipadas com motor diesel, potência nominal de 294kW (394HP) a 2.100rpm SAE j1995, peso operacional de 31.125kg, carga de tombamento de 21.210kg, caçamba dianteira com capacidade compreendida entre 4,5 e 5,4m³ , e velocidade máxima de 36km/h.
8431.39.00 Ex 024 – Polias tipo motriz, com dupla pista externa de frenagem, para acionamento de freios de serviço e emergência, para sistema teleférico tipo vai-e-vem, com gorne para cabos de tração de diâmetro de 24mm e guarnição em material especial com alto coeficiente de atrito (becorit ou tecnorex), incorporadas com sistema de segurança de frenagem por elemento centrífugo, com duplo isolamento por material plástico especial interno, dotado de sistema de recuperação integrada, e conjunto eixo/acoplamento com fixação cônica/estriada, para movimentação de cabines de transporte para 65 passageiros, de acordo com as normas EN 13796-1, EN 13796-1 E ABNT NBR 16335.
8431.41.00 Ex 010 – Garras para movimentação de sucata metálica, rotação de 360 graus, capacidade de 0,4 a 5m³ em formato de casca de laranja, contendo 4 ou 5 pinças substituíveis acionadas por cilindros hidráulicos com pressão de trabalho de até 5.000psi, canais hidráulicos internos de retorno, usinados na camisa externa, dispensa a utilização de mangueiras.
8432.39.10 Ex 007 – Máquinas de arrasto para distribuição de produtos granulados por meio de hastes sulcadoras, com tanque central bipartido de poliuretano com capacidade de 12.000L, unidade dosadora com captação do produto granulado a vácuo, contendo sistema de taxa variável, equipados com discos de corte para corte da palhada, rodas metálicas na parte posterior para quebrar torrões do solo, largura de trabalho de 10,96m, hastes sulcadoras com espaçamento de 45cm, dotado de eixos com rodas metálicas na parte posterior e comprimento total de 11,64m.
8432.39.90 Ex 003 – Plantadeiras de tubérculos por meio de correias de copos plásticos de diferentes tamanhos, com 6 e/ou 8 elementos de plantio simultâneos, com espaçamento entre plantas de 75, 80, 85 ou 90cm, capacidade de reservatório para sementes de 5.000 e/ou 6.000kg, controle por módulo eletrônico MDA e monitor VC50/CCI50.
8432.39.90 Ex 004 – Plantadeiras de tubérculos por meio de correias de copos plásticos de diferentes tamanhos, com 4 elementos de plantio simultâneos, com espaçamento entre plantas de 75, 80, 85 ou 90cm, capacidade de reservatório para sementes de 3.000kg, com controle por módulo eletrônico MDA e monitor VC50/CCI50.
8432.80.00 Ex 026 – Máquinas extratoras de plantas, automáticas, com capacidade de extrair até 500bandejas/h, com bandejas de dimensões mínimas de 650 x 400mm e máxima de 750 x 500mm com altura máxima da bandeja de 100mm, funcionando conectada a um compressor de 75L/min e através de um cilindro pneumático que permite a descida e subida de uma placa com pinos extratores, que se adaptam a vários tipos de bandeja, permitindo regulação de altura para inserção dos pinos, podendo adaptar o equipamento a diferentes tipos de planta e cultivos.
8432.80.00 Ex 027 – Equipamentos revolvedores de leiras de compostos orgânicos (compostagem) ou minerais para uso agrícola ou industrial, autopropulsados, com motor à diesel igual ou superior a 80HP, mas igual ou inferior a 630HP, com sistema de tração composto por 2 rodas motrizes ou 4 rodas motrizes ou esteira metálicas, dotados de: cabine de operação, tambor de revolvimento com diâmetro igual ou superior a 0,7112m, mas igual ou inferior a 1,6764m acionados por correia, túnel de revolvimento com largura na base igual ou superior a 2,4338m, mas igual ou inferior a 8,2296m e com altura no centro igual ou superior a 1,2192m, mas igual ou inferior a 3,3528m.
8433.40.00 Ex 044 – Enfardadeiras de fardos retangulares tracionadas de forma central em uma linha reta com o trator, para recolher e enfardar o feno ou a forragem no campo, com tamanho de câmara para formação dos fardos com altura compreendida entre 350 e 410mm e largura compreendida entre 455 e 565mm, comprimento do fardo que varia de 305 a 1.321mm, recolhedor de palha com largura compreendida entre 2.260 e 2.320mm, sistema de amarração com 2 ou 3 atadores, com câmara de pré-compressão dos fardos, capacidade de 6 ou 10 rolos de fios de sisal ou polipropileno para abastecer os atadores, compressão da câmara de fardos por molas ou hidráulico e medidor de pré-ajuste da densidade do fardo.
8433.40.00 Ex 045 – Enfardadeiras de palha ou forragem, não auto propelidas, tracionadas por trator, para formação de fardos cilíndricos grandes, com sistema de alimentação (recolhedor) na versão de 200cm de largura ou na versão de 240cm de largura, com câmara de prensagem com largura de 1,23m e com diâmetro de fardo variável entre 0,9 e 1,60m ou entre 0,9 e 1,80m com possibilidade de fazer densidade de fardo variável podendo ter uma densidade no núcleo e outra nas extremidades do fardo, equipadas com controlador eletrônico e tela gráfica, recolhedor com levantamento hidráulico e rolo frontal para uniformização da altura de leira de forragem, com repicador de 13 a 25 facas com proteção hidráulica contra objetos estranhos, sistema de desbloqueio hidráulico de forragem e corpos estranhos controlado do trator, 4 correias de borracha que formam a câmara de enfardamento, sistema de lubrificação automática e sistema de fechamento do fardo por amarração com rede e/ou tecnologia filme sobre filme que se utiliza de filme plástico na câmara de prensagem para conter o fardo de material úmido.
8433.40.00 Ex 046 – Prensas hidráulicas de fosso para fardos de algodão, capacidade máxima de produção de 75fardos/h, tipo 54 x 20 polegadas tamanho universal, cilindros hidráulicos com pistão primário de prensagem de 16 polegadas com sensor linear, pistão secundário de 12 polegadas, empurrador de 2,5 polegadas com transdutor linear, calcador de 5 polegadas com transdutor linear, sistema hidráulico com 6 conjuntos de bombeamento, válvulas elétricas com alimentação 24VDC, sistema de manejo de fardos com carrinho automático, plataforma de serviço com balança digital, ensacadeira, mesa de controle central CCM com tela de cristal líquido e controle principal.
8434.20.90 Ex 025 – Equipamentos agitadores verticais inclinados, utilizados na fabricação de queijo parmesão, dotados de hélice para mistura e aquecimento e com cortador de coalhada, equipados com motor elétrico de 0,75kW de potência e até 1.430rpm, com estrutura em aço inox.
8434.20.90 Ex 026 – Máquinas de fabricação contínua de manteiga com capacidade de produção 1.500kg/h, potência de 40kW, projetadas para produzir manteiga a partir de creme de leite, composta por 3 módulos, sendo seção de agitação construída em aço inoxidável com unidade de agitação por fricção térmica e um cilindro multiflexo com camisa dupla para circulação de água, canhão construído em aço inoxidável com unidade de separação de soro com dispositivo auto purificador e unidade de decantação de soro, seção de vácuo que é obtida por uma bomba de vácuo ou sistema de vácuo centralizado.
8436.10.00 Ex 051 – Combinações de máquinas para texturização e corte de alimentos para cães e gatos, com capacidade de produção igual ou maior a 375kg/h e menor ou igual a 1.500kg/h, compostas de: texturizador de alimentos dotado de difusor de fluxo de alta pressão, 5 válvulas borboletas para controle do fluxo a ser processado, 5 tubos de entrada de vapor com transmissores de pressão e temperatura, 5 válvulas de descarga para limpeza automática, 5 motoredutores, 5 inversores de frequência, 5 roscas com diâmetro de 100mm fabricados em aço AISI 316, 5 carros para suporte e limpeza das roscas, 5 sistemas de derivação para produtos não cozidos, sistema de purga para o vapor condensado, interface homem máquina (IHM), plataforma em aço inoxidável, para facilitar a remoção das roscas; Máquina para corte de alimentos composta por: suporte para o sistema de facas, 2 facas para separar o produto na direção axial, sistema de corte em tesoura para corte em seções transversais; painel elétrico e sistema de controle, com controlador lógico programável (CLP).
8437.10.00 Ex 013 – Máquinas de classificação para produtos agrícolas secos, cereais, oleaginosas, leguminosas e gramíneas, em até 4 tamanhos através de peneiras planas, com capacidade de produção de até 20t/h, com entrada de produto regulada por meio de rolo alimentador; acionamento da máquina por motorredutores; com sistema de limpeza das peneiras com esferas de borracha e “redler” (raspador); quadros das peneiras em material metálico.
8437.80.10 Ex 013 – Moedores elétricos específicos para café expresso com padronização para monodose e dupla dose dotados de moedor com bloqueio constante, engrenagem rápida (moe uma dose com menos de 1,5s) e ajustável, com tela sensível ao toque (display touch), sistema mãos livres para moer o café com trava automática regulável, sistema silencioso, serviço ante entupimento, voltagem de 220V, potência de 500W, capacidade do funil 1.600g.
8437.80.10 Ex 014 – Moedores elétricos específicos para café expresso com padronização para monodose e dupla dose dotados de moedor com bloqueio constante, engrenagem rápida (moe uma dose com menos de 1s) e ajustável, lâminas de titânio, sistema de resfriamento do motor, possui tela sensível ao toque (display touch), sistema mãos livres para moer o café com trava automática regulável, sistema silencioso, serviço ante entupimento, voltagem 220V, potência 740W, capacidade do funil 1.600g.
8438.10.00 Ex 234 – Divisoras volumétricas de massa de panificação, de 4 pistões com operação através de painel sensível ao toque, ajuste de peso por servomotor, preparada para correção automática de peso por checador de peso, com depósito de resíduo de óleo, acionada por inversor de frequência, com produção de 2.000 a 6.000pães/h e para massa de 200 a 1.000g.
8438.10.00 Ex 235 – Máquinas porcionadoras de massa de pães, bolos e recheios, peso de porções igual ou superior a 5g, com capacidade nominal de 2.000 a 15.000kg/h, com funil de alimentação de até 350L, com sistema de corte sincronizado, com esteira e com painel de controle de operações.
8438.10.00 Ex 236 – Combinações de máquinas modulares, para produção de chocolates do tipo moldados, disposição horizontal por circuito plano tipo pista, velocidade de operar 10moldes/min, capacidade de produção de 200 a 1.000kg/h (de acordo tipo do produto fabricado), tempo de troca máximo de 30min/módulo, utilização de moldes empilháveis, conjunto de empurradores em cada módulo, para movimentação dos moldes, compostas de: módulos vazios de 1,5 e 3m; 3 módulos depositadores de chocolate ou recheio extraíveis para troca rápida (coquilha), bloco com capacidade para até 288 pistões com 8mm de diâmetro, cada módulo com 1 robô integrado com 6 graus de liberdade ; robô paletizador para moldes, 4 graus de liberdade, capacidade para retirada de até 12moldes/min e alimentação de até 10moldes/min; conjunto de vibradores horizontais e verticais para coquilha; sistema “coolcore” com placa para formação de coquilha, com temperatura de -25 Graus Celsius; aquecedor de moldes por infravermelho; aplicador de inclusões de
1 a 5mm sobre o molde; 3 armários de refrigeração: 1 para solidificação da coquilha, 1 para solidificação do recheio, com capacidade cada de até 60 moldes empilhados, e 1 armário principal com capacidade de até 360 moldes com temperatura controlada de 10 Graus Celsius a 16 Graus Celsius através de serpentinas alimentadas com água gelada a 2 Graus Celsius); 1 sistema de acúmulo (“buffer”) com capacidade de até 120 moldes de produto cristalizado (solidificado) e velocidade de retorno na linha de até 12moldes/min; transportadores de transferência; rolos raspadores para limpar a superfície dos moldes; estrutura do equipamento em material aço inoxidável 304; painel geral com sistema de controle centralizado para todos os módulos; 1 controlador CLP com sistema de segurança em cada módulo; 2 painéis com operação “IHM” com tela de 10 polegadas para operação e controle das máquinas, alimentação elétrica 380V/60Hz, alimentação pneumática 6bar, alimentação de água gelada 2 Graus Celsius e 6 Graus Celsius e água quente 45 Graus Celsius.
8438.10.00 Ex 237 – Combinações de máquinas para fabricação de massas de pães com peso máximo de 130g, e capacidade de produção de 9.000unidades/h, compostas de: alimentador de amassados, tipo: tremonha, dotada de sensores de nível de massa; esteira transportadora de amassados para alimentação automática das linhas, com seção auto tombadora; estação divisora de massas no formato circular com saída em 6 linhas de distribuição; estação boleadora em 6 linhas de distribuição; estação de alinhamento automático de massas no formato circular; enfarinhador de massas; estação de moldagem de massas; estação de pulverização de massas; estação dosadora de sementes nas massas; estação de agrupamento de massas; estação de carregamento de massas em bandejas; estação de saída (descarregamento de bandejas com massas); com esteiras transportadoras e painéis elétricos com controlador lógico programável (CLP).
8438.10.00 Ex 238 – Divisoras de massa com sistema de divisão por meio de sistema hidráulico para trabalho de 2 turnos, câmara de divisão construída em material antiaderente de alta precisão dispensando uso de óleo lubrificante, capacidade produção 3.000peças/h de massas diretas, sistema ”no stress”, por meio de movimentos precisos dos pistões que permitem peso da massa preciso, não agredindo a massa.
8438.20.19 Ex 088 – Combinações de máquinas para a produção continua de balas de gelatina, amido e pectina com capacidade de produção igual ou inferior a 4.800kg/h compostas de: sistema traxnsportador de bandejas, empilhador e desempilhador automáticos de bandejas para formação de 3 pilhas de bandejas cada um, ambos com altura de empilhamento de até 2.560mm, máximo de 50bandejas/pilha, separador de produto e amido com 2 tambores rotativos de peneiramento de produto, sistema de peneiramento e enchimento de amido nas bandejas, estação de carimbo/estampagem, 7 placas de carimbos tipo “Airflow”, sistema de visão para moldes com inspeção ótica de cavidades impressas, sistemas para inserção e extração automáticos de bandejas, 2 estações depositadoras de goma de gelatina e amido com até 6 cores simultâneas de camada única com 840pistões/cada, estação depositadora de gomas recheadas com gelatina, pectina, etc, com 600 pistões,.
sistema de aspiração de pó de amido em suspensão composto por filtros tipo “jet cleaning” e ventilador integrado com capacidade de filtração aproximada 6.000 m³/h, silo pulmão para balanceamento e reabastecimento do nível de amido no sistema, com célula de carga e volume aproximado de 2,5m³, sistema aplicador de óleo, sistema aplicador de açúcar, esteiras transportadoras entre linha “Mogul” e os sistemas de oleamento e açucaramento, conjunto de 25 roscas transportadoras de amido, suporte para movimentação lateral dos 3 depositores para lavagem que inclui um recipiente de lavagem com bomba de circulação para coletar a água da lavagem, 10 pallets metálicos transportadores de bandejas e painéis elétricos de controle CLP (controlador lógico programável)
8438.20.19 Ex 089 – Combinações de máquinas para corte e embalagem em sachê de doces do tipo “regaliz”, compostas de: embaladora horizontal automática continua de duplo cabeçote de selagem de 500mm de largura cada uma, com múltiplas esteiras para formação, preenchimento e selagem para embalar produtos de várias formas em diferentes configurações em sachês selados nas 4 laterais ao final da linha de produção, esteiras de transporte do produto pela linha de produção, guilhotina de 1.200mm de largura com capacidade de corte de até 350golpes/min, sistema de esteiras para desvio da produção e painel elétrico de controle.
8438.20.19 Ex 090 – Máquinas automáticas para a fabricação de barras de chocolates acopladas a biscoitos “chocobiscuit”, dimensões 56,5 x 41,5 x 9mm, com transportadores de moldes, (dimensão dos moldes 1.000 x 350 x 35mm), unidade de aquecimento por fluxo de ar, temperadeira de chocolate de fluxo variável de 100 a 1.000kg/h, cabeçote depositador com sensor de temperatura, unidade vibratória, depositador rotativo de biscoito, módulo de resfriamento, desmoldador automático, painel de comando com controlador logico programável (PLC), com capacidade de produção igual ou superior a 2.100produtos/min.
8438.20.19 Ex 091 – Combinações de máquinas automáticas para cozimento de massas de açúcar, glucose, gelatina, amido ou pectina utilizadas na fabricação de balas de goma com capacidade de até 5.000kg/h, compostas de: bomba de alimentação, 2 sistemas de dissolução de açúcar por troca térmica com válvula de contrapressão, câmara de vácuo para resfriamento, retirada de gases e redução de água com bomba de extração de massa e tanque de suprimento encamisado de 2.000L, sistema de dosagem e mistura gravimétrica automático de aromas, corantes, ácido e dióxido de titânio, para preparação de massa com 6 cores e aromas diferentes, com 6 tanques de pesagem de massa básica de 50L com misturador,
6 sistemas de pesagem de aromas e corantes, cada um com 2 taques de 15L e 2 tanques de 5L, 6 tanques com sistema de agitação para líquidos de fácil sedimentação, um tanque para preparo de ácido com capacidade de 180L, um tanque para preparo de dióxido de titânio de 180L, unidade de aquecimento de água, circuitos CIP de limpeza com bomba, tanques e tubulações para lavagem dos equipamentos e tubulações de transporte de produtos, controles de processos, unidade de ar condicionado para painel de controle (CLP) e painel elétrico de controle (CLP).
8438.50.00 Ex 360 – Máquinas de moer produtos cárneos, dispondo de desnervador na saída do material processado, corte por meio de lâmina auto-afiadora de aço inox, capacidade máxima de produção igual ou superior a 1.800kg/h.
8438.60.00 Ex 020 – Combinações de máquinas, semiautomática, com operação sequencial, tipo modular, como linha de máquinas destinadas a misturar azeitonas com porções de especiarias e óleo (misturador), compreendendo, virador de bombona com azeitonas de operação manual e capacidade até 300kg para alimentar a linha interligado apenas mecanicamente; e demais máquinas interligadas mecânica e eletronicamente, com controlador lógico programável (CLP) tela de toque, compostas de: tanque de inundação (tremonha) com capacidade até 1.500L ou 900kg dotadas de elevador com compartimentos (cubetas) e bomba manual de evacuação de excesso líquido; dispensador/dosador (tremonha) do produto principal, correia de inspeção (transportadora) de velocidade controlada com carril dispensador de impurezas, dispensador/dosador de especiarias secas de reposição sendo bandeja vibratória eletromagnética com tremonha de alimentação de 20L, dispensador/dosador de azeite com bocais e temporizador; tambor misturador dos produtos dosados (homogêneo), capacidade de produção até 2.000kg/h, 3kW (potência elétrica), 5 1N/min (consumo de ar comprimido).
8438.80.90 Ex 101 – Moinhos construídos em aço inox sanitário, encamisado para refrigeração da massa e do rolamento, com sistema de moagem por conjunto de rotores, capacidade de 1.820 a 2.725kg/h, ajuste de micragem na moagem, selos de tungstênio que suportam temperatura maior ou igual a 230 Graus Celsius, acoplados em motor elétrico, utilizados para fabricação de lubrificantes “Food Grade” e moagem de graxas altamente fibrosas com alta viscosidade dinâmica.
8438.80.90 Ex 102 – Combinações de máquinas para fabricação de queijo processado tipo americano, com capacidade de produção de até 2.000kg/h, com controlador lógico programável (CLP), compostas de: moedor/extrusor para blocos de queijo com esteira de alimentação mecânica; misturador de ingredientes com sistema de roscas duplas e rotação variável, com elevador de trólei para alimentação; tanque de fusão (cooker) por injeção direta de vapor de até 90 Graus Celsius, com sistema de roscas duplas e rotação variável com elevador trólei para alimentação e 7 tróleis especiais; tanque funil de estabilização com bomba de transferência com filtro duplo com duas válvulas de três vias; laminador e fatiador com tanque intermediário com bomba de alimentação; dispositivo para aplicação de lecitina com geração de ar quente e pressurização; cortador de blocos com esteira e curva de 90 graus e empilhador, cortador e separador.
8438.90.00 Ex 003 – Combinações de máquinas para manipulação das placas de “wafer”, corte, separação, posicionamento e aplicação em moldes para chocolates do tipo moldados, capacidade de alimentar “wafers” na velocidade de 10moldes/min e capacidade máxima de até 288 “fingers” por molde (2.880″fingers”/min), variando de acordo as dimensões do produto, capacidade de operar moldes com dimensões de 360 x 900mm, placas de “wafer” com dimensões de 300 a 380mm (largura) x 472 a 630mm (comprimento) x 5 a 20mm (espessura),
podendo conter 2, 3, 4 ou 5 camadas de wafer/placa, tamanho do “finger” com dimensões de 9 a 40mm (largura) x 20 a 200mm (comprimento) x 5 a 20mm (espessura), compostas de: esteira de alimentação, capazes de alimentar “wafers” em pilhas de 1 até 17 placas na esteira de entrada, podendo conter até 4 pilhas de placas, capacidade máxima de 68 placas; sistema de empilhamento, capaz de mover por sucção as placas de “wafer” para o “magazine”, capacidade de armazenar até 47 placas de “wafer”, descida das placas através de guias laterais do empilhador; estação de corte 1 (longitudinal), compostas de empurrador e 1 conjunto de facas (lâminas)
para corte preciso da placa de wafer em tiras, com largura entre 9 e 40mm a depender do tipo do produto; estação de corte 2 (transversal), composta por 1 empurrador e 1 conjunto de facas (lâminas) para corte das tiras de “wafer” em “fingers” (pedaços de “wafer”), com tamanho final entre 20 a 200mm a depender do tipo do produto; módulos de separação No.1 e No.2, composto por mesas separadoras com tiras planas de metal com mesma largura dos “fingers”, separação de cada tira com espaço específico, canais internos com sistema a vácuo e espaçamento entre colunas de “fingers”; robôs aplicadores No.1 e No.2; sendo um robô de movimentação em 6 eixos, contendo 1 garra manipuladora dos “fingers”, capacidade de transportar todos os “wafers” de 1 molde, completar todas as cavidades do molde, em 1 único ciclo;
transportador de coleta de resíduos, composto por calhas e transportador de resíduos das estações de corte até um saco coletor; com estrutura do equipamento em material aço inoxidável 304; contém painéis elétricos acoplados, com controladores por CLP com operação “IHM” dedicada, com sistema de segurança de intertravamentos controlados por CLP; 100% de enclausuramento por portas de policarbonato; troca de moldes e formatos em menos de 60min; alimentação elétrica 380V/60Hz, alimentação pneumática 6bar.
8439.30.30 Ex 004 – Combinações de máquinas para fabricação de chapas de papelão ondulado com largura de máxima trabalho de até 2.800mm e velocidade máxima operacional de até 250m/min, para cortar, vincar e empilhar chapas de papelão ondulado, compostas de: 3 porta-bobinas duplos, dotados de cones hidráulicos e frenagem a disco com controle de tensão pneumático, com emendadores automáticos de papel, diâmetro máximo recomendável das bobinas de 1.500mm; 3 secadores industriais “Pre-heater” para pré-aquecimento do papelão; cabeçote ondulador tipo troca rápida, automático, “Vacum Single Facer” controlado por inversores e PLC, comando em tela “touchscreen”, dotado de rolos corrugadores revestidos com carbeto de tungstênio
e sistema de vácuo com silenciador; mesa secadora e tração com sistema a vapor e mesas quentes para finalizar a colagem com 15 módulos e comando de operação sensível ao toque, cortadeira por facão rotativo “cut-off” dotada de comando computadorizado de corte e sistema de operação e gerenciamento por tela sensível ao toque, 1 vincadeira-cotadeira longitudinal automática “slitter-scorer” com ajustes e posicionamento automáticos e independentes para cada ferramenta e sistema de corte limpo “disc-cut”, empilhador “stacker”, controles lógicos programáveis (CLP), comandos individuais e gerais.
8441.10.90 Ex 106 – Máquinas cortadeiras, para cortar papel ou cartão em diferentes formatos e dimensões, para cortes de copos de polipapel de 90 a 960cm³, com velocidade máxima de operação de até 300golpes/min, dotadas de alimentador automático com alça bobinas hidráulico e freio magnético, para bobina de até 850mm, com velocidade de desbobinamento controlada, unidade de saída automática e controlador lógico programável(CLP).
8441.30.90 Ex 076 – Máquinas multifuncionais para aplicação de dobra e cola em folhas de papel e cartão, previamente cortadas e vincadas, podendo contar com dispositivos complementares de acabamento e inserção e destinada à produção de pastas, envelopes, caixas simples, capas, entre outros produtos, com velocidade máxima igual ou superior a 120m/min e formato máximo do material a ser alimentado igual ou superior a 450 x 600mm.
8441.30.90 Ex 078 – Máquinas automáticas para formação e selagem de embalagens pré-formadas (sleeves) a partir de cartões impressos revestidos de polietileno, estratificados com alumínio, previamente cortados e vincados, com disposição linear para realização de operações sequenciais e contínuas de pré-alimentação e alimentação, pré-formação, alinhamento, desbaste de espessura de aba (borda) do cartão, ativação por jato de ar quente com pré-ativação ou não, formação final, rotação, transporte de estocagem à acumulação para saída das embalagens pré-formadas “sleeves”, com velocidade de produção ajustável de 150 a 750m/min, dispondo ou não de unidade servo-controlada com sensor laser de contagem para descarga orientada em caixas, com controlador lógico programável (CLP).
8441.80.00 Ex 108 – Troqueladoras de alta precisão, para corte de rótulos regulares e irregulares de papel, papel cartão, filmes e material para IML, a partir de bobinas pré-impressas, com sistema automático de registro, transmissão servoacionadas, dotadas de unidade de desbobinamento, alinhador de banda, unidade de corte de alta precisão, esteira de saída e/ ou empilhador com contador pré-programável, com ou sem unidade de gofragem, com ou sem sistema de vídeo inspeção, largura máxima entre 330 e 680mm, velocidade máxima mecânica de até 200m/min.
8441.80.00 Ex 109 – Máquinas para acabamento de rótulos e etiquetas pré-impressas, a serem utilizadas na fabricação de produtos tipo ECL (tipo bula) e afins, operando a partir de bobinas, contendo 2 unidades de desbobinamento, 2 estações de corte (die cut), 1 unidade de alimentação das bulas, 1 unidade de laminação, 1 unidade de saída e 1 unidade de rebobinamento do material já processado, interface homem-máquina (IHM), largura máxima de bobina de 440mm, comprimento máximo de corte de 635mm, velocidade máxima igual ou superior a 60m/min.
8442.30.90 Ex 033 – Máquinas para montagem de clichês flexográficos em camisas de largura máxima de 1.380mm, através da leitura de marcas de registro, micropontos ou cruzes com câmeras de alta resolução e centralização automática do clichê; desenvolvimento (repetição de impressão) igual ou superior a 240mm mas inferior ou igual a 1.250mm; precisão de montagem de +/-0,02mm; gerenciada por computador com “software” dedicado.
8442.30.90 Ex 034 – Máquinas para gravação de cilindros por meio de tecnologia LED “blue-ray” para cilindros com tamanho superior a 2.200mm incluindo este limite, com circunferência superior a 640mm incluindo este limite, para serigrafia rotativa têxtil a laser com resolução de gravação de 720Dpi, potência 2,5kW, podendo conter equipamentos auxiliares de colagem, secagem, acabamento, limpeza e unidade de processamento de dados.
8442.30.90 Ex 035 – Máquinas gravadoras de cilindros de rotogravura por processo eletromecânico, para cilindros de circunferência de 350 até 1.200mm, com capacidade para cilindros de até 500kg.
8443.19.90 Ex 158 – Máquinas automáticas rotativas para impressão “Dry Offset” de tampas plásticas em 3 cores, com capacidade máxima de impressão igual ou superior a 1.500tampas/min, dotadas de: estação de operação com interface homem máquina (IHM) e painel de controle, alimentador de tampas, 2 cabeças de estações de cor, conjunto flamejador para pré-tratamento de tampas, estação de tratamento de cura através de lâmpada ultravioleta e conjunto de desmontagem.
8443.19.90 Ex 159 – Máquinas para impressão de provas em rotogravura, para produção de provas com 3.500mm de comprimento, com controlador lógico programável (CLP), utilizando cilindros gravados em rotogravura com largura de face máxima de 1.250mm; dotadas de controle de registro de impressão.
8443.39.10 Ex 346 – Máquinas de impressão digital com cura UV; com área máxima de impressão de 1,6 x 1m; com espessura máxima de mídia de 70mm; para tinta de cura UV; com 2 ou mais cabeças de impressão, sendo cada cabeça de impressão com 384 “nozzles” com gota variável com tamanho mínimo da gota entre 3 e 3,5pl; permitindo a impressão de placas de poliestireno “PSAI” com 2mm de espessura para em seguida passar o poliestireno impresso por equipamento de termo deformação “vacuum forming” produzindo peças de poliestireno que possam superar 15cm de altura.
8443.91.99 Ex 084 – Rolos de impressão cobertos de borracha para transferência da tinta para a lata de alumínio, cor azul (Hypalon), alta resistência a abrasão e temperaturas de até 148,9 Graus Celsius (300°F) e produtos químicos, para máquinas de impressão de latas.
8445.40.29 Ex 007 – Máquinas bobinadoras não automáticas de filamentos têxteis, com velocidade máxima de bobinado igual ou superior a 1.000m/min (dependendo do fio), com enrolamento digital ou de precisão, entre 6 e 60 fusos.
8445.90.10 Ex 007 – Máquinas urdideiras diretas para enrolamento de fios, para rolos com largura útil de flanges de 1.800mm e diâmetro de 1.000mm, velocidade máxima de trabalho de 1.200m/min, gaiola de fios em “V” para 720 posições
8445.90.90 Ex 029 – Máquinas têxteis automáticas para engomar fios, com velocidade customizada podendo chegar a até 140m/min, equipadas com PLC (Controlador Lógico Programável) e IHM (Interface Homem Máquina), dotadas de: 1 gaiola para 16 rolos, 1 desenrolador para rolo individual, 2 caixas de goma, 1 secador com 14 cilindros de secagem, sistema de pós-enceragem, cabeceira com controle de tensão de enrolamento do fio nos rolos de teares e cozinha completa para preparação de goma composta por cozinhador e 2 tanques de armazenagem.
8447.90.90 Ex 004 – Máquinas automáticas para inserir tufos de fios em manta, utilizadas na produção de carpetes tipo “pelo cortado – veludo” com altura de fios de 4 a 16mm, com 4m de largura útil, calibre escalonado de 10 agulhas a cada polegada, 1.470 agulhas, dotadas de excêntrica ajustável, velocidade até 1.000rpm e com controle de altura da cama através de relógio de medição e leitura HMI, fixação da cama com sistema hidráulico, barra de agulhas ajustável “needlestroke com mecanismo ST, 2 motores de 15kW e velocidade variável, tela de toque HMI 15 polegadas.
8448.39.99 Ex 001 – Caixas de gomas para máquinas de engomagem de manta de urdidura formada por fios têxteis, com sistema puxador de saída horizontal ou vertical, controladas por um CLP (Controlador Lógico Programável), com aquecimento da goma através de serpentina imersa em reservatório com capacidade de 300L, equipadas com 2 cilindros de imersão e 4 cilindros espremedores anti-flexão, com células de carga para controle do tensionamento da manta, com largura útil de trabalho de 1.800mm e velocidade máxima de 40m/min, dotadas de painel de controle, com ou sem 4 cilindros secadores.
8449.00.10 Ex 001 – Combinações de máquinas para fabricação de feltros agulhados, compostas de: carda lobo com largura de 1.200mm; silo dosador; caixa de alimentação volumétrica; alimentador volumétrico por vibração com esteira de pesagem; dispositivo de pesagem da alimentação da carda; carda com largura de 3m e duplo “doffer” na saída; dispositivo de controle de peso do véu; medidor eletrônico de peso do véu; dobrador de véus com largura de 3m na entrada e largura de 7m na saída; estirador de véus com largura de 7m; esteira de compressão para alimentação de véus com largura de 7m; agulhadeira com largura de 7m e com 2 pranchas de 8.110 agulhas/m cada com movimento de cima para baixo; par de rolos de alimentação da agulhadeira; agulhadeira com largura de 6m e com 2 pranchas de 8.110agulhas/m cada com movimento de baixo para cima; 1 jogo de componentes elétricos composto por painéis de cristal líquido, cabines, painéis de controle, cabos e drives; sistema de controle de processo composto por computador pessoal e 3 monitores.
8451.40.10 Ex 013 – Máquinas modulares e componíveis para executar processos de lavação de tecidos abertos em fibras naturais e sintéticas após tingimento ou estampa tradicional e digital, cada módulo é constituído por um tanque com duplo tambor em forma de estrela, cilindros reguladores da tensão por comando positivo (células de carga), cilindros expansores e unidade espremedora constituída por cilindros emborrachados “foulard”, temperatura máxima de processo 98 Graus Celsius, capacidade por módulo de 5m de tecidos e volume de banho por módulo até 700L, largura da mesa com 20cm a mais da largura do tecido a ser tratado, automação por CLP, central para dosagem produtos auxiliares e controlador/supervisor industrial com monitor e tela táctil.
8454.20.90 Ex 001 – Reservatórios refratários (Cadinhos) de gusa líquido (ferro) com capacidade volumosa de até 350m³, temperatura de trabalho de até 1.450 Graus Celsius, dotados de blocos de carbono/grafite de super alta condutividade, blocos de carbono de alta resistência a erosão e blocos de carbono supermicroporos de resistência a erosão e de alta condutividade térmica.
8454.30.90 Ex 081 – Máquinas para fundir pistões automotivos solidificados, por meio de processo de fundição por gravidade na posição vertical ou horizontal, com capacidade de fundir 2 pistões por ciclos e com descarregador automático e CLP.
8454.30.90 Ex 082 – Equipamentos automáticos para conformação da linha da lingotamento contínuo para aços especiais, com capacidade de produção de 650.000t/ano, com 4 veios de raio de 12m, compostos por: estruturas metálicas em aço; unidade para o lingotamento contínuo composto de placas para adaptação do fundo do distribuidor, medidores do nível de aço líquido no molde, alimentadores de pó de lingotamento cartuchos e tubos dos moldes carcaças porta moldes, seguimentos com rolos e “sprays”, dispositivo para oscilação eletromecânica dos moldes, agitadores eletromagnéticos dos moldes, segmentos dos veios e barras falsas, sistema de resfriamento secundário, agitadores eletromagnéticos finais, carros para regulagem dos agitadores eletromagnéticos finais, túneis de equalização da temperatura, conjunto para extração e endireitamento com quatro módulos por veio,
mesas de rolos intermediários, sistema armazenamento de barra falsa rígida, cabeças da barra falsa, elementos de transição entre a cabeça e o arco principal da barra falsa rígida; unidade de descarga composta por rolos, rebarbadores, mesa de rolos de transferência, réguas para leito de resfriamento; válvulas para controle do leito de resfriamento; unidade para preparação e manutenção dos moldes e segmentos com gabaritos curtos do raio de 12m e sistema para alinhamento de segmentos; unidade de distribuição de Energia com painel de Distribuição de energia para os agitadores eletromagnéticos LV PCC2 (M-EMS e F-EMS), Unidade de Alimentação de energia com painel de controle de fator de potência, alimentador para os agitadores eletromagnéticos do LC; sistema de alimentação ininterrupta de energia (UPS) e sistema de alimentação de motores, unidade de automação de nível com dispositivos de controle e monitoramento.
8455.90.00 Ex 039 – Discos de carbeto de tungstênio e outras ligas de metal duro para laminação a quente de aço, com diâmetro externo igual ou superior a 100mm, com ou sem canais pré-esboçados.
8456.11.11 Ex 018 – Máquinas para corte de chapas metálicas por laser de fibra, com capacidade de corte de chapas com dimensões máximas do material de 3.070 x 1.525mm, capacidade máxima de carregamento da mesa de corte de 920kg, com torre paletizadora de 5 a 9 gavetas de carga e descarga automática (ASFH) sendo cada qual com capacidade de armazenar fardos de matéria prima de até 2t e ciclos de 120s, com velocidade máxima de posicionamento dos eixos X e Y de 170m/min, com trocador automático de 4 até 16 bicos, com comando numérico computadorizado (CNC).
8456.11.19 Ex 018 – Lasers “trimmer” de CO2 automático para alinhador ortodôntico, com 10,6 micrometros de comprimento de onda do laser, potência de 120W, laser classe 4, equipados com calibração de precisão geométrica usando o laser em um disco metálico plano, alimentação manual, unidade de OCR (para ler o número de série e identificar cada alinhador individualmente), com capacidade nominal de marcação de 80alinhadores ortodônticos/h com ciclos de aplicação de 45s por alinhador ortodôntico, precisão de 0,2mm, velocidade nominal de 50 a 200mm/s, sistemas de refrigeração e exaustão, barreiras de segurança, monitoramento do consumo de energia e controle de H2, CO2, N2 e He, PLC, acesso remoto, interface homem-máquina (HMI) com tela sensível ao toque.
8456.11.19 Ex 019 – Lasers “trimmer” de CO2 automáticos para alinhador ortodôntico, com 10,6 micrometros de comprimento de onda do laser, potência de 120W, laser classe 4, equipados com calibração de precisão geométrica usando o laser em um disco metálico plano, alimentação manual, unidade de OCR (para ler o número de série e identificar cada alinhador individualmente), com capacidade nominal de marcação de 180alinhadores ortodônticos/h com ciclos de aplicação de 15s por alinhador ortodôntico, precisão de 0,2mm, velocidade nominal de 50 a 200mm/s, sistemas de refrigeração e exaustão, barreiras de segurança, monitoramento do consumo de energia e controle de H2, CO2, N2 e He, PLC, acesso remoto, interface homem-máquina (HMI) com tela sensível ao toque.
8457.10.00 Ex 418 – Centros de usinagem vertical de 3 eixos, de duplo palete, com comando numérico computadorizado (CNC), podendo fresar, mandrilar, furar e roscar, com cursos em X, Y e Z iguais a 520, 360 e 350mm, respectivamente, avanço rápido dos eixos X e Y de 48m/min, avanço rápido do eixo Z de 60m/min, tamanho da mesa igual a 650 x 400mm em cada palete, com capacidade máxima de carga sobre cada palete de 250kg, tempo de troca de mesas de 6s, com opção de conter 4º eixo sobre a mesa, eixo-arvore com rotação máxima de 12.000rpm, velocidade de rosqueamento de 6.000rpm, cone de fixação da ferramenta BT30, torre (Armless) com capacidade de 14 ferramentas, ferramentas com diâmetro máximo de 80mm, torque máximo de usinagem de 21Nm.
8457.10.00 Ex 419 – Centros de usinagem vertical de 3 eixos, com comando numérico computadorizado (CNC), podendo fresar, mandrilar, furar e roscar, com cursos em X, Y e Z iguais a 520, 380 e 480mm, respectivamente, avanço rápido dos eixos X, Y e Z de 56m/min, tamanho da mesa igual a 600 x 380mm, capacidade máxima de carga sobre a mesa de 200kg, com opção de conter 4º eixo sobre a mesa, eixo-arvore com rotação máxima de 24.000rpm, velocidade de rosqueamento de 6.000rpm, cone de fixação da ferramenta BBT30, magazine com capacidade de 20 ou 24 ferramentas, ferramentas com diâmetro máximo de 65mm, torque má ximo de usinagem de 8Nm.
8457.10.00 Ex 420 – Centros de usinagem para perfis metálicos e de PVC, com comando numérico computadorizado (CNC), com 4 eixos interpolados para furação e fresamento de perfis metálicos, curso do eixo X de 4.160mm, curso do eixo Y de 180mm, curso do eixo Z de 270mm, curso do eixo A de -15 a +195 graus, 4 morsas pneumáticas, com armazenagem de ferramentas de 8 posições fixas na base, velocidade de deslocamento em X 100m/min, Y 66m/min e Z 38m/min, com eletromandril de 7kW e rotação máxima de 20.000rpm, com PC industrial com interface gráfica FSTCAM4, com área de trabalho de 1 a 2 peças.
8457.10.00 Ex 421 – Centros de usinagem para perfis metálicos e de PVC, com comando numérico computadorizado (CNC), com 4 eixos interpolados para furação e fresamento de perfis metálicos, curso do eixo X de 4.160 ou 7.160mm, curso do eixo Y de 300mm, curso do eixo Z de 270mm, curso do eixo A de -15 a +195 graus, com porta ferramentas de 9 posições, 4 morsas pneumáticas, velocidade de deslocamento em X 100m/min, Y 66m/min e Z 38m/min, com eletromandril de 7 ou 11kW e rotação máxima de 20.000 ou 24.000rpm, com PC industrial com interface gráfica FSTCAM4, com área de trabalho de 1 a 5 peças.
8457.10.00 Ex 422 – Centros de usinagem horizontal controlado por (CNC) para usinagem de virabrequins para motores automotivos, com 3 eixos com cursos dos eixos X, Y e Z, de até 500, 125, 460mm respectivamente, com avanço rápido nos eixos X, Y e Z de 48, 30 e 48m/min respectivamente, com aceleração nos eixos X, Y e Z de 0.46 x 0.26 x 0.82G respectivamente, com velocidade máxima do eixo árvore de 8000rpm, com tempo de ciclo total de 202s, com magazine com capacidade de 9 ferramentas de diâmetro máximo de 90mm e peso de até 3kg, com sistema de lubrificação por quantidade mínima “MQL”, com tanque de líquido refrigerante com transportador de cavacos, com dispositivo para fixação de virabrequim, com conjuntos de ferramenta para usinagem de virabrequim.
8458.11.99 Ex 222 – Centros de usinagem horizontal de 5 eixos simultâneos com base estrutural em ferro fundido, equipados com trocador de paletes, com comando numérico computadorizado (CNC) para controlar 5 eixos simultaneamente (coluna com eixos X e Y e mesa com eixos Z, A e C), de mesa inclinável em 2 eixos de curso de eixo A de 225 graus (-90 graus + 135 graus) e eixo C de ±360 graus com avanço rápido em eixo A de 30rpm e no eixo C de 50rpm, com curso de eixos X, Y e Z de 730mm, avanço rápido nos eixos lineares de 60m/min, aceleração dos eixos X e Y de 1G e eixo Z de 0,8G e mudança na taxa de aceleração (jerk) dos eixos X, Y e Z de 175m/s³, tamanho máximo de peça para usinagem em 5 eixos simultâneos igual a 700mm de diâmetro e 643,6mm de altura e carga máxima de 500kg, com cabeçote (spindle) integral, com rotação máxima de 30.000rpm e potência em regime continuo de 80kW, com cone de fixação de ferramenta HSK-A63, magazine para ferramentas de 40 a 348 posições, eixos com guias lineares de rolos cruzados lubrificados a graxa seca e fusos esféricos com refrigeração interna.
8458.91.00 Ex 085 – Tornos verticais, com comando numérico computadorizado, com eixo adicional para torneamento de 2 faces simultaneamente com ajuste programável via comando numérico através de servo motor, com torre para troca automática de ferramentas, eixo arvore tipo A2-11, avanço rápido de 20m/min, com diâmetro torneável de até 750mm, com comprimento torneável de até 650mm, com volteio de até 780mm de diâmetro, com placa de fixação com acionamento hidráulico com dupla regulagem de pressão via código M.
8460.23.00 Ex 031 – Retificas de alta precisão, com comando numérico computadorizado (CNC), com capacidade de retificar diâmetros internos, externos e faces, com ou sem ângulos e com ou sem raios, por meio de 4 eixos simultaneamente, sendo a base da máquina de granito natural, com alta capacidade de absorção de choques e vibrações, com eixos X e Z acionados por motores lineares, refrigerados a água, posicionamento absoluto com sistema de medição linear , cursos de 425 e 475mm respectivamente, com velocidade de avanço de 0,001 a 25.000mm/min e incremento mínimo de 0,0001mm, eixo B giratório com acionamento direto por motor de alto torque, refrigerado a água, sistema de medição direta absoluta com precisão angular programável de 0,0001 graus, com variação de ângulo entre +91 graus a –
15 graus, eixo C (cabeçote porta peça) em 300 graus, acionado direto por motor síncrono de alto desempenho, refrigerado a água, rotação ajustável de 0 a 2.000rpm, potência do motor de 5kW, força durante o retificado 100Nm, suporta peso máximo de 80kg incluindo o dispositivo de fixação, fuso do rebolo interno e externo, com rotação ajustável de 0 a 13.000rpm, com acionamento por correia plana, motor refrigerado a água, comando numérico, com segurança integrada, “software” para retificar formas não redonda, como polígonos, excêntricos, quadrados, etc, permite o diagnóstico remoto via “software”.
8462.10.90 Ex 147 – Máquinas conformadoras de tubo octogonal em aço galvanizado utilizadas como eixo da persiana integrada com 40 ou 60mm de diâmetro com comprimento ajustável entre 4 e 6m, com capacidade de conformar bobinas de 0,4 a 0,8mm de espessura, com desbobinador com capacidade de 2t com servo motor para desbobinamento, com molde perfurador com força de 25t, com linha de conformação de 21 estações com caixas de engrenagens e velocidade de 6m/min, com gabinete elétrico com controlador lógico programável (PLC) e painel de controle com tela “touchscreen”, com plataforma de corte com serra com avanço contínuo e corte automático por servo motor com motor elétrico, com mesa de saída de 6m de comprimento.
8462.10.90 Ex 148 – Máquinas extrusoras horizontais de alta precisão para produção de “pino terminal”, componente da vela de ignição para motores de combustão interna, com capacidade conformação de arame com diâmetro entre 2 a 9mm, diâmetro de corte entre 2 a 8mm e comprimento de corte máximo 45mm, com capacidade de carga de conformação de 250kN, dotadas de: alimentador automático por rolo de tração, sistema de transferência por garras, com precisão no curso de conformação de ±0,001mm monitorado por limitador de curso, sistema de lubrificação contínua, painel de comando e controle elétrico eletrônico com controlador lógico programável (CLP); com capacidade de produção máxima de até 250peças/min regulável através de controlador de velocidade (inversor de frequência).
8462.21.00 Ex 274 – Máquinas para curvar tubos ferrosos e não ferrosos, de comando numérico computadorizado (CNC), com 9 ou mais eixos elétricos, capazes de curvar tubos de diâmetro máximo compreendido entre 42 a 150mm, com sistema de curvamento em raio fixo e variável, com precisão do eixo Y e Z de +/-0,05 graus, com sentido de curvatura direito esquerdo no mesmo ciclo.
8462.21.00 Ex 275 – Dobradeiras de tubos de comando número 7 eixos servo acionados cabeçote frontal giratório com 3 polias de dobras sentido direito e 3 polias sentido esquerdo completa com ferramentas, capacidade máxima para dobra em tubos diâmetro externo até 15mm, sistema de lubrificação central com irrigação a vários pontos de desgaste, braço móvel com abertura angular até 190 graus, pedestal de acionamento por meio de 2 botões de ação síncrona, cortina de luz ou scanner de segurança, sistema “vibra stop”, totem com luzes de segurança, tela de controle colorida sensível ao toque em gabinete móvel, “software” com sistema de conversão de coordenadas de XYZ para YBC e vice-versa.
8462.21.00 Ex 276 – Dobradeiras de comando numérico computadorizado, com mínimo de 4 eixos, 100% elétricas, servo acionadas, para chapas metálicas, capacidade máxima na faixa de 40 a 100t força, inexistência de movimentos hidráulicos, avental com velocidade de 220mm/s através de redutor planetário e fuso de esferas, sistema de economia “start-stop”.
8462.21.00 Ex 277 – Calandras de chapa, 3 rolos, geometria variável, comando numérico CNC, rolos forjados e motorizados individualmente, capacidade máxima para chapas com espessura de 20 a 350mm e largura máxima de 2 a 8m, paralelismo dos rolos eletrônico e hidráulico simultâneo, podendo ser equipada com suporte central ou suportes laterais ou ambos.
8462.21.00 Ex 278 – Dobradeiras servo hidráulicas, com no mínimo de 4 eixos, comando numérico computadorizado, para chapas metálicas, capacidade máxima na faixa de 70 a 600t força, sistema de construção “h-box frame”, sistema cônico de dobras “swaybend”, avental com velocidade de retorno mínima “boost” de 200mm/s, movimento vertical do avental através de sistema 3 guias, sistema de economia “standby function”, podendo integrar sistema de movimentação robótico.
8462.21.00 Ex 279 – Calandras de 4 rolos automática, de uso em metais, com acionamento 100% elétrico, velocidade de trabalho entre (0-14m/min), capacidade de conformação de até 4,5mm espessura em (400N/mm²), rolo superior até 100mm (+/-5mm), batente de alinhamento e ejetor de peças acionados pneumaticamente, software de comando numérico, tela de operação sensível ao toque, sistema de backup integrado em caso de queda de energia.
8462.39.90 Ex 107 – Máquinas automáticas para cortar por cisalhamento a frio barras de aço com até 140mm de diâmetro, com força de cisalhamento de 8.000kN, capacidade para cortar barras com até 12m de comprimento em tarugos de 80 a 600mm de comprimento, com magazine para suportar até 14t de barras de aço, sistema de alimentação automático tipo em “V”, mesa de rolos para transporte das barras na tesoura, sistema de comando por controlador logico programável (CLP) e com seus acessórios padrões: cisalhamento continuo, sistemas de segurança, regulagem automática de comprimento de corte, separação automática de pontas de barras, sistemas elétricos e hidráulicos.
8462.39.90 Ex 108 – Tesouras hidráulicas para cisalhamento de sucata e estruturas metálicas, equipadas com pistão hidráulico bidirecional de simples estágio, com pressão de trabalho de 340bar, com vazão de abertura de 300L/min e vazão de fechamento de 400L/min, equipadas com rotação hidráulica e distribuidor hidráulico que permite giro de 360 graus contínuo.
8462.91.19 Ex 092 – Prensas para compactar e cortar sucatas com guilhotina, capacidade de produzir 10t/h, tempo de ciclo máximo com carga de 30 – 33s, densidade superior a 3,9kg/dm³ (alta compactação), caixa útil de carga mínimo de 2,100 x 1.250mm; dotadas de dispositivo de corte na segunda compactação; motor principal de alto rendimento igual ou inferior a 2 x 55kw; fundo intercambiável, anti-desgaste com formato ranhurado, sinuoso e arredondado para evitar travamento por pequenas sucatas; placas laterais intercambiável anti-desgaste com formato trapezoidal sinuoso; central hidráulica; 2 bombas de pistão axial de alta pressão com regulador de potência;
2 bombas de fluxo variável para aumento de velocidade e controle de pressão por válvula proporcional; eletroválvulas de 24Vdc; sensores transdutores de posição integrados ao cilindro; sensores de pressão; reservatório: 3.000L com sistema de refrigeração e controle de temperatura digital; sistema de lubrificação central automático; sistema de lubrificação da câmera de compactação pulverizado automaticamente; sistema elétrico com inversor de frequência; controle remoto a distância; telemetria com operação assistida a distância; painel elétrico de comando e monitoramento, controlador lógico programável (CLP).
8462.99.20 Ex 044 – Máquinas para conformação de pescoço, conformação da flange e reforma do fundo de latas de alumínio para bebidas, para tamanhos de latas variados, com capacidade de produção de até 1.000latas/min, dotadas de: conjunto de matrizes para conformação do pescoço da lata; conjunto de matrizes para conformação da flange do pescoço da lata; conjunto de matrizes para a reforma do fundo da lata; encerador (waxer); equipamentos de teste por foto detecção; 1 entrada de latas; painel de comando com controlador lógico programável (CLP) e protocolo de comunicação “Ethernet”.
8462.99.90 Ex 076 – Máquinas reformadoras de fundo de latas de alumínio para bebidas de tamanhos variados, com capacidade de produção de até 3.400latas/min.
8463.30.00 Ex 138 – Máquinas para fabricação de molas de tração, compressão, torção e conformação especiais, equipadas com comando numérico computadorizado (CNC), painel eletrônico de comandos e detector e classificador de comprimento de mola, dotadas de 5 eixos, com capacidade de trabalhar arames com diâmetro compreendido entre 0,13 e 0,8mm e com capacidade de produção de até 800peças/min.
8463.30.00 Ex 139 – Máquinas para laminação multipasse a frio, para a produção de arame liso e nervurado, dotadas de: 3 ou 4 monoblocos, diâmetro de entrada entre 5,5 a 10mm, contendo dispositivo de alívio de tensões para melhora da ductilidade e qualidade do arame, dispositivo de leitura instantâneo de massa do arame com finalidade de eliminar a geração de sucata, bobinador vertical para bobina compacta de até 3t, velocidade máx. de 16m/s.
8464.10.00 Ex 056 – Serras automáticas tipo ponte de controle numérico com 5 eixos interpolados para o corte de chapas de mármores, granitos e aglomerados com espessura de até 250mm, com disco diamantado de 725mm dotadas de: ponte de perfil especial em estrutura de aço resistente com motor “Brushless” com redutor de velocidade; carro porta mandril em estrutura de aço resistente; muros de suporte da ponte em aço padronizado; grupo mandril com cabeça porta disco rotativa de -5 até +365 graus e inclinável de 0 até 90° interpolada com motor de potência kW 17/S6 “Brushless” e redutor de alta precisão controlado por inversor com disco de corte de diâmetro mínimo 350mm e máximo 725mm e cursos nos eixos X de 3.900mm, Y de até 2.950mm e Z de 600mm, com profundidade máxima de corte de até 250mm e lubrificação dos eixos X e Y em banho de óleo; travessas de deslizamento da ponte em estrutura de aço resistente; sistema exclusivo com troca automática de 2 mesas de corte motorizadas com dimensões de 3.800 x 2.300 x 640mm e 3.800 x 2.400 x 900mm;
1 sistema de elevação das peças cortadas por meio de ventosas com capacidade de 600kg; 2 mesas de entrada/saída com bancos basculantes com tampos de madeira e borracha e sistema de elevação hidráulica de até 1.650kg; 1 sistema automático de medição do diâmetro dos discos; 1 detector de espessura da chapa; 1 câmera com sistema de aquisição de imagens das chapas; 1 mandril com porta ferramenta com conexão de ½ poledada a gás com motor controlado por inversor para corte incremental/cego, perfuração e execução de processos combinados com disco e cortador; armário com troca automática de ferramentas de até 20 estações para cones com máximo de 600mm; 1 grupo de lavagem para peças de saída; sistema de escâner a laser SCAN-CNC; 1 “software” para simulações de usinagem em 3D; 1 “software” de visualização tridimensional da peça; 1 “software” para gestão de cortes; 1 “software” de criação e execução de moldes diversos; 1 quadro elétrico com climatizador; 1 sistema de segurança com interrupção do funcionamento da máquina; 1 painel de comando digital com dupla articulação e tela “touchscreen” de 15 polegadas.
8464.20.90 Ex 035 – Combinações de máquinas para o tratamento da superfície de chapas de rochas ornamentais, compostas de: 1 plataforma giratória de entrada para suporte de chapas ou blocos; 1 plataforma giratória com cavalete removível de suporte de chapas; 1 robô paginador elétrico com 32 ventosas para carregamento das chapas; 1 mesa pente rotativa para o robô paginador; 1 máquina para polimento de chapas com até 2.150mm de largura, com 20 mandris com controle de curso com sistema hidráulico, dotada de 20 válvulas pneumáticas proporcionais, com recurso de contrapressão, um dispositivo de leitura de chapas, sonar para detecção de desgaste de abrasivos, sistema de lubrificação centralizado,
painel dianteiro deslizante para prevenção de acidentes e uma proteção da cabeça motorizada, com controle de automação programável e arquitetura de protocolo de comunicação “EtherCAT” e painel de comando “touchscreen”; 2 secadores para a face polida das chapas; 1 secador para a face inferior da chapa; 1 máquina automática para aplicação de cera sobre a face polida das chapas, 1 aplicador automático de produto anti-risco sobre a face polida das chapas; 5 mesas de rolos motorizadas para movimentação das chapas; 1 descarregador basculante automático de chapas com capacidade de carga de 1.000kg com rolos motorizados e suportes retráteis; 1 plataforma giratória com mecanismo eletrônico de orientação do descarregador basculante; e 1 plataforma giratória de saída com cavalete.
8464.90.19 Ex 193 – Mesas basculantes automáticas para corte retilíneo e curvilíneo, a frio, de chapas de vidro, com dimensões máximas da lâmina de 3.810 x 2.750mm ou 6.100 x 3.355mm, com espessura do vidro de 2 a 19mm, velocidade máxima de corte transversal de até 200m/min e longitudinal de até 140m/min, com leitura automática da espessura do vidro, regulagem automática da pressão de corte por meio de válvula proporcional, dispositivo a “laser” para verificação da posição do vidro e leitura automática dos modelos, realizando corte de vidros tipo monolítico e laminado, movimento da ponte de corte através de um servomotor lateral, cremalheiras com dentes de alta precisão, precisão de corte de +/-0,15mm, com cabeçote de corte comandado por computador (PC) com “software” especifico, com ou sem dispositivo de colocação automática das etiquetas; com ou sem dispositivo para remoção da camada baixo emissiva por meio de rebolo periférico.
8464.90.19 Ex 194 – Equipamentos CNC compactos (all in one) para biselar, desbastar e acabar lentes oftálmicas de vidro, capazes de trabalhar lentes de plástico, com visualização da faceta ou ranhura em 3D, corte de lentes com cota B mínima de 17mm em faceta plana e 18,5mm em faceta padrão, possui tecnologia exclusiva que conecta lentes a praticamente qualquer óculos de grau usando ímãs embutidos nas lentes, recurso extra para faceta especial para lentes curvadas, função de “engraving”, bisel especial esportivo, dotada de tela LCD “touch” de 10 polegadas.
8464.90.19 Ex 195 – Equipamentos CNC compacto (all-in-one) para fazer digitalização de formato e blocagem da lente a ser cortada, faz o desbaste e bisel de lentes oftálmicas em material mineral (vidros) e materiais plásticos (policarbonato e resinas orgânicas), possui acabamentos em bisel e plano (fosco ou com polimento), quebra arestas e ranhura, com capacidade de memorizar até 1.000 formatos.
8464.90.19 Ex 196 – Equipamentos CNC para biselar e desbastar lentes oftálmicas, com capacidade de desbaste da lente com diâmetro máximo de 105mm, cota B mínima de 17mm em plano e 18,5mm em bisel, dotadas de memória para 500 formatos e sistema leitor-centralizador-bloqueador de lentes acoplado, com leitura óptica 3D e tela “touch” 8,4 polegadas.
8465.94.00 Ex 042 – Coladeiras de bordos automáticas eletrônicas com comando numérico computadorizado (CNC), capazes de efetuar diferentes tipos de operações sem troca de ferramentas para colagem de bordos em bobina de espessura máxima de 3mm, com sistema de troca rápida do coleiro, sistema de ajuste automático dos grupos de acabamento para diferentes espessuras de bordas por meio de instruções de comando numérico, unidade de fresagem “KFA” para fim de canto (arredondamento dos cantos na frente e atrás, superior e inferior das peças) com programação e ajuste totalmente automático via comando para chanfro, raio 1, raio 2 e raio 3mm.
8466.93.20 Ex 018 – Mesas giratórias de configuração vertical, com ou sem servo motor, para máquinas ferramenta, precisão angular de 2micrometros em 100mm, com freio pneumohidráulico, engrenagens em aço tratado e sem folgas, excentricidade axial de 6/3micrometros e marcha concêntrica de 6/3micrometros.
8467.81.00 Ex 002 – Motosserras elétricas com tensão de operação nominal de 36V, motor elétrico sem escovas, velocidade de corrente até 11,5m/s, nível de pressão sonora no ouvido do operador de 86dB (A), comprimento de sabre de 30cm (12 polegadas), sistema de ajuste da corrente e do sabre sem ferramentas e possibilidade de operação no modo de economia de energia, podendo conter ou não bateria de íons de lítio com tensão nominal de 36V, capacidade de 4Ah e energia de 151,2Wh e carregador elétrico de potência de 100W.
8467.89.00 Ex 032 – Aparadores de grama elétricos com tensão de operação nominal de 36V, motor elétrico sem escovas, velocidade máxima de rotação de 5.500rpm, largura de corte de 330mm, nível de pressão sonora no ouvido do operador de 77,7dB (A) e possibilidade de operação no modo de economia de energia, podendo conter ou não bateria de íons de lítio com tensão de operação de 36V, capacidade de 2Ah, energia de 75,6Wh e carregador elétrico de potência de 100W.
8467.99.00 Ex 002 – Punhos plásticos para apoio e absorção de vibração, dotados de corpo em Polipropileno ou Poliamida 6, com fibra de vidro entre 30 e 40%, moldados em 2 partes (molde família), montados e estruturados internamente com 2 insertos metálicos (Parafusos ) e sobre injetados com elastômero (TPE) para união das partes plásticas, de uso exclusivo em ferramentas elétricas manuais.
8474.31.00 Ex 003 – Misturadoras de concreto, móveis, sobre 4 rodas, autopropelidas e autocarregáveis, próprias para misturar argamassa e concreto em canteiro de obras, com tambor de mistura com hélices em espiral dupla, volume geométrico de 5.050L e com capacidade de produção de até 4m³ de concreto/batelada, velocidade de deslocamento de até 25km/h, transmissão integral 4 x 4 hidrostática, motor diesel com potência máxima de até 82,5kW, pá de carregamento frontal, mordente com capacidade de 560L e portinhola de escoamento com abertura e fechamento por dispositivo mecânico, 2 reservatório de água contrapostos e interligados em polietileno com capacidade total de 870L, controle do abastecimento de água por conta-litros digital tipo “mix control”, cabine com posto de comando, assento e direção.
8474.80.90 Ex 162 – Máquinas de enchimento sob pressão, para compactação da barbotina líquida (pasta), para conformação de peças ocas (bule, cafeteira, caneca grande, saleiro, paliteiro, pimenteiro e xícara de chá e café), com três unidades de fechamento, sendo 1 horizontal e 2 verticais, com força de fechamento horizontal de 1.000kN e vertical de 2 x 120kN, pressão máxima de enchimento de 30bar, capacidade produtiva de 48peças/h (até 12 ciclos de 4 peças), utilizado para fabricação de porcelanas de mesa.
8474.90.00 Ex 049 – Rotores com diâmetro compreendido entre 100 e 2.100mm, planos ou castelados fundidos ou revestidos em borracha resistente à abrasão e seus espaçadores em aço com proteção de borracha para promover a agitação de partículas sólidas e corpos esféricos em processo de diminuição de partícula de materiais.
8474.90.00 Ex 050 – Módulos para proteção interna de carcaça de moinho vertical, fabricados em aço revestido em poliuretano ou borracha resistente à abrasão, com aletas para agitar partículas sólidas e corpos esféricos em processo de diminuição de partícula de materiais, com diâmetro externo compreendido entre 140 e 2.600mm.
8474.90.00 Ex 051 – Conjuntos de anéis aranha para aplicação em britador giratório, podendo conter ou não, mancal de articulação e bucha em aço da aranha.
8474.90.00 Ex 052 – Munhões, estrutura suporte de moinhos semiautógenos (SAG), que giram sobre os mancais do moinho, fabricados em ferro fundido nodular ou em aço fundido, com diâmetro externo superior a 2.500mm, comprimento superior a 1.300mm, e providos de flange usinada para fixação do munhão na tampa do moinho.
8475.29.10 Ex 065 – Canais para transporte e acondicionamento de vidro, com sistema de combustão, para conduzir o vidro do forno de fusão até as máquinas de conformação, com capacidade para transportar 160t/dia, com controle de temperatura automático por meio de “softwares” e painéis integrados.
8477.10.11 Ex 086 – Máquinas para moldar pré-formas de politereftalato de etileno (PET), sendo injetora hidráulica horizontal com força de fechamento de 2.250 a 5.000kN, com unidade de injeção de 2 estágios, material plastificado por dosagem contínua na rosca plastificadora, gerando baixos níveis de acetaldeído AA ao PET e transferido para o cilindro de injeção, permitindo injeção e dosagem paralelos para reduzir o tempo de ciclo total, capacidade de plastificação de 390 a 1.700kg/h, volume máximo de injeção de 1.200 a 6.000cm³, com automação montada na lateral da máquina com eixo horizontal para retirada das pré-formas do molde, placa extratora para transferência e resfriamento das preformas,
com 3 ou 4 estágios para refrigeração, enclausuramento para o sistema de desumidificação de ar, com ou sem esteira para transporte e direcionamento das preformas para as caixas de transporte, com ou sem molde especial para preformas PET de 48 a 144 cavidades, com ou sem sistema de secagem para resina PET, com ou sem aparelho desumidificador do ar interno para evitar condensação, com ou sem parte fria do molde e kit de modificação da automação, para a fabricação de um segundo formato de pré-forma.
8477.10.11 Ex 087 – Injetoras horizontais para moldar por injeção pré-formas de politereftalato de etileno (PET), com força de fechamento de 500t métricas com unidade de fechamento atuada por motor elétrico, curso máximo de abertura 860mm, distanciamento entre as colunas na vertical e horizontal compreendido entre 1.050 x 1.050mm , calibração automática de altura do molde, painel de operação com programação de perfil de injeção dedicado para preformas PET, controle de servo-válvula de injeção, controle proporcional de velocidade e pressão de extração, unidade de potência hidráulica enclausurada com 2 motores elétricos refrigerados por ar, sistema de filtragem de óleo com interruptor de pressão, funções de injeção e plastificação simultâneas, interligadas,
baixa geração de acetaldeído (AA), capacidade de injeção máxima de 7.600g de PET, volume de injeção máxima de 6.770cm³, capacidade de plastificação máxima até 1.400kg/h de PET, pressão de injeção máxima de 1.250bar, sistema de extração de preformas com três ou quatro estágios e resfriamento forçado e controlado das superfícies interna e externa das preformas, desumidificador de ar dedicado, controle baseado em PC industrial com conexão “EtherCAT”, disponibilidade de monitoração e diagnóstico remoto, transdutores de posição com resolução de 5mícrons, circuitos de controle de entradas e saídas com comunicação “EtherCAT”.
8477.10.11 Ex 088 – Máquinas de moldar para injeção de termoplásticos 100% elétricas com comando numérico computadorizado CNC dotadas de rosca de plastificação acionadas por servomotor elétrico, com sistema de tração, via correia de transmissão lateral, sistema de injeção com velocidade entre 200 e 530mm/s e com diâmetro entre 14 e 56mm, relação comprimento L/D 20:1, acionado por servomotor elétrico, com sistema de tração, via correia de transmissão lateral, sistema de fechamento e abertura por joelhos de 5 pontos, com força de fechamento entre 150 e 3.000kN e acionado por servomotor elétrico, com sistema de tração, via correia de transmissão lateral, com sistema regenerativo de energia (KERS), sistema de extração, acionados por servomotor elétrico, com sistema de tração, via correia de transmissão lateral, encosto de bico com acionamento elétrico e sistema exclusivo de transmissão por fuso, sistema automático elétrico de altura de molde.
8477.10.19 Ex 048 – Combinações de máquinas para moldar por injeção, de alta performance, para produção de pré-formas de politereftalato de etileno (PET), compostas de: injetora hidráulica horizontal de força de fechamento de 300t métricas, com volume máximo de injeção de 3.330g, distanciamento entre as colunas igual a 780 x 780mm, calibração automática de altura do molde, controle independente das servo válvulas de fechamento, tonelagem e injeção; unidade de potência hidráulica enclausurada com motor elétrico refrigerado à agua, unidade de injeção de 2 estágios com funções de injeção e plastificação separadas para plastificação contínua, baixos níveis de geração de acetaldeído (AA); robô integrado com 3 estágios de resfriamento e acionamento por servomotor duplo; sistema pneumático de refrigeração forçada das pré-formas;
com ou sem desumidifcador de ar dedicado; com molde de 48 cavidades, com placa intercambiável para gramatura superior; com ou sem sistema de secagem de resina montada sobre plataforma; com ou sem sistema de transferência de pré-formas para caixa; com ou sem unidades de dosagem de aditivos para fabricação de pré-formas de 28 e 33g, podendo também fabricar até 69g com 48 cavidades, para aplicação em garrafas de PET não retornáveis, capacidade produtiva prevista igual ou superior a 15.000preformas/h; com conjunto de compatibilidade molde de LX300; controle baseado em PC Industrial; disponibilidade de monitoração e diagnóstico remoto; transdutores de posição com resolução de 5 mícron; comunicação com protocolo “Profibus” e “EtherCat” para os circuitos de entradas e saídas.
8477.10.19 Ex 049 – Máquinas horizontais para moldar peças plásticas por injeção com controle adaptativo através de curvas de referências, que cancela as influências ambientais e ajusta precisamente o volume de material preenchido nas cavidades, possibilitando utilização de materiais reciclados, repetitividade consistente e defeitos de produção próximos a zero, com força de abertura do molde de 700 a 2.800kN, força de travamento de 16.000 a 40.000kN, por meio de sistema encapsulado hidromecânico quádruplo e componentes em forma de dente de serra, sapatas deslizantes guiadas horizontalmente pela lateral, em conjunto com as colunas permanentemente guiadas por meio de buchas
para paralelismo das placas com moldes pesados, recurso padrão de movimentação paralela para redução de ciclo nos sistemas extrator/machos e molde, processo de injeção controlado em combinação com a unidade de injeção linear com pistão rotativo para transmissão da força central para a rosca transportadora de diâmetro de 80 a 265mm, volumes de injeção entre 1.810 a 45.729cm3, comando operacional com tecnologia de tela dividida e botão eco eficiência energética, com ou sem automação com perfeita integração a máquina e assistente para programação inteligente.
8477.10.21 Ex 062 – Máquinas elétricas, injetoras de plástico, com força máxima de fixação do molde 8.335kN, tamanho do prato 1.590 x 1 590mm, barra de pressão 1.070 x 1.070mm, curso máximo de abertura do molde 1.200mm, altura do molde mínima 500 e máxima1.100mm, força do ejetor 196kN curso do ejetor 200mm, velocidade 13,5m/min, força de fixação 52kN, tamanho máximo do molde 1.590 x 1.060mm(H1xV1) e mínimo 680 x 680mm(H2 x V2), peso máximo do molde 10,5t, pressão máxima de injeção 177Mpa, taxa de injeção 795cm3, velocidade de injeção 125mm/s, força de injeção140kW, diâmetro do parafuso 90mm, curso de injeção 450mm,velocidade do parafuso 160rpm, capacidade do funil 50kg, distância do bico 30mm, força de contato do bico de 56kN, 440V;60Hz, com PLC e tela LCD “touchscreen”, com USB.
8477.10.21 Ex 063 – Máquinas hidráulicas, injetoras de plástico, hibridas, com força máxima de fixação do molde 29.419kN, força de abertura do molde 2.353kN, velocidade de fechamento do molde mínima de 2m/min e máxima de 45m/min, velocidade de abertura do molde mínima de 2m/min e máxima de 45m/min, tamanho da placa 2.550 x 2.500(H x V), espaço livre entre barras 2.050 x 1.900(H x V), deslocamento máximo do fixador 3.200mm, altura de molde mínimo1.000 e máximo 1.900mm, força do ejetor hidráulico do molde 490kN, deslocamento 400mm, velocidade de avanço 4,7m/mim, velocidade de retração 7,7m/mim, tamanho do molde máximo 2.500 x 1.650(H1 x V1), tonelagem de fixação 1.290×1.290 (h2xV2), peso do molde 45t, volume de injeção de 13.200cm3, pressão máxima de injeção177MPA, velocidade de injeção 76mm/s, taxa de injeção 1.350cm³/s, potência de injeção239kW, diâmetro do parafuso 150mm, deslocamento do parafuso de 750mm velocidade do parafuso mínima de 55rpm e máxima de 110rpm, distância do bico 30mm, força de toque do bico de 59kN, 440V;60Hz,com PLC e tela LCD “touchscreen”, com USB.
8477.10.91 Ex 019 – Máquinas para injeção de resina e catalisador em laminado de fibra de vidro durante o processo de fabricação de pá eólica, utilizado em cada parte do molde da pá (downwind e upwind); fabricadas em aço inox, alimentadas por conexão elétrica com plug de 16A, tensão de 400V (trifásica); dotadas de: tela, gabinete elétrico, tanque para catalisador, sensor de nível, motor e bomba para catalisador, motor e bomba para a resina, fluxímetros de resina e de catalisador, válvulas para abertura e fechamento das mangueiras, botões de parada de emergência e de reset e pressostato para a resina e o catalisador.
8477.20.10 Ex 263 – Combinações de máquinas para produção de tubos de PVC com diâmetros compreendidos de 200 a 400mm, compostas de: extrusora de dupla rosca com capacidade de produção máxima variável de 1.100 a 1.300kg/h, razão LD 28:1, roscas com diâmetro nominal de 138mm, incluindo ar condicionado, alimentador espiralado automático e sistema de controle com PLC e tela sensível ao toque; cabeçote de extrusão; 1carrinho para suporte e movimentação dos cabeçotes; tanque de calibração à vácuo, de aço inox, com comprimento nominal de 6m, incluindo conjunto de calibradores e dispositivos de vedação; 2 tanques de resfriamento por spray de água, de aço inox, com comprimento nominal de 6m cada, incluindo conjunto de dispositivos de vedação; puxador com 6 “caterpillar”, com força máxima de 40kN e velocidade de operação variável de 0,1 a 3m/min e serra de corte planetária com capacidade para tubos com diâmetro variável de 200 a 400mm e espessura de parede de até 45mm.
8477.30.90 Ex 078 – Máquinas de moldagem de plásticos por processo de extrusão e sopro em 7 camadas, operando com até 2 moldes simultaneamente, própria para produção de tubos plásticos para abastecimento de combustível em veículos entre outros produtos, trabalhando com peças de diâmetro e largura máximas até 150mm e comprimento de até 1.400mm, realizando extrusão em até sete camadas simultaneamente, com posicionamento em 3D da mangueira de material termoplástico amolecido (parison coextrudado) no molde, composta por um robô para posicionamento do parison na cavidade do molde, controlada por controlador lógico programável (CLP) e interface homem máquina (IHM).
8477.30.90 Ex 079 – Máquinas elétricas automáticas, para moldar termoplásticos por estiramento e sopro, transformando preformas PET em garrafas com capacidade máxima de 3L, contendo 6 cavidades de sopro, capacidade máxima de produção de 9.600garrafas/h, com sistema contínuo de carregamento de preformas; sistema de aquecimento de preformas com fluxo laminar; sistema de troca de passo motorizado e unidade motorizada para transferência de preformas e garrafas; moldes de sopro, prensa de sopro guiada eletronicamente, sem óleo; dupla compensação pneumática, painel elétrico e controlador lógico programável (CLP).
8477.30.90 Ex 080 – Máquinas elétricas automáticas, com forno, para moldar termoplásticos por estiramento e sopro, transformando preformas PET em garrafas com capacidade máxima de 3L, contendo 6 cavidades de sopro, capacidade máxima de produção de 9.600garrafas/h, com sistema contínuo de carregamento de preformas; sistema de aquecimento de preformas com fluxo laminar; sistema de troca de passo motorizado e unidade motorizada para transferência de preformas e garrafas; moldes de sopro, prensa de sopro guiada eletronicamente, sem óleo; dupla compensação pneumática, painel elétrico e controlador lógico programável (CLP).
8477.40.90 Ex 036 – Equipamentos para ordenamento das moléculas de PVC em tubos extrudados, por processo de expansão com temperatura, velocidade e pressão controladas, com capacidade para produzir até 3.000t/ano de tubos DN 100 a DN 300 com comprimento nominal de até 6.000mm mais a bolsa de acoplamento, incluindo: mesa de entrada, unidade de aquecimento com transportador de roletes, unidade de orientação molecular, sistema de tratamento/alimentação de ar incluindo compressor e tanques, unidade de resfriamento de água, carro extrator, unidade de corte duplo e chanfragem de tubos, e sistema de controle automático com CLP.
8477.40.90 Ex 037 – Equipamentos para ordenamento das moléculas de PVC em tubos extrudados, por processo de expansão com temperatura, velocidade e pressão controladas, com capacidade para produzir até 3.000t/ano de tubos DN 100 a DN300 com comprimento nominal de até 6.000mm mais a bolsa de acoplamento, incluindo: mesa de entrada, unidade de aquecimento com transportador de roletes, unidade de orientação molecular composta por estrutura de apoio e 5 conjuntos de calibração formados, cada um, por 1 matriz tubular, 2 cabeçotes e 1 suporte para o cabeçote móvel, sistema de tratamento/alimentação de ar incluindo compressor e tanques, unidade de resfriamento de água, carro extrator, unidade de corte duplo e chanfragem de tubos, e sistema de controle automático com CLP.
8477.40.90 Ex 038 – Equipamentos para ordenamento das moléculas de PVC em tubos extrudados, por processo de expansão com temperatura, velocidade e pressão controladas, com capacidade para produzir até 5.000t/ano de tubos DN400 a DN600 com comprimento nominal de até 6.000mm mais a bolsa de acoplamento, incluindo: mesa de entrada, unidade de aquecimento com transportador de roletes, unidade de orientação molecular composta por estrutura de apoio e 3 conjuntos de calibração formados, cada um, por 1 matriz tubular, 2 cabeçotes e 1 suporte para o cabeçote móvel, sistema de tratamento/alimentação de ar incluindo compressor e tanques, unidade de resfriamento de água, carro extrator, unidade de corte duplo e chanfragem de tubos, e sistema de controle automático com CLP.
8477.51.00 Ex 004 – Máquinas de moldar, por vulcanização, carcaças de borracha não endurecida para a fabricação de pneus agrícolas e radiais de engenharia civil com aro de 24 a 54 polegadas, com diâmetro externo máximo de 2.540mm, altura máxima de 1.780mm e força de fechamento de 3.000.000Lbf, constituídas de carregador, descarregador, vaso de pressão, rack de válvulas de alimentação de fluidos, painel elétrico de comando e potência.
8477.59.90 Ex 144 – Máquinas de prototipagem rápidas tridimensionais (impressora 3D) odontológicas, operandas por deposição em camadas de resina fluida fotossensível, trabalhando com pixels com resolução de75micrometros e impressões isotrópicas, capazes de construir objetos com volume máximo de 189 x 118mm, com cura através de processo fotoquímico projetando raios UV através de janela permeável ao oxigênio em um reservatório de resina curável por UV.
8477.80.90 Ex 558 – Máquinas automáticas de alta velocidade para formatação de “pouches” plásticos com solda lateral, podendo produzir até 4 faixas de “pouches” com solda dos 3 lados sem zíper; até 2 faixas de “pouches” com sanfona de fundo inserida com zíper; 1 pista de “pouch” com sanfona de fundo dobrado com zíper, em formatos irregulares diversos, com velocidade mecânica de operação de até 240ciclos/min, dotadas de desbobinador duplo com eixo expansível para largura máxima de 1.240mm, 2 desbobinadores para filme da sanfona de fundo inserido, 2 desbobinadores para zíper, barra de selagem longitudinal para solda “K” e zíper, sistema detector de emendas para bobina principal e inserida, todo o sistema e funções controlado por computador, sensor de foto célula para controlar e corrigir o registro da impressão, sistema computadorizado de controle de tensão entre os filmes utilizando nos rolos de tração 4 “sets” de servo motores de corrente alternada e rolos dançarinos controlados pneumaticamente que garantem precisão no corte.
8477.80.90 Ex 559 – Combinações de máquinas para produção de fitas planas em Polipropileno (PP) ou Polietileno de alta densidade (HDPE), velocidade máxima de produção na saída 500 m/min, compostas de: extrusora com rosca de comprimento 31D e plastificação máx. em PP de 450kg/h, matriz plana para PP com lábio flexível de 0,2 até 1mm, unidade de resfriamento do filme com 2 arrastes acionados, par de sopradores, 2 facas de ar, sistema de trocador de calor e bomba com controle de fluxo, unidade de corte do filme em fitas com oscilação. Sistema de realimentação de aparas, sistemas de retenção das fitas com dois grupos de cilindros de borracha e aço, estufa de ar quente de 6.000mm com regulagem do fluxo de ar, unidade de estiramento com godês normais de diâmetro de 440mm e “Nip Rol”, unidade de fixação com godês aquecidos de diâmetro de 440mm e aquecedor de óleo, unidade de resfriamento com godês resfriados e diâmetro de 440mm com “NIP rol” e conjuntos antiestético, conjunto de sucção de aparas com contêiner a vácuo e dois bocais de sucção, conjunto de painéis elétricos de alimentação, controle e comando equipado com CLP e tela sensível ao toque.
8477.80.90 Ex 560 – Combinações de máquinas lavar, secar e moer material plástico PP/PE rígido e filme com capacidade compreendida entre 250 e 4.200kg/h, compostas de: plataforma de alimentação manual para desenfardamento; esteira de classificação manual comprimento de 4.000 a 12.000mm, e largura de 500 a 2.000mm; esteira transportadora com detector magnético, comprimento de 1.050 a 3.150mm, largura 706 a 2.120mm e altura de 280 a 800mm; esteira transportadora para detecção de metais, com largura de 500 a 1.500mm; moinho com rolo rotativo de 500 a 1.000mm de diâmetro, dez lâminas rotativas e quatro lâminas estacionárias feitas de aço SKD11; rosca transportadora de plástico até tanque de flotação, diâmetro da rosca 20 a 60mm; dois tanques de flotação horizontal, com largura 1.000 a 2.000mm e comprimento de 6.000 a 10.000mm; duas lavadoras de baixa rotação, para lavar e remover água do material, com rotor em aço inoxidável de 400 a 600mm de diâmetro, e 1.000 a 2.000mm de comprimento,
tela de aço inoxidável com tamanho de furo de 1 a 4mm e dispositivo de limpeza da superfície da tela por bicos de pulverização de água; secadora centrífuga para plásticos rígidos com rotor de diâmetro de 330 a 990mm, e comprimento de 700 a 2.100mm, velocidade rotacional 1.500 a 2.500rpm, tela circular com diâmetro de 1 a 3mm; separador de rótulos tipo “zig-zag” com potência de sucção 4kW + 4kW, canal de separação de estação dupla; sistema de transporte tubular em aço inoxidável com potência de 18 a 26kW para alimentação de silo para material rígido; “Squeezer” secador mecânico para filmes, com rosca de diâmetro de 300 a 500mm, velocidade rotacional de 20 a 60rpm; sistema de transporte tubular em aço inoxidável com potência de 22kW para alimentação de silo para material filme; silo para material rígido com capacidade de 3 a 10m cúbicos; silo para material filme com capacidade de 6 a 15m3; controlador lógico programável de tensão nominal 220V/50Hz, para controle elétrico do sistema.
8477.80.90 Ex 561 – Máquinas automáticas para desbobinamento, corte e rebobinamento de BOPP, CPP, HDPE, LDPE, PET, BOPET, PVC, OPA, BOPA, papel e laminados de espessura entre 15 e 320micra, com capacidade para consumir bobinas de até 1.750mm de largura por 1.300mm de diâmetro e produzir bobinas de saída superior ou igual a 40mm de largura e até 610mm de diâmetro, controladas através de IHM (interface homem máquina) com tela “touchscreen” de 15 polegadas, dotadas de: Unidade de desbobinamento com acionamento elétrico e movimento basculante para alimentação das bobinas, fechamento dos braços de desbobinamento acionado por um painel eletrônico, recebendo bobinas com diâmetro interno de 6 ou 3 polegadas acopladas aos braços por sistema “shaftless”, contendo webcam para monitoramento, controle da tensão de desbobinamento por sistema de rolo dançarino e motor com sistema de regeneração de energia do freio para carga dos motores de bobinamento;
Unidade de corte contendo conjunto de rolos com função de compensar variações de espessura e eliminar rugas no material, com sistema de posicionamento de facas e contra facas de corte operado via IHM (Interface Homem-Máquina); Unidade de rebobinamento com 4 eixos diferenciais de bobinamento trabalhando no sistema de torreta dupla e carros motorizados para suporte dos rolos de contato, contendo sistema deauto “taping” para aplicação de fita adesiva e troca automática das bobinas, sistema de descarregamento de produção com dispositivo de posicionamento e travamento automático dos novos tubetes ao eixo de espera; capacidade de até 180 ciclos produtivos por dia equivalente ao processamento de 18t de material diariamente, com velocidade final de processamento de 800m/min, com rampa de aceleração rápida de 0 a 800m/min em 20s e desaceleração rápida de 800 a 0m/min em 20s, aplicação das tensões controlada por sistema “closed loop”, célula de carga para monitoramento da real tensão aplicada.
8477.90.00 Ex 437 – Cabeçotes de co-extrusão com 250mm de diâmetro máximo de trefila, para serem utilizados em máquina sopradora destinada à fabricação de embalagens plásticas rígidas, com 3 camadas distintas, dotados de atuador servo elétrico axial “E-WTC” com força de 40t para programação axial da espessura da parede da embalagem, ajuste de peso de “parison” e 3 pontos de centralização acessíveis na frente do cabeçote, preparados com 3 bridas de adaptação dos extrusores, incluindo conjunto de trefilas ovalizadas, armário para conexionado de resistências, arnês de apoio do cabeçote, e com capacidade de extrusão máxima de 300kg de PEAD/h.
8478.10.90 Ex 006 – Máquinas com operação sequencial de alimentação de tabaco para processamento e formação do primeiro estágio da fabricação de cigarros com filtros, com capacidade de processamento para 5kg de tabaco/min, potência total instalada de 44kW, voltagem trifásica de 380VAC, carga conectada de ar comprimido de 6bar e frequência de 60Hz.
8479.10.90 Ex 074 – Máquinas para aplainar e nivelar pisos de concreto, autopropulsada, sobre 3 e ou 4 rodas, dotadas de motor com potência igual ou superior a 20CV mas inferior a 30CV, bomba hidráulica, haste longitudinal telescópica sistema de nivelamento automática orientado a laser, cabeça de pavimentação com largura mínima de 10’6″ pés (3,2m), arado de aço duplo, lamina de acabamento, dispositivo de vibração, sistema de rádio sem fio e operação por controle remoto.
8479.81.90 Ex 452 – Máquinas túnel duplo de aspersão para pré-tratamento de superfície interna automática de cavidades soldadas de forno, com capacidade de tratamento de 200cavidades/h/túnel, para uso doméstico para processo de esmaltação com 4 etapas de pré-tratamento: etapa de desengraxe com químicos alcalinos a 60 graus celsius, enxágue 1 com água a 45 graus celsius, enxágue 2 com água desmineralizada a 50 graus celsius e secadora de peças a aproximadamente 130 graus celsius com remoção de excesso de água por meio de ventiladores de alta pressão “blow-off” que sopram ar a 2.500 a 3.000L de ar/min, secadora de peças compacta de 10m equipada com resistências elétricas e ventiladores de ar de alta pressão que sopram ar de 2.500 a 3.000L de ar/min e tratamento de superfície de 8 tamanhos diferentes de cavidades sem necessidade de intervenção ou troca de configuração.
8479.82.10 Ex 234 – Misturadores estáticos de gases em fluxo de processo contínuo, em aço carbono, com elementos de mistura em aço inoxidável (classe SS321) em forma de V, para mistura de produtos de baixa viscosidade (viscosidade típica de 0,022mPas, aplicável a gases).
8479.82.10 Ex 235 – Misturadores automáticos para preparação de produtos cosméticos utilizados nas farmácias de manipulação, com função complementar de centrifugação planetária, com movimentos translacionais e rotacionais simultâneos, próprios para trabalhar com recipientes (copos) com as seguintes características: 1 copo com volume de 300ml ou 2 copos com volumes compreendidos entre 400 e 1.100ml; operação contínua através de programação entre 3, 5 ou 10 padrões; tensão de alimentação de 200-240VCA e frequência de rede de 50/60Hz.
8479.82.10 Ex 236 – Combinações de máquinas de mistura, doseamento, filtragem, homogeneização e distribuição de matérias-primas e demais aditivos; possuindo painel de alimentação elétrica integrado para todos os equipamentos e controlador lógico programável único de fluxo de subprodutos com “software” proprietário, montadas sobre “skid” único, compostas de: tanques cilíndricos verticais em aço inoxidável com capacidade de 35 a 1.000L, misturador de homogeneização específico estático e dinâmico de fluidos newtonianos e não newtonianos e circuitos de transferência de matéria prima e base branca contendo bombas com vazão mínima variando entre 0,0006 a 17.600kg/h e vazão máxima variando entre 15 a 22.000kg/h e motores com potência variando entre 0,37 a 75kW.
8479.82.90 Ex 178 – Trituradores de resíduos florestais e madeira, de alta rotação, montados sobre esteiras autopropelidas, com potência igual ou superior a 475kW, mas igual ou inferior a 485kW, equipados com rotor de trituração de largura de 1.750mm, diâmetro de 1.120mm, rotação igual ou superior a 970rpm, mas igual ou inferior a 1.140rpm com 36 martelos móveis; largura de transporte de 3.000mm, altura de transporte de 3.390mm, comprimento de transporte de 10.020mm, com esteira de saída em borracha com comprimento de 7.500mm, largura de 1.500mm e altura de descarga de 5.090mm; peso igual ou superior a 32.000kg.
8479.82.90 Ex 179 – Trituradores de resíduos florestais, domésticos e industriais de comprimento igual ou superior a 16.700mm, mas igual ou inferior a 16.900mm, montados sobre chassi sobre eixos rebocável ou esteiras autopropelidas; dotados de rotor único com comprimento de 3.000mm, diâmetro mínimo igual ou superior a 600mm, mas igual ou inferior a 800mm, rotação máxima de 32rpm, dentes parafusados no eixo variando de 28 a 145 unidades; caixa basculante para alimentação do eixo de trituração; motor diesel com potência igual ou superior a 388kW, mas igual ou inferior a 530kW; peso igual ou superior a 30.000kg, mas igual ou inferior 35.000kg.
8479.82.90 Ex 180 – Combinações de máquinas para trituração de filmes de PP/PE, com capacidade de até 400kg/h, compostas de: triturador tipo “shredder” com 30 laminas rotativas e 2 laminas fixas feitas de aço inoxidável DC53 resistente ao desgaste, à compressão e à têmpera, velocidade de rotação 50rpm, eixo com diâmetro de 300mm, potência da unidade hidráulica 4kW, pressão hidráulica máxima 12Mpa, medida da bocal de alimentação 1.350(C) x 980 (L)mm, câmara com dimensões de 780 (C) x 670 (L)mm, com tela feita em malha de tiras com distância de 65mm, e resfriamento por circulação de água; 2 esteiras transportadoras para alimentação e descarga do triturador, com correia feita de PVC e largura máxima de 600mm, potência de 1,5kW.
8479.89.11 Ex 153 – Máquinas compressoras, rotativas, automáticas, para fabricação de comprimidos farmacêuticos por compactação, com forças máximas de pré-compressão e compactação iguais a 100kN, com ou sem uma ou mais torres intercambiáveis com 27, 33, 41 ou 44 estações de prensagem, capacidade de produção máxima compreendida entre 194.400 e 316.800comprimidos/h, diâmetro máximo dos comprimidos igual a 11, 13, 16 ou 25mm, com ou sem sistema desempoeirador de comprimidos, com ou sem sistema automático de controle de conformidade dos comprimidos, controladas por sistema computadorizado com “software” dedicado e interface homem-máquina (IHM).
8479.89.99 Ex 330 – Combinações de máquinas para transportar, resfriar, empilhar e embalar automaticamente painéis tipo “sanduíche” com largura entre 600 e 1.200mm, comprimento entre 2 e 15m, e espessura de 40 a 200mm em linha contínua de produção, compostas de: cama de resfriamento, com motor de potência 7.5kw*2, dotada de servo controle, esteira transportadora de até 24m, em aço, com motor de potência 2,2kW, equipamento de empilhamento automático dotado de dispositivo giratório acionado por motor, máquina embaladora, com plataforma e escada de segurança em aço, dotada de 2 posições para rolos de filme de plástico, motor de potência 4kW, com controle CLP, com velocidade de produção de 6m/min e altura máxima de 1.300mm.
8479.89.99 Ex 331 – Combinações de máquinas para o tratamento da superfície de chapas de rochas ornamentais compostas de: 1 plataforma giratória de entrada para suporte de chapas e ou blocos; 1 plataforma giratória com cavalete removível de suporte de chapas; 1 robô paginador automático com ventosas para carregamento e descarregamento das chapas; 1 mesa pente fixa para o robô paginador; 1 descarregador basculante automático de chapas com capacidade de carga de 1.000kg com rolos motorizados e suportes retráteis; 1 plataforma giratória com mecanismo eletrônico de orientação do descarregador basculante; 2+2 cavaletes removíveis para o descarregamento de chapas; 2 pantógrafos com plano de corrente e mecanismo de extração e inserção para a recirculação de bandejas de suporte das chapas; 1 forno de secagem com capacidade de até 40 bandejas de movimentação cíclica; 2 unidades termoelétricas para o forno de secagem; 3 bancadas de trabalho para operações de resinagem equipadas com dois transportadores de corrente para a movimentação em dois sentidos;
1 acumulador com capacidade para 10 bandejas de suporte de chapas de movimentação cíclica, isolamento térmico e elevador com transportador de correntes com mecanismo de inserção e extração das bandejas; 2 bancadas de trabalho móveis no sentido longitudinal para operações de resinagem, equipadas com dois transportadores de corrente para movimentação em dois sentidos; 1 forno de catálise de resina epoxy com movimentação cíclica das 80 bandejas; 2 unidades termoelétricas para o forno de catálise; 1 bomba misturadora automática para resinas epoxy; 2 sistemas de aspiração dos vapores de resina composto de coifas e aspirador; e 137 bandejas com rede metálica para suporte das chapas, com furos e pinos para armazenamento cíclico.
8479.89.99 Ex 332 – Máquinas automatizadas, para corte e/ou perfuro de tecidos, couro, materiais sintéticos e papelões, utilizados na produção de calçados, artefatos, vestuário e estofamentos, dotadas de: 2 ou mais cabeçotes suspensos em braços telescópicos, faca oscilante, 4 ou mais perfuradores, projetor laser; área de corte máxima de 1.300 a 3.100mm de largura e comprimento ilimitado, com modalidade de trabalho contínua.
8479.89.99 Ex 333 – Máquinas automáticas para aplicação de revestimento alcoólico e/ou aquoso por aspersão em comprimidos e outros núcleos farmacêuticos, com capacidade compreendida entre 202 e 672L e lote de 161 a 538kg, considerando densidade de 0,8kg/dm³, dotadas de: tambor cilíndrico com extremidades cônicas totalmente perfurado com perfurações de 3mm de diâmetro na parte cilíndrica, com defletores em espiral, com capacidade de revestimento de lotes entre 30 e 100% da capacidade máxima da caçamba sem a necessidade de substituição, rotação do tambor de 0,5 a 11rpm, inspeção e limpeza através da porta frontal, sistema de descarregamento automático dos comprimidos com rotacionamento inverso da caçamba, braço pulverizador de revestimento servo assistido com bicos aspersores auto limpantes com sistema “Anti Bearding Cap”,
monitoramento e controle automático de pressão de ar, sensor de fluxo mássico da suspensão de revestimento, bomba peristáltica à prova de explosão, dispositivo de amostragem de comprimidos integrado à janela frontal sem abertura de porta, com ou sem sistema de monitoramento da temperatura do leito de comprimidos, unidade de tratamento de ar (UTA) com ventilador de admissão com amortecedores de vibração controlado por inversor de frequência, desumidificador de ar por condensação, condicionamento da temperatura do ar de admissão com aquecimento por vapor e sistema de tratamento do ar de admissão com filtro auto-limpante e filtro HEPA com 3 estágios de filtração (M6, F9 e H13), monitoramento e controle automático do fluxo de admissão com monitoramento da saturação do elemento filtrante do.
3º estágio por sensor de diferencial de pressão, monitoramento da 2 temperatura do ar de admissão via PT100 com controle automático, exaustão integrada com silenciador, filtro H10 e coletor de pó, sistema de limpeza WIP com “spray balls” rotativos para limpeza interna e externa do tambor, bomba de água com pressão de 6bar e bombas dosadoras de detergente de membrana, sistema de aquecimento de ar para secagem do tambor, unidade de tratamento de ar, revestidora e terminal de operação (IHM) a prova de explosão para uso seguro com pó e misturas híbridas compostas por solventes como: metanol, etanol e isopropanol, controlador lógico programável (CLP), inversor de frequência, controle de acessos, trilha de auditoria e relatórios de lotes produzidos, painel de controle com interface homem-máquina (IHM) de 19 polegadas e teclado virtual
8479.89.99 Ex 334 – Máquinas automáticas para aplicação de revestimento alcoólico e/ou aquoso por aspersão em comprimidos e outros núcleos farmacêuticos, com capacidade compreendida entre 385 e 1.282L e lote de 311 a 1.036kg, considerando densidade de 0,8kg/dm³, dotadas de: tambor cilíndrico com extremidades cônicas totalmente perfurado com perfurações de 3mm de diâmetro na parte cilíndrica, com defletores em espiral, com capacidade de revestimento de lotes entre 30 e 100% da capacidade máxima da caçamba sem a necessidade de substituição, rotação do tambor de 0,5 a 9rpm, com tecnologia de fácil acesso para inspeção e limpeza através da porta frontal, sistema de descarregamento automático dos comprimidos com
rotacionamento inverso da caçamba, braço pulverizador de revestimento servoassistido com bicos aspersores auto limpantes com sistema “Anti Bearding Cap”, monitoramento e controle automático de pressão de ar, sensor de fluxo mássico da suspensão de revestimento, bomba peristáltica à prova de explosão, dispositivo de amostragem de comprimidos integrado à janela frontal sem abertura de porta, com ou sem sistema de monitoramento da temperatura do leito de comprimidos, unidade de tratamento de ar (UTA) com ventilador de admissão com amortecedores de vibração controlado por inversor de frequência, desumidificador de ar por condensação, condicionamento da temperatura do ar de admissão com aquecimento por vapor e sistema de tratamento do ar de admissão com filtro autolimpante e filtro HEPA
com três estágios de filtração (M6, F9 e H13), monitoramento e controle automático do fluxo de admissão com monitoramento da saturação do elemento filtrante do 3º estágio por sensor de diferencial de pressão, monitoramento da temperatura do ar de admissão via PT100 com controle automático, exaustão integrada com silenciador, filtro H10 e coletor de pó, sistema de limpeza WIP com “spray balls” rotativos para limpeza interna e externa do tambor, bomba de água com pressão de 6bar e bombas dosadoras de detergente de membrana, sistema de aquecimento de ar para secagem do tambor, unidade de tratamento de ar, revestidora e terminal de operação (IHM) a prova de explosão para uso seguro com pó e misturas híbridas compostas por solventes como: metanol, etanol e isopropanol, controlador lógico programável (CLP), inversor de frequência, controle de acessos, trilha de auditoria e relatórios de lotes produzidos, painel de controle com interface homem-máquina (IHM) de 19″ e teclado virtual.
8479.89.99 Ex 335 – Máquinas automáticas para pintura de peças utilizando a pulverização por spray através de corpos de tungstênio, temperatura controlada, lavagem por ultrassom, com capacidade de pintar pontos de 0,15mm, volume a partir de 0,001ml e velocidade de 7pontos/s, área de trabalho de 400 x 300mm para colocação das peças, trabalha com até 4 cores, com sistema de inteligência visual para reconhecimento do posicionamento das peças e posicionamento do spray movido por sistema robótico de 3 eixos lineares com velocidade de 1.800mm/s.
8479.89.99 Ex 336 – Trançadeiras horizontais para confecção de mangueira de borracha de alta, média e baixa pressão, com suporte para 18 carreteis para fios de aço, com rosqueamento LH e RH, com variação de carga de tensão do fio das transportadoras entre 2,5 a 15kg com molas de compressão de carga ajustáveis, com cabeçote de bobina de aço com catraca dupla diâmetro de 120 x 150mm, com controlador lógico programável.
8479.89.99 Ex 337 – Equipamentos de vibração por ressonância para desmoldagem do macho de areia no cabeçote do motor de veículos automóveis, com força de vibração de 30G, dotados de motores elétricos de 1,2kW, painel elétrico/eletrônico com controlador logico programável para gerenciamento do sistema e interface com robô.
8479.89.99 Ex 338 – Combinações de máquinas, controladas por CLP, para inserção de parafusos em produtos eletrônicos computacionais, compostas de: sistema de eixos X, Y e Z para movimentação das parafusadeiras, 2 ou mais sistemas de alimentação automática de parafusos por passo, 2 ou mais parafusadeiras elétricas (com torque ajustável através de mecanismo mecânico) e/ou parafusadeiras eletrônicas (com torque ajustável através de sistema/interface eletrônica), com precisão de ±0.02mm e com ciclo de aparafusamento de 2,5s/parafuso, sistema de pega do parafuso por sucção a vácuo, berço com sistema deslizante com ajuste dimensional em X, Y e Z através de cilindros pneumáticos e/ou servomotores, barreira de proteção/segurança óptica, Interface Homem-Máquina “IHM” sensível ao toque, com ou sem sistema de movimentação de materiais através de esteiras elétricas ou eletrônicas.
8479.89.99 Ex 339 – Alimentadores automáticos de pinos esféricos brutos e usinados de aço, com capacidade de diâmetros de 20 a 40mm, e comprimentos de 50 a 150mm, para processos com sistemas integrados com robô para manipulação, compostos por: sistemas vibratórios, pneumáticos, sensores, cinta transportadora, elevadores, calha de retorno de peças e calhas de metal duro reguláveis.
8479.89.99 Ex 340 – Combinações de máquinas automáticas para limpeza, remoção de óleo, secagem e tratamento de fixadores, bitolas compreendidas entre 6 até 22mm, comprimento entre 16 e 246mm, compostas de: 3 tanques para banhos em até 3 tipos de óleos protetivos, com sistema automático de transporte de cargas, rotação de 355rpm, 45 graus de inclinação e cesto removível; 1 centrífuga de 115L, capacidade de 150kg, resistência 9.000W, 310rpm, motor 2.2kW, com cesto removível para secagem e remoção do óleo; 3 tanques em aço inoxidável para lavagem e neutralização; 1 estação para lavagem por imersão e spray composta por tanque externo inoxidável com sistemas de agitação mecânica, aquecimento e filtração, e sistema separador de óleo integrado; 1 centrífuga de 115L, capacidade de 150kg, 700rpm, motor 5,5kW, com cesto removível para remoção do óleo; 1 carrinho automatizado inferior para transferência do cesto para calha vibratória; 1 estação de descarga; controle do processo por controlador lógico programável (CLP), com interface “touchscreen”, temporizador de ciclo e temperatura, e sistema de código de barras.
8479.89.99 Ex 341 – Máquinas automáticas para amarrar (bandagear) cabeças de bobinas dos estatores de motores elétricos, com diâmetros de 315 à 500mm, com giro de mesa para a bandagem dos dois lados, avanço e retrocesso da mesa, expansivo para a fixação no diâmetro interno do estator e avanço automático da ferramenta (agulha) com queima da ponta do cordonel, controlada por PLC.
8479.89.99 Ex 342 – Máquinas automáticas para revestimentos em superfícies de metais e plásticos sanitários, por sistema de vácuo PVD (Deposição Física de Vapor), dotadas por câmara de prisma octogonal com plataforma giratória, diâmetro útil de 900mm e altura útil de 1.500mm, equipadas com 4 bombas turbomoleculares com sistema de mancais magnéticos multi-eixo, um sistema de bomba de parafuso industrial seco (sem óleo), controlador lógico programável, 4 fontes de evaporação por arco catódico LDE (CAE) e 2 fontes por pulverização (sputtering), 4 controladores de fluxo de massa de gás e sistema de condensação de vapor da água.
8479.89.99 Ex 343 – Clivadores de alta precisão, para corte de fibra ótica, capazes de operar com fibra única ou cabo de fibras com até 12 fibras, com ou sem coletor de fragmentos de fibras, com comprimento da clivagem igual ou inferior a 20mm para fibra e 10mm para cabo, com capacidade para 48.000 ou mais clivagens, aptos para substituição de fita de corte tipo universal.
8479.90.90 Ex 302 – Tubos para abastecimento, de uso exclusivo de bobinadores, de 1/2 até 3 polegadas, com trama em aço e borracha sintética, de baixa e alta pressão, suporta temperaturas de -40 até +150 Graus Celsius, com ou sem terminais/conectores, de até 50m de comprimento.
8479.90.90 Ex 303 – Amortecedores “Dampers” de oscilações de painéis fotovoltaicos, usados exclusivamente em seguidores solares de um eixo “Trackers”, comprimento estendido máximo aproximado de 1.119mm, comprimento comprimido de 738mm e curso de aproximadamente 384mm, velocidade máxima de 63mm/s, força de amortecimento máxima de 4.600 ±1000N e temperatura de operação de -10 a +60 Graus Celsius.
8479.90.90 Ex 304 – Unidades de controle para seguidor solar, dotadas de: gabinete de alumínio e plástico, com 4 furos para fixação, 6 botões de membrada, 1 botão de emergência e 6 “LED” de indicação de “Status”, 1 porta de comunicação para configuração local, 2 cabos para alimentação com conector MC4, 1 cabo de antena “Zigbee”, porta fusível, unidade com comunicação “Zigbee”, compatível com software de monitoramento, usados exclusivamente em seguidores solares “trackers” com atuação de -55 a +55 graus, com temperatura de funcionamento de 0 a 45 Graus Celsius, inclinômetro integrado e bateria de 6amperes, 24V/DC.
8480.71.00 Ex 180 – Moldes de conformação plástica em 3D, bi-partidos, próprios para máquinas de moldagem de plásticos por processo de extrusão e sopro em 7 camadas, com cavidade única, range de trabalho entre 10 e 90 Graus Celsius, operando com pressão de até 10bar, bloco da cavidade em alumínio de liga conforme DIN AlMg 4.5Mn e periféricos em aço carbono e inox, próprio para manipulação robotizada do “parison” para conformação em 3D, destinados a fabricação de tubo plástico para abastecimento de tanques de combustível de veículos automotivos.
8481 80.39 Ex 008 – Válvulas de amostragem flangeadas/rosqueadas de 1 polegada, próprias para extração de amostras de produtos em dutos de refinarias de petróleo, com camisa de aquecimento e pistão de 6 polegadas.
8481.20.90 Ex 076 – Válvulas direcionais proporcionais para transmissão óleo hidráulica, pré operadas, com “feed-back” eletrônico de posição do êmbolo da válvula piloto e do êmbolo principal, com pressão máxima de operação inferior ou igual a 350bar e vazão máxima inferior ou igual a 3.000L/min.
8483.40.10 Ex 296 – Conversores de torque com torque ratio de 0,97 a 3,26Nm; comprimento de 304mm, largura 304mm e espessura 162mm, número de dentes do cubo 62, estator 30 dentes e turbina 19 dentes.
8483.40.10 Ex 297 – Caixas de engrenagem para multiplicação de rotação e transmissão de torque, para aplicação em aerogeradores, com dois estágios planetários e um estágio paralelo, com rotação nominal de entrada de 13,4rpm, com relação de multiplicação de velocidade de 1:104,314, capacidade de óleo de 380L, com torque nominal de entrada de 1.572kNm e com potência mecânica nominal de entrada de 2.206kW.
8483.40.10 Ex 298 – Colunas de aço para capota de empilhadeira, com perfil côncavo de 0,8mm e torção máxima de 1grau para cada 1.000mm, ASTM 1011 GR 50 classe II.
8483.40.10 Ex 299 – Caixas de transmissão com carcaça de alumínio, potência entre 1,6 e 2,1kW, rotação de entrada entre 7.000 e 9.000rpm e relação de redução de 1,4:1 aplicadas em roçadeiras.
8483.40.90 Ex 209 – Coroas dentadas, construídas em ferro fundido ou em aço fundido ou em aço forjado ou em liga metálica especial, segmentada ou não, para transmissão de torque em moinho rotativo, com diâmetro na superfície externa igual ou superior a 10.000mm, largura igual ou superior a 965mm e número de dentes igual ou superior a 278, com ou sem eixo pinhão construído em aço com diâmetro externo na área de contato dos dentes igual ou superior a 806mm e comprimento igual ou superior a 4.300mm e número de dentes igual ou superior a 20 dentes.
8483.90.00 Ex 033 – Diferenciais com comprimento de 270mm e largura de 245mm com 27 dentes, diâmetro do passo de 43mm e folga da engrenagem de 0,15 a 0,25mm.
8501.51.10 Ex 002 – Motores elétricos assíncronos submersíveis para poços com diâmetro de 4 polegadas, de corrente alternada, com potência entre 0,5 e 1HP, trifásicos, com rotor de gaiola, rebobinável, 2 polos, frequência de 60Hz, hermeticamente vedado, com refrigeração interna à óleo, tubo externo, tampas e eixo em aço inox, rolamentos lubrificados a óleo, vedação por selo mecânico, acoplamento padrão NEMA.
8501.52.10 Ex 003 – Motores elétricos assíncronos submersíveis para poços com diâmetro de 4 polegadas, de corrente alternada, com potência entre 1,5 e 10HP, trifásicos, com rotor de gaiola, rebobinável, 2 polos, frequência de 60Hz, hermeticamente vedado, com refrigeração interna à óleo, tubo externo, tampas e eixo em aço inox, rolamentos lubrificados a óleo, vedação por selo mecânico, acoplamento padrão NEMA.
8501.64.00 Ex 003 – Geradores síncronos de corrente alternada, com sistema de resfriamento, potência de 168.500kVA, tensão de 15,75kV, frequência de 60Hz e rotação de 3.600rpm (2 polos), para uso em turbo gerador a vapor, com sistema de óleo, excitação estática, sistema de isolamento projetado na classe de resistência F, tipo de construção IM 7215 (IEC 60034-7), com dois mancais de pedestal montados à estrutura da base que suportam o rotor; flange de acoplamento ao lado da turbina, grau de proteção dos geradores fornecido IP 54 (IEC 60034-5).
8502.13.19 Ex 025 – Grupos geradores de energia com potência de 1.538kVA, com tensão entre fases de 440 a 480VCA, com fator de potência de 0,8, montados em uma base metálica horizontal, constituídos de: motor diesel de 16 cilindros em V, com capacidade volumétrica de 50L, 4 tempos, com rotação de 1.800rpm, turbo aspirado, com sistema de arrefecimento do motor agua-agua, com trocador de calor marítimo, 60Hz, com nível de emissões IMO2.
8502.39.00 Ex 010 – Turbogeradores a vapor de condensação com reaquecimento, para operação em usina termoelétrica de ciclo combinado, composto de 2 corpos (HP e IP/LP) com redutor de velocidade para o corpo HP, com potência mecânica nominal de 180MW, recebendo vapor em 3 níveis de pressão (HP, IP e LP), com gerador elétrico trifásico, de 210MVA (210.000kVA) e 16,5kV (16.500V), rotação 3.600rpm, fator de potência 0,85, frequência 60Hz, com sistema de excitação estática, sincronismo e paralelismo, com controladores lógicos programáveis (CLP), instrumentação, válvulas e carenagem de proteção contra intempéries e acústico.
8504.40.90 Ex 040 – Inversores fotovoltaicos monofásicos “on-grid”, com range de potência de 910 a 3.900W, para conversão de tensão DC em tensão AC para alimentação das cargas e sincronismo com a rede da concessionária; 1 MPPT; frequência de trabalho de 50/60Hz; eficiência máxima do inversor de no mínimo 97,2%; desenvolvidos para suportar a operação em temperatura dentro faixa de -25 a 60 Graus Celsius.
8504.40.90 Ex 041 – Inversores fotovoltaicos monofásicos “on-grid”, com range de potência de 3.900 a 7.200W, para conversão de tensão DC em tensão AC para alimentação das cargas e sincronismo com a rede da concessionária; 2MPPTs; frequência de trabalho de 50/60Hz; eficiência máxima do inversor de 97,8%; desenvolvidos para suportar a operação em temperatura dentro faixa de -25 a 60 Graus Celsius.
8504.40.90 Ex 042 – Conversores estáticos, inversores de tensão contínua em tensão alternada monofásico, para sistemas solar fotovoltaico “on-grid”, com potência de 1.600a 3.000W, topologia sem transformador, com método de resfriamento passivo (sem ventoinhas) e temperatura de operação de -25 a 60 Graus Celsius, LCD para operação, fornecendo grau de proteção IP65 (proteção contra poeira e jatos de água) e com ruído de operação menor que 25dB, portas de comunicação RS-232, RS-485, adaptador Wi-Fi para monitoramento, modelos com 1 rastreador de máximo ponto de potência (MPPT) e com uma entrada por rastreador, entrada máxima de até 550Vcc em corrente contínua, com tensão mínima de entrada em corrente continua de 70Vcc, tensão de inicialização de 80Vcc, eficiência entre 97,3 a 97,7%, com tensão nominal de 220 e 240Vca/60Hz, fator de potência em 1 e com opção de ajuste, consumo noturno menor do que 0,5W.
8504.40.90 Ex 043 – Conversores estáticos, inversores de tensão contínua em tensão alternada monofásica, para sistemas solar fotovoltaico “on-grid”, com potência de 2.500 a 6.000W, topologia sem transformador, com método de resfriamento passivo (sem ventoinhas) e temperatura de operação de -25 a 60 Graus Celsius, LCD para operação com menu em Português, fornecendo grau de proteção IP65 (proteção contra poeira e jatos de agua) e com ruído de operação menor ou igual a 25dB, portas de comunicação RS-232, RS-485, adaptador Wi-Fi para monitoramento, modelos com 2 rastreadores de máximo ponto de potência (MPPT) e com uma entrada por rastreador, entrada máxima de até 550Vcc em corrente contínua, tensão mínima de entrada em corrente continua de 80Vcc, tensão de inicialização de 100Vcc, eficiência entre 98,2 a 98,4%, com tensão nominal de 220 e 240Vac/60Hz, fator de potência em 1 e com opção de ajuste, consumo noturno menor do que 0,5W.
8504.40.90 Ex 044 – Inversores para sistemas fotovoltaicos (on-grid), monofásicos, com potência nominal compreendida entre 1.500 e 10.000W (incluindo seus limites), tensão máxima de entrada compreendida entre 500 e 600Vcc (incluindo seus limites), tensão nominal de saída de 220Vca, frequência de rede nominal de 60Hz, eficiência igual ou superior a 97%, topologia sem transformador, dotado de LCD ou LED para operação local, sistema de resfriamento por convecção natural (sem ventiladores), gabinete com grau de proteção IP65, interfaces de comunicação: Wi-Fi, USB e RS-485, e em conformidade com as normas brasileiras (ABNT) NBR 16149, NBR 16150 e NBR IEC 62116.
8504.40.90 Ex 045 – Inversores de corrente trifásico, de potência de 100kVA, topologia sem transformador, sem seguimento do ponto de potência máxima e sem regulação da tensão de entrada embarcados no inversor, sem caixa de conexão CC integrada, sem chave seccionadora CC integrada, para a conversão de tensão CC em tensão CA, para alimentação das cargas em sincronismo com a rede da distribuidora de energia elétrica, tensão nominal de saída em 277/480V, corrente nominal de saída de 120A, na frequência de 60Hz, microprocessado, com função de anti-ilhamento, tensão de entrada regulada externa e exclusivamente por Unidades de Condicionamento de Potência de Corrente Contínua (UCPcc) com função integrada de comunicação com o inversor, comunicação com o inversor através da linha alimentação CC, monitoramento e envio de comandos de desligamento rápido e redução da tensão de entrada do inversor para menos que 80V, proteção contra arco elétrico, com detecção de falha de isolamento.
8504.40.90 Ex 046 – Inversores fotovoltaicos do tipo “string” conectados à rede com tensão de entrada (CC) de até 1.100V e tensão de saída trifásica nominal de 380/400/480V (CA), potência de 100 a 110kW, 10MPPTs, 20 entradas monitoradas, sendo duas entradas por MPPT, corrente máxima CA de 168,8A, corrente por MPPT de 26A, eficiência máxima de 98,8%, fator de potência de 0,8 indutivo a 0,8 capacitivo, monitoramento de corrente residual, comunicação USB, PLC (MBUS), faixa de temperatura de operação de -25 a +60 Graus Celsius, umidade relativa 0 a 100%, grau de proteção IP66.
8504.90.40 Ex 003 – Unidades de condicionamento de potência em corrente contínua (UCPcc) compostas de, seguimento do ponto de máxima potência embarcado com conversor de tensão CC para CC para regulagem da tensão de entrada do inversor, condicionador de tensão de entrada para inversores fotovoltaicos sem regulação da tensão de entrada, redução da tensão de saída até 1V quando da ausência da tensão de energia elétrica ou desligamento do inversor fotovoltaico, função de funcionamento exclusivo com inversores fotovoltaicos sem seguimento do ponto de máxima potência embarcado, comunicação com o inversor através da linha de alimentação CC do inversor, com funções de monitoramento, recebimento de comandos de desligamento rápido e redução da tensão de saída integrados com o inversor fotovoltaico.
8505.90.80 Ex 004 – Imãs de neodímio-ferro-boro, sinterizados, revestidos com banho de NÍQUEL-COBRE-NIQUEL, grau N42H, para magnetização axial permanente, desmagnetizados, temperatura máxima de trabalho de 120 Graus Celsius, densidade 7,4g/cm³, em formato de anel com medidas 145 x 90 x 9mm (diâmetro externo, interno e altura).
8514.20.20 Ex 010 – Combinações de máquinas para resinagem de chapas de rochas ornamentais com micro-ondas, compostas de: carregador automático de entrada duplo, com ventosas e bombas de vácuo, com suporte pente giratório e até 2 suportes de chapas/cavalete duplo giratório com capacidade de 68t; basculante auxiliar, câmara desidratadora de umidade com elevador de entrada e saída das bandejas; câmara de micro-ondas; câmara de armazenagem de chapas com elevador de entrada e saída das bandejas, equipada com exaustores e queimadores; descarregador duplo de saída com ventosas e bombas de vácuo, com até 2 suportes de chapas/cavalete duplo giratórios com capacidade de 68t; até 10 mesas de conexão entre os vários módulos; elevadores a pantógrafo para permitir o ciclo continuo; cortador de tela automático; 1 painel elétrico principal e vários painéis elétricos secundários para controle das várias unidades.
8515.21.00 Ex 187 – Máquinas para soldar fitas metálicas, serras de fita e fitas bi metálicas de aço até 120mm de largura por resistência de topo a topo por faiscamento, com tela de 7 polegadas colorida sensível ao toque, processo de soldagem totalmente automático, com sistema de recozimento da solda com temperatura entre 550 e 1.050 Graus Celsius, com dispositivo de centralização de fita, com ferramenta automática de rebarbamento após soldagem, com unidades de aperto e eletrodos de soldagem de fitas até 65mm de largura, com conexão para resfriamento por água, processo de soldagem controlado por servomotor.
8515.21.00 Ex 188 – Combinações de máquinas automáticas para construções de painéis de telas de aço eletro-soldadas podendo produzir em uma ou duas pistas (conforme programado pelo operador), com largura entre 400 e 710mm para operação em duas pistas, e entre 400 e 900mm para operação em uma pista, comprimento máximo entre 6.000 e 7.000mm, com barras de aço nervuradas longitudinais de diâmetros entre 6 e 10mm, posicionadas no mínimo com 50mm de distância entre as barras, barras de aço transversais de diâmetros entre 4 e 6mm, posicionados entre 100 e 250mm, com capacidade de soldagem de até 120barras de aço transversais/min em 8 barras longitudinais (para produção em duas pistas) ou 4 barras longitudinais (para produção em uma pista), pré-cortadas e alimentadas automaticamente, ligação em 3 fases de 440V/60Hz, compostas de:
1 sistema de carregamento das 4 ou 8 barras longitudinais; 1 sistema de alimentação das barras transversais, tipo fresta, duplo, com carro de apoio; 1 unidade de solda dos painéis, com quatro prensas de solda, conjunto de válvulas para acionamento das prensas, servo drive, quatro transformadores, grupo de soldagem individual e eletrodos em ponte; 1 transportador e empilhador de painéis soldados, com uma saída para as telas em fardos; com controlador de todo equipamento (interligado e inseparável) assistido por computador e com CLP.
8515.21.00 Ex 189 – Combinações de máquinas automatizadas para conformação de chapas e solda por resistência de corpos cilíndricos, tambores metálicos de diâmetro igual ou superior a 450mm, mas inferior ou igual a 600mm, comprimento igual ou superior a 420mm, mas inferior ou igual a 1.100mm, espessura igual ou superior a 0,6mm, mas inferior ou igual a 1,20mm; capacidade de produção de 800pçs/h; compostas de: equipamento de soldagem por resistência com 3 fases; conjunto de cabeçote de soldagem; disco de soldagem; transformador de soldagem de 250kVA; equipamento de conformação cilíndrica; equipamento de transferência automática de cilindros contendo 2 braços manipuladores; dispositivo de empurradores acionado por servomotor; painel elétrico e controlador lógico programável (CLP).
8515.31.90 Ex 170 – Equipamentos para soldagens robotizadas por arco elétrico MIG/MAG, contendo 5 ou mais graus de liberdade e capacidade de carga igual ou superior a 2kg; sistema de integração funcional à um ou mais posicionadores de peças com capacidade de carga de até 10t, movimentados por 1 ou mais servo controlados, alimentação por 1 ou mais fontes de soldagem de 450A ou superior, aquisição e monitoramento de dados realizados por sistema global exclusivo da companhia, sendo possível o acesso às informações das demais filiais, equipamentos destinados à soldagem de chapas e peças estruturais de máquinas e equipamentos para construção, mineração e linha florestal.
8515.39.00 Ex 004 – Fontes para soldagem de construção inversora de 20kHz, para realizar multiprocesso de soldagem (mig/mag, arame tubular, TIG e eletrodo revestido), para materiais metálicos ferrosos e não ferrosos, com capacidade de corrente de saída de 20 a 500A, interface e operação para soldagem manual através de “display”, protocolo de comunicação digital “airlink”, tensão de entrada de 380 a 440V e sistema de rastreamento de erros.
8515.39.00 Ex 005 – Equipamentos de solda com gerador elétrico acoplado, com controle de saída através do módulo “chopper”, motor de bloco de alumínio de 2 cilindros movido a gasolina, com potência de 25HP e velocidade de operação de 3.600rpm, tomadas auxiliares com potência de 120 e 240VAC, volume do tanque de 41,6L e pico de potência do gerador de 11,5 e 10kW de potência contínua.
8515.80.90 Ex 132 – Combinações de máquinas para produção automática de respiradores descartáveis de não tecido, obtidos através de soldagem por ultrassom, com velocidade de até 25peças/min, compostas de: 1 rack motorizado para desbobinar até 4 tipos de não tecido; 1 estação de corte, por faca, e solda, por sistema de ultrassom, do clipe nasal; 1 estação de solda do formato do respirador por meio de sistema de ultrassom; 1 estação de gravação de informações no respirador por meio de sistema de tampografia; 2 unidades de desbobinamento, corte, por tesoura, e soldagem, por ultrassom, do elástico no respirador; 1 sistema de dobra do tecido; 1 unidade de corte e tracionamento do não tecido excedente; 1 unidade de solda por ultrassom do fechamento frontal do respirador; 1 unidade de corte do formato finalizado do respirador; com interface homem máquina e controlada por CLP.
8515.80.90 Ex 133 – Máquinas de solda de termoplásticos (PEAD, PP, PVDF, PA12) pelo método de termofusão (ou solda de topo), com capacidade para operar em uma temperatura ambiente de -20 a 60 Graus Celsius, para soldar tubos e conexões de termofusão de 40 a 160mm, 63 a 200mm, 63 a 250mm, 90 a 315mm, 90 a 355mm, 200 a 500mm, 315 a 630mm, 400 a 800mm, 630 a 1.000mm, 630 a 1.200mm de acordo com a unidade hidráulica e o chassi do modelo, operada por sistema hidráulico acionado de forma manual, ou automática, pode possuir interface eletrônica de controle que controla todos os parâmetros de solda como pressão de pré-aquecimento, pressão de aquecimento, pressão de resfriamento, tempo de aquecimento,
tempo de resfriamento, temperatura ambiente e tempo de retirada da placa, pode possuir interface geradora de relatórios de solda com todas as informações pertinentes ao processo os parâmetros de solda como pressão de pré-aquecimento, pressão de aquecimento, pressão de resfriamento, tempo de aquecimento, tempo de resfriamento, temperatura ambiente e tempo de retirada da placa, identificação do soldador, código de rastreabilidade da conexão, dentre outras funções opcionais em modelos específicos (coordenadas GPS da solda, tamanho e código dos tubos soldados, dados adicionais 1 e 2 e informações meteorológicas), com capacidade na memória para 10.000 ou 20.000 relatórios,
que podem ser transferidos por sua saída USB v 2.0 (480mbits/s) ou via “Bluetooth” (limitado aos modelos que possuem a placa de comunicação via “Bluetooth”), possui cabo de alimentação de 5m de cabo 3×2,5mm com plug europeu (schuko) com pinos para 16A, mangueira hidráulica dupla com engates rápidos. É composta por unidade de comando hidráulico manual, automática (Weldcontrol) ou CNC, placa de aquecimento revestida com PTFE tripla camada e dois sensores de temperatura PT100 redundantes, placa faceadora com acionamento elétrico, chassi (máquina básica), além dos casquilhos redutores em alumínio ou aço inoxidável, a alimentação elétrica é de 176V a 289V, 42 a 69Hz, a unidade possui proteção contra impurezas grau IP54.
8543.20.00 Ex 024 – Geradores de sinais GNSS “grandmaster” com relógio de rubídio e relógio de quartzo, chassi 1U com kit para montagem em rack 19 pés, 8 portas 1G/10G para sinais PTP/Sync-E com capacidade mínima de 2.048 clientes, com cartão auxiliar que possui 1 entrada/saída E1/2MHz, 1 entrada/saída 10MHz e 1 entrada/saída 1PPS, 2 fontes de alimentação 48VDC, 90W, 2 cabos de alimentação DC.
8543.20.00 Ex 025 – Geradores de sinais GNSS “grandmaster” com relógio de quartzo ou rubídio, chassi 1U com kit para montagem em rack 19 pés, 4 portas 1G para sinais PTP/Sync-E com capacidade mínima de 128 clientes e 1 saída E1/2MHz, 2 fontes de alimentação 48VDC, 90W, 2 cabos de alimentação DC.
8543.20.00 Ex 026 – Geradores de sinais GNSS “grandmaster” com relógio de rubídio ou quartzo, chassi de 5U com kit para montagem em rack 19 pés, 4 portas 1G para sinais PTP/Sync-E com capacidade de expansão para até 48 portas, com capacidade mínima de 2.048 clientes por porta com taxa de até 128pps e 1 saída E1/2MHz com capacidade de expansão para até 160 portas, 2 fontes de alimentação 48VDC, 90W, 2 cabos de alimentação DC.
8704.10.90 Ex 047 – Caminhões fora de estrada “dumper” para transporte de escória líquida, com chassi articulado, capacidade de carga útil (pote mais escoria) máxima permitida até 80t, volume aproximado do pote de escoria de 16m3, basculamento, sistema de acionamento hidrodinâmico, potência do motor de 340HP (250kW).
9011.10.00 Ex 004 – Microscópios estéreos com zoom 8:1 para ambientes de educação biológica, laboratórios e produção industrial, com lentes com correção apocromática, tubo binocular com inclinação de 35 graus, paradas de cliques com zoom selecionável 0.63x-0.8x-1x-1.25x-1.6x-2x-2.5x-3.2x-4x-5x, distância de trabalho 92mm, vidro de proteção contra poeira M50 com M49x0.75 e oculares PL 10x/23 br foc.
9011.80.90 Ex 028 – Microscópios monoculares , imagem de observação direta, com leitura angular de resolução/graduação de 1 grau, resolução (ângulo) de 6′ e rotação de 360 graus com ponto zero ajustável, lente ocular de 15X e lente objetiva de 2X com foco manual, capacidade máxima de mesa entre 50 x 50mm a 50 x 100mm, fonte de iluminação de contorno utiliza LED branco com ajuste contínuo de iluminação e filtro verde, e fonte de iluminação de superfície utiliza LED branco com ajuste continuo de iluminação e iluminação obliqua.
9013.20.00 Ex 028 – Unidades geradoras de laser de estado solido pulsado com potência de até 530W, que fornece potência de pico de até 10kW com qualidade do feixe de até 25mm.mrad, no comprimento de onda de 1.064nm, duração do pulso no range de 0,3 a 50ms, no range de frequência de até 909Hz, máxima energia do pulso de até 100J e com ou sem óticas para o processo de solda e todos os seus componentes essências para seu funcionamento.
9015.80.90 Ex 048 – Sensores de medição da velocidade e direção do vento (anemômetro), classe 1 e padrão IEC, utilizáveis em avaliações de recursos eólicos, monitoramento operacional de parques eólicos, estudos meteorológicos, monitoramento ambiental e em verificação de curva de potência de turbinas, com corpo de alumínio anodizado, eixo em aço inoxidável, rolamentos de esferas, interruptor óptico e copos de policarbonato moldado por injeção, com faixa de medição da velocidade do vento entre 0,638 a 75m/s, com sinal de saída por meio de ondas quadradas com frequência de 532,9Hz a 50m/s, faixa de sinal de saída entre 0 a 800Hz e resolução de 0,046m/s.
9015.80.90 Ex 049 – Sensores lidares para avaliação do potencial de geração de energia eólica, com capacidade para medir remotamente a velocidade, direção e alterações de comportamento do vento (turbulência, temperatura, pressão barimétrica, umidade relativa do ar), operando por emissão de feixes de raios laser contínuo, com medição realizada em 10 níveis de altura, com faixa de altura de medição entre 20 e 200m a partir do ponto de instalação, para ventos com velocidade entre 2,5 a 10m/s, com precisão de mais ou menos menor que 0,207m/s, com tensão de alimentação de 23 a 32VDC, podendo ser alimentado por baterias, geradores ou painéis solares fotovoltaicos.
9015.80.90 Ex 050 – Equipamentos eletrônicos giroscópicos e gravimétricos com tecnologia MEMS para medição de deformações de estruturas podendo ser aplicados para detecção de deformações na vertical (recalque), horizontal (inclinação) e em arco (convergência), adequados para monitoramento em mineração, barragens, estradas, túneis e hidrelétricas, compostos de uma cadeia de segmentos, de 250, 500 ou 1.000mm, de tubos rígidos unidos por juntas flexíveis que podem mover em qualquer direção, cada segmento possui sensores do tipo MEMS instalados internamente, além dos sensores os cabos de transmissão dos sinais também são instalados internamente aos segmentos, resolução de +/-1 arco seno por junta, acurácia de +/-1,5mm por 32m de instrumento, faixa de leitura angular dos sensores de +/-360 graus, instalação em tubos (casing) 27mm ou 47 a 100mm, diâmetro das juntas 19mm, peso 0,6kg/m, inclinação máxima nas juntas 90 graus, temperatura de operação de -35 a +60 Graus Celsius, resistência a submersão 2.000kPa (200m de água), alimentação elétrica 12VDC a 1,8mA/seguimento.
9018.19.80 Ex 090 – Equipamentos para testes de função pulmonar completa (Pletismógrafo), controlados por software interativo contendo os diversos exames parametrizados, construído em alumínio e vidro com volume de 1.110L e porta com fechadura eletromagnética, dotados de espirômetro acoplado em braço 3D flexível, difusor, sensor de fluxo ultrassônico de alta precisão à prova de água com precisão de 1% ou 0,1L/s (o que for maior), porta magnética, microfone, alto-falante integrado, conjunto de filtros bacteriológicos, cadeira ajustável para acomodação de pacientes com capacidade de carga máxima de 150kg, sistema de aerossóis para testes bronquial automatizado, interface USB, PC e periféricos (monitor de tela plana LCD teclado, mouse e impressora jato de tinta), carrinho, de uso em clínicas, hospitais e laboratórios de diagnósticos.
9018.19.80 Ex 091 – Monitores multiparamétricos, com estrutura modular, com um tela LED “touchscreen” de 17 polegadas, bateria embutida, próprios para monitoração contínua dos sinais vitais de pacientes, podendo monitorar os seguintes parâmetros: eletrocardiograma (ECG), frequência respiratória (RESP), saturação de oxigênio (SPO2), taxa de pulso (PR), pressão arterial não invasiva (NIBP), temperatura (TEMP), comporta monitor multiparamétrico de transporte de emergência independente utilizado no deslocamento do paciente.
9018.19.80 Ex 092 – Equipamentos de ergo-espirometria para testes de funções cardiopulmonares, para uso em clínicas, hospitais e laboratórios de diagnóstico, composto por transdutor de volume digital (DVT) para determinação precisa da ventilação com calibrador automático de fluxo volume; máscara de ergo-espirometria; analisador de oxigênio substituível e software completo para verificação dos resultados de diversos exames parametrizados, acompanhados ou não de carrinho, PC, monitor, mouse e teclado higiênicos, impressora, monitor de pressão arterial automática (Tango M2), sensor de SPO2, Oximetria de Pulso integrado, com sensores de clip de dedo, auricular ou adesivo frontal incluindo transformador isolador de grau médico, dotado ou não de aparelho de eletrocardiograma (ECG) com tecnologia “bluetooth” com seus respectivos cabos e eletrodos e de módulo para calorimetria indireta.
9018.19.90 Ex 054 – Fontes de luz (Partes de Endoscópios), bivolt, com diodos emissores de luz (LEDs), PCBs, Liquid Crystal Display (LCD), interruptores e fiação eletrônicos, componentes de plástico e um chassi de metal, cabo “SafeLight “para imagiologia visível endoscópica e de fluorescência por infravermelho próximo em tempo real, tamanho 12,1 (altura) X 31,8 (largura) X 42,7 (profundidade) cm e peso 7,3kg.
9018.50.90 Ex 117 – Dispositivos com dupla câmera de “Scheimpflug” com resolução em pixel de 2 x 1.280 x 960, visão superior da câmara com resolução em pixel de 1.280 x 960 e com disco de plácido com 20 anéis monocromáticos para digitalização rotacional de imagens em fenda da “dual Scheimpflug” combinada com as imagens de plácido e visão superior, que podem ser utilizadas em reconstrução tomográfica 3D, em análises como: paquimetria, densitometria de córnea e cristalino, aberrometria de córnea, mapas de elevação corneana, relatório com mapa de comparação, (TCP) Poder Total da Córnea.
9018.50.90 Ex 118 – Unidades de processamento de dados dedicada a receber dados de câmeras de precisão para geração de mapeamento e reconstrução 3D de estruturas oculares, memória RAM e disco de armazenamento central único ou múltiplo, conexões proprietárias para dupla câmera de “Scheimpflug”, e câmera com resolução em pixel de 1.280 x 960.
9018.50.90 Ex 119 – Instrumentos computadorizados para confecção e análise de tomogramas com diodo superluminescente de 840nm, modos de imagem segmento posterior, segmento anterior, angiografia por OCT e imagem de fundo de olho, velocidade de digitação 100.000scans/s, profundidade de alcance no tecido entre 2 e 2,9mm, proporciona imagens HD (OCT) e angiografia (OCTA) maiores de até 12mm em única digitalização, resolução transversal 15 microns, resolução axial 5 microns (no tecido) raster de 12mm; cubo de 3 a 12mm, ajuste do foco de fixação interna de -20D a +20D (diópteros), teclado e mouse sem fio para “input” de dados, visor colorido de tela plana 22 polegadas integrado.
9018.50.90 Ex 120 – Fotocoaguladores destinados a procedimentos de foto-coagulação da retina, trabeculoplastia e iridotomia para tratamento de glaucoma; com ou sem opção de fotocoagulação multiponto VITE, joystick com gatilho manual e micromanipulador eletrônico ou somente manual, possui laser verde com frequência dupla, comprimento de onda de 532nm, com lâmpada de fenda de laser, diâmetro do ponto ajustável continuamente entre 50 até 1.000 micrometros, iluminação 12V 30W, condução do raio laser coaxial à iluminação da fenda, com ampliação regulável em etapas de 5x, 8x, 12x, 20x, 32x ou 8x,12x, 20x, diodo de 620 a 650nm para mira e foco, podendo conter ou não os seguintes itens acessórios: filtro protetor para o operador, pedal de acionamento com sonorizador, sistema de refrigeração termoelétrica, ocular de 10x, braço de apoio com regulagem de altura, haste para fixação da luz, mesa de instrumentos e adaptador para conversão de lâmpada de fenda de diagnóstico em estações de trabalho a laser, suporte de mesa e capa protetora.
9018.50.90 Ex 121 – Equipamentos oftalmológicos de diagnóstico destinados a realização de exames de biometria e paquimetria, sonda A de biometria de 10MHz com intervalo de medição entre 13 a 45mm, sonda de paquimetria de 20MHz com intervalo de medição de 150 a 1.550 micrometros, tela “touchscreen” colorida de 3,5 polegadas, comunicação “wireless”.
9018.50.90 Ex 122 – Equipamentos para avaliação do segmento e câmara do olho humano, dotados de sistema ótico binocular, com campo de visão de 10X, 16X e 25X, possui ajuste de dioptria de +/-6D e iluminação da fenda continuamente variável de 1 a 14mm, com ângulo da fenda de 0 a 180 graus.
9018.50.90 Ex 123 – Biômetros não invasivo com refletometria óptica de baixa coerência para medir os diferentes parâmetros de olho, que inclui um ceratômetro que captura medidas de 32 pontos de córnea, em 2 anéis, com diâmetros de 1,65 e 2,3mm, inclui função APS, posicionamento automatizado o que permite leituras automatizadas com precisão, faz a medição do comprimento axial do olho, de 14 a 32mm com resolução de 0,01mm, da espessura da córnea, 300 a 800micrometros com resolução de 1 micrometro, da profundidade da câmera anterior 1,5 a 6,5mm com resolução de 0,01mm, da profundidade do humor aquoso, da espessura do cristalino, 5 a 6,5mm com resolução de 0,01mm, da curvatura da córnea, dos raios para o meridiano horizontal e vertical, do eixo do meridiano horizontal, da distância branco-branco, de 7 a 16mm, com resolução de 0,01mm, do diâmetro da pupila, de 2 a 13mm com resolução de 0,01mm.
9019.10.00 Ex 011 – Colchões de pressão alternada, antiescaras (colchões hospitalares) com capa de plástico PVC com 0,3mm de espessura, enchimento por bomba de ar com dimensões de 22 x 11 x 8cm , pressão controlada de saída de 70 a 130mm HG, 6 a 7L/min, com 130 células uniformes divididas em 2 vias com alternância de pressão nas diversas partes do corpo, dimensões de 200 x 90 x 7cm, 127 ou 220V/60Hz.
9019.20.90 Ex 021 – Máscaras para cuidados respiratórios domiciliares ou hospitalares, utilizadas em equipamentos de ventilação mecânica para tratamento de distúrbios respiratórios, dotadas de arnês ajustáveis, com ou sem almofadas substituíveis e cotovelo giratório de 360 graus para conexão do tubo que liga a máscara ao aparelho.
9024.10.90 Ex 007 – Classificadores de lâminas de madeira torneada, de 2,5 a 4,2mm de espessura; com medidor de espessura integrado com resolução de até 0,13mm e faixa de densidade de lâmina entre 300 e 1.200kg/m³; PLC integrado com analisador de dados de espessura, temperatura, densidade, umidade, velocidade sônica e rigidez.
9027.10.00 Ex 166 – Equipamentos para monitoramento “on-line” dos gases dissolvidos no óleo isolante do transformador, medindo o conteúdo de umidade (%) e hidrogênio (H2),utilizando a técnica de espectrômetros de infravermelho por transformada de “Fourier” (FTIR), com concentração de cada gás de partes por milhão (ppm), hidrogênio ( H2) 25 a 5.000ppm acurácia ±25ppm ou ±20% o que for maior , monóxido de carbono (CO) 2 a 5.000ppm acurácia ±2ppm ou ±5%, dióxido de carbono (CO2) 5 a 20.000ppm acurácia ±5ppm ou ±5% , metano (CH4) 1 a 10.000ppm acurácia ±1ppm ou ±5% , acetileno (C2H2) 0,5 a 10.000ppm acurácia ±0.5ppm ou ±5%, etileno (C2H4) 2 a 10.000ppm acurácia ±2ppm ou ±5% , etano (C2H6) 2 a 10.000ppm acurácia ±2ppm ou ±5% , propeno (C3H6) 10 a 10.000ppm ±10ppm ou ±5%, propano (C3H8) 10 a 10.000ppm acurácia ±10ppm ou ±5%, umidade (H2O) 0 a 100% acurácia de ±2%; operando nas seguintes condições ambientais -50 até +55 Graus Celsius, temperatura do óleo na válvula -20 a +120 Graus Celsius, pressão do óleo na válvula de 0 a 10bar e IP 66.
9027.10.00 Ex 167 – Equipamentos configuráveis para análise de O2; tecnologia de sensor paramagnético; uso em área classificada; possibilidade de sensor padrão ou resistente a solvente; faixa de medição de 0 a 25% de O2; tempo de resposta T90 menor que 6s; precisão menor que ±0,05% O2; limite de detecção menor que ±50ppm O2; repetibilidade de 0,02% de O2; temperatura de operação de -10 a +55 Graus Celsius; uma saída isolada 4-20mA/0-20mA.
9027.10.00 Ex 168 – Unidades funcionais de coleta de gás do escapamento para análise de material particulado, compostas por: conjunto de diluição em ar ambiente com controle de temperatura, pressão e umidade, túnel para diluição com sonda de coleta da amostra, caixa de filtros para abrigar de 3 a 4 filtros onde a amostra coletada do túnel de diluição passará, controlador de temperatura da amostra nos filtros para mantê-los em 47 Graus Celsius +/-5 Graus Celsius, controlador de fluxo composto por válvulas solenoides e sistema de pressão negativa para manter o fluxo de amostragem constante, bancada de controle de temperatura e umidade para condicionamento dos filtros e sistema de automação para controle e monitoramento de todos os parâmetros.
9027.10.00 Ex 169 – Unidades de teste de vazamento de gás hélio através de análise por espectrometria de massa, simulando o vazamento de combustível do sistema de injeção do motor de veículos leves, através de injeção de gás hélio de alta pressão até 250bar +/-10bar e baixa pressão 0,5bar no componente, simulando as condições de funcionamento do motor, compostas por: 2 câmeras a vácuo de testes de detecção de gás com precisão de 5.0E-13Pa.m3/s, (compressão de analise igual a 25MPa, concentração de He 100%); sistema de exaustão; sistema de carga e recuperação de gás hélio com taxa de recuperação igual ou maior que 98%; sistema de fixação e vedação; sistema de limpeza do gás da câmera; painel de controle elétrico e de gerenciamento das comunicações entre os sistemas, com ciclo de operação de até 45s.
9027.30.19 Ex 046 – Equipamentos para medição continua de revestimentos (multi-camadas) em tiras metálicas, independente do substrato, sem contato e não destrutível, dotados de 3 sondas óticas na face superior e 3 sondas óticas na face inferior, medição por processo de interferência de luz e processamento com algoritmos de software, velocidade do processo até 600m/min, com faixa de medição de 0,3 até 250mícrons, com desvio máximo de leitura de +/-3% da espessura do revestimento, temperatura de operação de 0 a 55 Graus Celsius, velocidade de medição de até 150amostras/s, armazenamento de dados pelo sistema para interligação via OPC a sistemas de automação , operação através de interface própria, com IHM, mouse e teclados.
9027.30.20 Ex 070 – Espectrofotômetros portáteis, com a função de realizar medidas de cor SPIN e/ou SPEX com uma geometria onde a luz incide nas amostras de forma difusa e medida num ângulo de 8 graus; ou realizar medidas de cor spin e/ou SPEX com uma geometria onde a luz incide nas amostras num ângulo de 45 graus e medida num ângulo de 0 graus, com câmera integrada para mostrar na tela a imagem aumentada em 4,5 vezes da região de leitura da cor, com medição de fluorescência através de um fluorímetro com iluminação monocromática e cálculo dos índices DFI (delta fi) e de zero (delta e sem fluorescência), com range espectral para a medir fluorescência de 340 a 760 nanômetros com resolução de 10 nanômetros, com range espectral para as medições de cores de 400 a 700 nanômetros com resolução de 10 nanômetros, com repetibilidade colorimétrica de até 0.01 em “Delta E*”, com iluminação através de LEDS de alta e longa estabilidades, com 13 tipos de iluminantes para medir as cores (A, C, D50, D55, D65, D75, F2, F6, F7, F8, F10, F11 E UL30)
com observadores de 2 ou 10 graus, com escalas colorimétricas (DELTA E*, DELTA E(H), DELTA EFMC2, DELTA E94, DELTA ECMC, DELTA E99, DELTA E2000), com índices colorimétricos (YIE313, YID1925, WIE313, CIE, BERGER, COLOR STRENGTH, OPACITY, METAMERISM, GRAYSCALE, JETNESS), com medição de brilho no ângulo de 60 graus com uma abertura de 5 x 10mm, com aberturas da área de medição com 8 ou 12mm de diâmetro, com display LCD colorido de 3,5 polegadas de posicionamento autoajustável e “touchscreen”, com calibração automática e autodiagnósticos feitos diretamente da “docking station”, alimentação através de baterias internas recarregáveis, acompanha padrões de referência para calibração nas cores branco e verde e carregador ac bivolt, acondicionado em maleta para transporte.
9027.50.20 Ex 124 – Módulos óticos de reação, com capacidade para 96 ou 384 amostras, operando com 5 ou 6LED’S com comprimento de luz controlado (filtrado) para excitação do material e 5 ou 6 fotodiodos de detecção simultânea em uma única amostra, abertura e fechamento automatizado, detecção para reações “singleplex” ou “multiplex”, para uso em processo de detecção de reação em cadeia da polimerase (PCR) em tempo real.
9027.50.20 Ex 125 – Analisadores computadorizados para detecção qualitativa, em tempo real, de sequências de ácidos nucleicos, através de métodos químicos de PCR, a base de fluorescência, com excitação através de luz de LED; 6 canais de leituras fotométricas; utilização de cartuchos com reagentes e sondas específicas para cada patógeno.
9027.50.90 Ex 161 – Medidores do efeito “casca de laranja” do acabamento de pintura, com laser na cor vermelha, com display colorido e “touchscreen” ou display mono cromático e botão lateral “scrool wheel” ou sem display, operado manualmente ou via um braço robótico, com medição de escalas tipo (LW, SW, WA, WB, WC, WD, WE, B, DOI, NOTE 1M, NOTE 3M, GL, DI, OP, AO, FAM, ACY, LU, SH, OP, CF, RATING, DOI, PAG, CF, GD) ou (LW, SW, WA, WB, WC, WD, B, DOI, NOTE 1M, NOTE 3M, GL, DI, OP, AO, FAM, ACY, LU, SH, OP, CF, RATING, DOI, PAG, CF, GD) ou (NID NISSAN E NID2) ou (W1, W2, W3, W4, G, F)
ou (NID NISSAN NID2, NID2), com ou sem medição de névoa na escala DU (DULLNESS), tamanho dos “scans” das amostras de 0, 5, 10 e 20cm ou 5, 10 e 20cm, curvatura da amostra igual ou maior que 300mm, resolução 375 pontos por cm, repetibilidade de 4% ou <0,4 ou “8% ou <0,8”, reprodutibilidade de “6% ou <0,6” ou “12% ou <1,2”, possui memória de gravação de todos os dados durante a medição de 100 ou 1.500 ou 2.000 leituras, possibilita a transferência dos dados para um computador via interface usb ou rs-422, acondicionado em maleta para transporte.
9027.50.90 Ex 162 – Analisadores automáticos bioquímicos que processa 180testes/h no módulo fotométrico e 360testes/h no módulo ISE, totalizando 540testes/h, quando combinados os 2 módulos, comporta até 80 reagentes simultaneamente e utiliza um volume de reação entre 100 e 360microlitros, possui 56 cubetas de reação, divididas em 8 segmentos de 7 cubetas.
9027.50.90 Ex 163 – Equipamentos para medição de brilho, que realiza medição em ângulo de 20 graus na faixa de medição entre 0 e 2.000gu com área de medição de 10 x 10mm e/ou 60 graus na faixa de medição entre 0 e 1.000gu com área de medição de 9 x 15mm ou 2 x 4mm e/ou 85 graus na faixa de medição entre 0 e 160gu com área de medição de 5 x 38mm e/ou 45 graus na faixa de medição entre 0 e 180gu com área de medição de 9 x 13mm e/ou 75 graus na faixa de medição entre 0 e 140gu com área de medição de 7 x 24mm, com precisão de repetibilidade de 0,1gu e reprodutibilidade de 0,2gu para o intervalo de medição entre 0 e 20gu e com precisão de repetibilidade de 0,2gu e reprodutibilidade de 0,5gu
para o intervalo de medição entre 20 e 100gu e/ou com precisão de repetibilidade de 0,2% e reprodutibilidade de 0,5% para o intervalo de medição entre 100 e 2.000gu, com tempo de medição de 0,5s/geometria, com memória para 999 medições com registro da data e da hora, com interface de comunicação via cabo com porta usb, funcionamento através de bateria alcalina de 1,5V tipo pilha aa, com interface de usuário/menu e programação disponível em 8 idiomas selecionáveis (inglês, francês, espanhol, italiano, alemão, japonês, chinês e português), com memória para 50 padrões de referência, possui a função passa/falha de medição em relação ao padrão de referência, com fonte de luz LED, opera em temperaturas entre 15 e 40 Graus Celsius.
9027.50.90 Ex 164 – Instrumentos contadores hematológicos de até 22 parâmetros, com diferencial em 5 partes (3 histogramas – leucócitos, hemácias e plaquetas),com tecnologia por meio de impedância eletrônica, absorção espectrofotométrica, válvulas eletrônicas, utilizando o método reagente lisante, livre de cianeto, velocidade de até 45amostras/h, com volume aproximado de até 28ml, dotados de monitor LCD colorido com tela tipo “touchscreen”, leitor de código de barras, com ou sem carregador automático.
9027.80.20 Ex 058 – Espectrômetros de massas de alta resolução, com faixa de massa de 20 a 40.000m/z no analisador de tempo de voo, com analisador híbrido quadrupolo – tempo (Q-TOF) que opera a pressão atmosférica, com ionização por “electrospray” (ESI), com partes internas dotadas de tecnologia de duplo funil, quadrupolo hiperbólico, duas bombas turbo moleculares para alto vácuo e uma bomba externa, possuí tecnologia FSR, que permite trabalhar com sensibilidade máxima e maior resolução sem restrição em relação à velocidade de aquisição de dados, equipamento de bancada, capaz de realizar medidas de massa exata e padrão isotópico real em modo MS e MS/MS contendo 1 ou 2 computadores para operação e pacote de “softwares” para aquisição e processamento de dados.
9027.80.99 Ex 487 – Aparelhos para medir a concentração de álcool etílico na corrente sanguínea, etilômetro de controle de partida para realizar a medição da concentração de álcool no ar expirado pelo motorista, evitando que a partida do veículo seja dada se o nível de álcool deste condutor estiver acima de um limite predefinido, sensor eletroquímico (célula de combustível ), faixa de temperatura -40 Graus Celsius a +85 Graus Celsius, faixa de medição de 0 a 2mg/L, precisão de ±0.03 a 0.20mg/l, visualização por “display” LCD gráfico, registro de 100.000 ocorrências de memória, tempo de análise de 5 a 25s.
9027.80.99 Ex 488 – Analisadores portáteis utilizados em diagnóstico “in vitro” para medição de gases sanguíneos, eletrólitos, metabólitos e hematócrito, em amostras de sangue arterial, venoso, venoso misto e capilar de até 92microlitros, contendo entrada para cartão de teste, bateria recarregável de íon-lítio com autonomia para realizar até 70 testes, capacidade de calcular valores analíticos e apresentar resultados de teste em até 45s, dotados de sistema de comunicação sem fio (wireless e bluetooth), memória interna para até 2.000resultados, sistema de leitura de códigos de barras integrado, teclado, tela sensível ao toque, caneta para navegação e fonte de energia.
9027.80.99 Ex 489 – Analisadores digitais “on line” de suspensão de partículas sólidas imersas em líquidos e polpas, por meio de ultrassom com sensor e analisador integrados com alimentação elétrica de 18 a 32VDC em invólucro de aço inoxidável e classe IP68 para operar com pressão de trabalho variando entre 1 à 16bar e temperatura variando entre 0 à 110 Graus Celsius em uma faixa de medição variando entre 700 a 3.000g/L.
9027.80.99 Ex 490 – Analisadores de permeabilidade a gases de oxigênio em embalagens, dotados de sensor coulométrico, com faixa de medição compreendida de 0,005 a 200cc/m²/dia, faixa de medição com área reduzida compreendida de 0,05 a 2.000cc/m²/dia, área da amostra de 50cm², controle de umidade relativa compreendido de 0 a 90%, controle de temperatura compreendido de 10 a 40 Graus Celsius e com interface “touchscreen”.
9031.10.00 Ex 126 – Máquinas automáticas para medição de peso-momento (balanceamento) radial(z), axial(x) e tangencial(y), para uso exclusivo no balanceamento das palhetas do primeiro estágio rotativo de motores aeronáuticos, com painel de interface homem-máquina (IHM) para inclusão de parâmetros de medição e obtenção dos resultados da pesagem; bomba e atuador hidráulico; cobertura de proteção de contra fluxos de ar; sistema informatizado que provê uma leitura instantânea dos resultados de medição em 3 eixos, analisando e encontrando uma distribuição das palhetas com o mínimo desbalanceamento residual nos discos de motores aeronáuticos.
9031.49.90 Ex 464 – Máquinas automáticas para inspeção ótica e teste de vazamento de ampolas/frascos de vidro para produtos farmacêuticos líquidos, cristalinos e opacos, com controlador lógico programável (CLP), capacidade de até 12.000unid/h (variável conforme produto, qualidade, dimensões e características dos recipientes) realizada por meio de 4 câmeras especiais, capazes de inspecionar partículas, níveis de enchimento, inspeções de ponta/tampa, coloração dos produtos, avaliações de controles específicos, equipadas com 4 estações de teste de vazamento, cada uma dotada de 2 eletrodos (emissor e recebedor), sistema de alimentação e descarga de ampolas, rejeição de ampolas não conformes, sistema de reinspeção automática, 1 jogo de ferramental para processar ampolas com 2 diferentes volumes (1 e 2 ml).
9031.49.90 Ex 465 – Equipamentos ópticos para inspecionar a qualidade de impressão para processos contínuos com velocidade de até 1.000m/min, em máquinas alimentadas por bobinas de materiais transparentes, opacos e metalizados com largura de até 1.200mm, para inspeção de 100% do material impresso dotada de “software” de qualidade e mapeamento de defeitos, 1 câmera de escaneamento matricial de 5,8megapixel, 2 câmeras 4K e cabine operacional com tela sensível ao toque de 23 polegadas e monitor de 43 polegadas.
9031.49.90 Ex 466 – Equipamentos ópticos para inspecionar a qualidade de impressão para processos contínuos com velocidade de até 1.000m/min, em máquinas alimentadas por bobinas de materiais transparentes, opacos e metalizados com largura de até 1.200mm, para inspeção de 100% do material impresso dotada de “software” de qualidade e mapeamento de defeitos com cabine de controle para parada bobinas em caso erros de impressão, 2 câmeras 4K e cabine operacional com tela sensível ao toque de 23 polegadas e módulo de controle com tela de 23 polegadas.
9031.49.90 Ex 467 – Máquinas automáticas para inspeção de ampolas e frascos contendo produtos líquidos, composta por: 3 estações de inspeção de partículas em alta velocidade por câmeras digitais de alta resolução (2.048 x 1.024pixels); estação de inspeção adicional, com câmera digital (2.048 x 1.024pixels) para partículas pesadas; Estações de detecção de vazamento compostas por 4 unidades de detecção de até 45KV em alta frequência de até 1.000Hz; Filtro catalítico para eliminação de ozono; 4 motores giratórios independentes totalmente ajustáveis até 3.500rpm e CLP industrial com porta de comunicação “profibus”.
9031.49.90 Ex 468 – Equipamentos automáticos para medir o peso e quantidade de composto em tampas de alumínio para bebidas, com impressora a jato de tinta para impressão de código de barras, estação de pesagem, estação de desenrolamento, com até 3 prensas e até 3 câmeras de inspeção de alta resolução, gavetas de carregamento e descarregamento e painel de controle.
9031.80.20 Ex 225 – Equipamentos para medição tridimensional em tempo real por sistema óptico de visão computacional, compostos de “hardware” e “software” dedicados, capaz de medir espessura, largura, raio, ângulo, diagonal e área em barras de aço com geometria chata, cantoneira, viga e redonda, variando entre 10 e 90mm, com uma resolução menor ou igual a 0,01mm e precisão de 700medições/s, dentro de uma exposição mínima de 0,05 millisegundos.
9031.80.20 Ex 226 – Equipamentos para medição tridimensional em tempo real por sistema óptico de visão computacional, compostos de “hardware” e “software” dedicados, capazes de medir espessura, largura, raio, ângulo, diagonal e área em barras de aço com geometria chata, cantoneira, viga e redonda, variando entre 16 e 220mm, com uma resolução menor ou igual a 0,01mm e precisão de 700medições/s, dentro de uma exposição mínima de 0,05 millisegundos.
9031.80.20 Ex 227 – Dispositivos transversais para detecção de defeitos em painéis de MDF/MDP “scanner”, com ajuste automático de acordo com a largura do painel, capacidade de gerar imagens dos defeitos em 2 e 3D, sistema automático de limpeza, câmeras digitais de varredura com resolução de 0,8 x 0,8mm, tempo de processamento do sinal de classificação de 0,8 a 1,5s com velocidade da linha de 120m/min, “software” desenvolvido especialmente com sistema de qualidade e integração total com periféricos.
9031.80.99 Ex 042 – Aparelhos de medição de vibração eólica em condutores e/ou cabos em linhas de transmissão; com intervalo de temperatura de operação de -40 a +80 Graus Celsius; com intervalo de leitura padrão de 15min; com período de amostragem padrão de 10s; dotados de: sensor deslocamento LVDT (fixo ou separado); sensor de ventos para medição, com velocidade do vento compreendida de 0 a 30m/s; sensor interno de temperatura; sensor anemômetro propulsor tipo PT1; registrador e impressora interna ; receptor sem fio; calibrador de instalação; bateria; cabo USB para conexão; “software”; manual do usuário e mala de alumínio.
9031.80.99 Ex 043 – Alavancas de controle eletromecânico tipo “joystick”, com retorno por mola de eixo único ou duplo, ou eixo único com ficção, ou eixo duplo com uma mola de eixo, uma fricção de eixo, tipo de sensor: efeito “hall” com sensores redundantes, sem contato redundante ou detecção potenciométrica de longa duração, redundante total, tipos de saídas: CAN ou analógico ou PWM, com funções de controle, botões: proporcionais ou duas posições ou três posições, com grau proteção IP 65 ou IP66 ou IP67, para aplicações em hidráulica marítima, móvel hidráulico, móvel eletrificação e indústria.
9031.80.99 Ex 044 – Máquinas de inspeção automática e seleção de fixadores, com sistema de alimentação e mesa rotatória em aço para peças metálicas com bitola de 6 até 20mm, com comprimentos entre 20 e 220mm e diâmetros de cabeça e flange máximo de 35mm; estação capaz de inspecionar a peça 360 graus; estação para teste de chave; detecção de trincas por sistema de sonda “Eddy Current”; detecção de tratamento térmico por bobina tipo garfo com sistema de “Eddy Current”; velocidades de inspeção máximo de 250peças/min e 120peças/min com a inspeção 360 graus; controle de processo por controlador lógico programável (CLP), interface de controle por tela sensível ao toque “touchscreen” para intervenções e ajustes de processo.
9031.80.99 Ex 045 – Sistemas avançados de registro de dados para energias renováveis (solar e eólica) através de leituras de sensores meteorológicos e outros dispositivos, dotados de instrumento “data logger”, painel de cabeamento e cabo de conexão, com módulo de comunicação remota “ipackgps”, com 26 canais (12 contadores e 14 analógicos) e 2 portas RS485 para sensores inteligentes, com intervalo de registro selecionável entre 1, 2, 5, 10, 15, 30 e 60min, com duas baterias de célula “d” recarregáveis, equipados com painel fotovoltaico externo de 15W para fornecimento de energia autônoma e carregamento das baterias, possui conversor ADC de 16 bits para medições precisas e de alta resolução, com meio de armazenamento de dados na memória flash interna de 8 MB e opcional no cartão SD, duas camadas de segurança (pin e encriptação de 128-bits), proteção contra surtos em cada canal, com ou sem gabinete para instalação do sistema, compatíveis com sistemas de comunicações (GSM/GPRS, 3G GSM, CDMA, SATÉLITE BGAN M2M E MODBUS/TCP).
9031.80.99 Ex 046 – Máquinas para inspeção dimensional, de superfície e forma, sem toque, com sistema de visão artificial, controlado por computador, com captação de imagem por uma ou mais câmeras de alta resolução, com capacidade máxima de inspeção igual ou superior a 12peças/s.
9031.80.99 Ex 047 – Dispositivos inteligentes para monitoramento de vacas leiteiras em tempo real dotados de coleiras e/ou pulseiras de pata, antena receptora de sinal, servidor de processamento de dados e sistema de alertas, com a função de monitoramento do comportamento de alimentação, ruminação, saúde, movimento (se a vaca está parada, deitada ou caminhando), detecção de cio, identificação e localização visual em mapa; precisão de aproximadamente 97% para detecção de cio, 90% para alimentação, 95% para ruminação e 90% para descanso; controle via acesso remoto por meio de smartphone, tablet ou desktop; compatível para integração com sistemas automatizados de ordenha, alimentação, triagem e roteamento, e envio de alertas de grupo quando possíveis riscos afetarem o desempenho do rebanho.
9031.80.99 Ex 048 – Leitoras traçadoras – aparelhos para digitalização de formato de lentes, com processo de leitura óptica e mecânica de armações de óculos, por meio de apalpadores, com capacidade de efetuar leitura 3D de armações e 2D para moldes e lentes, com ângulo pantoscópico de 5 a 25 graus, dotadas de interface para uma ou mais biseladoras, tela “touch” de 10 polegadas e capacidade de memorizar até 1.000formatos.
9031.80.99 Ex 049 – Codificadores de ângulo absoluto com 20 dentes e interruptor de fim de curso, tensão de trabalho de 24Vcc (±10%), consumo máximo de potência de 10W, corrente máxima de 250mA; protocolo de comunicação do tipo PROFINET; contendo conexões de comunicação fêmea M12 código D e taxa de transferência de 100Mb/s.
9031.80.99 Ex 050 – Bancadas dotadas de equipamentos de teste e computadores industriais com “software” desenvolvido para testes aeronáuticos específicos para o computador de controle de voo, montadas em um “rack” de compartimento único com rodízios, suporte mecânico lateral para monitor, teclado e mouse, simula o ambiente operacional de unidades sob teste (UUTs) procedentes de aeronaves, visando a identificação de defeitos e auxiliando na pesquisa de panes, utiliza fontes de alimentação e interfaces seriais RS232, RS422, RS485 e ARINC429 para o fornecimento de alimentação e sinais de entrada específicos controlados através de interfaces LXI e GPIB e saídas padrão.
9031.80.99 Ex 057 – Bancadas dotadas de equipamentos de teste e computadores industriais com “software” desenvolvido para testes aeronáuticos específicos para o controle eletrônico de atuador, montadas em um rack de compartimento único com rodízios, suporte mecânico lateral para monitor, teclado e mouse, simula o ambiente operacional de unidades sob teste (UUTs) procedentes da aeronave, visando a identificação de defeitos e auxiliando na pesquisa de panes, utiliza fontes de alimentação e interfaces seriais RS232, RS422, RS485 e ARINC429 para o fornecimento de alimentação e sinais de entrada específicos controlados através de interfaces LXI e GPIB e saídas padrão.
9402.90.20 Ex 015 – Camas hospitalares, mecânicas, com movimento por meio de 2 manivelas, com cabeceiras e peseiras de alumínio e madeira, com pintura epóxi de cor branca, com 2 grades tubulares laterais de proteção, dimensões externas de 1.980 x 980mm e altura do piso até a superfície da cama de 640mm máxima, freio nas 4 rodas e movimento “Fowler” de até 80 graus na cabeceira e de até 65 graus no plano das pernas, capacidade máxima de peso 180kg.
9402.90.20 Ex 016 – Camas hospitalares, mecânicas, com movimento por meio de 3 manivelas, com cabeceiras e peseiras de alumínio e madeira, com pintura epóxi de cor cinza, com 2 grades laterais rebatíveis, de alumínio, dimensões externas de 2.050 x 980mm e altura do leito ajustável entre mínimo de 440 e 660mm máxima, freio nas 4 rodas e movimento “Fowler” de até 80 graus na cabeceira e de até 65 graus no plano das pernas, capacidade máxima de peso 180kg.

Altera para 0% as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre os Bens de Informática e Telecomunicação que menciona, na condição de ex-tarifários; e altera o ex-tarifário que menciona. Esta Resolução entra em vigor dois dias após a data de sua publicação.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA
CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR
COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO
RESOLUÇÃO Nº 39, DE 4 DE MAIO DE 2020
DOU de 05/05/2020 (nº 84, Seção 1, pág. 29)

Altera para zero por cento as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre os Bens de Informática e Telecomunicação que menciona, na condição de Ex-Tarifários.
O COMITÊ-EXECUTIVO DE GESTÃO DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no uso da atribuição que lhe confere o art. 7º, inciso IV, do Decreto nº 10.044, de 4 de outubro de 2019, tendo em vista o disposto nas Decisões nºs 34/03, 40/05, 58/08, 59/08, 56/10, 57/10, 35/14 e 25/15 do Conselho do Mercado Comum do Mercosul e nos Decretos nºs 5.078, de 11 de maio de 2004, e 5.901, de 20 de setembro de 2006, e na Portaria nº 309, de 24 de junho de 2019, do Ministério da Economia, e considerando a deliberação de sua 169ª Reunião, ocorrida em 29 de abril de 2020, resolve:
Art. 1º – Ficam incluídos no Anexo I da Resolução nº 15, de 19 de fevereiro de 2020, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, os Ex-tarifários incidentes sobre os Bens de Informática e Telecomunicação listados no Anexo Único desta Resolução.
Art. 2º – Fica alterado o Ex-tarifário nº 017 do código 8471.49.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul, constante da Portaria nº 511, de 26 de julho de 2019, da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, que passa a vigorar com a seguinte redação:

8471.49.00 Ex 017 – Máquinas automáticas para processamento de dados utilizadas como servidor, com unidade de memória, destinadas ao armazenamento de dados e pronta para ser conectada à rede de energia elétrica e à rede de dados do sistema do “datacenter” dotadas de “switch(es)”, módulos transceptores ópticos, cabos de comunicação, réguas de energia
(PDU = power distribution unit), servidores, unidades para interconexão de periféricos, com ou sem baterias, acelerador de hardware ASIC (Application Specific Integrated Circuit), Hipervisor assistido por hardware, bare-metal e suporte para arquitetura de micro-serviços, montada em estrutura metálica (rack) pronta para uso.

Art. 3º – Esta Resolução entra em vigor dois dias após a data de sua publicação.
MARCELO PACHECO DOS GUARANYS – Presidente do Comitê-Executivo de Gestão – Substituto

ANEXO ÚNICO

NCM DESCRIÇÃO
8443.32.99 Ex 047 – Máquinas de impressão pelo sistema de sublimação de tinta por meio de bobinas de fitas tintadas doadoras de cor, especialmente concebidas para produção de fotos, alimentadas por bobinas de papel, com sistema de avanço e corte, operando com resolução de impressão igual a 300 x 300dpi (tom continuo), tamanho de foto de 20 x 10cm até 20
x 90cm, para serem conectadas à máquina de processamento de dados (não inclusa), com tempo de impressão de 39s/foto no formato 20 x 25cm, e 45s/foto no formato 20 x 30cm.
8443.32.99 Ex 048 – Máquinas de impressão pelo sistema de sublimação de tinta por meio de bobinas de fitas tintadas doadoras de cor, especialmente concebidas para produção de fotos, alimentadas por bobinas de papel, com sistema de avanço e corte, operando com resolução de impressão igual a 300 x 300dpi (tom continuo), tamanho de foto de 5 x 15cm até 15 x
51cm, para serem conectadas à máquina de processamento de dados (não inclusa), com tempo de impressão (modo padrão) de 8,7 e (modo alta qualidade) de 18,4s/foto no formato 10 x 15cm.
8443.32.99 Ex 049 – Máquinas para impressão e personalização de cartão para identificação de pessoas e cartões magnéticos, de alta segurança, com chip codificado e tarjas magnéticas e acabamento com secagem UV, com capacidade de impressão de até 1.200cartões/h, com até 9 personalizações, dotadas de módulo controlador, módulo de limpeza de
cartões, modulo de codificação de tarja magnética, módulo de codificação de chip, módulo de termo impressão para personalização em baixo relevo, módulo de personalização em alto relevo, módulo de entintamento dos caracteres em alto relevo.
8471.41.90 Ex 010 – Dispositivos de comunicação e acesso ao computador para pessoas com necessidades especiais; processador integrado; sistema operacional instalado; software de comunicação assistida pré-instalado que permite, entre outras funções, a fala sintetizada; autofalante integrado (10W de potência); emissor e sensor IV (infravermelho) para controle remoto; escaneamento da íris.
8471.41.90 Ex 011 – Dispositivos de comunicação para pessoas com necessidades especiais; processador integrado; sistema operacional instalado; “software” de comunicação assistida pré-instalado que permite, entre outras funções, a fala sintetizada; 2 autofalantes integrados (4w de potência cada); emissor e sensor IV (infravermelho) para controle remoto.
8471.49.00 Ex 022 – Servidores com 1U de altura, com capacidade de armazenamento compreendida de 70TB (terabites), em 8HDD (discos rígidos) de 8TB cada e 6 discos SSD, dotados de 2 fontes de alimentação de 250W
8471.60.53 Ex 006 – Indicadores ou apontadores “mouse” com adaptações específicas para uso por pessoas com deficiência; com entrada para acionador; giroscópio integrado para captar o movimento da cabeça; utilizado em um ângulo de 180 graus na horizontal ou 160 graus na vertical; bateria recarregável integrada.
8471.60.53 Ex 007 – Indicadores ou apontadores “mouse” com adaptações específicas para uso por pessoas com deficiência; escaneamento da íris; frequência de dados visuais de 60Hz; fluxo de dados da imagem por IV (infravermelho); processador integrado.
8471.60.53 Ex 008 – Indicadores ou apontadores “mouse” com adaptações específicas para uso por pessoas com deficiência; com entrada para acionador; escaneamento da íris; frequência de dados visuais de 60Hz; fluxo de dados da imagem por IV (infravermelho); processador integrado; reconhecimento de voz (4 microfones integrados).
8473.40.90 Ex 004 – Dispositivos eletromecânicos, sem capacidade de operação autônoma, para separação e armazenamento de cédulas de papel moeda, capazes de suportar até 5 linhas para montagem para até 5 compartimentos de armazenamento, com capacidade de configuração para depósito e saque ou apenas depósito com capacidade de
armazenamento igual ou superior a 2.300 cédulas cada, próprios para integração a máquinas automatizadoras de operações de caixa, tesouraria e depósito bancário.
8473.40.90 Ex 005 – Dispositivos eletromecânicos, sem capacidade de operação autônoma, dotados de recursos para inspeção ótica e sensores de imagem com função de validar a autenticidade e identificar o valor de cédulas em papel moeda, com capacidade de diferenciação entre notas verdadeiras e falsas por meio de análise de elementos de segurança de cédulas de papel moeda com capacidade de reconhecer diferentes denominações de
cédulas de diferentes moedas, capazes de operar com velocidade de operação igual ou superior a 8cédulas/s, capazes de extrair a imagem do número de série da cédula e próprios para integração a máquinas automatizadoras de operações de caixa, tesouraria e depósito bancário, podendo conter compartimento de armazenamento temporário e compartimento de rejeição de cédulas.
8504.40.40 Ex 005 – Unidades de fornecimento ininterrupto de energia para alimentação de instalações de processamentos de dados com capacidade 800kVA/800kW; tensão de entrada trifásico 480V e tensão de saída trifásico 480V; controle geral micro processado, dupla conversão “on-line”; fator de potência de entrada 0,99; distorção harmônica de corrente de entrada 3%; fator de potência de saída 1; “display” de cristal líquido
gráfico com tela sensível ao toque (touchscreen); eficiência de até 96,9% no modo online dupla conversão (VFI), até 98,9% no “dynamic online mode” (VI) e até 99,1% no “eco mode” (VFD); tecnologia “transformer-free”; retificador e inversor com transistores IGBT associados a tecnologia PWM digital de 3 níveis; possibilidade de paralelismo de até 8 unidades com função de paralelismo inteligente; capacitores de potência dos filtros
AC e DC com expectativa de vida útil de 15 anos; compatível com baterias VRLA, baterias ventiladas, baterias de íon-lítio e “flywheels”; dimensional A x L x P = 1.950 x 2.000 x 900mm; com possibilidade de teste a 100% de carga sem necessidade de banco de carga externo; com certificação CE.
8517.62.62 Ex 013 – Aparelhos para recepção e transmissão de dados, voz e imagens, para comunicação com equipamento LTE com largura de banda de 5/10/15/20MHz e categoria 4, modo de conexão de roteamento via 802.11b/g/n 20MHz, suporte aos protocolos IPV4 e IPV6, servidor Lan com no máximo 253 clientes, “Slot” para cartão sim e “SD card”, com alimentação por fonte 12V/0,5A.
8517.62.94 Ex 012 – Bases DECT multicelulares com suporte a 254 bases interligadas e a 1.000 terminais portáteis e até 10 canais de áudio em G.711 e 5 canais em G.722 (HD) simultâneos, alimentação via “Power over Ethernet” (PoE – de 37 a 57V – IEEE802.3af – Classe 2) ou via fonte de energia 5VDC/2A, configuração de rede TFTP, HTTP, HTTPS para configuração remota e
“download” de “firmware”, DHCP “Option 66” com Servidor Web incorporado HTTPS ou HTTP e Protocolo IPv6, TLS 1.2 (protocolo Transport Layer Security), SNTP, LLDP-MED, IEEE 802.11 e VLAN IEEE 802.1Q, TOS / QOS, com Conexão via RJ45 e Interface Base-T fast Ethernet 10/100 Mbps (IEEE802.3).
8517.70.99 Ex 046 – Unidades de antena ativa com modulo de transmissão e recepção de rádio frequência integrado para tecnologia 5g e converte e transfere sinais CPRI da unidade de banda base (BBU) e o sistema da antena, canal TRX/RX de 64t64r ou 32t32r, suporta até 6 portadoras, largura de banda máxima de 20MHz, faixa de frequência recepção entre 1.710 até
3.800MHz e transmissão entre 1.805 até 3.800MHz, IBW de até 200MHz, consumo de potência de até 921W.
8523.52.90 Ex 001 – Cartões inteligentes sem contato, de uso exclusivo para identificação de produtos de roupas planas e têxteis, atendendo aos requisitos de rastreamento, constituídos de etiquetas de tecido incorporado a um pequeno dispositivo com tecnologia UHF acoplado a uma antena de linha costurada, para comunicação com o leitor de rádio,
identificação por radiofrequência (rain RFID) velocidade de leitura de 750peças/s, distância de leitura de até 6m, tempo de vida até 200ciclos de lavagem ou 3 anos.
8528.62.00 Ex 003 – Projetores com fonte de luz laser em formato de “spot” de luz, para ambientes imersivos e artes visuais, com potência de brilho igual ou superior a 2.000 lumens em branco e em cores, operando com tecnologia de projeção de formação de imagem a partir de 3 painéis de cristal líquido (3LCD) e modo foco de luz integrado, conectividade via HDMI, rede
cabeada RJ-45, USB, e “wireless”, permite armazenamento e reprodução direta de conteúdo, com função de “playlist” e “playback” realizando projeção e iluminação em praticamente qualquer superfície com resolução igual ou superior a WXGA (1.280 x 800pixels).
8530.10.10 Ex 032 – Subsistemas ATS (Supervisão Automática do Trem) responsável pela operação da circulação dos trens na via consiste em computador de interface entre o operador do CCO (Centro de Controle) para alinhamento das rotas manualmente ou automaticamente, definido os horários de partidas de cada trem das estações, gravação para posterior investigação de alertas, falhas e restabelecimento.
8530.10.10 Ex 033 – Subsistemas VOBC (Unidade de Controle Embarcada) monitora a localização, velocidade, status das portas e garante a circulação do trem em tempo real, integra as funções tradicionais dos sistemas ATP (Proteção Automática de Trens) e ATO (Condução Automática de Trens) o ATP responsável por manter a velocidade do trem dentro dos limites estabelecidos em cada trecho e considerando as condições seguras da via
o ATO é o responsável pela condução automática do trem sob supervisão do operador de trem, proporcionando mais eficiência na condução dos trens, regularidade na operação e um menor intervalo de espera para os usuários.
8530.10.10 Ex 034 – Subsistemas CI (Intertravamento Eletrônico) processamento das informações dos status dos equipamentos de via e análise, consiste de gabinetes (Double 2-vote-2 Computer), placas de controle de entradas e saídas (I/O) dos elementos de via (sinaleiros, contadores de eixos, “track swicthes”, botões de emergência), além de todo cabeamento de interface e unidade de alimentação elétrica.
8530.10.10 Ex 035 – Subsistemas ZC, sistema computacional propósito específico redundante (Double 2-vote-2 Computer), que na falha de uma unidade de processamento há uma outra unidade de processamento equivalente que assume completamente as funções do sistema sem prejuízo ao funcionamento da circulação dos trens podendo enviar as informações
para os trens através de duas redes de comunicação A e B independentes e redundantes.
8531.20.00 Ex 028 – Monitores “display” para gerenciamento de máquinas móveis, com tela LCD de tamanho de 3,8 a 12,1 polegadas, com teclados de botões e/ou sensível ao toque “touchscreen”, resolução 240 x 160 a 1.280 x 800pixels, tensão de fornecimento de 9 a 36Vdc, conector tipo “deustch” com opções de portas comunicação CAN, com processador e memória RAM ou FRAM, grau de proteção IP54, IP66 ou 67.
8543.70.99 Ex 211 – Dispositivos de reconhecimento facial equipados com tela LCD de alta resolução, sensor de presença, câmera RGB, câmera infravermelho, LEDS brancos e LED infravermelho, comunicação TCP/IP via cabo “ethernet” e “Wi-Fi”; Capacidade de armazenamento entre 1.000 e 5.000 usuários, podendo haver de 1 a 5 “templates” faciais para cada, reconhecimento da face em até 3s por meio da busca por similaridade de
biometria no banco de dados interno, sistema antifraude capaz de diferenciar rostos reais de falsos, como vídeos e fotos digitais ou impressas.
9032.89.82 Ex 012 – Equipamentos de monitoramento de temperatura em processos de tratamento térmico em fornos industriais de peças automotivas até 500 Graus Celsius, dotados de: 2 aquisitores de dados com capacidade de armazenamento de 3.8 milhões de pontos de dados de memória volátil, com faixa de medição de -100 a +1.370 graus celsius +/-0.3 Graus Celsius; 1 barreira térmica tipo cápsula para proteção dos aquisitores de dados,
construída em aço inox e estrutura de isolamento de fácil ajuste, temperaturas de aplicação com variação de 0 a +1.100 Graus Celsius; 30 termopares com isolamento mineral tipo K, com temperatura de aplicação máxima de até 1.200 Graus Celsius; 1 sistema de telemetria para comunicação dos aquisitores de dados no processo de tratamento térmico
com o computador, composto por 2 módulos de transmissão, 2 roteadores e 2 antenas.